HÉLIO'S BLOG

Fórum Econômico Mundial Relatório de Riscos Globais 2018 5


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

Prefácio

Fórum Econômico Mundial apresenta
o Relatório de Riscos Globais mais recente em um
tempo de transformação para o mundo.
Sinais encorajadores sugerem que nós
colocou a pior crise financeira de
o período pós-Segunda Guerra Mundial atrás
nos. Globalmente, as pessoas estão curtindo o
padrões mais elevados de vida em seres humanos
história. E, no entanto, a aceleração e
interligação em todos os campos
de atividade humana estão empurrando o
capacidades de absorção de instituições,
comunidades e indivíduos para seus
limites. Isso está colocando o futuro humano
desenvolvimento em risco. Além de
lidando com uma multidão de discretos
problemas locais, a nível global
a humanidade enfrenta um número crescente
de desafios sistêmicos, incluindo
fraturas e falhas que afetam
ambiental, econômico,
sistemas tecnológicos e institucionais
sobre o qual nosso futuro se baseia.
Esta geração goza de uma experiência sem precedentes
tecnológico, científico e financeiro
recursos, que devemos usar
para traçar um curso em direção a um
sustentável, equitativo e inclusivo
futuro. E, no entanto, este é talvez o primeiro
geração para levar o mundo ao
à beira de uma avaria dos sistemas. Lá
são muitos sinais de progresso e muitos
razões para a esperança – mas ainda falta
impulso e a profundidade necessária
de colaboração para entregar mudanças
na escala necessária. Providenciando
uma plataforma global para público-privado
colaboração, o World Economic
O Fórum procura avançar nesse objetivo
trabalhando com governos, empresas
e organizações da sociedade civil para encontrar
novas formas de abordar o sistema sistêmico
Riscos que nos afetam a todos.
Nós temos que trabalhar juntos – esse é o
chave para prevenir crises e fazer
o mundo mais resiliente para a corrente
e as gerações futuras. Humanidade
não pode lidar com sucesso com o
multiplicidade de desafios que enfrentamos
sequencialmente ou isoladamente.
Assim como os riscos globais são cada vez mais
complexo, sistêmico e em cascata, então
nossas respostas devem ser cada vez mais
interligados entre os numerosos
sistemas globais que compõem nosso
mundo. Diálogo entre as partes interessadas
continua a ser a pedra angular das estratégias
que nos permitirá construir um melhor
mundo.
Nossa esperança é que esta edição do
Relatório de Riscos Globais e os debates
Isso promove no World Economic
A Reunião Anual do Fórum 2018
Concentre-se na necessidade de sistemas
Pensando e novas formas de colaboração
globalmente e envolvendo todas as partes interessadas.
O relatório deste ano lidoca com alguns
dos desafios mais prementes
que enfrentamos, incluindo a biodiversidade
Perda, ameaças à segurança cibernética, aumento
tensões geopolíticas e risco de
Outra crise financeira em erupção. Um novo
Destaques da seção “Shocks Futuros”
a importância de estar preparado não
apenas por riscos familiares lentos, mas por
interrupções dramáticas que podem causar
deterioração rápida e irreversível
nos sistemas em que confiamos.
O Relatório de Riscos Globais ocupa
uma posição única no mundo
Fórum Econômico, no coração de
nosso aprofundamento de parcerias com o
governos do mundo e internacionais
organizações. Ele opera em todo
A rede de temáticas, a indústria
e equipes regionais que moldam nosso
abordagem baseada em sistemas para o
desafios enfrentados pelo mundo. este
permite que ele aproveite toda a extensão de
a experiência interna do Fórum também
suas redes de especialistas globais para
analise a evolução dos riscos globais.
Como em anos anteriores, o relatório deste ano
também se baseia em nosso Global Global
Levantamento de Percepções de Riscos, que é
completado por cerca de 1.000 membros
de nossas comunidades multisectoriais.
Como um dos nossos relatórios principais, o
Relatório de Riscos Globais é uma colaboração
esforço e gostaríamos de agradecer
todos aqueles em todo o Fórum e seus
comunidades que contribuíram
para a edição deste ano. Nós estamos
particularmente agradecido pela energia e
compromisso do parecer do relatório
Borda. Também gostaríamos de agradecer
nossos parceiros estratégicos de longa data,
Marsh & McLennan Companies e
Zurich Insurance Group, bem como
nossos assessores acadêmicos no National
Universidade de Singapura, Oxford Martin
Escola da Universidade de Oxford
e a Wharton Risk Management
e Centro de Processos de Decisão no
Universidade da Pensilvânia.
Klaus Schwab
Fundador e Presidente Executivo
Fórum Econômico Mundial
Børge Brende
Presidente
Fórum Econômico Mundial
Relatório de Riscos Globais 2018 5

Anúncios

Meteoros: a quantidade da queda de rochas espaciais esta aumentando


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

chelyabinsk-meteoro

Meteoros: a quantidade da queda desses pedaços de rocha de vários tamanhos esta aumentando !!!

A maioria desses velozes e fugazes meteoritos são considerados como  “casos esporádicos” – isto é, seriam partículas aleatórias de poeira espacial associados à ausência de fluxo de detritos organizado. 

meteoro-meteorito-asteroide-01

Ao entardecer, dizeis: haverá bom tempo porque o céu está rubro. E pela manhã: hoje haverá tempestade porque o céu esta vermelho-escuro. Hipócritas ! Sabeis, portanto discernir os aspectos do céu e não podeis reconhecer  OS SINAIS DOS TEMPOS?  Mateus 16: 2 e 3


Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

“E sobre os homens caiu do céu uma grande saraiva de pedras do peso de um talento; e os homens blasfemaram de Deus por causa da praga da saraiva; porque a sua praga era muito grande”. Apocalipse 16:21

Fontes: http://fireballs.ndc.nasa.gov/ e http://spaceweather.com/

Cruzamento celeste muito movimentado:

Desde o último ano, em apenas uma noite a NASA’s All Sky Fireball Network, rede de monitoramento de queda de meteoros nos EUA ( rede de monitoramento de bola de fogo que caem por todo o céu dos EUA) gravou quase duas dúzias de bolas de fogo de meteoros caindo e riscando sobre o sul e o leste dos EUA. As órbitas da queda dos meteoros são mostrados aqui, e todas se cruzam em um certo ponto azul no espaço:

No diagrama, as órbitas são codificados por velocidade. Velocidades variando entre 16 a 71 km / s (36.000 a 159,000 mph).

A maioria desses velozes e fugazes meteoritos são considerados como casos esporádicos” – isto é, seriam partículas aleatórias de poeira espacial associados à ausência de fluxo de detritos organizado.

 O sistema solar interior está cheio de tais meteoroides  que atingem a Terra a cada dia na medida em que o nosso planeta orbita o sol.

FOGO NO CÉU: Uma “BOLA DE FOGO” (enorme explosão de meteoro) observada nos céus de Chelyabinsk, na Rússia e, 15 de fevereiro de 2013:

chelyabinsk-meteoro

No entanto, alguns dos meteoros não eram assim “tão aleatórios”. As câmeras da NASA capturaram cinco oriundos de Perseidas epsilon, membros de uma chuva de meteoros pouco conhecida, cujo pico máximo de queda acontece no início de cada ano-a-meados de setembro.

O cometa pai (que produziu os detritos) é desconhecido, mas há pouca dúvida de que um  fluxo de detritos organizado de epsilon Perseidas  existe.

A NASA All-sky Fireball é uma rede de câmaras criadas pelo Meteoroid Environment Office(MEO) com o objetivo de observar os meteoros mais brilhantes do que o planeta Vênus, que são chamados de bolas de fogo. Os dados recolhidos são usados pelo MEO na construção de modelos do ambiente da queda de meteoros  que são importantes para os designers de aeronaves espaciais.

Na maior parte do mês de setembro, a taxa de queda dos Perseidas epsilon é pouco mais do que 5 meteoros por hora, mas em 2008 o chuveiro produziu uma explosão cinco vezes mais ativa. Talvez 2015 seja um bom ano para epsilon Perseidas também.

Recentemente uma ‘Bola de fogo’ foi registrada sobre o céu de BangkokExplosão de meteoro aconteceu pela manhã na capital da Tailândia e foi registrada por câmera em painel de carro.

Uma bola de fogo enorme, no que se acredita ser um meteorito que explodiu, no céu de Bangkok, capital da Tailândia. Transeuntes testemunharam o espetáculo, com a explosão sendo descrita em brilho verde e laranja, enquanto o objeto caia em queda livre em direção à Terra. O evento aconteceu durante a hora do rush da manhã, embora o meteoro não tenha produzido nenhum som audível em Bangkok na medida em que ele caiu e explodiu.

chelyabinsk-meteoro

Os segredos do poder da manipulação mental


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

Em geral, nós gostamos da ideia de sermos donos de nossas próprias escolhas. Mas será que somos mesmo?

Jay Olson, pesquisador do Departamento de Psiquiatria da Universidade McGill, em Montreal, no Canadá, acredita que não.

“O que a Psicologia está descobrindo cada vez mais é que muitas decisões que tomamos são influenciadas por fatores dos quais não temos consciência”, ele explica.

Recentemente, Olson desenvolveu um engenhoso experimento que demonstra como é fácil manipular alguém mesmo com uma persuasão quase imperceptível.controle-mental-tudo-esta-bem

Praticante de truques de mágica desde os 7 anos, Olson notou, quando começou a estudar Psicologia, que muito do que aprendia sobre a mente humana casava com aquilo que seu hobby já o tinha ensinado, principalmente no que se refere à atenção e à memória.

Em seu mestrado, ele realizou vários truques com voluntários, mas um em particular o ajudou a concluir fatos importantes sobre a influência e a persuasão. A mágica consiste em rapidamente manipular um baralho na frente de um voluntário e depois pedir para que ele escolha uma carta qualquer. O ilusionista, então, tira uma carta idêntica de seu bolso – para a surpresa e deleite da plateia.

O segredo do mágico é já escolher ele mesmo uma carta e passar alguns milésimos de segundo a mais com ela na mão enquanto o baralho é manipulado. Isso influencia o voluntário a pegar justamente aquela carta.

Olson percebeu que conseguiu direcionar 103 de 105 participantes (98%). Mas foi a segunda parte da experiência que mais surpreendeu o psicólogo. Quando interrogou os voluntários depois, viu que 92% deles não tinham ideia de que estavam sendo manipulados e acharam que estavam no total controle de sauas próprias decisões.

controlementepúblico

O pesquisador também descobriu que aspectos como a personalidade do voluntário não tinham relação com o quanto ele pode ser influenciado – todos pareciam igualmente vulneráveis. As implicações dessa experiência vão muito além do palco e deveriam servir para reconsiderarmos nossas percepções sobre nossa vontade própria.

Apesar de termos uma grande sensação de liberdade, nossa capacidade de tomar decisões deliberadas pode ser uma ilusão. “A liberdade de escolha é só um sentimento – não está ligada à decisão em si”, afirma Olson.

Não acredita nele? Lembre-se quando você for a um restaurante. Segundo Olson, o cliente tem mais chances de pedir o prato que está no topo ou na parte de baixo do cardápio porque essas são as áreas que mais atraem o olhar. “Mas se alguém perguntar o porquê da sua escolha, você dirá que está com vontade de comer aquilo, sem perceber que o restaurante deu uma forcinha”, diz.

A psicóloga Jennifer McKendrick, da Universidade de Leicester, na Grã-Bretanha, concluiu, em um estudo, que o simples fato de um supermercado tocar uma música ambiente francesa ou alemã fazia as pessoas comprarem vinhos desses países.

Segundo membros da campanha de Al Gore à Presidência dos Estados Unidos em 2000, seus rivais republicanos faziam a palavra “RATS” (“ratazanas”) aparecer por milésimos de segundos em anúncios que traziam imagens do democrata, o que teria espantado muitos de seus eleitores.

O psicólogo Drew Westen, da Emory University, em Atlanta, criou um candidato fictício e inseriu a suposta mensagem subliminar em seus anúncios, notando que voluntários o avaliavam negativamente.

Outra experiência mostrou ainda que representantes de vendas por telefone registraram uma performance melhor apenas por ter visto a foto de um atleta ganhando uma corrida – mesmo sem se lembrarem dela depois.

midia-manipulação-controle

Evidentemente, esse tipo de conhecimento pode ser usado para a coerção se cair nas mãos erradas. Por isso, é importante saber quando outras pessoas estão tentando convencê-lo de algo sem que você perceba.

Com base em artigos científicos, aqui estão quatro atitudes manipuladoras fáceis de identificar:

1 – O poder do toque

Um tapinha nas costas seguido por um contato visual pode levar uma pessoa a baixar mais a guarda. É uma técnica que Olson usa em seus truques, mas que pode funcionar no cotidiano.

2 – A velocidade da fala

Olson diz que mágicos sempre tentam apressar seus voluntários para que eles escolham a primeira coisa que vem à sua mente – em geral a ideia que ele plantou. Uma vez que a pessoa fez sua opção, o performer passa a falar de maneira mais relaxada.

Ao se lembrar da experiência, o voluntário tende a pensar que o tempo todo foi livre para tomar suas próprias decisões, em seu ritmo.

lavagem-cerebraldamídia

3 – Atenção a seu campo de visão

Ao passar mais tempo manipulando uma determinada carta de baralho, Olson a torna mais “saliente”, fazendo-a se fixar na mente do voluntário sem que este perceba.

Há muitas outras maneiras de fazer coisas semelhantes: colocar um objeto na linha do olhar da outra pessoa ou mover algo ligeiramente mais perto de um alvo, por exemplo. Pelos mesmos motivos, acabamos escolhendo a primeira coisa que nos é oferecida.

4 – Algumas perguntas plantam ideias

Quando alguém faz uma sugestão e pergunta aos demais coisas como “Por que você acha que isso é uma boa ideia?” ou “Na sua opinião, quais as vantagens disso?”, está, na realidade, deixando os outros se convencerem a respeito de certas questões por conta própria.

manipulação-01

Pode parecer óbvio, mas fazer com que as pessoas reflitam a partir de ideias embutidas nas perguntas significa que elas ficarão mais confiantes em tomar decisões de longo prazo – mesmo não tendo sido ideia delas.


Dizem que existem três tipos de pessoas no mundo:

  1. Aquelas que fazem as coisas acontecerem;

  2. Aquelas que observam as coisas acontecerem e

  3. Aquelas que ficam se perguntando o que aconteceu????

A vasta maioria da humanidade encontra-se nas duas últimas categorias. A maioria tem “olhos para ver”, mas não enxerga o que está acontecendo. A maioria tem “ouvidos para ouvir”, mas não compreende o que está acontecendo: “LOCAL, NACIONAL ou INTERNACIONALMENTE.”

Alemães caçadores de antiga Tecnologia (e artefatos) esquecida


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

caçadores-arca-perdida-nazismoOlá, sejam bem-vindos a outro episódio de “Divulgação Cósmica ” porque você precisa saber. Hoje vamos continuar de onde paramos com esse insider e notável informante com quem temos o privilégio e o prazer de conversar, nada menos que Corey Goode, que está reivindicando ter trabalhado, durante 20 anos, em algo que estamos chamando de Secret Space Program – Programa Espacial Secreto (dos EUA). Este teria a atuação de grandes conglomerados do complexo industrial militar dos EUA e Europa, e que já explora minérios em planetas e luas do sistema solar (como mostrado no filme AVATAR),  industrializa e constrói bases e colônias em planetas e luas de nosso sistema solar e além. (2.5)

Alemães Nazistas, Corsários, Caçadores de antiga Tecnologia perdida

Fonte: https://spherebeingalliance.com/

E essa é mais uma história fascinante porque se alinha com a informação que eu recebi dos insiders com quem eu estive em contato nos últimos 20 anos. A maioria dessas pessoas nunca apareceu ao público como Goode. Eu retive as informações longe de publicá-las na internet, e que tornou muito fácil quando alguém vem à público e denuncia e está falando sobre as mesmas coisas que eu já tinha ouvido. E eu estou muito feliz por ter a oportunidade agora, para finalmente ser capaz de falar sobre tantas coisas que não foram permitidas serem faladas antes e ter Corey aqui para o debate. Entăo, Corey, obrigado por estar aqui, amigo.

tibete-nazistas-Dr. Ernest Schafer

Liderados por Ernst Schäfer (Centro) a expedição nazista ao Tibete partiu de navio em 1937, mas encontrou obstáculos logo ao chegar a costa da Índia onde pretendia desembarcar. As autoridades britânicas desconfiavam das verdadeiras intensões da expedição e negaram acesso aos portos sob seu controle. Schäfer e Himmler (Waffen S.S.) ficaram furiosos e fizeram uma queixa formal. Temendo um incidente diplomático, o Primeiro Ministro britânico Neville Chamberlain garantiu um salvo conduto para que a Expedição prosseguisse.

CG: Obrigado.

DW : Falamos sobre a Operação HighJump. Nós conversamos sobre o esforço que foi feito para tentar rebentar uma base-fortaleza nazista (Neuschwabenland) alemã na Antártida e que os homens do Almirante Byrd encontraram uma resistência muito dura e eficaz lá e foram derrotados pelos nazis alemães. Então, eu acho que para começar a falar sobre isso, qual foi o primeiro método que os nazistas usaram para conseguir a tecnologia para desenvolver o vôo espacial?

CG: No começo, eles tiveram sucesso com seus próprios engenheiros desenvolvendo tecnologia a partir de suas próprias proezas e descobertas na área de engenharia, assim como eles estavam vasculhando o Oriente procurando por textos antigos que lhes tinham sido contados e através de canalizações (de seres extraterrestres de Aldebaran, na Constelação de Touro) do que eles foram levados a crer, ou o que poderiam ser seres de fora do nosso mundo, que alguns dos grupos esotéricos da sociedade secreta (VRIL) alemã estavam envolvidos. E isso levou alguns dos outros grupos da sociedade secreta a sair em expedições à procura desses antigos textos orientais.

DW : Onde eles acreditam que esses textos seriam localizados? Houve uma variedade de locais?

CG: Uma variedade de locais, sendo alguns nas áreas tibetanas nos Himalayas, em determinadas áreas da Índia. Muitas pessoas ouviram as histórias de antigos dispositivos voadores (Os VIMANAS descritos nos hinos védicos) desenvolvidos na antiga Índia (Bharata-Arya Vata) e que tinham armas muito avançadas.

estatua-níquel-deus-tibete-nazismo

Uma estátua budista antiga, resgatada pela expedição nazista ao Tibete em 1938 foi analisada por uma equipe de cientistas liderados pelo Dr. Elmar Buchner, do Instituto de Planetologia da Universidade de Stuttgart. A estatueta, com o símbolo da suástica no peito, cujo minério pertencia a um meteorito que caiu há cerca de 15 mil anos na zona da atual fronteira entre a Rússia e a Mongólia, é chamada de “Homem de Ferro” e representa o deus Vaisravana.

DW: Os Vimanas.

CG: Sim, os Vimanas, e no ocidente é tratado como ficção científica, mas isso foi há muitas dezenas de milhares de anos em nosso passado. E os “estudiosos e eruditos”ocidentais o descreveram como ficção, como se fosse ficção científica, à frente de seu tempo. Estes grupos alemães (alguns eram os maiores especialistas do mundo em línguas e história de povos antigos), eles acreditavam mais no casamento da ciência e nas crenças esotéricas, e eles decidiram que eles iriam seguir essas pistas que eles tinham recebido através de canalizações feitas pelas médiuns da sociedade secreta VRIL e partiram para ir e localizar esses textos, onde quer que estivessem guardados.

DW: Será que os seres que estavam fazendo a canalização forneceram-lhes as coordenadas específicas de onde esses textos (ou objetos) seriam localizados?

CG: Sim.

DW: Sério?

CG: Disseram-lhes que estavam sob certas cordilheiras em certas áreas que antes haviam sido parte de uma civilização mais avançada, e que tinham sido esquecidas pelo homem moderno, que muitos dos monges de castas religiosas sabiam disso e tinham guardado o segredo como parte de seus ensinamentos secretos.

DW: Você e eu conversamos em episódios anteriores com bastante tempo sobre esses seres de Agharta (o reino da Terra Interior-Inner Earth), e você disse que era um grupo que era loiro e nórdico que vivia dentro da Terra.

CG: Alguns deles, sim.

DW: Alguns deles vivem dentro da Terra.

CG: Alguns deles são altos, louros e olhos azuis, tipo nórdicos.

DW: Ah, e você disse que os alemães preferiam trabalhar com eles do que com os Draco, os tipos reptilianos.

CG: Correto.

DW: Então por que os seres de Agharta – eu estou supondo, em primeiro lugar, que eles são aqueles que estavam canalizando através dessas sociedades secretas, ou isso não é verdade?

CG: Isso é difícil de especular porque eles, muitos desses diferentes grupos de aliens, os nazistas parecem ter estado em contato com vários grupos diferentes.

agharta-MAP of Inner EarthDW: Vários grupos ETs diferentes?

CG: Grupos extraterrestres e também grupos Separatistas da Terra antiga, de antes do dilúvio, que foram para os subterrâneos, por isso é difícil identificar quais informações vieram de quais grupos. De volta ao final dos anos 30, acredito que era, eles foram convidados a desenhar uma imagem de com quem eles estavam se comunicando. E o desenho da cabeça e os traços faciais deste ser …-

DW: É um rosto assustador.

CG: Sim – e tinha características muito interessantes e semelhantes às dos extraterrestres Greys.

DW: Sim, ele parece Grey, mas os olhos não são tão grandes. Mas a cabeça é realmente grande, e então tem um pequeno queixo.

CG: Certo, mas os alemães foram levados a pesquisar para as montanhas dos Himalayas para fazer expedições maciças à Ásia, no Tibete, Nepal, Índia, para recuperar esses documentos e fazê-lo de uma maneira não tão ética. Eles estavam indo para essas aldeias e esses mosteiros e, basicamente colocando todos sob a mira de suas armas, pegando esses pergaminhos e livros e levando-os de volta para a Alemanha a fim de estudá-los (não como pseudo mitos, de acordo com a imbecil erudição ocidental).

DW: Você está dizendo que os textos que estavam em questão estavam localizados em mosteiros tipo budista tibetano e nepaleses?

CG: Mm-hmm, muitos deles estavam, e muitos deles também estavam em sistemas de cavernas que esses textos tinham sido colocados neles escondidos durante milênios. E eles haviam sido selados dentro de cavernas nas altas montanhas dos Himalayas.

DW: No caso de entrarem em um desses sistemas de cavernas, haveria indícios de que o que eles estavam procurando  era um remanescente de uma civilização avançada além de apenas encontrar uma pilha de antigos documentos bem guardados e escondidos?

smart-glass-pads

“Smart Glass Pads”– (Pastilhas de vidro inteligentes), que é uma tecnologia ET que exibe textos (informações) e imagens no que parece ser um simples pedaço de plexiglass. Eles também são dispositivos pessoais usados para transmitir música, filmes e comunicações aos integrantes do SSP-Secret Space program, Programa Espacial Secreto.

CG: Bem, diretamente do que eu li nas “Smart Glass Pads”, estas eram de madeira, semelhante a prateleiras, mas estavam forradas com toneladas de pergaminhos e livros encadernados. E muitos deles tinham tipo de informação sobre medicina, quero dizer, todos os tipos diferentes de, eu acho, ensinamentos secretos e remédios secretos e informações de tecnologia secreta e muito antiga, antediluviana.

DW: Essas cavernas eram naturais, ou elas tinham algum desse tipo de recurso tecnológico como você mencionou a Ancient Builder Race (Antiga Raça de Construtores-ABR) coisas de que você falou antes?

CG: Eram cavernas naturais.

DW: Cavernas naturais.

CG: Sim, e quando esses livros, documentos e pergaminhos foram levados para a Alemanha, quando os abriram e começaram a olhar para eles, os engenheiros alemães ficaram chocados ao ver que estes eram planos tecnológicos, para a construção de artefatos voadores.

DW: Quando você diz que eram pergaminhos, porém, meu visual seria que estamos olhando para algum pedaço envelhecido, desmoronando de documento marrom.

CG: Bem, alguns deles eram pergaminhos. E outros deles eram realmente livros encadernados.

DW: Como encadernado em couro?

CG: Sim, como couro, livros de pele animal. Estes são mais de textos escritos e livros que foram transmitidos ao longo de gerações. As pessoas os escreveram exatamente como o outro texto, e depois, em certo ponto, foram selados ou colocados em um mosteiro.

DW: Então não estamos falando de livros onde as páginas são feitas como um Kevlar, de um material indestrutível.

CG: Não.

DW: Era apenas papel, couro, etc.

CG: Certo.

DW: Então o que esses diagramas técnicos – quando você diz projetos, plantas, era como o sistema de energia para uma espaçonave? Como eram as ilustrações?

CG: Muito eles tiveram que decifrar ao longo do tempo, mas foi o começo da embarcação eletrogravitacional que mais tarde no Ocidente se chamou de ARV-alien reproduction vehicles- veículos de reprodução alienígena. O que eles eram, eram impulsionados a plasma de mercúrio, mercury-vortex-driven conduzia as espaçonaves que criava uma força elevadora eletrogravitacional. E eram conceitos muito simples, mas conceitos muito complicados ao mesmo tempo. E uma vez que os cientistas alemães conseguiram entende-l e casaram com o que eles já estavam trabalhando, eles foram capazes de saltar tecnologicamente décadas à frente de onde o mundo estava em um curto período de tempo.

serapeu-alexandria-biblioteca

DW: Havia uma familiaridade com a linguagem do livro, ou eles tinham que realmente aprender a língua?

CG: Esse foi um dos maiores obstáculos a se superar, e eles trouxeram alguns voluntários muito pouco cooperativos, eu acho que você diria, daquela região de volta com eles para a Alemanha para ajudá-los na decifração dos textos.

DW: Você está dizendo tibetanos?

CG: Bem, tibetanos e pessoas que estavam guardando o conhecimento.

DW: Ah, uau.

CG: E eles usaram essas pessoas para ajudá-los a traduzir o máximo possível. Muitas dessas coisas, essas pessoas estavam escrevendo por gerações, mas mesmo elas perderam o significado original e não tinham o conhecimento do que estavam transcrevendo.

DW: Então os livros foram copiados.

CG: Muitas, muitas, muitas vezes.

DW: E os planos e diagramas.

CG: Mas os alemães eram muito inteligentes, muito engenhosos, e eles foram capazes de usar esses diagramas, criar suas próprias experiências, e descobrir muito.

DW: Algumas pessoas vão estar questionando de sobre quais os grupos de que estamos falando. Há como uma Sociedade Thule, THULE. Seria uma delas?

vril-sociedade-nazismo-01CG: A Sociedade Thule, a Ordem do Sol Negro, a Sociedade VRIL, e há cerca de um punhado de outras sociedades diferentes que não são realmente bem conhecidas. E muita dessas que mencionamos trabalharam juntas quando era lógico promover seu desenvolvimento tecnológico e então manter seus próprios segredos. Alguns deles tinham tecnologia muito mais avançada do que as outras sociedades.

DW: Os membros das sociedades também estavam no controle de conglomerados industriais alemães da época, tais como IG FarbenMesserschmidtDornier, coisas assim, corporações?

CG: Estes grupos estavam sempre no controle do dinheiro. Eles estavam sempre no controle das grandes corporações. Eles nem sempre estavam no controle, totalmente, do governo.

DW: Eu sei.

CG: Eles se infiltraram no governo e estavam trabalhando no governo, mas o governo não sabia o que esses grupos  e sociedades secretos estavam fazendo. Eles sabiam o que muitos dos grupos da Ordem do Sol Negro estavam fazendo porque estavam usando aplicações militares com um monte de coisas que estavam desenvolvendo para o esforço de guerra. Mas era bem conhecido que nenhuma dessa tecnologia seria realmente útil e estaria pronta para ser implementada até o final da guerra.

DW: Quando estamos descrevendo esse processo de aquisição de antigos documentos importantes que estava acontecendo, você mencionou a Índia, e você mencionou o Tibete. Quais são os anos de que estamos falando, e havia outras regiões geográficas além da Índio e do Tibete, onde isso estava sendo feito?

CG: Também na China, sim.

DW: China, OK.

CG: China, Índia, Tibet, todas estas civilizações antigas modernas.

ThulegesellschaftDW: Será que em toda a cordilheira em torno do Himalaya e que parte do mundo?

CG: Sim.

DW: OK, e quais foram os anos em questão?

CG: Em 1918, 1919, mas na década de 1920, 30, começou a crescer exponencialmente, e a maior parte foi nos anos 30 e 40. Mas a maior parte foi fortemente na década de 1930 que eles estavam realmente fazendo muito deste trabalho imeditamente antes da guerra começar em 1939.

DW: Ouvi de outros estudiosos que uma das coisas que os alemães estavam procurando eram pedaços de material que eles sentiam ter um poder esotérico, como a lança (do legionário Longinus) que penetrou no corpo de Jesus – o que aparentemente eles estavam chamando de Lança do Destino, ou algo como a chamada Fonte da Juventude, que a maioria das pessoas pensa ser uma piada.

CG: Esse foi outro grupo de dissidentes que – entrando, eu acho, durante a Segunda Guerra Mundial, a palavra nazista de quatro (NAZI) letras, esse grupo, eles começaram a enviá-los à procura de artefatos religiosos que tinham poder. E não eram apenas artefatos judaico-cristãos. Eles estavam procurando por todos os tipos de artefatos religiosos antigos que acreditavam estar enraizados tanto na tecnologia d a civilização antiga separatista antediluviana da Terra, ou tecnologia alienígena antiga, tecnologia de Extraterrestres, alguns dos quais seria a Ancient Builder Race (Antiga Raça de Construtores-ABR) que foram descobertos recentemente uas ruínas e artefatos enterrados sob o gelo da Antártica.

Eles estavam querendo colocar as mãos neles por várias razões. Alguns deles acreditavam que ter a posse desses materiais, de acordo com as lendas, garantiria sua vitória. E também alguns dos ETs com quem eles estavam em contato queriam essas tecnologias, especialmente as tecnologias da Ancient Builder Race (Antiga Raça de Construtores-ABR).

hitler-spear-of-destiny

A Lança do Destino, do legionário Longinus: “Há uma lenda ligada a esta lança que diz que quem a possuir e decifrar os seus segredos terá o destino do mundo em suas mãos, para o bem ou para o mal.”

E assim tem sido até perto da era atual, até que descobrimos que alguns desses tabletes, pergaminhos ou pedras que parecem apenas relíquias, relíquias de pedra antiga que parecia benigno, finalmente descobriram que eles eram realmente relatavam e descreviam antigas tecnologias que trabalhavam em um multi- nível dimensional – muito, muito avançado. E eles estavam negociando estes documentos com grupos de extraterrestres para obter a tecnologia e para que os ETs lhes dessem apoio material na reprodução dos veículos e máquinas.

DW: Agora, se as pessoas estão assistindo a todos os shows que eu tenho trabalhado aqui em GaiaTV, uma das coisas que eles terão visto são os episódios de Divulgação onde eu estou entrevistando Graham Hancock. E nós tivemos, creio eu, um episódio inteiro apenas dedicado à Arca da Aliança. E, claro, o clássico filme de Spielberg, “Raiders of the Lost Ark“, é sobre a Arca da Aliança, que o personagem de Harrison Ford está procurando a Arca. Você encontrou alguma informação por conta própria de que a Arca da Aliança era real e/ou que os grupos alemães nazistas a estavam procurando?

Vimanas_small

CG: Bem, de acordo com as informações que acessei nas Smart Glass Pads, havia TRÊS Arcas da Aliança.

DW: Três Arcas da Aliança? Eu não tinha ouvido isso antes.

CG: Havia três delas, e elas eram dispositivos que estavam alojados em algum tipo de madeira que estava coberta de ouro como um escudo contra a radiação. Não é exatamente a radiação que pensamos, como nas bombas radioativas. Mas mesmo lâmpadas, há algo irradiando delas. Assim, a radiação pode significar todos os tipos de coisas {nota de Thoth: inclusive matar, como descrito nas seguintes passagens bíblicas: “E, chegando à eira de Nacom, estendeu Uzá a mão à arca de Deus, e pegou nela; porque os bois a deixavam pender. Então a ira do Senhor se acendeu contra Uzá, e Deus o feriu ali por esta imprudência; e morreu ali junto à arca de Deus”. –  2 Samuel 6:6,7. — “E, chegando à eira de Quidom, estendeu Uzá a sua mão, para segurar a arca, porque os bois tropeçavam. Então se acendeu a ira do Senhor contra Uzá, e o feriu, por ter estendido a sua mão à arca; e morreu ali perante Deus. E Davi se encheu de tristeza porque o Senhor havia aberto brecha em Uzá; pelo que chamou aquele lugar Perez-Uzá, até ao dia de hoje”. –  1 Crônicas 13:9-11 }

DW: Bem, é uma tecnologia muito curiosa porque quando você lê a Bíblia e fala sobre derrubar os muros de Jericó, disse que eles tinham a Arca da Aliança. Eles tocaram trombetas, e os tijolos se transformaram em líquido. Toda a parede só se liquefazia e derretia. Então, que tipo de tecnologia poderia fazer isso?

CG: Tecnologia Sônica (uso do Som)– e não só isso, mas supostamente estava fornecendo maná, comida.

DW: Oh, comida para eles.

vimana-india2

A antiga ÍNDIA (Bharata-Arya Vata), antes mesmo do dilúvio – em 10.986 a.C. – teve uma civilização com tecnologia superior à que temos hoje, desenvolveu espaçonaves com tecnologia hoje esquecida e provavelmente mantinha contato com seres extraterrestres.

CG: Comida para eles, supostamente, você sabe, comida, água, proteção contra seus inimigos, maneiras de derrotar seus inimigos, supostamente (a Arca era) um rádio para (de comunicação com ) “Deus”. Então, era um dispositivo multiuso.

DW: E esses grupos esotéricos alemães sabiam que havia três delas?

CG: Creio que uma delas foi destruída, e há duas que ainda estão presentes na superfície da Terra.

DW: Quando você olha para as histórias tibetanas e as compara com outros registros, no Tibete, eles têm essa coisa chamada dorje duplo, que você tem na mão. E parece uma bobina estranha, energética, e parece ter sido modelado de uma tecnologia. Quando entramos na mitologia grega, temos o raio de Zeus, que parece ser algum dispositivo que ele tem na mão, que pode gerar raios. Temos o martelo de Thor, que é a mesma coisa. Temos a lança de Poseidon, que é a mesma coisa. Havia armas de partículas ou algum tipo de armas de energia que você poderia segurar na mão como uma arma que esses grupos alemães também estavam tentando localizar nessas expedições?

arca-aliança-indiana-jones

A Arca seria tanto uma arma como um dispositivo de comunicação com “deus”

CG: Sim, eles acreditavam muito que todas essas descrições dos deuses eram armas reais, armas tecnológicas, e eles estavam procurando por elas.

DW: Sim, outro exemplo que vem da Índia é a lança de Vajra. É o mesmo tipo de ideia. Ele está segurando na mão dele, e faz coisas incrivelmente poderosas.

CG: Certo, então eles estavam procurando por todas essas coisas. E muitos desses seres que tinham estas armas que estavam sendo descritas, alguns eram (deuses) extraterrestres, e alguns eram civilizações extremamente avançadas, humanas, separatistas e se apresentaram à população da superfície como “deuses” e fizeram isso por algum tempo. À medida que nós nos tornávamos mais evoluídos, suas técnicas enganosas também evoluiram. E nos tempos mais recentes, eles têm se apresentado como raças de extraterrestres que são benevolentes e estão aqui para salvar o mundo.

DW: Voltando a algo que você disse antes, você acha que os alemães poderiam ter adquirido algo como o raio de Zeus ou a lança de Vajra e ter sido capaz de construí-lo no corpo de suas espaçonaves para que eles tivessem uma arma eficaz?

etsdeusesCG: Eu acho que havia um bocado de tecnologias que foram adquiridas e integradas em seu programa espacial secreto que eles estavam desenvolvendo, mas eles estavam desenvolvendo isso para sua própria civilização alemã separatista/dissidente e quando o conseguiram, não se importaram com o resultado da Segunda Guerra Mundial, com a sua pátria, a Alemanha, e usaram toda esta tecnologia para derrotar os Estados Unidos e os inimigos da Alemanha com que eles estavam envolvidos na guerra.

DW: Quando vemos estruturas de pedra gigantes, como círculos de pedra ou de lajes simples, como os menires ou pirâmides, esse tipo de coisa, obviamente, não podemos trabalhar esse tipo de pedra agora de forma eficaz. Será que os alemães encontraram alguma tecnologia que permitiria que, como, talvez segurar uma coisa com as mãos e zap uma pedra e permitir que ele levitasse? Eles encontraram algo assim?

CG: Muito deste tipo de tecnologia foi descoberta, e foi descoberta abaixo da superfície da Terra, profundamente em áreas cavernosas no que ficou conhecido como a Terra Honeycomb que muitas pessoas chamam de Terra Interior ou Terra Oca (Hollow Earth). E muito disso era a tecnologia deixada para trás pela raça dos Ancient Builder Race (Antiga Raça de Construtores-ABR) e também pelos Extraterrestres antigos e grupos de humanos de civilizações separatistas antediluvianas que haviam se movido para os subterrâneos e deixado certas tecnologias para trás.

DW: Eu só estou curioso porque isso está se correlacionando com algo que eu já ouvi antes. O primeiro insider que eu conheci tinha trabalhado – aparentemente, seu padrinho era um dos 90 principais pessoas da Cabala. E ele descreveu uma tecnologia baseada em cristais, e na verdade era como seis armas.

E você tinha seis cristais em uma espécie de cilindro. E você iria colocá-los dentro, e você poderia girar para cada cristal dependendo do tamanho da pedra. E, na verdade, penetraria na pedra, e isso a ajudaria a levitar. Só estou me perguntando se você já viu algo assim?

CG: Eu vi uma quantidade incrível de tecnologia que é baseada em cristais, e um monte que volta a apontar para para a Ancient Builder Race (Antiga Raça de Construtores-ABR). E muito disso tem sido desenvolvido por raças muito mais jovens, raças antigas com base na Terra e raças de extraterrestres.

DW: Muito bem, tudo bem, bem, vamos continuar esta discussão realmente fascinante. É interessante obter correlações e ouvir coisas de sua perspectiva, dada a sua formação e conhecimento. Então, quando voltarmos na próxima vez, vamos levar esta discussão das sociedades secretas alemãs para diante, e nós vamos finalmente levá-las para o espaço e começar a falar em termos muito práticos sobre ate onde eles foram, o que eles fizeram, perceber quando eles chegaram lá, e como eles construíram?  Isso estará chegando na próxima vez em ” Cosmic Disclosure“, porque você precisa saber. Eu sou o seu anfitriăo, David Wilcock. Este é Corey Goode, e nós os agradecemos por nos assistir.

caçadores-arca-perdida-nazismo

Trump está destruindo um tesouro nacional


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

 
Presidente Trump. (Evan Vucci / AP)

 editor da página editorial12 de janeiro às 7:59 PM

Nunca foi um pântano, ok? Mas agora, tendo em conta o desprezo do presidente Trump pelo governo federal e a polarização política que poderia engolfar o serviço civil, corremos o risco de perder um tesouro nacional.

Por não cometer erros: o governo federal tem sido um tesouro nacional.

Por todas as nossas besteiras e choros, nossas piadas chatas sobre burocratas preguiçosos, nossa paranóia sobre botas e J. Edgar, os americanos têm sido extremamente afortunados em seus servidores públicos.

subscribe
The story must be told.
Your subscription supports journalism that matters.

Não que a força de trabalho federal esteja sem falhas, e não que os Estados Unidos sejam únicos. Mas quem viveu no exterior vem apreciar os cobradores de impostos que trabalham sem uma pitada de corrupção; guardas de parques nacionais que são infalivelmente alegres e bem informados; trabalhadores de saúde pública que aceleram o epicentro de uma epidemia de coleta. Estas são as mulheres e os homens que protegem o país, ajudam-nos a se recuperar dos furacões, enviam astronautas para o espaço e asseguram que obtenhamos os nossos cheques de Segurança Social a tempo.

Não é um pântano.

Ah, eu ouço você dizer, o pântano é maior do que apenas o governo; É toda a bagunça dos traficantes de influência, políticos e burocratas trabalhando juntos.

Para o que eu respondi, não, não é realmente um pântano também. A maioria dos lobistas são pessoas honradas que acreditam em cooperativas de crédito, energia nuclear, programas de saúde infantil ou qualquer outro interesse em nome do qual eles exercem seu direito de lobby constitucionalmente protegido.

Mas se o dinheiro da campanha distorcer o processo de governo – e eu concordo que isso -, uma das melhores defesas é um serviço público profissional, independente, respeitado e auto-respeitado, liderado por nomeados políticos de alta qualidade.

O que está ameaçado hoje.

Está em perigo em parte porque Trump simplesmente não designou um governo. Quase um ano em sua administração, há, incrivelmente, mais posições-chave para as quais ele não nomeou ninguém do que confirmados. Dos 626 cargos-chave que requerem a confirmação do Senado que o The Post rastreia em colaboração com a Parceria para o Serviço Público sem fins lucrativos , há 241 confirmados, 136 nomeados formalmente – e 245 sem nomeado. As posições não preenchidas, diz Max Stier, que lidera o grupo de serviço público, incluem “o comissário do IRS, o embaixador na Coréia do Sul, o diretor do recenseamento, o vice-secretário do comércio – empregos fundamentais que envolvem questões centrais de governo”.

Está ameaçado porque o presidente não considera importante preencher esses cargos.

“O que importa é eu”, disse Trump no outono quando perguntado sobre vagas no Departamento de Estado. “Eu sou o único que importa, porque quando se trata disso, é isso que a política vai ser”.

Está ameaçado porque muitas das pessoas que ele designa são tão desqualificadas.

Mas a ameaça não é apenas para as camadas superiores. Trump e seus aliados degradam a aplicação da lei federal, dizem que o FBI está ” em farrapos ” e sugere sombrio que toda a burocracia federal faz parte de um “estado profundo” sinistro com motivação ideológica.

Isso, por sua vez, induz a trabalhadores ou futuros trabalhadores que não compartilham a visão de mundo de Trump para sair, ficar longe ou insistir que a única maneira honrosa de servir é como parte da “resistência”.

“A verdadeira peça triste é que não se trata apenas do presidente”, preocupa Stier. “É sobre a instituição do governo e a força de trabalho se tornando parte do campo de batalha”.

Aqueles que temem um estado profundo querem minar as proteções do serviço civil e disparar os burocratas. Aqueles que temem Trump querem que esses mesmos burocratas renunciem em protesto.

“Ambas as abordagens entendem mal o propósito do nosso serviço civil de carreira e desvalorizam um patrimônio central da nossa democracia”, afirma Stier – um ativo que é “a instituição central para enfrentar os problemas mais críticos da nação”.

Ainda não é fácil medir o impacto de tudo isso. O Post relatou uma drenagem preocupante de talentos do corpo diplomático; As aplicações do serviço estrangeiro caíram pela metade, diz Stier. O Escritório de Gestão de Pessoal diz que durante os primeiros seis meses da administração, 71.000 funcionários da carreira abandonaram ou se aposentaram , em comparação com 50.000 nos primeiros seis meses da administração Obama.

Mas o êxodo poderia intensificar-se, especialmente dado que a politização chega ao topo das falhas de longa data para mover as políticas de pessoal do governo no século XXI. “Todos esses problemas são piores porque o mundo está mudando mais rápido e mais tempo passou”, diz Stier.

Este é um tesouro que ainda não foi perdido. Mas é fácil ver que, como muito mais, nós demos como certo, como a posição de liderança dos Estados Unidos no mundo, seria muito mais fácil destruir do que reconstruir.

Por onde Jesus andou dos seus 12 aos 30 anos de idade?


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

Jesus na Índia

hindu jesus

Onde estão as referências de seus feitos durante esses 18 anos (sumido) da Bíblia convencional?

O que dizem os textos Apócrifos?

Como explicar que alguns povos hindus conheciam histórias semelhantes ao Cristo quando os portugueses lá chegaram?

Alguns Nazarenos existentes em diversas culturas; como explicar?

Yus Asaf, o curandeiro

No século 1, o andarilho Yus Asaf (“líder dos curados”, em persa), percorreu o Oriente Médio, realizando milagres e curas semelhantes aos de Jesus. Segundo essa versão, ele não teria morrido na cruz: aos 33 anos, teria seguido para o norte da Índia, onde viveria até os 120 anos. Seu suposto túmulo, em Srinagar, atrai peregrinos até hoje.

Origem: Caxemira.

Fontes: Tahrik-i-Kashmir (“História da Caxemira”) e a escritura hindu Bhavishya Mahapurana.

Quem acredita: seguidores da seita ahmadi, uma corrente do islã, e alguns adeptos do hinduísmo.

Apolônio, Da Capadócia

Lendas e livros antigos contam que Apolônio foi concebido pelo Espírito Santo, nasceu de uma virgem e partiu jovem para conhecer o mundo. Controlava as leis da natureza, curava doentes e conseguia até evitar guerras. Apesar das coincidências, seu nome era Apolônio, da Capadócia (atual Turquia). Morreu em Éfeso, aos 100 anos. Só faltou ser na cruz.

Origem: Capadócia (atual Turquia).

Fontes: A Vida de Apolônio, livro do século 3.

Quem acreditava: pagãos do Império Romano.

Um botisatva budista

Uma lenda indiana diz que, para salvar Jesus da perseguição do rei Herodes, seus pais foram para o Egito. No caminho, ele teria convivido com budistas em Alexandria. O contato de Jesus com o budismo também está em A Vida de São Issa. Escrito no século 1, o texto fala de um profeta de Jerusalém que estudou num mosteiro do Nepal. Até hoje, budistas consideram Jesus um botisatva, “homem iluminado”, em sânscrito.

Origem: Egito, Índia e Tibete.

Fontes: A Vida de São Issa.

Quem acredita: alguns budistas.

Issa, o profeta

O Alcorão conta que o filho de Maria nasceu num dia de sol, na sombra de uma tamareira. Nesse livro, Jesus é conhecido como Issa, profeta da linhagem iniciada por Abraão e concluída por Maomé. Nessa versão, o suposto Jesus também não morre na cruz. “Não sendo, na realidade, certo que o mataram nem o crucificaram, mas o confundiram com outro”, diz o versículo 157, da 4ª surata.

Origem: Oriente Médio e Índia.

Fonte: Alcorão.

Quem acredita: muçulmanos.

Suposta rota usada por Cristo em sua jornada até a Índia.

kashmir

Nessa Páscoa o Despertar Além da Terra trouxe para vocês um assunto antigo, já conhecido por muitos e bastante intrigante: Jesus esteve na Índia? 

Um pouco de HISTORIA MUNDIAL


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

ANUNNAKI, a origem do homo sapiens

Anunnaki_King_Gate

ANUNNAKI

O objetivo dessa página é revelar a ponta do iceberg sobre o surgimento e a evolução do homo-sapiens na Terra. Desconsidere tudo que aprendeu nas instituições de ensino, sobre criacionismo ou evolucionismo! Tudo que tem sido ensinado tem somente o objetivo de manter a humanidade ignorante e submetida aos sombrios interesses das corporações político-econômicas das nações. O material contido aqui tem o único objetivo de abrir sua mente para a verdade. Não é ficção! Não é fantasia!

A mais completa fonte de informações a respeito da nossa origem se encontra entre os achados arqueológicos da civilização suméria. Os sumérios foram os co-fundadores da primeira grande civilização da Mesopotâmia, como era chamada à região compreendida entre os rios Tigre e Eufrates, que nascem nas montanhas da Turquia e desembocam no Golfo Pérsico. Onde atualmente está situado o Iraque. Sua organização social foi literalmente responsável pelo mundo como conhecemos hoje. Elementos que influenciaram na formação das sociedades greco-romanas, que por sua vez influenciaram todo o mundo ocidental e estão fortemente presentes até os dias de hoje:

*Técnicas de medicina, arquitetura, engenharia e hidráulica, baseados em magníficos conhecimentos em matemática, química, física e astronomia. Seus conhecimentos astronômicos eram incrivelmente avançados: seus observatórios obtinham cálculos do ciclo lunar que diferiam em apenas 0,4 segundos dos cálculos atuais. Na colina de Kuyundjick, antiga Nínive, foi encontrado um cálculo, cujo resultado final, em nossa numeração, corresponde a 195.955.200.000.000. Um número de quinze casas!… Os gregos, no auge do saber, não passaram do número 10.000, o resto seria o “infinito”.

*Desenvolveram a agricultura com técnicas de irrigação e drenagem de solo, construção de canais, diques e reservatórios;
*Sistema de leis baseados nos costumes;
*Habilidosas práticas comerciais;
*Sistema de escrita cuneiforme, assim chamado porque escreviam em plaquetas de argila com um estilete em forma de cunha;
*Sistema de unidade política das Cidades-Estados ou Estados soberanos, como Ur, Nipur e Lagash;
*Sistema de hierarquias sacerdotais para organização religiosa;
*Fundaram as primeiras bibliotecas. Na cidade de Nipur, 150 km ao sul de Bagdá, foi encontrado uma biblioteca sumeriana inteira, contendo cerca de 60.000 tabletes de barro com inscrições cuneiformes sobre a origem da humanidade.

1195672544_f

*Criaram os fenomenais projetos arquitetônicos denominados zigurates. Verdadeiros complexos piramidais que englobavam vários módulos de edifícios, abrigando desde templos religiosos até plenários políticos, construídos ao redor de um bloco-célula central e interligados por rampas espirais desde a base até o topo.

Foi o maior especialista vivo, em cultura suméria, o historiador e arqueólogo Zecharia Sitchin nasceu na Rússia e foi criado na Palestina, onde adquiriu profundos conhecimentos de arqueologia e história oriental. Formado em história pela Universidade de Londres, foi um dos poucos estudiosos do mundo capacitados a traduzir a escrita cuneiforme, característica das civilizações mesopotâmicas, trabalhou como jornalista e editor em Israel e nos últimos anos foi escritor e consultor da NASA. Sitchin traduziu massivamente, ao longo de sua vida, os escritos de mais de 2000 placas sumérias encontradas em suas pesquisas arqueológicas. E escreveu inúmeros livros contendo essas traduções e sua interpretação sobre o assunto. Basicamente, o legado do conhecimento sumério revela que a Terra, teve origem através da colisão de dois gigantescos corpos celestes, Nibiru e Tiamat. Os escritos afirmam que Nibiru, um planeta avermelhado (Que já foi avistado pela NASA e atualmente vem sendo chamado de “planeta X”) foi desviado de um sistema binário, há milhões de anos, e capturado pela gravidade do nosso Sol. Esse planeta viajou em nosso sistema solar, abaixo da elíptica, passando por Netuno e Urano. Como seu campo magnético era muito intenso, ele deslocou Urano para seu lado quando passou por ele. Naquela época não havia o planeta Terra, mas sim um outro planeta, muito maior, Tiamat, coberto quase que só de água. Durante a trajetória, as luas de Nibiru atingiram Tiamat dividindo-no em duas partes, pulverizando a metade onde ele foi atingido (criando o cinturão de asteróides entre Marte e Júpiter) e empurrando a outra metade para uma órbita mais baixa, a atual órbita da Terra. Durante esse processo, uma das luas de Nibiru foi capturada pela gravidade da Terra, e se tornou o nosso satélite. A primeira passagem de Nibiru foi responsável pela atual configuração do nosso sistema solar. Plutão era uma lua de Saturno que foi arrancada de sua gravidade e empurrada para a sua atual órbita. Em Fevereiro de 2000, chegava ao fim a “Missão Near” (sonda Near) da NASA, chefiado pelo Dr. Cheng, confirmando esta gigantesca trombada celeste no início do nosso sistema solar (catastrofismo).

zecharia_sitchin
Nibiru tem um período orbital de 3600 anos se comparado com a Terra e orbita dois sóis. Os sumérios descreveram-no como sendo quatro vezes maior do que a Terra, de cor avermelhada, e responsável por grandes catástrofes, no nosso planeta, durante suas passagens através de nosso sistema solar. Eles explicam que a aproximação desse planeta foi à causa do dilúvio citado na Bíblia, devido a um deslocamento polar na Terra. Os estudiosos do legado sumério, têm se questionado como seria possível que uma civilização tão antiga tivesse informações tão precisas sobre astronomia, numa época onde supostamente não havia equipamentos tecnológicos? A resposta está no trabalho de Zecharia Sitchin. O conhecimento sumério, sobre o sistema solar, só poderia ser obtido por meio de uma fonte externa. Que fosse capaz de viajar pelo espaço e observar esses eventos. A dimensão do trabalho de Sitchin é tão importante que ele foi consultor pessoal dos generais norte-americanos Colin Powell e Norman Schwarzkopf, durante a guerra do Golfo. Powell, que posteriormente se tornou Secretário de Estado, tinha um particular interesse na organização militar dos sumérios. Coincidência ou não, nos últimos quinze anos as campanhas militares norte-americanas se tornaram extremamente intensas na região que foi o berço da civilização suméria.

As placas sumérias tem informações precisas sobre os planetas do sistema solar. O mais impressionante são os dados sobre Plutão (planeta que só foi descoberto em 1930). Eles sabiam o tamanho de Plutão, sua composição química e orgânica e afirmavam que Plutão era na verdade um satélite de Saturno que se “desprendeu” e ganhou uma nova órbita. Eles chamavam a Lua de pote de chumbo e diziam que seu núcleo era uma ‘cabaça’ de ferro. Durante o programa Apolo, a NASA confirmou esses dados… Esse conhecimento seria possível há 8.500 anos atrás? Em 1983, o Satélite Astronômico Infravermelho (IRAS) fotografou um grande objeto na imensidão do espaço. O astro seria tão grande quanto Júpiter e provavelmente poderia fazer parte do nosso Sistema Solar. Em 1987, a Agência Espacial Norte-Americana (NASA) anunciou oficialmente que admitia a provável existência do chamado Planeta X. Em uma conferência realizada no Centro de Pesquisas Ames, na Califórnia, o pesquisador John Anderson declarou: “Um décimo segundo planeta pode estar orbitando o Sol. Sua localização seria três vezes a distância entre o Sol e Plutão”. A questão é delicadíssima. De um lado temos escritos de milhares de anos sobre a formação da Terra, com informações precisas e riquezas de detalhes, traduzidos pelo maior especialista em civilização suméria e de outro lado temos a discreta confirmação dessas informações pela maior agência espacial do mundo.

82u6e60

A questão da origem do planeta Terra e da humanidade é, de fato, extremamente delicada, porque ameaça completamente o mainstream social moderno (pelo menos nas sociedades ocidentais). A humanidade é guiada pela ciência e/ou pela religião. Pelo empirismo ou pela fé. Entretanto, tanto um como o outro se tornaram instrumentos de poder para grupos poderosos interessados em dominar as grandes massas populares. Sistematicamente, os dois extremos têm ocultado ou distorcido, ao longo da historia, informações sobre a origem do homem no planeta. No campo científico, homens como Charles Darwin induziram a humanidade a acreditar que o homem evoluiu progressivamente e naturalmente de um tipo de antropóide. Essas afirmações foram baseadas nas observações e pressuposições de Darwin, que em suas viagens de estudos pelo mundo, desenvolveu a idéia de que um processo de seleção natural era responsável pelas mutações das diversas espécies de animais, para se adaptarem as mudanças geofísicas sofridas pela Terra no passado. Até aí tudo coerente, porém Darwin, precipitadamente concluiu que os seres poderiam sofrer qualquer transformação para se adaptarem. Para ele um lêmur voador poderia se transformar em um morcego, sobre uma determinada circunstância: – “Não vejo qualquer dificuldade em acreditar na possibilidade de que a seleção natural possa desenvolver a membrana no lêmur voador, até transformá-la num verdadeiro membro alado, à semelhança do que deve ter ocorrido com o morcego”. Seguindo essa linha de pensamento ele concluiu que um símio poderia ter perdido os pêlos, a cauda, ter erguido a coluna vertebral, ficado inteligente e se tornado homem de maneira natural.

Atualmente o Darwinismo também tem sido chamado de “teoria da origem inferior das espécies”. A antítese ao “evolucionismo” de Darwin é a “teoria da origem superior das espécies”, uma variação da teoria criacionista, baseada nas descobertas de fósseis humanos descomunais e ruínas de construções megalíticas, encontrados em várias partes do mundo. O pesquisador suíço Erich Von Däniken foi um dos primeiros defensores modernos, da teoria da origem superior. Tendo viajado meio mundo e dedicado boa parte de sua vida ao estudo das civilizações antigas, como os sumérios, babilônios, hindus, incas, maias e astecas, Däniken é pioneiro na abordagem técnica sobre a influência de seres extraterrestres no desenvolvimento da vida na Terra. A despeito de inúmeras difamações e ataques sofridos, escreveu diversos livros, entre os quais o clássico “Eram os Deuses Astronautas?”, enfatizando sistematicamente que as mutações fisiológicas, além do fator “inteligência”, foram introduzidas no hominídeo ancestral, via engenharia genética, resultando no homo-sapiens. E todo o processo civilizatório foi igualmente, introduzido pelos mesmos seres, supostamente superiores, gradativamente. Däniken, através de seminários e palestras, foi o primeiro pesquisador a confrontar o sistema e expor publicamente essa linha de pensamento. Seus trabalhos, muito ricos em detalhes, são referências obrigatórias para quem estuda esse assunto, sendo, inclusive mencionados por Sitchin.

Segundo os sumérios, essa raça de extraterrestres eram os Anunnaki (Os Do Céu Que estão Na Terra), que mais tarde foram chamados de Elohim (Senhores do Céu). Humanóides gigantes vindos do planeta Nibiru e que devido a problemas no seu ecossistema, decidiram iniciar um processo de colonização no nosso planeta, por volta de 450 mil anos atrás. A primeira expedição Anunnaki, liderada pelo mega-cientista ENKI (Senhor da Terra), aterrissou na região do Golfo Pérsico, onde estabeleceu a primeira base de operações: ERIDU (Lar Longínquo Construído). O plano original era extrair ouro do mar, o que de fato foi feito, mas à medida que esse processo foi ficando inviável, a única alternativa foi extrair o minério do sudeste da África, que já havia sido explorada por ENKI. Sem perda de tempo ele partiu p/ o continente africano, c/ uma equipe e ergueu o complexo ABZU. O ouro obtido nas minas da região iria ser transportado em embarcações até a Mesopotâmia, para derretimento e refinamento. Em seguida os lingotes eram enviados, através de uma nave de carga até uma outra nave que ficava orbitando a Terra, aguardando a chegada periódica de uma nave-mãe que levava o precioso metal para Nibiru, para ser usado como partículas suspensas, na atmosfera, a fim de conter o avanço de um fenômeno semelhante ao efeito estufa.

A ampliação das atividades de mineração, trouxe uma segunda expedição liderada pelo comandante ENLIL (Senhor do Comando), meio-irmão de ENKI e logo os Anunnaki ergueram um gigantesco complexo logístico nas imediações do Monte Ararat. ENKI e ENLIL eram filhos do governante de Nibiru, ANU (Senhor das Alturas) e rivais, devido ao fato de que, mesmo sendo primogênito, ENKI não era o primeiro na linha de sucessão do trono nibiruano, mas sim ENLIL. Posteriormente uma terceira missão foi enviada, liderada pela médica-geneticista NINTI (Senhora da Vida), meia-irmã dos dois líderes, acirrando a disputa entre eles. Contudo, ao longo do trabalho dos Anunnaki, que já eram aproximadamente 600 na Terra, além de mais 300 em órbita, uma série de conflitos culminou em um motim, durante uma inspeção de rotina, nas minas africanas. Os Anunnaki, astronautas e cientistas, improvisados como operários mineradores, reclamavam das tarefas designadas.

Pressionado, ENLIL informou a ANU sobre a revolta e se dispôs a abandonar o comando da missão e retornar ao seu planeta. Uma corte marcial foi instaurada e ANU, tendo vindo a Terra, exigia que os líderes do motim se revelassem. Ouvindo os depoimentos, ANU concluiu que o trabalho era realmente muito duro e as reivindicações dos Anunnaki eram justas. Mas como interromper a mineração do ouro? O equilíbrio do ecossistema de Nibiru dependia do metal. ENKI, imediatamente ofereceu uma solução genial. Ele informou que no sudeste africano, vagava um ser que poderia ser treinado para executar o trabalho de mineração e desde que a “marca dos Anunnaki” (DNA) pudesse ser colocada nele. ENKI se referia a uma espécie de hominídeo que tinha evoluído naturalmente na Terra, mas que ainda estava num nível evolucionário extremamente distante do atingido pelos habitantes de Nibiru, não obstante ENKI sabia que esse primata, assim como todos os seres da Terra, possuíam material genético compatível com os de Nibiru, porque aqui a vida teria se iniciado com esporos orgânicos trazidos de lá, após a colisão com Tiamat. Esse tipo de fenômeno, denominado de Panspermia Cósmica, segundo cientistas de vanguarda, é comum nas galáxias, podendo ocorrer de forma acidental ou dirigida, como fizeram os Anunnaki.

enki-enlil

Na unidade médica de ABZU, ENKI e NINTI concluíram que poderiam extrair o óvulo de uma fêmea primata, fertilizá-lo, in vitru, com o espermatozóide de um macho Anunnaki e implantá-lo no útero de uma fêmea Anunnaki. Após muitas tentativas e erros, estava criado o modelo perfeito do homo-sapiens. O processo foi repetido várias vezes, formando a primeira geração de híbridos humano-alienígenas, na Terra, que, contudo eram estéreis. E à medida que os LULU (Trabalhadores Primitivos) eram desenvolvidos e encarregados no trabalho de mineração na África, os Anunnaki que trabalhavam na Mesopotâmia começaram a invejar os seus colegas e a clamar pela presença de humanos naquela região. Apesar das objeções de ENKI, ENLIL apoderou-se de um grupo de terráqueos e os levou para a principal base do Golfo Pérsico, ERIDU.

“Iahweh (ENLIL) tomou o homem e o colocou no Jardim do Éden para cultivar e guardar”.Gênesis

A característica de longevidade do relógio biológico dos Anunnaki, onde 1 ano corresponde a 3.600 anos terráqueos, não foi inicialmente introduzida no material genético da primeira geração de humanos, que envelhecia rapidamente e tinha vida curta, o que levou ENKI a aperfeiçoar a manipulação genética dos híbridos, usando seu próprio esperma. Ele e NINTI desenvolveram um outro “modelo perfeito” de terráqueo, um macho que foi o primeiro representante da raça adâmica. O ADAMU ou ADAPA (Aquele Nascido na Terra) possuía alto grau de inteligência e longevidade maior. Em princípio, os primeiros híbridos machos e fêmeas eram estéreis e foram gerados no útero de NINTI e das enfermeiras voluntárias de sua equipe médica. Sitchin ressalta que durante as muitas tentativas e erros dos dois cientistas nibiruanos, para a criação do “humano ideal”, várias espécies de mamíferos, anfíbios, répteis, aves e peixes, foram utilizados como doadores de material genético. O resultado dessas ousadas experiências foram seres antropomórficos, de aspecto exótico ou monstruoso, que ficaram conhecidos, ao longo da história, como quimeras (centauros, cíclopes, hárpias, tritões, sereias, minotauros, hidras, górgonas, sátiros, etc). Criaturas que possuíam cabeça e troncos humanos e membros inferiores de animais ou às vezes, o inverso, ou uma bizarra combinação de ambos ou de vários animais, ou ainda seres humanos com dois pares de membros superiores. Algumas placas sumérias com anotações de ENKI, a respeito dessas experiências, revelam que muitos tinham sérias disfunções biológicas, mas outros se adaptavam bem e desenvolviam inclusive alto grau de inteligência. Ao contrário do que se pensam esses seres não eram meros mitos, mas sim resultado de avançada engenharia genética. A ciência moderna, secretamente, tem dado os primeiros passos em direção a essas atividades (Por exemplo: Transplante de órgãos de animais em seres humanos). O fato é que esses seres fantásticos conviviam com os humanos criados pelos Anunnaki, e foram citados em muitos textos de civilizações antigas, principalmente as greco-romanas e indo-européias. Alguns deles ficaram famosos em seus tempos, como a górgona Medusa, o sátiro Pan e o ser minotauro, da ilha de Creta, ou o homem-pássaro hindu Garuda. Inicialmente eram considerados semi-deuses, mas à medida que as civilizações iam ficando mais sofisticadas, esses seres passaram a ser vistos como ameaças e foram perseguidos e combatidos por homens como Gilgamesh, Perseu e Hércules.

Civilizacao-sumeria

A despeito das quimeras, o projeto do homo-sapiens foi bem sucedido, mas a primeira geração de híbridos não procriava, então ENKI decidiu criar clones modificados, utilizando o DNA mitocondrial de sua esposa NINKI (Senhora da Terra) combinado com o DNA do tecido retirado de ADAMU, criou uma fêmea apta para procriação. Sendo assim “Adão e Eva”, do livro do Gênesis, receberam o “fruto do conhecimento”, ou seja, foram iniciados no conhecimento sobre procriação, além de outros assuntos. Sitchin diz ainda, que o mito da “serpente tentadora” do Éden, se refere ao termo “Nahash” (Portador do Conhecimento), um dos muitos epítetos de ENKI, que enalteciam suas habilidades científicas. O brilhante Anunnaki possuía um cajado de metal, em forma de haste circundado por duas serpentes, em referência a dupla hélice do DNA humano. Esse símbolo, o Caduceu, foi adotado pela Medicina em todas as épocas. O fato é que ENKI e NINTI eram brilhantes cientistas e dominavam plenamente a ciência da manipulação genética, se referindo a ela como a ciência da “Árvore da Vida”. Sitchin revela uma curiosidade interessante: A palavra “mãe” se originou de MAMI, um dos epítetos suméricos de NINTI, a Senhora da Vida.

“Com amplo entendimento ele o aperfeiçoara… Para ele dera o Conhecer… A vida eterna não lhe concedeu.” Gênesis

ENLIL, além de comandante e administrador, também tinha profundos conhecimentos científicos em engenharia genética, mas era totalmente contra a sua aplicação em seres humanos e animais, só tendo permitido as experiências de ENKI porque o ecossistema de Nibiru dependia do sucesso delas. ENLIL fazia uso dos seus conhecimentos somente p/ modificação de sementes e grãos de vegetais e ENKI, além das experiências c/ os humanos, modificava animais que seriam usados p/ alimentação ou produção, como vacas e ovelhas. Não é possível afirmar se ENLIL realmente era contra as experiências c/ humanos, por valores morais ou somente p/ rivalizar o irmão. Ele sempre mantinha ANU informado sobre tudo que ocorria na Terra, que curioso p/ ver o resultado do trabalho de ENKI e NINTI, ordenou que ADAPA fosse levado à sua presença. ENKI temia que este consumisse alguma substância, que aumentasse o seu ciclo biológico e o induziu a evitar os alimentos que lhe fossem oferecidos, contudo, ANU, surpreso com a perfeição da “criação”, quis que o ADAPA fosse mantido em Nibiru, mas ele acabou sendo trazido de volta a Terra e ficou temporariamente sob a guarda de ENLIL, na base EDIN/Éden (Lar dos Justos), no Oriente Médio. Eventualmente ADAPA e sua fêmea começaram a amadurecer sexualmente e esse fato irritou profundamente ENLIL que sempre se opunha aos planos de ENKI e tomado pela ira, os expulsou da base. Eles retornaram para a base africana ABZU e começaram a reproduzir. Sua prole era então clonada por ENKI p/ acelerar e ampliar a descendência e as gerações futuras geravam mais e mais humanos de agradável aparência física e portadores do gen de longevidade Anunnaki, embora vivessem bem menos que eles. Mas ainda assim atingiam idades fantásticas para os padrões biológicos atuais.

awr_mesotree enki_dna

Os textos do Antigo Testamento falam que os homens das primeiras gerações adâmicas, viviam centenas de anos e em alguns casos quase atingiam a idade de 1000 anos, como exemplo, Matusalém, Noé e Enoque, que foram alguns dos principais patriarcas pré-diluvianos. Mas Sitchin faz uma revelação perturbadora: Segundo ele as primeiras civilizações humanas aprenderam a fazer cálculos baseados numa média orbital entre Nibiru e a Terra. Como os Anunnaki controlavam o seu tempo baseado na órbita do seu planeta, os homens foram instruídos a fazer cálculos c/ esse referencial. A primeira grande civilização pós-diluviana, a sumérica, dominava o complexo sistema matemático elaborado pelos Anunnaki, p/ aplicação na Terra, onde o dígito 1 correspondia a 60 unidades (o atual sistema cronográfico onde 1 h. = 60 min. = 3.600 seg. é baseado nesse modelo), portanto o ciclo de vida dos primeiros homens adâmicos, seguindo esse padrão, poderia ter durado alguns milhares de anos. Essa característica genética foi mantida até as primeiras dinastias egípcias, quando então começou a se deteriorar, porque o próprio relógio biológico dos Anunnaki ficou debilitado pela vida neste planeta.

Sitchin faz uma observação, em seus livros, a respeito da raça adâmica e da origem do nome Adão: Ele admite que possivelmente não havia um indivíduo assim chamado, mas de fato o primeiro modelo ideal do homo-sapiens ficou famoso entre os Anunnaki e os homens da Terra, porque foi a primeira matriz biológica e porque gozava da proteção de ENKI, que o chamava de ADAPA (Nascido na Terra). Se de fato ele foi clonado, é possível que em determinado momento o termo passasse a se referir a toda a primeira geração de homens. Sendo assim, é provável que algumas citações históricas distorcessem o termo ADÃO/ADAMU/ADAPA p/ o singular, assim como foi feito com a palavra Elohim (“deuses” e não “Deus”).

Um detalhe interessante sobre a descendência de Adão e Eva, pode ser observado no incidente de Caim e Abel. Sitchin tem uma teoria muito interessante: ENKI teria ensinado a pecuária aos homens e ENLIL, a agricultura. Caim e Abel eram respectivamente agricultor e pastor e lideravam grupos de trabalhadores nessas atividades. As constantes disputas entre os dois líderes Anunnaki acabaram influenciando o comportamento dos humanos. E desentendimentos e ciúmes entre os trabalhadores acabaram culminando no assassinato de Abel. Então Caim foi condenado ao exílio por ENLIL, que ficara perplexo diante da primeira demonstração de violência entre os homens e pretendia evitar que aquilo gerasse uma reação em cadeia. Tomado de pavor de uma vingança, Caim teria implorado a ENLIL que o protegesse. O comandante Anunnaki, irado pelo crime contra seu pupilo, Abel, se manteve irredutível na sua decisão, mas pediu a NINTI que lhe fizesse uma modificação genética p/ que os outros homens soubessem que ele carregava um “sinal de Deus” e não o molestassem. A famosa “marca de Caim”, citada no Antigo Testamento, consistia numa alteração cromossômica p/ que os seus descendentes não tivessem pêlos faciais. Banido, Caim teria vagado com sua família e seguidores por longas distâncias e Sitchin sugere que eles teriam chegado até a América Central e se fixado lá. Sua descendência, ignorada pela história, teria sido a base genética dos ameríndios, que têm com característica principal a ausência de pêlos faciais.

enki01

Ao longo dos milênios as gerações de humanos, deixavam de ser apenas trabalhadores ou escravos nas minas. Eventualmente aprendiam novas tarefas e logo cozinhavam, dançavam, tocavam músicas, eram instruídos em todas as ciências e até construíam “casas” para os “deuses”, que eles chamavam de “templos”. Logo o objetivo central da missão, foi desaparecendo e os Anunnaki pareciam se agradar daquela excelente vida na Terra. Porém, como havia poucas mulheres nibiruanas na Terra, muitos Anunnaki se sentiram atraídos pelas fêmeas humanas e começaram a tomá-las por suas mulheres: “Quando os filhos dos deuses viram que as filhas dos homens eram bonitas, as tomaram como esposas”. Desse cruzamento nasceram os híbridos gigantes, os chamados nefilins, anakins, refains ou titãs. Sitchin afirma que, segundo os sumérios, a estatura média dos Anunnaki é de 3,5 a 4m atingindo até 7m e que seus descendentes titãs mantiveram esse nível. O fato é que em alguns milênios eles acabaram organizando os homens em centros urbanos e os instruíam em todos os seguimentos possíveis, gerando então poderosas civilizações. Däniken, em seus estudos, cogita a possibilidade das lendárias civilizações da Lemúria e Atlântida, terem sido as primeiras erguidas por esses seres, que conviviam com a humanidade, e foram adorados como deuses e semi-deuses.

Porém, em certo momento as relações entre homens e Anunnaki ficaram comprometidas por ódios e paixões, levando-os a toda sorte de comportamentos bizarros, que se agravavam mais ainda pela aproximação do planeta gigante Nibiru, que já estava causando terríveis mudanças no clima agradável do planeta e logo os flagelos naturais somados às perturbações sociais, causaram a deterioração moral daquela sociedade híbrida. Esses fatos irritavam seriamente ENLIL que estimulava cada vez mais a desconfiança em ANU e nas altas hierarquias Anunnaki, que já repudiavam o comportamento dos alienígenas nesse planeta. Cedendo a pressão de ENLIL, ANU ordenou que os chefes Anunnaki se reunissem em conselho p/ julgarem a humanidade e decidirem o que deveria ser feito, como punição. Aproveitando a nova passagem de Nibiru, pelo nosso sistema solar, que causaria um cataclisma na Terra, ENLIL e ANU votaram por deixar a humanidade ser dizimada. Essa decisão acabou aceita pela maioria do conselho, mas sob protestos veementes de NINTI e ENKI. O fato é que prevaleceu a pressão e o poder de persuasão de ENLIL sobre ANU que obrigou o conselho a prestar juramento de que não alertaria os homens quanto à catástrofe iminente. A grande verdade é que o transtorno planetário foi usado por ENLIL p/ fazer uma “limpeza racial” na Terra porque não admitia a miscigenação entre os Anunnaki e os terráqueos.

“Viu o Senhor que era grande a maldade do homem na terra, e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era má continuamente. Então arrependeu-se o Senhor de haver feito o homem na terra, e isso lhe pesou no coração. E disse o Senhor: Destruirei da face da terra o homem que criei, tanto o homem como o animal, os répteis e as aves do céu; porque me arrependo de os haver feito.” Gênesis 6:1, 7.

Inconformado e temendo pela sua obra, ENKI designou, secretamente, um homem, de nome sumério ZIUSUDRA (Noé ou Noah, em hebraico), para reunir grupos de humanos e espécies animais diferentes, que seriam salvas das inundações do planeta causadas pelo deslocamento dos pólos, devido à aproximação de Nibiru, em uma nave submarina submergível desenvolvida por ele, para essa finalidade. ENKI elaborou ocultamente um plano de sobrevivência para os seres selecionados por ZIUSUDRA, pois não ousava desafiar seu pai ANU, nem as hierarquias de Nibiru. Sem tomar conhecimento do seu plano , os Anunnaki evacuaram a Terra e de suas naves estacionadas na órbita do planeta, observaram o desastre e se entristeceram, sofrendo pela destruição daquela grandiosa obra e amargurados por terem abandonado os humanos ao terrível cataclisma. Com a passagem de Nibiru, duros tempos se iniciaram na Terra.

Escrita_cuneiforme_sumeria kolbrin07_01 shumer

Um detalhe curioso, revela o grau de comprometimento de ENKI c/ a humanidade naquele momento: Tendo sido obrigado a prestar juramento, ele não podia revelar aos homens sobre o perigo iminente e nem ajudá-los, mas incorfomado c/ a situação encontrou uma peculiar maneira de alertar pelo menos um pequeno grupo. Nos tabletes sumérios, referentes ao episódio do dilúvio, é mencionado que ENKI tinha ciência que não podia contar aos homens, mas nada o impedia de “falar c/ as paredes”. Uma noite ele se aproximou da casa onde morava ZIUSUDRA, se detendo do lado de fora perto do aposento onde este dormia, e falando alto ou através de algum aparelho, propagou sua voz pelo local dizendo: “Parede, o teu senhor ENKI te ordena que construa uma embarcação, reúnam quantos familiares e agregados puderes, abandona tuas posses e salva tua vida, pois os elohim condenam a humanidade à morte…” ENKI teria deixado um tipo de relógio regressivo, sensível às oscilações geodésicas e um projeto de construção de um submergível a cargo de um Anunnaki de sua confiança designado p/ ajudar Noé. Além de ter feito uma seleção de animais e espécies de plantas p/ redistribuir pelo planeta após o holocausto.

Entre muitos pontos em comum, nos textos de Däniken e Sitchin, um particular chama a atenção: Os dois autores afirmam que no processo de exploração do nosso sistema solar, os Anunnaki teriam construído bases de operações em Marte e nas suas luase na nossa lua. Nos primeiros milênios após sua chegada a Terra, essas bases teriam servido de “escalas” até Nibiru, durante o período de transporte do ouro extraído aqui e além da mineração na Terra, os Anunnaki também extraíam silício na nossa lua. Sendo assim, Sitchin argumenta que essas bases teriam servido de refúgio para os extraterrestres durante os anos pós-diluvianos, quando o elevado nível dos oceanos não permitia o retorno a Terra.

Quando o nível das águas cedeu e as camadas de lama que cobriam a Mesopotâmia secaram o suficiente para permitir o repovoamento, os Anunnaki retornaram a Terra e se surpreenderam quando viram os sobreviventes do cataclisma. E num primeiro momento se indignaram quando ENKI revelou ter elaborado o plano de sobrevivência das espécies terráqueas. Contudo, a revolta cedeu lugar ao contentamento, pela possibilidade de reconstruir a humanidade. NANNAR, um dos filhos de ENLIL, recebeu uma extensão de terra que ia do oeste até o Mediterrâneo e ficou encarregado de reconstruir ERIDU, que viria a se tornar Summer ou Suméria e fundando outras, como Ur, a cidade onde nasceu Abraão. Ao filho mais novo de ENLIL, ISHKUR (Senhor das Montanhas Distantes), coube as terras a noroeste. Ásia menor e as ilhas do Mediterrâneo, onde a “realeza” Anunnaki se espalhou, dando origem ao panteão dos deuses greco-romanos. ENKI e seus descendentes, entre eles seu filho NINGISHSIDA (Senhor da Árvore da Vida) ficaram encarregados de reconstruir ABZU, nas terras africanas. De fato, todo planeta foi repartido entre os Anunnaki, que se tornaram as deidades das mitologias indo-européias, asiáticas e andinas. Däniken menciona que em determinado momento, NINGISHSIDA (chamado de TOTH pelos egípcios), teria ido p/ a América Central explorar a região dos Andes, juntamente com um grupo de sobreviventes africanos e teria erguido a civilização dos olmecas, que seriam os mentores dos astecas (segundo Däniken, a palavra asteca deriva da raiz az-tlan e se refere aos sobreviventes que vieram das terras da Atlântida). Ele ainda expecula que a base do povo asteca era formada pela descendência de Caim misturada com os exilados atlantes. Sitchin não faz menções sobre a Lemúria e Atlântida, mas as peças acabam se encaixando. No comando dos olmecas e dos astecas, o hábil e engenhoso NINGISHSIDA teria ficado conhecido, como o deus Quetzalcoatl (A grande Serpente Emplumada). ISHKUR, posteriormente, também teria ocupado as terras da península de Yucatán, no México, e ficou conhecido como o deus Viracocha.

As civilizações reerguidas na Mesopotâmia, fizeram várias citações aos Anunnaki e a mais peculiar é a que deu base para a referência bíblica dos “Nefilins, os anjos caídos! Aqueles que desceram dos céus para cruzarem com as mulheres dos homens!” Zecharia Sitchin relata que na sua juventude, durante uma aula de hebraico, sobre o capítulo VI do livro do Gênesis, ousadamente questionou seu professor sobre o termo “gigantes” ser o significado da palavra Nefilim. Sitchin enfaticamente afirmou que mesmo derivando da raiz “nefal” (queda), o significado real seria “aqueles que foram lançados” ou “aqueles que aterrisaram na Terra”. Nos anos que se seguiram, à medida que aprendia a língua, a história e a arqueologia do antigo Oriente Médio, os Nefilins tornaram-se uma obsessão. Os achados arqueológicos e a decifração dos textos sumérios, babilônicos, assírios, hitititas, cananitas e outros textos antigos e contos épicos foram progressivamente confirmando a precisão das referências bíblicas a reinos, cidades, governos e culturas na antiguidade. Não havia mais dúvidas de que os Nefilins foram os visitantes da Terra, vindos do céu, num passado distante.

“Esses Nefilins eram os valentes, os homens de renome, que houveram na antigüidade.”Gênesis 6.4″

“ Antes haviam habitado nela os Emins, povo grande e numeroso, e alto como os Anaquins; eles também são considerados Refains como os Anaquins; mas os moabitas lhes chamam Emins.” Deuteronômio 2.10-11

“Porque só Ogue, rei de Basã, ficou de resto dos refains; eis que o seu leito, um leito de ferro, não está porventura em Rabá dos amonitas? O seu comprimento é de nove côvados [4 metros], e de quatro côvados [1,78 metros] a sua largura, segundo o côvado em uso.”Deuteronômio 3.11

“Também vimos ali os Nefilins, isto é, os filhos de Anaque e éramos aos vossos olhos como gafanhotos.” Números 13.33

“Então saiu do arraial dos filisteus um campeão, cujo nome era Goliah, de Gate, que tinha de altura seis côvados e um palmo [2,89 metros].” 1 Samuel 17.4

Os relatos das civilizações antigas estão repletos de referências a seres de tamanho gigantesco, força descomunal e portadores de tecnologias avançadíssimas, participando direta ou indiretamente nas sociedades humanas. Devido às suas potencialidades, eles foram sistematicamente considerados divindades: Os nefilins da mitologia hebraica, o panteão egípcio, os deuses do Olímpio, ciclopes e titãs da mitologia greco-romana; os suras, asuras e devas da mitologia hindu; os guerreiros do Valhalla da mitologia escandinava não eram outros senão os Anunnaki. Gigantes astronautas de tempos imemoriais, vindos do planeta Nibiru. Particularmente, os sumérios, sempre foram pragmáticos ao explicar de onde eles vieram, porque estavam aqui e porque agiam como agiam. E sem sombra de dúvida, as gritantes marcas das atividades desses seres estão, definitivamente, espalhadas pelo mundo. Em monumentos, monólitos e ruínas milenares espalhadas pelos continentes e mesmo no fundo dos oceanos e certamente na estrutura genética dos seres humanos (gens recessivos), desafiando à nossa medíocre compreensão. Não admitir tal verdade é uma tolice, que pode ter um custo muito alto para a humanidade!

No oriente as escrituras asiáticas são mais naturais e abertas em suas referências aos grandes “devas” que, no passado, voavam pelos céus em naves vímanas. No ocidente ocorre o ocultamento total do assunto. Instrumentos de repressão, como a Ordem dos Cavaleiros Templários e a Inquisição, foram usados para suprimir esses conhecimentos da humanidade e mantê-los nos porões da igreja católica ou sob o domínio de obscuros rabinos. O que as pessoas pensariam se soubessem que a expressão “ser feito à imagem e semelhança de Deus”, no caso do planeta Terra, se refere à manipulação genética de uma espécie semi-humana por outra super-humana, resultando numa outra espécie humana peculiar? E temos que considerar que o termo “Deus” não era usado pelos sumérios. Eles eram cientes da condição extraterrestre dos Anunnaki. O aspecto “divino” desses seres começou a ser atribuído na medida em que seus herdeiros diretos na hierarquia de poder, os faraós do Egito, utilizavam essa condição para legitimar e garantir sua posição no poder, como “filhos dos deuses”. As sociedades que foram influenciadas diretamente pelos Sumérios, como as greco-romanas e indo-européias, distorceram a condição dos Anunnaki em relação aos sumérios, passaram a adorá-los como “deuses” e acabaram consolidando o politeísmo. Divindades de diversos lugares como Zeus, Apollo e Posseidon, na Grécia; Ptah, Ra e Hórus no Egito; Brahma, Vishnu e Shiva, na Índia ou Odin, Thor e Loki, na Escandinávia eram os mesmos Anunnaki. Entretanto, os hebreus que repudiavam o politeísmo egípcio e mesopotâmico, manipularam o conceito dos Anunnaki, de outra forma, adotando no singular o termo “elohim” (que é plural = deuses) para se referir a um Deus único. Sitchin  revela que isso ocorreu porque os semitas eram uma nação serviente à ENLIL, o autoritário e vingativo comandante Anunnaki que, se apresentava para os hebreus como Javé (YWHW) e teria formado uma aliança com esse povo, inclusive tendo-os guiado através do deserto, por quarenta anos, em direção à Caxemira, na Índia. Que segundo Däniken, seria a verdadeira terra prometida e não a Palestina. Ele afirma que esse longo período no deserto, foi uma experiência feita por ENLIL para garantir a não interferência de outros povos na linhagem genética dos semitas, que eram seus protegidos (enlititas).

3a- 1260443402467_f

Apesar de ENKI ter sido literalmente o “senhor da criação” na Terra, a “administração” do planeta ficava sobre o comando de ENLIL, que na condição de sucessor direto de ANU, no governo de Nibiru, fazia valer sua autoridade entre os Anunnaki e os homens. Determinando leis, impondo ordens e realizando feitos notórios que o deixavam na condição de “senhor da humanidade”. Alguns desses feitos foram decisivos p/ que ENLIL viesse a ser confundido como o Logos Criador do universo, ao longo da história:
*A decisão de manter o ADAPA e sua fêmea, sob sua guarda, quando ele foi trazido de volta de Nibiru.

*A decisão de expulsá-los da base EDIN quando atingiram a maturidade sexual.

*A decisão de deixar a humanidade perecer no dilúvio, que foi interpretada pela humanidade, não como uma demonstração de arrogância, mas como uma demonstração de poder sobre a vida e a morte.

*A decisão de assumir p/ si e seus descendentes a reconstrução da Mesopotâmia, após o dilúvio, o que consolidou sua condição de “senhor” das antigas nações do Oriente Médio.

*As vitórias do seu clã em várias disputas travadas c/ o clã de ENKI, mostravam o peso do seu poder de comando. Ele era sempre enaltecido como “Aquele que Decide os Destinos”.

*A decisão de permitir que seu clã propagasse diversas línguas diferentes entre as civilizações dos homens p/ manter a dispersão dos povos, evitando a coesão de grupos rebeldes, uma vez que o incidente da Torre de Babel trouxe sérios problemas p/ os Anunnaki.

*A decisão de permitir que Sodoma e Gomorra fossem destruídas, em mais uma disputa com o clã de ENKI.

*A aliança com a nação hebraica, que acabou sendo o berço do Cristianismo.

*A entrega dos mandamentos recebidos por Moisés p/ manter o equilíbrio moral e social da sua nação protegida.

*A dizimação do exército egípcio, em perseguição aos semitas, no deserto, durante o êxodo.

*O combate dos hebreus às formas de adoração aos outros Anunnaki (politeísmo). Visando reduzir ao máximo a influência do clã de ENKI que ainda era forte no Oriente Médio.

Como o planeta Nibiru está diretamente relacionado com a atual formação do nosso sistema solar, assim como os Anunnaki estão relacionados com o surgimento do homo-sapiens, naturalmente os povos influenciados pelos sumérios passaram a deturpar essas informações e a confundir os líderes extraterrestres com o criador de todo universo. O Logos primordial. Os fatos mencionados acima e esse detalhe peculiar devem ser analisados friamente p/ se entender porque as duas principais religiões da humanidade, o islamismo e o cristianismo (ambas c/ raízes hebraicas) adotaram o conceito de “deus único”. Contudo, não deixa de ser uma grande ironia o fato de que ENLIL/Elohim, o mesmo que determinou que a humanidade devesse perecer no dilúvio, fosse adotado como “Deus” e não ENKI, que foi o criador do homo-sapiens.

Uma questão importante tem que ser levantada p/ entendermos como a cultura Anunnaki influenciou o Cristianismo: Podemos presumir que Jesus, de descendência sumérico-hebraica, certamente sabia da existência dos Anunnaki. Então como ele lidava c/ isso? Não se pode afirmar que Cristo se referia à ENLIL quando falava em Deus, porque na sua real condição de avatar ele dispunha de conhecimentos transcendentais que certamente iam muito além do mundo físico. Pode se supor que ele diferenciava as coisas, evitando a confusão de informações culturais e separando os conceitos de “espírito criador” e “matéria criadora”. Dessa forma, quando falava de Deus, pregando sua filosofia vida, ele estaria se referindo ao Logos Criador e não à ENLIL ou a qualquer outro Anunnaki. Porém o peso da influência hebraica prevaleceu e a grande massa de cristãos e judeus não teria assimilado a filtragem feita por Jesus, e acabou mantendo o conceito distorcido de que ENLIL seria “O Deus Criador”. E até hoje o seu nome adotado pelos hebreus, Yahwe ou Javé (YWHW), é mencionado como sendo o nome de Deus. Nesse contexto, podemos levantar uma ousada hipótese: Tendo sido o império romano, um clone do império faraônico egípcio, sabemos que o politeísmo romano “sampleou” as deidades egípcias. Aprendendo a história da mesopotâmia, sabemos que os seus deuses e semi-deuses, não eram outros senão ENLIL, ENKI e seus descendentes e agregados. Muitos corrompidos pelo poder e pela adoração dos homens, eram capazes de tudo p/ perpetuar suas glórias. Lembremos que o ofício do sacerdócio começou na mesopotâmia (ou mesmo antes, na Lemúria e Atlântida), onde os Anunnaki transmitiam conhecimentos de ciências e ocultismo, p/ um seleto grupo de iniciados. O que no começo era p/ o bem comum, com o passar do tempo acabou sendo usado p/ manutenção de poderes. E esses grupos/sociedades secretas se tornaram ferramentas políticas. Então ficam no ar, as seguinte questões:

*Os sacerdotes e profetas que não se prestavam a esses objetivos obscuros, não teriam se tornado uma ameaça ao poder de grupos Anunnaki, e seus afins (faraós, imperadores, reis, césares, etc)?

*Teria sido, a perseguição dos egípcios e romanos aos que pronunciavam mudanças sociais c/ o nascimento de avatares, como Cristo, uma repressão programada p/ impedir ameaças a estrutura de poder criada pelos Anunnaki?

*Não teria sido, a perseguição e crucificação de Cristo e seus seguidores, uma medida tomada “acima” da esfera de poder romana?

Quero deixar claro aqui, que não tenho a intenção de questionar ou negar a existência do Logos Criador e nem afirmar que todos os Anunnaki agiam como deuses, pois mesmo entre os Anunnaki, havia o conhecimento desse poder original. Algumas placas sumérias continham um diário de ENKI, que foi traduzido por Sitchin e publicado com o título “O Livro Perdido de ENKI”. Nessas crônicas ele revela que durante o conselho no qual foi decidido que ele deveria criar um híbrido terrestre-alienígena através de engenharia genética, ENLIL protestou duramente, argumentando que os Anunnaki tinham vindo a Terra para mineração e não p/ “brincar de Deus”. Eles sabiam perfeitamente da existência do Logos primordial, responsável pela criação e expansão da energia e da matéria que compõe o universo, mas na condição de mestres das ciências, eles não se opuseram a possibilidade de interferir na evolução natural de mundos em formação, como a Terra, no passado, porque o ecossistema de seu planeta natal estava ameaçado e sob a pressão das circunstâncias eles precisavam de mão de obra p/ a mineração da Terra, como já foi dito antes. Como ENLIL, sempre rivalizou com ENKI, ele utilizava frequentemente essa polêmica p/ acirrar suas disputas de poder, mas mesmo assim não deixava de ter uma certa razão ao expor todos os riscos inerentes às experiências de manipulação genética e ao perigo de se interferir na ordem natural das coisas.

thenibirupitrasumc3a9ria-cilindoplanetasaturno1

A vastidão do universo dá certeza de que a vida é um fenômeno constante em incontáveis mundos, sendo prova irrefutável da existência desse Logos Criador. E de fato, é interessante pensar na possibilidade de que outros seres tão inteligentes, poderosos e qualificados quanto os Anunnaki, viajem de mundos em mundos, espalhando, modificando ou aperfeiçoando a vida e contribuindo para um propósito cósmico maior. Certamente que esse assunto incomoda a maioria das pessoas, mas nos tempos atuais, de avançada tecnologia, onde viagens espacias e biogenharia são assuntos correntes na mídia, essa verdade ancestral poderia e deveria ser divulgada. Esse conhecimento seria fundamental para a preparação da humanidade para a próxima passagem do planeta Nibiru.

Fonte (com fotos):

http://osnefilins.tripod.com

http://pt.wikibooks.org/wiki/Civiliza%C3%A7%C3%B5es_da_Antiguidade/Civiliza%C3%A7%C3%A3o_Sum%C3%A9ria

http://pt.wikipedia.org/wiki/Utnapishtim

http://pt.wikipedia.org/wiki/Gilgamesh

Câmara secreta da Grande Pirâmide pode conter trono ‘extraterrestre’


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

No início de novembro de 2017, a revista científica Nature publicou um artigo dedicado à descoberta de um enorme espaço vazio no interior da Grande Pirâmide de Gizé no Egito.

Desde então, cientistas estão se questionando qual poderia ter sido a função desta cavidade secreta no interior da grande pirâmide de Gizé.

Câmara secreta da Grande Pirâmide egípcia pode conter trono com metal ‘extraterrestre’

Fonte: https://br.sputniknews.com/

cavidade, de pelo menos 30 metros de comprimento, tornou-se a primeira estrutura interna encontrada nesta construção antiga, em 2017, desde o século XIX.

O especialista italiano, Giulio Magli, professor de arqueoastronomia na Universidade Politécnica de Milão, formulou uma das primeiras hipóteses: o grande espaço vazio poderia conter um trono de ferro de origem extraterrestre, que o faraó teria utilizado antes de falecer, segundo a RT.

O cientista afirma que o trono talvez tivesse cumprido a função de “transporte” para a vida após a morte. “Há uma possível interpretação, que está bem de acordo com o que sabemos sobre religião funerária egípcia, tal como se vê nos Textos das Pirâmides. Os textos dizem que o faraó, antes de chegar às estrelas do norte, teria que passar as portas do céu e se sentar em seu trono de ferro”.

Magli descarta que se trate de uma cavidade projetada para diminuir o peso da estrutura maciça. “A área recém-descoberta não tem a função prática de aliviar o peso, porque o teto da galeria já estava construído com uma técnica de suporte por este mesmo motivo”.

O possível trono de ferro na Grande Pirâmide de Gizé talvez fosse parecido com o da mãe do faraó Quéops, a rainha Hetepherés, que a Universidade de Harvard conseguiu reconstruir. Embora possa ser um trono semelhante, especialistas asseguram que o da Pirâmide de Gizé estaria coberto com finas folhas de ferro meteorítico.

“Claro que não seria ferro fundido, que não era utilizado naquele tempo, mas sim o raro ferro caído do céu sob a forma de meteoritos de ferro […] (distinguível devido à alta porcentagem de níquel)”, que também é citado nos textos, afirma Magli em seu estudo.

Recriando o Trono da Rainha egípcia Hetepheres:

 

Os egípcios já utilizaram este curioso material anteriormente para desenhar dispositivos diferentes, em particular a famosa adaga de Tutancâmon, fabricada há mais de 3,3 mil anos.

A Grande Pirâmide de Gizé, construída por volta de 2570 a.C., está situada nos arredores da capital egípcia, Cairo. É a mais antiga das sete maravilhas do mundo e a única que se conservou até hoje.


Excerto do post A conexão Terra, Marte e Maldek e as Pirâmides em Marte:

“Em março de 1995, uma equipe científica alemã descobriu uma “porta”  misteriosa na grande Pirâmide em GIZÉ, com alças feitas de um metal desconhecidoQUE está no final de um estreito corredor (8 pol x 8 pol) 200 pés que atravessa o corpo da pirâmide  da parede sul da conhecida Câmara da Rainha. Uma proposta para colocar uma câmera de fibra – ótica por baixo da porta foi misteriosamente arquivada sob o pretexto de que nada de importância seria lá encontrado.

No entanto, em março daquele ano (1995), o egípcio Farouk El Baz, um cientista e ex-consultor da NASA (!!!), foi escolhido para liderar uma equipe programada para começar a trabalhar no mês seguinte com equipamentos projetados pela empresa Spar Aerospace, que constrói os braços hidráulicos utilizados pelos ônibus espaciais da NASA.

A informação que vazou para a mídia dos EUA é de que MAIS nove câmaras e túneis  tinham sido identificados e que os sensores tinham pego indicações em todos eles, da presença de objetos metálicos em seu interior.(O que quer que se encontrou lá dentro provavelmente foi mantido em segredo, assim como a verdade de nossa história planetária que vem sendo manipulada e controlada desde tempos imemoriais…)”.   @helioaraujosil1

Anomalia do mar Báltico, objeto com formato de “UFO”, cientistas não conseguem defini-lo


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

baltic_anomalia-ufo

Anomalia do Báltico: 6 anos depois, cientistas não conseguem descobrir o que encontraram. Há seis anos, os mergulhadores descobriram um objeto grande de aparência estranha que possui caraterísticas inéditas. Os especialistas não conseguem chegar a acordo sobre a origem do mesmo. Há pessoas que acreditam que o objeto é uma espaçonave extraterrestre que caiu no mar Báltico. O objeto possui capacidades inéditas, de acordo com especialistas, ele pode desligar os sistemas eletrônicos e elétricos dos navios que se aproximam dele a uma curta distância.

A estranha anomalia encontrada no mar Báltico: objeto com formato de um “UFO” cuja natureza dos metais NÃO SE PODE encontrar na natureza. A Anomalia do Mar Báltico é talvez uma das mais misteriosas descobertas subaquáticas nos últimos anos.

“Ficha Limpa” para o começo de uma Nova Era


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

 

 FOLHA LIMPA

Como você já deve estar ciente, muito está sendo retido até que surja o momento certo para ser lançado ao público, e isso realmente significa a chegada de um tempo seguro. Depois de todo o planejamento e os preparativos que foram feitos, eles não serão prejudicados apressando-os.

Na verdade, há uma série de questões envolvidas e desde que tudo seja feito no momento apropriado, você irá desfrutar de um período de grande elevação. A última coisa que é necessária é a interferência daqueles que preferem manter as velhas energias de controle das trevas. Os esforços para fazê-lo já não possuem qualquer poder real e estão todos destinados ao fracasso.

Queridos, nunca perca de vista o fato de estar bem após o marcador de dezembro de 2012 e, desde então, muitos Trabalhadores da Luz conseguiram progredir e se preparar para os próximos tempos. Muito já foi preparado para que, quando as circunstâncias o permitirem, você poderá aproveitar a perspectiva de muitos avanços que podem começar com a segurança necessária. Então você verá acontecer o que você estava esperando e a Humanidade ficará feliz com os resultados.

Ao se concentrar no futuro, você estará ajudando a acelerar sua manifestação no agora, porque você tem a determinação de como as coisas funcionam. Naturalmente, sempre há os maiores poderes que controlam eventos e protegem a Humanidade para que suas decisões sejam honradas. Depois de tudo, é você (os Trabalhadores da Luz) quem esta ajudando a abrir caminho e passou o ponto sem retorno que permitiu que a Humanidade continuasse a progredir e passasse a existir em vibrações mais elevadas.

A surpresa para você foi ter deixado as antigas vibrações para trás, você também ganhou um novo começo com o que você diria “uma folha limpa”, sem as energias antigas e negativas restantes. O prospecto mais emocionante é o aparecimento final de vários seres Extraterrestres (Confederados) que estão fortemente associados à Raça Humana. Eles acompanham seu progresso há milhares de anos e ajudaram você, sem infringir o seu sagrado livre arbítrio.

Vocês podem ser novas almas em termos de tempo como você conhece, mas, na realidade, vocês são almas muito antigas que existem por eons de tempo. Como Seres Humanos você está adicionando à sua experiência existente, para que, eventualmente, você possa se tornar mentor para outras pessoas que possam se beneficiar dessa mudança colossal de paradigma. É normal para aqueles que se tornaram bem avançados para ajudar os outros que os seguem e podem se beneficiar de sua experiência.

Na realidade, você também foi e é ajudado a evoluir a cada passo que você deu, que o levou para dentro de si mesmo e para cima, na escada da evolução. Tenha em mente que, em um certo ponto em sua evolução, todos se tornarão Seres da Luz e dispensarão qualquer forma física que você tenha anteriormente experimentado. No entanto, quando as necessidades surgirem, você pode “pensar” em qualquer forma de corpo que você precisar e criá-lo. Mesmo agora, você está começando a desenvolver o poder da criação, e isso significa que, à medida que as vibrações continuam a aumentar, a Humanidade terá maior influência na forma de como evolui.

É por isso que já lhe damos uma nota cautelosa para ser sempre positivo (impessoal) sobre o que você deseja, já que nunca pode ter certeza de como isso vai acontecer no futuro. Obviamente, quando você evolui até o ponto em que seus pensamentos estão centrados nas necessidades (em serviço) dos outros, você terá percebido que muitas almas evoluídas também podem prever suas necessidades,

Faz muito tempo que você alcançou esse ponto em sua evolução. Tome-o com as duas mãos e mais do que nunca, concentre-se no que voce deseja da vida, pois agora você tem todas as chances de ser bem-sucedido. Tenha em mente que muito do que falamos é o seu potencial criativo sendo desenvolvido e utilizado à medida que sua linha de tempo está se abrindo perante você, e que leva exatamente para onde esta o seu foco coletivo.

Alguns podem se perguntar como os seres da Irmandade das Trevas são mantidos à distância, e temos que dizer que eles ainda são uma ameaça, mas seu poder está sendo reduzido paulatinamente na medida em que eles estão sendo cada vez mais expostos. Eles continuarão a ter negados os recursos que anteriormente saquearam de todos, e o financiamento de suas operações será o seu calcanhar de Aquiles. Não há como eles possam financiar as suas  atividades indefinidamente, as suas agendas de mais controle, já que muitos desses canais estão sendo fechados.

Está sendo dada à humanidade uma grande oportunidade para abrir caminho à Ascensão, de modo que todas as almas que estão prontas para ascender possam reivindicar o seu sucesso evolutivo.  Naturalmente, falamos de vários eventos que ainda estão por vir, estão em “gestação”, e em alguns casos a pouco tempo de distância. Em alguns casos, o tempo está fora de suas mãos, pois a imagem maior implica uma grande organização que atende seus amigos e irmãos de fora da Terra, que estão satisfeitos em ajudá-los a terem sucesso. Muitos de vocês já passaram pela Ascensão em vidas anteriores, mas voltaram como voluntários para oferecer sua experiência onde era necessário.  Tenha certeza de que seus amigos galácticos  estão muito satisfeitos em ajudá-lo no seu caminho para se tornar um ser galáctico.

É hora de a humanidade chegar à uma nova Era, e tanta ajuda está esperando para sair das sombras. Seu sucesso em superar as vibrações inferiores foi como você pode dizer “tocar e ir” e aqueles de vocês que já são da Luz desempenharam um papel considerável para ajudar a elevar as vibrações planetárias. Tendo chegado a este estágio, não há absolutamente nenhuma razão para que você não deve seguir adiante, e de nenhuma maneira que você deveria ter que experimentar novamente as vibrações mais baixas.

O plano imediato abrange a redução das hostilidades entre as nações, e muitas de suas crianças Indigo são agora jovens adultos totalmente equipados para lidar com os problemas que estão sendo enfrentados pela humanidade da Terra. São velhas almas com tanta experiência e verão soluções para problemas que atualmente parecem não superáveis. Seu futuro estará seguro em suas mãos,

Com cada Ano Novo, muito prometeu-se, e, lenta mas seguramente, as pessoas vão avançar quando perceberem que têm respostas para problemas antigos que suportam o progresso. Você não terá muito tempo de esperar para identificar os “novos” seres que vieram à Terra em grande número especificamente para ajudar a Humanidade. Com a ajuda de seres tão evoluídos chegando à Terra em maior número, o futuro parece muito brilhante.

Portanto, tome nota de suas opiniões sobre os jovens, porque muitos deles são almas antigas e evoluídas que vieram especificamente para ajudar a Humanidade através dos desafios que ainda estão por vir. Você não pode falhar, a menos que muitos de vocês saiam “dos trilhos” e com tanta ajuda que essa não é uma perspectiva que sequer seja considerada.

Eu deixo vocês com amor e bênçãos, e que a Luz melhore seus dias e caminho até a conclusão desta etapa. Esta mensagem vem através do Eu Superior. No amor e na luz.

Mike Quinsey.


Matrix (o SISTEMA de CONTROLE)

“A Matrix é um sistema de controle, NEO. Esse sistema é o nosso inimigo. Mas quando você está dentro dele, olha em volta, e o que você vê? Empresários, professores, advogados, políticos, carpinteiros, sacerdotes, homens e mulheres… As mesmas mentes das pessoas que estamos tentando salvar.

“Mas até que nós consigamos salvá-los, essas pessoas ainda serão parte desse sistema de controle e isso os transformam em nossos inimigos. Você precisa entender, a maioria dessas pessoas não está preparada para ser desconectada da Matrix de Controle. E muitos deles estão tão habituados, tão desesperadamente dependentes do sistema, que eles vão lutar contra você  para proteger o próprio sistema de controle que aprisiona suas mentes …”   Fonte: https://eraoflight.com/2018/01/05/mike-quinsey-clean-sheet/

Nosso Sol é um sistema binário, e seu companheiro esta chegando


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

sistema-binário-dois-sois.sol-01png

UM CORPO CÓSMICO GIGANTE E INVISÍVEL,

um COMPANHEIRO DE NOSSO SOL, que poderia ser um sistema Binário?

Os cientistas já propuseram que uma estrela escondidainvisível,  que eles chamam de “Nemesis”  (uma estrela escura que não emite luz) poderia esconder-se a um ano-luz, ou mais, de distância de nosso sol.  

Fonte:  Mais sobre o assunto em: http://www.space.com   e  NASA – SPACE.COM         

Por Charles Q. Choi, SPACE.com – NASA Contributor

Eles sugerem que durante a sua órbita, esta Estrela Anã Marrom (Brown Dwarf), regularmente, entraria na nuvem de Oort, empurrando as órbitas de muitos cometas e outros pedaço de rochas (meteoros, asteroides e cometas) levando alguns a vir em direção ao centro do sistema solar, sendo que alguns poderiam se chocar com a Terra. 

A existência de um PLANETA GIGANTE E INVISÍVEL, companheiro de nosso SOL PODERIA EXPLICAR OS COMETAS e ASTEROIDES (esta havendo um aumento considerável da queda de detridos espaciais na Terra) ORIUNDOS DOS LIMITES DO SISTEMA SOLAR e transformaria o nosso sistema em um sistema de SÓIS DUPLOS, BINÁRIO, um fato muito comum no Universo.

Nosso sol pode ter um companheiro (n.t. E tem, ele já foi descoberto pela NASA, fato mantido em segredo, é uma estrela Ana Marrom-Brown Dwarf) que perturba os cometas a partir da borda limítrofe do nosso sistema solar? Um planeta gigante com até quatro vezes a massa de Júpiter (O QUE SERIA UM CORPO CELESTE ENORME), os investigadores sugerem.

Um telescópio espacial que a NASA lançou (WISE) no ano passado, em breve poderá detectar esse companheiro invisível do nosso Solse ele realmente existir, no distante reino de gelo da nuvem de Oort, o berçário e sala de parto de todos os cometas que penetram o nosso sistema estelar local e que circunda e envelopa o nosso sistema solar, com bilhões de objetos gelados dos mais variados tamanhos.

A seguir a tradução da notícia publicada no jornal Washington Post, da equipe de redação. Por Thomas O’Toole, – sexta-feira dia 30 dezembro, 1983; Página A1 . “Um corpo celeste possivelmente tão grande como o gigantesco planeta Júpiter e, possivelmente, tão perto da Terra que seria parte deste sistema solar foi encontrado na direção da Constelação de Órion por um telescópio em órbita a bordo do satélite astronômico infravermelho dos EUA (Infrared Astronomical Satellite-IRAS). Tão misterioso é o objeto que os astrônomos não sabem se ele é um planeta, um cometa gigante, uma “proto-estrela” próxima que nunca ficou quente o suficiente para se tornar uma estrela, uma galáxia distante tão jovem que ainda está em processo de formação de suas primeiras estrelas ou uma galáxia tão envolta em poeira que nenhuma das suas estrelas ainda é visível. “Tudo o que posso dizer é que não sabemos o que é”, disse em uma entrevista, o Dr. Gerry Neugebauer, o cientista chefe do IRAS para o JPL-Laboratório de Propulsão a Jato da Califórnia e diretor do Observatório Monte Palomar, do Instituto de Tecnologia da Califórnia, a explicação mais fascinante deste misterioso corpo, que é tão frio que não lança luz e nunca foi visto por telescópios ópticos na Terra ou no espaço, é que ele é um planeta gigante gasoso tão grande como Júpiter e tão perto da Terra em 50 trilhões de quilômetros. Embora isso possa parecer uma grande distância em termos terrestres, é uma curta distância em termos cosmológicos, tão perto, de fato, que seria o corpo celeste mais próximo da Terra além do mais externo planeta Plutão. “Se ele esta realmente tão perto, seria uma parte do nosso sistema solar”, disse o Dr. James Houck do Centro de Rádio Física da Universidade Cornell.

O potencial gigantesco Júpiter provavelmente seria um mundo muito frio e difícil de ser identificado, disseram os pesquisadores. Ele pode ser encontrado até 30.000 unidades astronômicas do sol. Uma U.A. é a distância média entre a Terra e o Sol, cerca de 93 milhões de milhas (150 milhões de km).

A maioria dos sistemas solares com estrelas como o nosso Sol chamado de estrelas classe G possuem companheiros, são sistemas solares binários, isto é POSSUEM DOIS SÓIS. Apenas um terço são sistemas solares de estrela única, sistemas como o nosso sistema solar, caso o nosso sol não possua um companheiro.

Acima: Diagrama mostrando a posição da Nuvem de Oort que circunda e envelopa o nosso sistema solar onde ficam os detritos e resíduos da formação do sol e de todos os planetas. Southwest Research Institute

Não é um inimigo

Os cientistas também já propuseram que uma estrela escondida, que eles chamam de “Nemesis”, poderia esconder-se a um ano-luz, ou mais, de distância de nosso sol. Eles sugerem que durante a sua órbita, esta Estrela Anã Marrom (Brown Dwarf), regularmente, entraria na nuvem de Oort, empurrando as órbitas de muitos cometas e outros pedações de rochas (Meteoros e Asteróides) levando alguns a cair em direção ao centro do sistema solar, sendo que algum poderia se chocar com a Terra. Isso seria dar uma explicação bem plausível cientificamente para o que parece ser um ciclo de extinções em massa aqui no nosso planeta (n.t. e no aumento da incidência da queda de meteoros como o que aconteceu na Rússia em 15/02/2013). 

Meteoro que caiu em Chelyabinsk, Rússia, em 15 de fevereiro de 2013, explodindo na atmosfera e causando enormes danos com a onda de choque, com cerca de 1500 pessoas feridas.

Ainda assim, outros astrônomos descobriram recentemente que se Nemesis existir, a sua órbita poderia não ser tão estável como é alegado. Agora os investigadores apontam evidências de que o nosso sol pode ter um tipo diferente de companhia.

Para evitar confusão com o modelo de Nêmesis, os astrofísicos John Matese e Daniel Whitmire da Universidade da Louisiana em Lafayette criaram uma conjectura nova com o nome do objeto “Tyche“. A boa irmã da deusa Nêmesis na mitologia grega, é um nome proposto por cientistas que trabalham no telescópio espacial em infravermelho da NASA- Wide Field Infrared Survey Explorer (WISE).

É sabido que o observatório, usando seu olho infravermelho que tudo vê, tem mais chances de encontrar Tyche, se esse companheiro para o nosso sol existir, disseram os pesquisadores. [ O telescópio WISE fez imagens incríveis ] Matese e Whitmire detalharam sua pesquisa dia 17 de novembro, na edição online da revista Icarus.

Cometas e METEOROS arremessados pelo companheiro do nosso Sol

Os pesquisadores notaram que a maioria dos cometas que voam para o interior do sistema solar parecem vir da região externa da nuvem de Oort. Seus cálculos sugerem que a influência gravitacional de um planeta (ou uma Estrela Anã Marrom) de 1-4 vezes a massa de Júpiter nesta área podem ser responsáveis por tal fato.

O Telescópio da NASA, WISE

Dois séculos de observações indicaram uma anomalia que sugere a existência de Tyche, Matese disse. “A probabilidade de que poderia ser causado por um acaso estatístico ficou muito pequena”, acrescentou. O puxão de Tyche poderia também explicar por que o planeta anão Sedna tem sua incomum órbita alongada, acrescentaram os pesquisadores.

Se Tyche existisse, provavelmente seria muito frio, cerca de menos 100 graus Fahrenheit (-73 graus C), eles disseram, o que poderia explicar por que tem escapado à detecção dos telescópios por tanto tempo? A sua frieza significa que ele não iria irradiar qualquer calor que os cientistas e seus telescópios pudessem facilmente perceber, e sua distância a partir de qualquer estrela significa também que ele não iria refletir muita luz.

“A maioria dos cientistas planetários não ficaria surpreso se o companheiro de nosso sol fosse do porte ou menor do que Netuno, mas um objeto do tamanho de 1 a 4 vezes a massa de Júpiter seria uma surpresa”, disse Matese à SPACE.com“Se a conjectura for verdade, as implicações importantes serão às que dizem respeito à forma como ele chegou lá. Tocando e penetrando no ambiente interno do nosso sistema solar? E como isso pode ter afetado as distribuições a posteriori dos cometas, asteróides e, em menor escala, dos planetas conhecidos.”

Uma comparação do tamanho geral do nosso Sol (Sun), com uma estrela de baixa massa (Low Mass Star), uma Anã Marrom (Brown Dwarf), e os planetas Júpiter e por último (e bem pequena) a Terra.

Tyche realmente existe?

O fato da existência de Tyche ser provável é questionável, uma vez que o padrão observado no exterior da Nuvem de Oort não é visto no seu interior. “A sabedoria convencional diz que os padrões devem tender a se correlacionar, e eles não estão se correlacionando”, disse Matese.

Se a equipe do Telescópio WISE tiver sorte, obterá provas para a existência do companheiro solar Tyche duas vezes antes  da missão do observatório espacial terminar em outubro. Isso poderia ser suficiente para corroborar a existência do objeto dentro de alguns meses assim que pesquisadores finalizem analise dos dados do WISE.

Mas se o WISE detectou sinais de Tyche apenas uma vez (ou nenhuma), os pesquisadores teriam que esperar anos por outros telescópios para confirmar ou negar a existência do companheiro potencial do nosso sol, disse Matese.

NASA – SPACE.COM


Atualização:

dinokraspedonA seguir citamos passagem de um livro (Contato com Discos Voadores, de Dino Kraspedon, páginas 33 a 37) publicado ainda em 1957, sobre encontros com extraterrestres vindos das luas de Júpiter, Ganimedes e Io, em que são feitas referências (há 59 anos atrás) à chegada deste SEGUNDO SOL ao nosso sistema solar:

“Em breve os terrestres terão outros problemas a resolver. Se até agora não tem solução para o problema dos três corpos, brevemente haverá maior dificuldade com a inclusão de um outro sol no nosso sistema. Agora são três; depois serão quatro corpos, representados pela Terra, dois sóis e o centro magnético.

P— Não estou compreendendo bem o que você se está referindo. Que outro sol é esse que fará parte do nosso sistema?

— É o que lhe estou afirmando: um outro sol penetrará, dentro em breve, no nosso sistema planetário, e teremos um invejável sistema de sóis duplos Aliás, essa é uma das razões porque aqui nos encontramos, além de vir preveni-los contra os perigos a que estão expostos com o advento da era atômica e de vir saudá-los.

P— Sim, eu quero saber quais os perigos a que estamos expostos com o advento da idade atômica, mas primeiro seria interessante ouvir mais a respeito desse novo sol.

— Esse corpo é um monstro, que em breve poderá ser visto na direção (da Constelação) de Câncer, de luz apagada. A luz de um sol só passa a brilhar quando penetra num campo magnético secundário como o nosso. Penetrando no sistema, toma um movimento de rotação, deforma o espaço e gera correntes que lhe darão brilho. Se viesse luminoso, sua luz provocaria forte repulsão e seria desviado da sua rota. Sem brilho, ele sofre a pressão do nosso sol mas o seu momento cinético lhe garantirá a penetração no sistema solar. De inicio será uma luz avermelhada, depois azul. Após vencer a zona das grandes massas planetárias (Júpiter, Saturno, Urano e Netuno), terá a oposição solar pela frente, mas na retaguarda terá o peso das grandes massas a impulsioná-lo por uma ação repulsiva. A repulsão contra os planetas, pela retaguarda, a sua luz brilhando e o volume de sua massa descomunal fará o nosso sol atual deslocar-se das proximidades do centro magnético, situando se mais longe. Então os dois sóis demarcarão as suas órbitas, ficando o de maior massa e menos luz mais próximo do centro (E sucederá naquele dia, diz o Senhor, que farei que o sol se ponha ao meio dia, e a Terra se entenebreça em dia de luz. (Amos: 8-9). 

A penetração desse novo corpo foi predita por Nostradamus nas suas célebres Centúrias, II, quadra 41, onde se lê: “La grande estoille par sept jours bruslera. Nuee fera deux soleils apparoir”. 

Traduzido, significa: “Por sete dias a GRANDE ESTRELA brilhará, nuvem fará dois sóis aparecer”.

Maldek

Vídeo de uma explosão solar, feito pela sonda STEREO da NASA, no dia 28 de novembro de 2013, que revelou a existência de um imenso objeto já dentro do sistema solar.

Dois sóis no sistema criarão problemas MUITO difíceis. Todos os planetas terão as suas atuais órbitas modificadas. Mercúrio cairá na zona hoje compreendida entre Vênus e a Terra. Vênus irá para o lugar que medeia entre a Terra e Marte. A Terra sentirá o efeito, antes que o novo sol  se coloque no seu lugar definitivo. À medida que esse corpo começar a brilhar, a pressão da luz fará com que a Lua se desloque da sua órbita e vá situar-se num ponto que passe à categoria de planeta. Com esse deslocamento conduzirá uma quantidade da massa etérea da Terra, que lhe garantirá uma estabilização de movimento. A Terra, por sua vez, sob a pressão combinada de dois sóis, irá se situar na zona hoje ocupada pelos asteroides (entre Marte e Júpiter).

Em suma, haverá um deslocamento geral de todos os corpos que povoam o nosso atual sistema solar. Plutão será lançado para fora, e vagará errante pelo espaço, até que um seio acolhedor o recolha. Um dos satélites de Marte será arrancado da sua atual posição e será projetado no espaço. De massa bastante densa, em vez de repelido será atraído para o interior. Sua trajetória será de tal forma que viria a constituir-se em novo satélite da Terra. Depende do sentido em que ele tomar contato com este planeta. Se isso se der contra o sentido de rotação da Terra, o choque provocado pelo encontro da sua massa com o éter fá-lo-á em pedaços; se for a favor, ficará ligado ao planeta.

A Terra não sofrerá com um choque contra, pois a sua camada etérea oferece proteção. Pelos nossos cálculos, apenas cairá uma chuva de pedras (meteoros) sobre a superfície deste globo, principalmente na zona compreendida pelo sul europeu, norte da África, Ásia Menor, o norte da América do Sul e o sul da América do Norte. O impacto transformará o atual esplêndido satélite marciano em pedacinhos de uns 20 kg cada um, que devastará as zonas acima descritas. Depois tudo se normalizara. Nós teremos um novo céu onde viajar, e vocês uma nova terra.

sol-duplo-sistema-binário-maldek

Foto batida recentemente, em 24 dezembro de 2015, em infravermelho, do sol e do seu novo companheiro que ainda não esta completamente visível em nossa realidade tridimensional

P—  Quando será isso? Ainda levará muito tempo?

— Será muito em breve, no fim deste século XX. A Terra começará o seu novo milênio com uma nova fonte de luz a iluminar os seus prados. Muitos desaparecerão para sempre do cenário terrestre, mas um pequenino rebanho restará, obediente às leis de Deus, e não haverá mais as lágrimas que aqui existem. Haverá paz e abundância, justiça e misericórdia. As almas injustas terão o castigo merecido, e só os bons terão guarida. Nesse dia o homem compreenderá o triunfo dos justos, e verá porque Deus não puniu imediatamente os maus. O Sol, que há de vir, será chamado o “Sol da Justiça”.  O seu aparecimento nos céus da Terra será o sinal precursor da vinda d’Aquele que brilha ainda mais que o próprio Sol.

P—  E que tem a ver a vinda dos discos voadores (extraterrestres) à Terra com o Sol que há de vir?

— Estudamos todos os efeitos que o seu aparecimento trará. Se nos fosse permitido, podíamos enviar, por meio de aparelhos apropriados, pulsações eletromagnéticas contra ele, e evitaríamos a sua entrada, fazendo que a sua luz acendesse fora do sistema. Mas evitar a sua Vinda seria querer nos opor contra à vontade de Deus e deixar que a injustiça aqui se perpetuasse. Quem está com a sua consciência tranqüila e em paz com o seu Criador nada precisa temer. Deixemo-lo vir.

Viemos com finalidade de estudos e também, para fazer um supremo apelo ao homem para que evitem a catástrofe e vivam em paz. A Terra não é o centro do sistema planetário, como antes pensavam, mas é o centro do mal. Se os homens se tornassem bons, talvez que o Criador tivesse compaixão. Evitem a guerra, porque pode dar-se o caso que o homem destrua o seu planeta com as suas próprias mãos evitando assim, que as forças da natureza o façam (em 2018). Não é difícil ser bom; é o bastante não fazer o mal.    O restante Deus suprirá.” (Fim de citação)


Matrix (o SISTEMA de CONTROLE)

“A Matrix é um sistema de controle, NEO. Esse sistema é o nosso inimigo. Mas quando você está dentro dele, olha em volta, e o que você vê? Empresários, professores, advogados, políticos, carpinteiros, sacerdotes, homens e mulheres… As mesmas mentes das pessoas que estamos tentando salvar.

“Mas até que nós consigamos salvá-los, essas pessoas ainda serão parte desse sistema de controle e isso os transformam em nossos inimigos. Você precisa entender, a maioria dessas pessoas não está preparada para ser desconectada da Matrix de Controle. E muitos deles estão tão habituados, tão desesperadamente dependentes do sistema, que eles vão lutar contra você  para proteger o próprio sistema de controle que aprisiona suas mentes …

sistema-binário-dois-sois.sol-01png

Elite que controla o planeta tenta negociar divulgação dos seus segredos


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

conspiração-et-bilderberg-illuminati (2)

Atualização sobre as últimas negociações da conferência entre a Aliança do Programa Espacial Secreto (SSP-Alliance) e o “Comitê dos 300 da Elite das Trevas“.

Acordei depois que uma luz pálida azulada e rosa penetrou minhas pálpebras enquanto eu estava deitado na cama. Eu tinha ido dormir extremamente cedo no dia anterior e estava exausto de estar fora de casa por um longo período de tempo desde a minha cirurgia… 

“Conheço as tuas obras; eis que diante de ti pus uma porta aberta, e ninguém a pode fechar; tendo pouca força, guardaste a minha palavra, e não negaste o meu nome. Eis o que eu farei aos da sinagoga de Satanás, aos que se dizem judeus, e não o são, mas mentem: eis que eu farei que venham, e adorem prostrados a teus pés, e saibam que eu te amo. Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da tentação que há de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra. Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa”.  Apocalipse 3:8-11

COMITE DOS 300 DA ELITE TENTA NEGOCIAR A SUSPENSÃO DA DIVULGAÇÃO DA SSP ALLIANCE (ALIANÇA DO PROGRAMA ESPACIAL SECRETO)  NA ÚLTIMA CONFERÊNCIA

Fonte: https://spherebeingalliance.com

… Eu tinha estado na piscina com a minha família e estava vestindo shorts e uma camiseta assim eu rapidamente coloquei uma calça jeans, camisa polo e sapatos. Eu indiquei, como eu costumo fazer, que eu estava pronto levantando meus braços para cima e para fora um pouco e mentalmente deixando o orbe azul presente no ambiente saber para começar o processo de tele transportar-me.

Então o orbe azul/indigo pacientemente ficou fazendo zig zag em torno do meu quarto. Em seguida, chegou à cerca de 18 centímetros do meu peito antes de se expandir rapidamente para onde eu estava agora flutuando e centrado dentro da esfera azul.

Em seguida, passamos através da parede e um momento depois eu estava em uma sala de pedra que tinha um ligeiro cheiro de alvenaria molhada no Comando de Operações Lunares = The Lunar Operation CommandQuase imediatamente outra esfera apareceu e a pessoa da SSP Alliance que vim a conhecer estava de pé ao meu lado olhando ao redor. David Wilcock e eu o chamamos por outro nome que é semelhante ao seu nome real, “Tenente Coronel Gonzales”.

secret-space-program-UFOs

Gonzales foi a primeira escolha do conselho da SSP-Alliance como Delegado para a “Sphere Being Alliance” antes de os seres Blue Avians terem se comunicado diretamente com ele de que eles me queriam, citando meu nome, para ocupar esta posição. Acontece que ele esteve em contato com os seres Blue Avians quase a mesma quantidade de tempo que eu. Desde esse tempo, ele foi o meu ponto de contato com a SSP-Alliance e eu reportava diretamente a ele e ele a mim em matérias relacionadas à “Sphere Being Alliance” e da SSP-Alliance.

Ele me perguntou se eu tinha falado com alguém ainda e eu disse a ele que eu tinha chegado poucos momentos antes dele ter chegado. Ele então me disse que esta era uma conferência de vários grupos de Elite de seres humanos que representam os Governos Secretos da Terra e seus Sindicatos do crime que controlam o planeta com mão de ferro. Ele disse que eu reconheceria os integrantes do “Comitê dos 300“, os membros que estiveram presentes na Conferência com os reptilianos da DRACO Alliance (Draco White Royal) e que eram os “Delegados {OS DONOS} da Terra” nas recentes “Conferências da Super-Federação de civilizações Extraterrestres”. Nenhum outro grupo foi mencionado e nenhuma outra informação foi dada (isso não é incomum).

Ele abriu a pesada porta de madeira e havia 4 homens em ternos sentados em 2 bancos de madeira esperando por nós. Eles nos rastrearam com um detector de metal e nos escoltaram descendo um hall através de outras bem esculpidas portas de madeira que me fizeram lembrar das portas de um castelo. Entramos numa área mais ampla, em salão que era mais como um vestíbulo ou área de recepção que tinha tapeçarias penduradas nas paredes e havia um crucifixo na parede em uma extremidade do hall. Havia 3 conjuntos de portas duplas bem altas ao longo deste tipo de corredor e nós fomos levados através do conjunto de portas no meio onde nós ouvíamos o som de muitas vozes e movimento no outro lado.

Nós ouvimos o que pareceu ser o som das batidas de um martelo, por três vezes, pedindo por silêncio e o local se tornou tranqüilo. Havia então uma voz de alguém fazendo alguns anúncios ou apresentações, as portas foram abertas e fomos então levados para a grande salão estilo catedral. O local se assemelhava extremamente com uma antiga igreja e todos os bancos estavam quase todos ocupados com pessoas em vários estilos de trajes cuja origem obviamente era de diferentes países e culturas da Terra.

reptilianos-alien

Um alien reptiliano

Tanto quanto poderíamos dizer todos os presentes (do Comitê dos 300) eram totalmente humanos da Terra. Havia muitas pessoas presentes para contar e havia apenas dois de nós, eu  e o coronel Gonzales. Fomos levados para a plataforma na frente e subimos em uma espécie de palco com vista para o resto das pessoas e a plataforma (um palco elevado). Havia microfones com aleta dos interruptores na frente de cada um de nossos assentos.

Esta reunião parecia já estar acontecendo por algum tempo antes de nós chegarmos ao local. Havia várias pessoas que se levantaram no palco que falavam em outras línguas que eu não entendia. Gonzales cumprimentou uma pessoa da Espanha e compreendeu o que alguns italianos estavam falando. Parece que eles estavam terminando o que eles estavam fazendo antes de chegarmos. Depois que a última pessoa falou havia uma pessoa que então ficou no pódio e disse algo que pode ter sido em latim e, em seguida, alertou a audiência batendo 3 vezes com o martelo grande. Ele saiu do pódio e uma pessoa que ambos reconhecemos subiu ao local e começou a falar com Gonzales e comigo.

Eles declararam que um acordo tinha sido firmado com alguns dos elementos da Aliança Terrestre e que eles esperavam que o mesmo poderia ser feito com a “Aliança Cósmica” (eu não tinha ouvido esse termo ser usado antes). Eles disseram, por causa dos recentes acontecimentos, que uma ruptura havia se desenvolvido entre eles e seus ex-líderes mundiais e os antigos grupos humanos (linhagem sanguínea) trapaceiros que muitos deles tinham considerado como seus “deuses”.

Afirmaram que tinham sido forçados através de gerações através do controle mental e ameaças para fazer toda a sorte de coisas (negativas para o planeta e a humanidade) que tinham feito. Afirmaram ainda que prefeririam trabalhar com as Alianças na criação de um novo sistema financeiro global justo para toda a humanidade e iniciar uma divulgação controlada que não exporia certos crimes e incidentes que os incriminariam durante toda a sua vida. Eles declararam que eles acreditavam que essa informação também contêm muitos detalhes negativos da “realidade que eles criaram” em um curto espaço de tempo para uma pessoa média da Terra lidar com eles (o CHOQUE de REALIDADE seria muito abrupto e violento).

OlharReptiliano

Eles afirmaram que por causa das crenças religiosas das pessoas e o paradigma que tinha sido criado por aqueles atualmente no controle do planeta que uma liberação repentina e total de toda a informação levaria a tumultos e suicídios em uma escala de massa sem precedentes no planeta. Levando em consideração tudo isso, propuseram que fosse acordado um plano que permitisse a liberação de certas informações em conjunto com a apresentação e disponibilização de “novas” tecnologias (ainda mantidas em segredo), ao mesmo tempo em que retém a maioria das informações por um período de cerca de 50 anos (N.T. Um prazo de que já não dispomos).

Neste ponto Gonzales e eu estávamos apenas sentados e ouvindo-os falarem. Então a pessoa falando dirigiu a sua atenção para mim e disse o meu nome completo. Ele disse que por uma “Lei de Boa Fé” que eles tinham deixado eu e minha família sozinhos. Eles disseram que eles mantêm as rédeas de onde e o que estamos fazendo em todos os momentos e que se eles quisessem nos prejudicar poderiam ter escolhido eliminar-nos em qualquer momento.

Neste ponto eu fiquei extremamente aborrecido e me inclinei para frente e segurei o botão no microfone e disse com raiva: “Isso soa como uma ameaça velada para mim!” Eu estava muito chateado e começando a tremer quando Gonzales colocou a mão no meu ombro.

A pessoa no palco parecia satisfeita e afirmou que eles poderiam ter me prejudicado ou a Gonzales em sua vida encoberta estabelecida se eles quisessem e eles tinham escolhido não fazê-lo. Olhei para Gonzales e, por sua expressão, percebi que estavam tentando obter uma resposta de nós. Gonzales é muito mais diplomático do que eu e parecia tratar as coisas de uma forma mais estóica do que eu. Veja, isso me fez acalmar e recuperar a minha compostura.

esferas-energia-corey-goode

“Através da parede da esfera pude ver as esferas à distância reagindo a chegada de uma nova onda de de tsunami de energia cósmica que estavam chegando do sol (O EU SOU o EU SOU do EU SOU|) central da galáxia”. A HORA DA COLHEITA SE APROXIMA…

A pessoa no pódio, então, pediu para que não haja mais Divulgações da SSP-Alliance através de mim ou das pessoas que eu estou falando, incluindo David Wilcock até depois de uma data acordada no final de novembro de 2015. Eles disseram que um funcionário público bem conhecido seria sacrificado nessa operação para implementar seu plano para uma divulgação gradual da “REALIDADE”.

Neste ponto, a pessoa no pódio declarou que eles achavam que seria sábio se terminássemos esta reunião e nos encontrássemos novamente mais tarde depois de um período de reflexão e tivéssemos a chance de levar essa proposta aos nossos superiores. Eles nos agradeceram por participar e ele terminou a reunião com outra frase falando latim e golpeando o martelo. Fomos então escoltados de volta para o mesmo quarto onde tínhamos chegado.

colheita

O SOL CENTRAL da Galáxia, o EU SOU O EU SOU DO EU SOU, esta emitindo um poderoso raio de energia, fato que determina que o momento da SEPARAÇÃO do joio do TRIGO, esta finalizando no planeta: É A COLHEITA acontecendo…

Gonzales me disse que eles estavam obviamente tentando conseguir mais tempo e que havia algo maior acontecendo do que sabíamos. Ele estava prestes a dizer outra coisa quando surgiram dois orbes azuis através da parede e começou a ziguezaguear ao redor do quarto e eles repetiram o processo de nos teletransportar novamente.

Momentos depois novamente eu apareci em uma das esferas onde “Raw-Tear-Eir” (um ser Blue Avian) estava me esperando. Através da parede da esfera pude ver as esferas à distância reagindo a chegada de uma nova onda de de tsunami de energia cósmica que estavam chegando do sol (O EU SOU o EU SOU do EU SOU|) central da galáxia.

Eu tive uma curta comunicação com “Raw-Tear-Eir” quando, como de costume, comecei a relatar o que aconteceu e ele me interrompeu, levantando a mão. Ele então me comunicou que muito do que chamamos de “Divulgação Completa” que a decisão não está nas mãos de um só grupo. Como mais desta informação é relatada pelo “EU SUPERIOR” que desperta mais pessoas e entra em sua consciência de massa. Que a população que desperta e suas capacidades de ampliação da consciência/co-criatividade em massa determinarão quando ou quando algum desses eventos irão ocorrer.

Ele ainda me comunicou que devemos manter o que estamos fazendo e manter a informação fluindo a uma taxa elevada através de fontes confiáveis. À medida que toda essa informação da realidade se espalha entre os despertados e entre os que estão despertando, mais rápido faremos com que o cronograma da revelação aconteça com o poder da consciência de massa que ainda não compreendemos completamente.

blue-avians

Então eu fui devolvido ao quarto de minha casa onde o relógio permaneceu quase imóvel durante e absurdamente 3 minutos do tempo da Terra apesar de tudo que experienciei.Tentei dormir por um par de horas para, em seguida, levantar-me e fazer a David Wilcock um relatório completo no Skype e, em seguida, fazer um pequeno post no Facebook para deixar as pessoas (os interessados) saberem que este encontro tivesse acontecido.

O encontro com o ICC (Interplanetary Corporate Conglomerate) em uma de suas colônias em Marte ainda está sendo negociado. Eu vou anunciar os detalhes da reunião, uma vez que eles sejam dados a mim e me disseram o que eu posso anunciar e quando eu posso anunciá-lo.

Obrigado, Corey / GoodETxSG


“A exposição à verdade muda a tua vida, ponto final – seja essa verdade uma revelação sobre a honestidade e integridade pessoal ou se for uma revelação divina que reestrutura o teu lugar no Universo. Por esse motivo é que a maioria (a massa ignorante do Pão e Circo) das pessoas foge da verdade, em vez de se aproximar dela”. {Caroline Myss}

conspiração-et-bilderberg-illuminati (2)

Frio extremo leva caos à costa leste dos EUA


  1. HÉLIO’S BLOG

    #DivulgaçãoCientífica

  2. Frio intenso leva caos à costa leste dos EUA: Aeroportos paralisados, milhares de pessoas sem eletricidade e caos nas ruas e estradas são alguns dos problemas provocados pela tempestade de neve que atingiu a costa leste dos Estados Unidos. As temperaturas devem chegar aos 37 graus negativos em algumas localidades, segundo o Serviço Meteorológico Nacional.

    Tempestade de neve paralisa aeroportos, provoca mortes, deixa milhares sem luz e leva autoridades da região a decretar estado de emergência. Temperaturas podem chegar aos 37 graus negativos.

    Fonte: http://p.dw.com/p/2qO8A

    A cidade de Nova York e seus arredores tiveram nesta quinta-feira (04/01) a tempestade de neve mais intensa da temporada, com vastas áreas da região em estado de emergência e os aeroportos JFK e LaGuardia com operações suspensas.

    Homens empurram carrinho de compras através da neve em Nova York

    Ruas de Nova York ficaram parcialmente vazias devido à neve e às baixas temperaturas

    Mesmo que nenhuma vítima fatal tenha sido relatada em Nova York e seus arredores, em outras partes do país afetadas com menos intensidade, as autoridades registraram a morte de seis pessoas. No estado da Carolina do Norte aconteceram três mortes, na Carolina do Sul outra e em Virgínia, duas pessoas morreram.

    Duas das mortes na Carolina do Norte ocorreram quando uma caminhonete derrapou na estrada e caiu num barranco. Em Virgínia, um homem e uma jovem morreram atropelados. Segundo a emissora NBC, ao menos 20 pessoas teriam morrido no país devido a onda de frio desde 26 de dezembro.

    Estado de emergência

    Homem com neve congelada cobrindo sua barba e sobrancelhas em Nova York

    Nesta quinta-feira, Nova York estava mergulhada num denso nevoeiro, com as camadas de neve de até 20 centímetros nas ruas de Manhattan. O prefeito da cidade, Bill de Blasio, decretou estado de emergência e pediu que as pessoas evitassem sair de casa. Enquanto turistas e crianças faziam batalhas de neve na Times Square, muitos decidiram trabalhar a partir de casa.

    O metrô da cidade, que diariamente transporta seis milhões de pessoas, ficou aberto, mas com alguns atrasos, da mesma forma que as linhas de trens.

    Raros pedestres desafiaram o frio e o vento – cujas rajadas chegavam a 80 quilômetros por hora – para atravessar a pé a ponte do Brooklyn, enquanto os carros circulavam em velocidade lenta e motoristas se esforçavam para tirar a neve dos seus veículos.

    Os aeroportos J. F. Kennedy e La Guardia foram fechados no início da tarde, apesar de os terminais estarem abertos para acolher os passageiros retidos.

    Crianças aproveitaram para brincar na neve em Boston

    Os aeroportos de Newark, no estado de Nova Jersey, e o de Boston, tiveram mais de 75% dos voos cancelados. Além dos problemas nas estradas, também vários trens da companhia nacional Amtrak estiveram atrasados ou tiveram viagem cancelada no nordeste do país.

    Em Nova York, Boston, Filadélfia e Washington, as escolas permaneceram fechadas.Algumas  regiões do sudeste americano, habitualmente poupadas pela neve, também foram atingidas pela tempestade.

    E nos estados da Carolina do Norte e Virgínia, mais de 30 mil pessoas ficaram sem eletricidade no início da tarde, segundo a CNN. Em Nova York foram três mil, segundo Cuomo, e dez mil em Boston, no estado de Massachusetts.

    Inundação gelada em Boston

    Ainda em Massachusetts, estado costeiro, habituado a invernos rigorosos, a tempestade esteve acompanhada de ondas gigantes, segundo o Serviço Meteorológico Nacional. As ondas provocaram inundações em alguns quarteirões de Boston, registradas por emissoras locais. Imagens de TV mostraram blocos de gelo boiando nas ruas da cidade.

    Inundações prejudicaram o trânsito em subúrbios litorâneos de Boston

    Várias autoridades locais mobilizaram meios suplementares, declarando estado de emergência.  Chamada de “bomba meteorológica” pela mídia americana, devido à queda particularmente rápida da temperatura, a tempestade pode trazer uma nova onda de frio nos próximos dias.

    Depois de uma leve subida de temperatura na quarta-feira, o mercúrio dos termômetros recomeçou a cair. Depois de 5 graus centígrados negativos durante o dia de quinta-feira, a temperatura se aproximou dos 13 graus centígrados negativos na madrugada de quinta para sexta-feira em Nova York e deve permanecer glacial até ao final de semana em todo o nordeste dos Estados Unidos.

    MD/efe/lusa


    Saiba o que é um “ciclone bomba”

    Antes de se tornar popular nas redes sociais, termo era usado apenas por meteorologistas e entusiastas. Entenda o que, além do nome, torna esse tipo de tempestade de inverno tão “explosivo”.

    Moradora da Pensilvânia tenta remover neve da entrada de sua casa. Na América do Norte, autoridades afirmam que as temperaturas estão entre dez e vinte graus mais baixas que a média para esta época do ano. Em algumas regiões, como no norte de Ontário, a temperatura chegou a -50 graus Celsius (ºC).

    tempestade de inverno que atingiu partes dos estados americanos da Flórida, da Geórgia e da Carolina do Sul nesta quinta-feira (04/01), tornando-se uma das mais fortes já registradas, segundo relatou o diário The Washington Post. Meteorologistas esperam que uma brutal onda de frio atinja o nordeste dos Estados Unidos nesta sexta-feira.

    A tempestade foi desencadeada por uma queda rápida e vertiginosa na pressão atmosférica, fenômeno chamado por alguns meteorologistas de “ciclone bomba”, e que costuma ser acompanhada de ventos fortes e muita neve.

    O que é um “ciclone bomba”?

    Apesar de o termo soar assustador, um “ciclone bomba” é apenas uma versão simplificada do termo técnico bombogênese. A definição descreve ciclones enormes que são o resultado de uma queda rápida da pressão atmosférica – pelo menos 24 milibares em 24 horas.

    Recorde Muita neve acumulada em apenas dois dias em Erie, na Pensilvânia: a cidade decretou estado de emergência devido à neve que cai desde sábado e já acumula 1,6 metro de altura, o que dificulta a circulação nas ruas.

    Esse tipo de tempestade se forma quando o ar frio do continente americano se choca com ar mais quente vindo do Oceano Atlântico. Os ventos e a rotação da Terra criam um efeito de centrifugação – daí a alcunha de “ciclone”.

    No que diz respeito ao termo “bomba”, a única característica explosiva dessas tempestades é sua queda veloz de pressão, o que determina qual será a potência da tormenta. A população que vive na rota do ciclone deve ficar alerta às fortes nevascas e às rajadas geladas de vento. Porém, um dos maiores riscos de um “ciclone bomba” vem depois do fim da tempestade.

    “Ciclones bomba” puxam para dentro o ar extragelado de regiões polares depois que passam – o que quer dizer que pessoas na sua rota podem ficar expostas a um frio extremo, tendo que lidar também com a falta de energia.

    Visibilidade para o termo

    O termo “ciclone bomba” era desconhecido fora de círculos de meteorologistas até alguns dias atrás, quando o Washington Post usou a definição numa matéria e a expressão passou a ser compartilhada em redes sociais. Há quatro anos, o termo “vórtex polar” também foi popularizado de maneira semelhante.

    Na cidade de Erie (foto), na Pennsylvania, o acúmulo de neve bateu recorde e subiu mais de 1,3 metros, chegando a cobrir um parque da cidade na manhã de terça-feira (26). Na foto, um homem de mais ou menos 1,75 metros de altura aparece coberto de neve até a altura dos ombros.

    Esse tipo de tempestade também costuma ser chamada de “Nor’easter” (termo em inglês para “proveniente do nordeste”), e que tem esse nome por causa da direção predominante dos ventos mais fortes, a nordeste. (RK/dw/ap/rtr/afp)

Karma, Consciência, Amor, Alegria …


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

Amados Irmãos e Irmãs da Terra,

EU SOU Emmanuel e eu os acolho neste momento. 

Seu planeta está aumentando a sua energia, expandindo a sua consciência, e por isso aumentando sua taxa de frequência vibratória.  É uma mudança monumental, um acontecimento universal.  Observadores de muitos planetas de sistemas solares e constelações distantes estão aqui para testemunhar este evento único na História Galáctica. amo-voce-movimentoFonte: http://www.emmanuelmessages.com©2009 Langa – É permitido copiar e compartilhar esta informação somente em sua totalidade, incluindo este aviso de copyright e sem alterar o conteúdo da informação.Perguntas de leitores.Pergunta: Você disse que duas pessoas – mesmo vizinhos próximos – iriam viver diferentes resultados provindos dos eventos após 2012, tipo um viverá a ascensão e o outro, uma catástrofe. Poderia, por favor, explicar isto?R: Para dois indivíduos viverem o mesmo evento, eles precisam compartilhar a mesma porção do espectro vibratório. Toda a combinação possível de frequências, incluindo todos os planos em todos os universos existe na sua consciência, mas são somente as vibrações que passam através da sua consciência as que vocês percebem.

Muitos de vocês crêem que antes da encarnação vocês escolheram os eventos na vida que desejavam viver a fim de aprender certa lição e crescer como indivíduo, mas, na verdade, vocês não escolheram os eventos na vida, mas as vibrações que vocês querem viver.Após encarnar, está tudo ali para vocês. É você, agindo no livre-arbítrio quem cria os eventos que ocorrem na sua vida, e se esses eventos o levam a viver as vibrações que você escolheu viver como parte do seu crescimento espiritual, você realizou. Então você pode avançar, caso contrário, você terá de tentar de novo. Então, após a encarnação você tem dois caminhos a seguir, o primeiro é criar os eventos da vida corretos e o segundo é expandir a sua consciência. Cabe a você escolher qual caminho você tem maior afinidade e, portanto, a maior chance de ter êxito.As frequências de todos os universos podem ser vistas como linhas ou cordas energéticas. Tal como as cordas de um violão, e a caixa acústica é a sua consciência. Quanto maior a caixa acústica, mais as cordas ressoarão. Quando você expande sua consciência, o mundo que você distingue se expande, permitindo mais linhas energéticas, expandindo o segmento do espectro vibratório acessível a você, por isso aumentando exponencialmente as chances de viver o grupo/tipo de vibração que você veio para cá para experimentar.

A consciência pode ser vista como círculos, os círculos de dois indivíduos podem se cruzar ou não. Dois indivíduos compartilharão o mesmo mundo somente na área de interseção.Quando um desses indivíduos expande sua consciência e a consciência do outro continua a mesma, a área de interseção se torna menor porque a expansão da consciência afasta o centro do círculo dos dois pontos de interseção, até que não haja mais interseção. E quando isto ocorre, estes dois indivíduos estarão vivendo em dois mundos diferentes, desaparecendo um da realidade do outro.Na história humana já houve milhares de ascensões individuais, mas desta vez é diferente porque nunca a humanidade como coletivo esteve onde vocês estão agora.  Seu planeta está aumentando a sua energia, expandindo a sua consciência, e por isso aumentando sua taxa de frequência vibratória. É uma mudança monumental, um acontecimento universal. Observadores de muitos planetas de constelações distantes estão aqui para testemunhar este evento único na História Galáctica.

Mas, quanto mais alto seu planeta elevar a frequência, maior será a separação entre Gaia e aqueles indivíduos sem expansão da consciência. Os centros estarão cada vez mais separados até que os dois pontos de interseção desapareçam e não existir mais uma área de interseção compartilhada.Aqueles indivíduos cuja consciência está em harmonia com a frequência de Gaiacontinuarão vivendo na nova Gaia de 5º densidade. O resto terá de repetir o ciclo na 3ª densidade. Gaia está mudando, se você não mudar com ela através dos meios de expandir sua consciência, você viverá o resultado em 2012 como eventos extremamente negativos.  Por outro lado, se você muda com ela e mantém sua consciência se expandindo, você jamais estará em caminhos danosos.caminho-da-luzMuitos de vocês crêem que a alma cresce através das dificuldades, quando o real crescimento é através da responsabilidade. A expansão da consciência é a sua responsabilidade, em todos os quatro níveis de consciência. Todos os novos dias lhes trazem a oportunidade de ser responsável. 

A vida é uma aventura para o infinito, visto deste modo é fácil de continuamente expandir sua consciência a partir de toda nova experiência ganha no curso da vida. As causas não existem fora da sua consciência, elas estão dentro de vocês.Vocês são as causas de sua vida, somente quando vocês entenderem isto e assumirem a responsabilidade disto, a jornada da divina transformação se inicia. A partir deste momento, comecem a assumir total responsabilidade pelo seu próprio ser. Este é o modo de ser um Trabalhador da Luz.Pergunta: Meu despertar começou quando assisti a uma série de entrevistas em vídeo do Projeto Camelot na Internet, e li dúzias de postagens nos fóruns dizendo que a Internet os ajudou a despertar. Sei que também há coisas ruins, mas mesmo assim está ajudando muitas pessoas a encontrarem alguma verdade. O que podemos fazer se a Internet for desligada? 

R: A Internet é muito mais importante do que vocês podem imaginar.  Ela é a manifestação física da consciência coletiva, portanto não pode ser desligada. Se por alguma razão a Internet existente desaparecer, uma nova será criada no plano formativo através da consciência coletiva. Por milhares de anos a consciência individual esteve ativando fibras energéticas e estruturas sutis que permitem comunicação direta e fácil entre a consciência humana, como também para acesso ao conhecimento coletivo.A Internet é a manifestação de todas aquelas fibras energéticas quantum no plano material, e apesar de ser controlada por poucos, ela pertence a todos.  Quando pensamentos individuais se tornam pensamentos coletivos, a grande maioria da consciência humana compartilha o mesmo grupo de frequência e seus círculos de consciência pessoal cruzam a mesma porção do espetro vibratório, compartilhando a área onde esses pensamentos manifestarão o mesmo aspecto da realidade.zumbis-eua-sistema-controle-02A Internet é um claro exemplo dessas estruturas energéticas em movimento. Os grupos no poder (que operam para as trevas) sabem disto e eles estão usando o mesmo mecanismo ao contrário com determinados resultados, eles tentam controlar a consciência coletiva através do controle da Internet.Pergunta: Assisti a um vídeo… ele diz que existe mais do que um “criador” do universo, na verdade ele diz que há mais do que um Deus “principal” e muitas “criações” ou universos, você poderia, por favor, me dizer se isto está correto?R: Está incorreto e parcialmente correto ao mesmo tempo. Há muitos Universos, muitos deuses e muitas criações, mas no início e no fim há somente Um Criador Infinito, há somente um Deus, há somente uma Alma, um Espírito, há somente um Ser, há somente um Pensamento e há somente uma Criação.

Pergunta: Estou vendo que a maioria das teorias sobre o fim do mundo em 2012 foi baseada no Calendário Maia. Eu gostaria de saber se o calendário Maia é correto e preciso.R: Os Maias usavam três calendários distintos, e nenhum deles prevê o fim do mundo. O baseado em 260 dias, o baseado em 52 anos/Ciclo de Vênus, e o de Contagem Longa baseado em 1.872.000 dias.Esses calendários foram dados ao povo Maia por uma civilização extraterrestre (n.t.Os gracyanos do Planeta GRACYEA, que construíram as pirâmides-ver Histórias de MALDEK) avançada e o de Contagem Longa (13 períodos de 144.000 dias cada, iniciando em 11 de agosto de 3.144 Antes de Cristo e o 13º Baktun terminando em 21 de dezembro de 2012 depois de Cristo) é o calendário mais preciso já encontrado na Terra.Pergunta: Você mencionou que o tempo não existe, mas, de fato, nós o podemos medir. Como é possível isto? O que é o tempo?R: O tempo não existe. Ele é um acordo. Antes de encarnar vocês concordaram com as regras dadas pelo Logos, caso contrário vocês não estariam aqui. Isto significa que uma parte da sua consciência está focada nas frequências que criam a ilusão de tempo. Essas frequências são compartilhadas por cada simples consciência individual/consciência no seu planeta, cumprindo o acordo coletivo, então manifestando o tempo.

O Criador Infinito deu a todos os Logos Centrais a liberdade/opção de criar acordos coletivos a fim de ajudar vocês no seu processo de evolução. O tempo é um desses acordos, tal como a gravidade. A gravidade – como o tempo – não existe. Seus cientistas podem medi-la, mas ela é simplesmente um acordo coletivo.Após a morte física, estes são os dois primeiros acordos que vocês não têm mais que honrar, só então vocês entenderão que o Tempo e a Gravidade não existem e vocês darão uma grande gargalhada por causa de todo o conceito do seu Tempo.Pergunta: Você disse que o Amor Incondicional é a Chave que abrirá todas as portas. Você também disse que o poder de um que está neste estado de consciência contrabalanceia milhares de indivíduos inconscientes. Onde posso encontrar a chave? Quantos da população existente na Terra a encontraram? E quantas pessoas contrabalanceiam cada uma da outras?R: O Amor é a chave mestre, mas é uma chave que você não pode ter, possuir, ela tem você. Cerca de 25.000.000 de indivíduos alcançaram o estado consciente de amor incondicional na história do seu planeta. Um Indivíduo com este nível de consciência harmoniza por quase 900.000 indivíduos no estado de consciência no nível de “ausência de Amor/Medo/Egoísmo”.

Pergunta: Você disse que a iluminação acontece quando a consciência humana se funde com a consciência do Eu Superior, como podemos fazer isso? E em que “nível superior” na hierarquia universal está o nosso Eu Superior?R: Superior se refere ao estado de consciência, não à posição em qualquer hierarquia. A real fusão da sua consciência com a consciência do seu Eu Superior é o pico de iluminação e é o divino conhecimento da suprema verdade da existência. Mas a iluminação começa muito cedo, com a compreensão simultânea da Compaixão com a Sabedoria. Esta é a alquimia da alma e leva à permanente Alegria. Alegria é outro nome para iluminação. Cada momento da existência é uma fonte de Alegria/Iluminação.Pergunta: O karma realmente existe?R: O reino do Karma é onde seu renascimento humano começa. Antes de encarnar você escolhe quais frequências você deseja viver na sua próxima vida a fim de continuar crescendo como consciência individual. Mas você não pode escolher quaisquer vibrações, mas sim entre um número limitado de opções. Seu registro kármico impõe os limites.coração-pulsandoQuanto mais karma orientado ao negativo você traz do passado, menos opções você tem. Por outro lado, quando você vive uma vida com um bom coração, automaticamente expande o número de grupos de frequências que você pode escolher para a sua próxima encarnação. Veja, ninguém lhe impõe uma decisão, você é totalmente livre perante a opção, mas uma vez que você tenha decidido, a sua própria escolha traz a limitação. Este é um processo natural que todo ser humano tem que passar antes de encarnar.

Pergunta: Eu vejo coisas ruins acontecendo para as pessoas pelo mundo inteiro, com mais frequência e mais intensidade, e ao mesmo tempo, muitos como você falam de esperança, amor, luz e ascensão. O que está acontecendo!?R: A noite fica muito mais escura antes que ela chegue ao seu fim, instantes antes do Sol nascer, trazendo um novo dia. Da mesma forma, eventos negativos chegam com grande força como uma indicação de que logo eles terminarão e uma nova era se iniciará.Pergunta: Por que temos que viver tantas vidas antes de voltarmos para a Fonte?R: Porque até vocês encontrarem sua verdadeira casa, vocês têm que continuar viajando.Pergunta: O que é a morte exatamente?R: A morte não é nada além do que uma mudança de frequência.Pergunta: Você disse que todos têm uma razão para estar aqui na Terra nesta época, um dever a cumprir. E se eu não souber minhas razões ou deveres?R: Seu único dever é ser feliz. Sua alma sabe a razão para você estar aqui, olhe para o seu interior. Vou lhe dar uma dica: Alegria. A Alegria flui vibrações da mais alta frequência através do seu sistema; ela traz conhecimento que transcende o espaço e o tempo.

Verdadeira Alegria põe em movimento poderosas forças de amor/energia que cadenciam o entendimento imaginável do aprendizado da terceira densidade. A Alegria cria sua própria força de vida e habilita você a obter todas as respostas no seu interior.EU SOU Emmanuel

Pirâmides no Egito, a história perdida e secreta dos subterrâneos em Gizé-final


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

piramides-gize-01A história perdida e secreta das PIRÂMIDES do Egito.

A cidade subterrânea e construções muito antigas e esquecidas sob as areias do Planalto de Gizé – Parte 2, final

“O Planalto de Gizé – e a antiga cidade do Cairo são atravessados por passagens subterrâneas, eixos, cavernas, lagos naturais, câmaras e até uma cidade dentro de uma imensa caverna natural que contêm artefatos surpreendentes, mas as autoridades egípcias ainda não estão prontas para revelar estes antigos segredos para o público em geral”

A história perdida e secreta das PIRÂMIDES do Egito e da Esfinge. Cidade e construções muito antigas e esquecidas sob as areias do Planalto de Gizé.

Por Tony Bushby, extraído do capítulo 8 de “O Segredo da Bíblia” de Nexus Magazine abril-maio de 2004 – Parte 1 em: http://thoth3126.com.br/piramides-no-egito

Fontehttp://www.bibliotecapleyades.net

Pirâmides no Egito, a história perdida e secreta dos subterrâneos em Gizé-Parte 2 e final

Arqueólogos fizeram outra grande descoberta na época:

Cerca de metade do caminho entre a Esfinge e a Pirâmide de Quéfren foram descobertos quatro enormes poços verticais, cada um com cerca de oito pés (2,40 metros) quadrados, levando para baixo através do sólido calcário.

É chamado de “Tumba de Campbell” pelos maçônicos e Rosacruzes, e “que o enorme complexo”, disse o Dr. Selim Hassan,” termina em um salão espaçoso, no centro do qual estava um outro eixo que descia a um outro salão também espaçoso ladeado com sete câmaras laterais “.

Algumas das câmaras continham enormes sarcófagos selados de basalto e granito, com 18 pés (5,40 metros) de altura. A descoberta foi mais longe e também descobriram que, em uma das sete salas havia ainda um terceiro veio vertical, descendo profundamente para uma câmara mais abaixo. Na época de sua descoberta, ele foi inundado com água que parcialmente encobriu um sarcófago branco branco. Essa câmara foi chamada de o “Túmulo de Osíris”, e foi mostrada sendo “aberta pela primeira vez” em um documentário de televisão produzido em março 1999.

Embora originalmente tendo explorado esta área em 1935, o Dr. Selim Hassan disse:

Estamos na esperança de encontrar alguns monumentos de importância depois de limpar esta água. A profundidade total destas séries de eixos é superior a 40 metros, ou mais de 125 pés … No curso de limpar a parte sul do subterrâneo, foi encontrada uma cabeça muito bonita de uma estátua que é muito expressiva em todos os detalhes do rosto.

De acordo com uma reportagem de jornal independente, a estátua era um busto esculpido excelente da rainha Nefertiti, descrita como “um belo exemplo de um tipo raro de arte inaugurada durante o reinado do faraó Amenhotep (Akhenaton)”. O paradeiro da estátua ate hoje é desconhecido.

O relatório também descreve outras câmaras e salas enterrados sob as areias, todos interligados por passagens secretas e ornamentados. O Dr. Selim Hassan revelou que não havia apenas os salões e câmaras internas e externas, mas eles também encontraram uma sala por eles chamada de “Capela de Oferendas“, que tinha sido cortado em um enorme e sólido afloramento de rocha, entre a Tumba de Campbell e a Grande Pirâmide.

No centro da capela estão três enormes pilares verticais que estão colocados numa disposição triangular. Esses pilares são pontos altamente significativos neste estudo, pois a sua existência está registrada na Bíblia. A conclusão é que Esdras, o escritor que começou a escrever a Torá (cerca de 400 aC), sabia o layout das passagens subterrâneas e as câmaras de Gizé, antes que ele escrevesse a Torá.

Esse projeto subterrâneo foi provavelmente a origem do layout de forma triangular em torno do altar central em uma loja maçônica. Em Antiguidades dos JudeusJosefo, no primeiro século, escreveu que o famoso Enoch do Antigo Testamento construiu um templo subterrâneo com nove câmaras. Em uma caixa forte dentro de uma câmara com três colunas verticais, ele colocou um tablete de forma triangular feito de ouro nele inscrito o nome absoluto da Divindade ( de Deus ).

A descrição das câmaras de Enoque é muito semelhante à descrição da Capela de Oferendas sob a areia a leste da Grande Pirâmide.

Uma ante-sala bem parecida com uma câmara de sepultamento, mas “sem dúvida, uma sala de recepção para iniciações”(5) foi encontrada em local mais alto  mais perto do planalto da Grande Pirâmide e na extremidade superior de uma passagem inclinada, em um corte profundo na rocha bruta no lado noroeste da Câmara de Oferendas (entre a Câmara de Oferendas e da Grande Pirâmide). No centro da câmara existe um sarcófago de 12 pés (3,60) metros de comprimento feito de puro calcário branco Turah  e um conjunto de vasos finos de alabastro.

As paredes são lindamente esculpidas com cenas, inscrições, símbolos e uma emblemática e particular flor de lótus. As descrições dos vasos de alabastro e da emblemática e tão simbólica flor de lótus  têm paralelos notáveis com o que foi encontrado no templo-oficina sobre o cume do Monte Sinai / Horeb por Sir William Petrie, em 1904. Salas subterrâneas adicionais, câmaras, templos e corredores foram descobertos, alguns verticais com colunas circulares de pedra de apoio, e outros com esculturas de figuras de deusas nas paredes vestidas em delicados e bonitos trajes.

O relatório do Dr. Selim Hassan descreve outras figuras esculpidas magnificamente e muitos frisos lindamente coloridos. Fotografias foram tiradas e um autor e pesquisador que as viu, o Rosacruz H. Spencer Lewis registrou que ele estava “profundamente impressionado” com as imagens. Não se sabe onde os espécimes raros de arte e relíquias estão hoje, mas alguns rumores dizem que podem ter sido contrabandeados para fora do Egito por colecionadores particulares.

As informações acima são apenas algumas contidas no extenso relatório do Dr. Selim Hassan  que foi publicado em 1944 pela Imprensa Oficial, do Cairo, sob o título de As escavações de Gizé (10 volumes). No entanto, isso é apenas um mero fragmento de toda a verdade sobre o que está enterrado sob as areias da área das pirâmides. No último ano de retirada da areia, os trabalhadores fizeram a descoberta (de uma cidade subterrânea completa) mais impressionante que chocou o mundo e atraiu a cobertura da mídia internacional.

“A Cidade” no fundo de enormes cavernas naturais

Arqueólogos responsáveis pela descoberta ficaram “perplexos” com o que tinham descoberto, e afirmaram que a cidade era a mais bem planejada que eles já tinham visto. Ela estava repleta de templos, residências pintadas em tons pastel com otivos camponeses, oficinas, estábulos e outros edifícios, incluindo um palácio. Completa com hidrovia hidráulica subterrânea, tinha um sistema de drenagem perfeito juntamente com outras amenidades modernas. A questão intrigante que surge dessa descoberta é: onde está localizada a cidade hoje?

A sua localização secreta foi revelada recentemente a um grupo seleto de pessoas que receberam permissão para explorar e filmar a cidade. Ele existe em um sistema enorme de caverna natural abaixo do planalto de Gizé, que se estende na direção leste rumo ao Cairo. A sua entrada principal é por dentro da Esfinge, com escadas cortadas em pedra que levam até a enorme caverna existente escavada na rocha abaixo do rio Nilo.

A expedição realizou-se com geradores elétricos e botes infláveis e viajou ao longo de um rio subterrâneo que levou a um lago com um quilômetro de largura. Nas margens do lago se aninha a cidade, com iluminação permanente sendo fornecida por grandes bolas cristalinas estabelecidos nas paredes da imensa caverna e no teto. A segunda entrada para a cidade encontra-se em escadaria que leva para um porão da Igreja Copta do Cairo antigo (bairro Babilônia). Desenhos a partir de narrativas de pessoas “que vivem na Terra” dada nos livros do Gênesis, Jaser   e Enoque, é possível que a cidade foi originalmente chamada pelo nome Gigal.

Filmagens da expedição foram efetuadas e um documentário chamado Câmara Profunda foi feito e, posteriormente, mostrado para audiências privadas. Ele foi originalmente planejado para ser liberado para o público em geral, mas por algum motivo ele foi retido em segredo. Um objeto esférico e multifacetado cristalino do tamanho de uma bola de beisebol foi trazido da cidade, e sua natureza sobrenatural foi demonstrada em uma recente conferência na Austrália. Profundamente inscritos dentro do objeto sólido estão vários hieróglifos que lentamente se movimentam e viram como as páginas de um livro sendo folheado, quando mentalmente solicitado por quem detém o objeto.

Esse item notável revelou uma forma desconhecida de tecnologia e foi recentemente enviado para a NASA nos EUA para análise. documentos históricos registraram que, durante o século 20, as descobertas surpreendentes não relatadas ainda nos dias de hoje foram feitas em Giza e na Península do Sinai, e rumores no Egíto da descoberta de uma outra cidade subterrânea dentro de um raio de 28 milhas da Grande Pirâmide abundam. Em 1964, mais de 30 cidades subterrâneas multiniveladas foram descobertas no antigo reino turco de Capadócia .

Uma só cidade continha enormes cavernas, salas e corredores que os arqueólogos estimam que suportariam até 2.000 famílias, oferecendo facilidades de vida para cerca de 8.000 a 10.000 pessoas. A própria existência desses locais constitui evidência de que muitos desses mundos subterrâneos jazem à espera de ser encontrados abaixo da superfície da Terra EM TODOS OS CONTINENTES.

As escavações de Gizé revelaram corredores e caminhos e rotas subterrâneos, templos, sarcófagos, salas e uma cidade subterrânea interconectada, passagens subterrâneas ligadas a Esfinge e às Pirâmides, tudo isso é mais um passo para comprovar que todo o complexo é cuidadosa e especificamente um gigantesco projeto muito bem pensado e executado.

Desmentidos oficiais

Por causa das escavações do Dr. Selim Hassan e as técnicas modernas de vigilância do espaço, os registros e as tradições das antigas escolas de mistérios egípcias que pretendem preservar o conhecimento oculto e secreto do planalto de Gizé, foram todos confirmados e elevados para o mais alto grau de aceitabilidade. Entretanto, um dos aspectos mais intrigantes da descoberta de instalações subterrâneas em Gizé é a repetida negação de sua existência pelas autoridades egípcias e instituições acadêmicas e seus eruditos.

Tão persistente são suas refutações que as afirmações de escolas de mistério foram postas sempre em dúvida pelo público em geral e eram suspeitas de serem fabricadas, a fim de mistificar os visitantes para o Egito. A atitude escolástica dos “eruditos” (que servem aos “mestres” que controlam o atual paradigma moribundo) é bem exemplificada e caracterizada por uma declaração pública da Universidade de Harvard em 1972:

vimana-egito

Ninguém deve prestar atenção às reivindicações absurdas em relação ao interior da Grande Pirâmide ou as passagens previstas e templos e salões subterrâneos ainda a serem escavados sob a areia no planalto de Gizé, nas Pirâmides, feita por aqueles que estão tão associados aos chamados cultos secretos ou sociedades de mistério do Egito antigo e do Oriente.

Essas coisas só existem na mente dos que procuram atrair os buscadores de mistérios, e quanto mais se negar a existência desses fatos, mais o público é levado a suspeitar que estamos deliberadamente tentando esconder o que constitui um dos grandes segredos do Egito. É melhor para nós ignorar todas essas afirmações do que simplesmente negá-las e combate-las. Todos as nossas escavações no território da Pirâmide não conseguiram revelar quaisquer passagens subterrâneas ou salões, templos, grutas, ou qualquer coisa do tipo, exceto o templo, ao lado da Esfinge.

Foi o suficiente para a “opinião acadêmica” fazer tal declaração sobre o assunto, mas em anos anteriores, reclamações oficiais foram feitas afirmando que não havia templo, junto à Esfinge. A afirmação de que cada centímetro do território em torno da Esfinge e as pirâmides tinham sido explorados profunda e completamente foi desmentida quando o templo ao lado da Esfinge foi descoberto na areia e, finalmente, aberto ao público.

Em assuntos fora da política (e do controle) oficial, parece haver um nível oculto de censura em operação, destinado a proteger os dogmas e doutrinas de ambas as religiões orientais e ocidentais (e de que a verdade venha à luz).

LÂMPADAS perpetuamente acesas: 

Apesar de descobertas surpreendentes, a verdade nua e crua é que o início da história do antigo Egito (ainda antes dos tempos dos faraós) continua em grande parte (deliberadamente ocultada) desconhecida e, portanto, território não mapeado. Não é possível, então, para dizer com precisão como quilômetros de passagens subterrâneas e câmaras sob o planalto de Gizé foram iluminadas, mas uma coisa é certa: a menos que os antigos pudessem ver no escuro, as vastas áreas subterrâneas encontradas foram de alguma forma iluminadas.

A mesma pergunta é dirigida sobre como seria feita a iluminação do interior da Grande Pirâmide, com suas escadarias, passagens, subterrâneos, criptas, etc, e os egiptólogos concordaram que tochas de fogo não foram utilizados, pois todos os tetos existentes não foram enegrecidos com qualquer sinal de fumaça residual. Pelo que se sabe atualmente sobre as passagens subterrâneas sob o platô da pirâmide, é possível determinar que existe pelo menos três milhas (4,8 quilômetros) de passagens subterrâneas e de 10-12 níveis de pisos abaixo do nível do solo. Tanto o Livro dos Mortos assim como os textos da pirâmide  fazem referências marcantes para “os fabricantes de Luz”, e essa descrição extraordinária pode ter se referido a um corpo de pessoas responsáveis para iluminar a escuridão das áreas subterrâneas de seus complexos de passagens, salas e corredores.

Jâmblico deixou registrado em um relato fascinante que foi encontrado em um papiro egípcio muito antigo e retido em uma mesquita no Cairo. Ele era parte de uma história de cerca de 100 a.C. escrita por um autor desconhecido sobre um grupo de pessoas que descobriram uma entrada para câmaras subterrâneas nos arredores de Giza para fins exploratórios.

Eles descreveram a sua experiência:

“Chegamos a uma câmara. Quando entramos, ela foi automaticamente iluminada pela luz de um tubo incandescente com tamanho que situava-se à altura da mão de um homem [aprox. 6 polegadas ou 15,24 centímetros] e fino, colocado em pé em um canto. Quando nos aproximamos do tubo, ele se iluminou mais intensamente. . . Os escravos ficaram muito assustados e fugiram na direção de onde tínhamos vindo! Quando toquei o tubo de luz, ele se apagou completamente.

Fizemos todos os esforços para fazer o tubo voltar a brilhar novamente, mas ele nunca mais se acendeu de novo para fornecer luz (n.t. estes tubos foram deixados no interior da pirâmide por seres de Atlântida, ainda antes do dilúvio – 10.986 a.C. – povo que é a origem da fundação da civilização egipcia antiga). Em algumas outras câmaras outros tubos de luz funcionaram e em outros locais eles não acenderam. Nós abrimos um dos tubos e ele sangrou um líquido de cor de pérolas de prata (mercúrio) que corriam rapidamente pelo chão até que desapareceram entre as fendas entre as rochas.

Na medida que o tempo passou, os tubos de luz gradualmente começaram a falhar e os sacerdotes removeram-nos e guardaram alguns em um cofre subterrâneo que foi especialmente construído no sudeste do planalto. Foi a sua crença de que os tubos de luz haviam sido criados pelo seu amado Imhotep (sacerdote da 3ª dinastia, do faraó Zoser, um mago da Grande Fraternidade Branca), para algum dia tentar voltar a fazê-los trabalhar e fornecer luz mais uma vez.

Era prática comum entre egípcios antigos selar as lâmpadas acesas nos sepulcros de seus mortos como oferendas a seu deus ou para os defuntos poderem encontrar seu caminho para o “outro lado”, nos salões do Amenti. Entre os túmulos perto de Memphis (e nos templos brâmanes da Índia), as luzes foram encontradas funcionando e iluminando em câmaras seladas e vasos, mas quando postas à exposição súbita de ar apagavam-se ou causavam que o seu combustível evaporasse. (6)

Os gregos e mais tarde ainda, os romanos adotaram este costume, e a tradição tornou-se geralmente estabelecida, não só de lâmpadas reais acesas, mas de reproduções em miniatura feitas em terracota serem enterradas com os mortos. Algumas lâmpadas foram fechada dentro de vasos circulares para proteção, e houve casos registrados onde o óleo original foi encontrado em perfeito estado de conservação ainda dentro delas, depois de mais de 2.000 anos. Existem amplas provas de testemunhas oculares de que havia lâmpadas que estavam queimando quando os sepulcros foram selados, e foi declarado por passantes depois que eles ainda estavam queimando quando os cofres foram abertos centenas de anos mais tarde.

A possibilidade de se preparar um combustível que se renovaria ininterrupta e rapidamente na medida em que fosse sendo consumido foi uma fonte de controvérsia entre os autores medievais, e existem numerosos documentos descrevendo os seus argumentos. Após a devida consideração das evidências a mão, parecia bem dentro do leque de possibilidades que os antigos sacerdotes egipcios conheciam muito de química e  fabricavam lâmpadas que queimavam, se não indefinidamente, pelo menos por consideráveis e longuíssimos períodos de tempo.

Numerosos escritos sobre o assunto destas controversas lâmpadas foram escritos, com W. Wynn Westcott estimando que o número de escritores que têm dado a consideração ao assunto somariam já mais de 150 e HP Blavatsky fala algo como 173. Enquanto existem variadas conclusões de diferentes autores, a maioria admitiu a existência das lâmpadas fenomenais. Apenas alguns sustentaram que as lâmpadas se queimavam para sempre, mas muitos estavam dispostos a admitir que elas poderiam ficar acesas durante vários séculos sem reabastecimento de combustível.

Acreditava-se que as mechas dessas lâmpadas perpétuas eram feitas de amianto trançado ou tecido, chamado pelos primeiros alquimistas “lã de salamandra”. O combustível parecia ter sido um dos produtos da pesquisa alquímica, possivelmente produzido no templo do Monte Sinai. Diversas fórmulas para a produção de combustível para as lamparinas foram preservadas, e no profundo trabalho sobre ocultismo, ÍSIS Sem Véu, a autora HP Blavatsky reimprimiu duas fórmulas complicadas de autores anteriores de um combustível que,

“Quando pronta e acesa, a lâmpada vai queimar com uma chama perpétua e você pode colocar esta lâmpada em qualquer lugar onde você queira”.

Alguns acreditam que as lendárias lâmpadas perpétuas dos templos poderiam ser astutos artifícios mecânicos, e algumas explicações bastante humorísticas foram sugeridas. No Egito, existem ricos depósitos subterrâneos de asfalto e de petróleo e querem alguns que os sacerdotes ligavam mechas de amianto por um duto secreto para um depósito de óleo, o qual, por sua vez se conectava a uma ou mais lâmpadas. Outros achavam que a crença de que as lâmpadas que queimavam indefinidamente em túmulos era o resultado do fato de que em alguns casos muita fumaça exalava das entradas de túmulos recém-abertas.

Mais tarde, foram descobertas mais lâmpadas espalhadas pelo chão, assumindo que elas eram a fonte da fumaça. Houve algumas histórias bem documentados sobre a descoberta de lâmpadas de iluminação perpétua não só no Egito, mas também em outras partes do mundo. De Montfaucon de Villars deu um fascinante testemunho da abertura do cofre de Christian Rosenkreuz. Quando os irmãos da Ordem Rosacruz entraram no túmulo de seu ilustre fundador 120 anos após a sua morte, eles encontraram uma lâmpada perpétua- brilhantemente tudo iluminando de forma suspensa no teto.

“Havia uma estátua usando uma armadura [um robô ] que destruiu a fonte de luz quando a câmara foi aberta”(7)

Isso é estranhamente semelhante ao que contam os historiadores árabes que afirmavam que autômatos (seres mecânicos) guardavam as galerias subterrâneas sob a Grande Pirâmide.

Um relato do século XVII registra outra história sobre um robô.

No centro da Inglaterra, um túmulo curioso foi encontrado contendo um autômato que se moveu quando um intruso pisado certas pedras no chão da cripta. Naquele tempo, a controvérsia do túmulo Rosacruz com a lâmpada estava no seu auge, por isso foi decidido que o túmulo era o de um alto iniciado Rosacruz. Um conterrâneo descobriu o túmulo, entrou e encontrou o interior brilhantemente iluminado por uma lâmpada pendurada no teto.

Enquanto caminhava em direção à luz, seu peso comprimiu as pedras do chão e, ao mesmo tempo, uma figura sentada vestida com armadura pesada começou a se mover. Mecanicamente, se levantou sobre seus próprios pés e atingiu a lâmpada com um bastão de ferro, destruindo-a. Quanto tempo a lâmpada ficou queimando era desconhecido, mas o relatório declrava que tinha sido por um número considerável de anos.

Acima: As notícias conforme foram publicadas sobre a descoberta de uma cidade perdida como foi relatada em um dos muitos jornais de Londres, Inglaterra, como o Sunday Express, de 7 de julho de 1935. O mundo ouviu sobre a descoberta de uma cidade “secreta” egípcia já em 1935. (n.t. mas quem escutou e procurou saber mais?) 


Não incluído no artigo original da NEXUS – Outro Comentário sobre as lâmpadas perpétuas, com origem no Tibete:

No livro A CAVERNA DOS ANTIGOS – o tibetano Lobsang Rampa fala sobre este tipo de lâmpada, conforme vemos no curto excerto abaixo:

“… Uma sequência de imagens mostrava um grupo de homens concentrados planejando o que eles chamaram de “Time Capsule”(o que chamamos de “A Caverna dos Antigos”), em que eles poderiam armazenar para as gerações posteriores informações sobre modelos de suas máquinas e um registro completo e pictórica de sua cultura e da falta dela. Imensas máquinas escavaram na rocha viva. Hordas de homens instalaram os modelos e as máquinas. Vimos as esferas de luz fria içadas no lugar, inertes substâncias radioativas dando luz durante milhões de anos. Inerte no sentido de que não poderiam prejudicar os seres humanos, ativas na medida que a sua luz continuaria quase até o fim do próprio tempo. 

Descobrimos que poderíamos compreender a sua linguagem, então a explicação foi mostrada, que nós estávamos obtendo a compreensão do “discurso” telepaticamente. Câmaras como esta, ou “Cápsulas do Tempo”, estavam escondidos sob as areias do Egito, em subterrâneos debaixo de uma pirâmide na América do Sul, e em um determinado ponto na Sibéria. Cada lugar foi marcado com o símbolo dos tempos por excelência: a Esfinge. Nós vimos as grandes estátuas da esfinge, que não se originaram no Egito, e recebemos uma explicação de sua forma. Os homens e os animais falavam e trabalhavam juntos naqueles dias muito, muito distantes.

Um felino era o animal mais perfeito para o poder e inteligência. O próprio homem em si mesmo é um animal, de modo que os antigos tinham a figura de um corpo de um grande gato para indicar a potência e resistência, e sobre o corpo colocavam os seios e a cabeça de uma mulher. A cabeça era para indicar a inteligência humana e a razão, enquanto os seios indicavam que o homem e o animal podem obter alimento espiritual e mental um do outro. Esse símbolo da Esfinge era então então muito comum como é hoje as estátuas de Buda, a estrela de Davi-Selo de Vishnu e o crucifixo no dia de hoje. Nós também vimos oceanos com grandes cidades flutuantes, que se moviam (navegavam) … 

Mensagem de ÍSIS


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

 A Sagrada Energia Feminina, a Mãe cósmica e o novo ano que se inicia

Queridas crianças de Luz da Terra, EU SOU ÍSIS, venho nesta hora para cantar a ascensão da Divina Energia Feminina mais uma vez! Como uma Fênix que renasce das cinzas o Sagrado Feminino recuperou seu direito de falar com os corações de todos vocês.

Pois na terra do Egito, há muitos Eons, trilhar o caminho evolutivo na compreensão do feminino era de grande importância.  Durante muito tempo foi o principal caminho evolutivo da humanidade ao longo do tempo até que eventos significativos aconteceram que provocaram a inferioridade do papel feminino e sua quase exclusão na sociedade planetária atual, criando um enorme DESEQUILÍBRIO no planeta.

Mensagem de ÍSIS, a Sagrada Energia Feminina, a Mãe cósmica e o novo ano que se inicia

Fonte: http://sananda.website/isis

Agora é hora de o AMOR do Sagrado Feminino em todo  o Universo se levantar e se reerguer uma vez mais e, de fato, isso agora está acontecendo, na medida em que se manifesta, terminando os tempos em que seus lábios foram selados e seu trabalho sobre Gaia foi anunciado.

Isso me dá grande alegria de ouvir sobre o grande sucesso do sagrado feminino que trabalha incansavelmente neste momento para produzir AMOR, produzir a cura e produzir as mensagens do Divino neste momento.

O Feminino agora está trazendo os Filhos do Sol nesta hora para que os Filhos do Sol venham mais uma vez ancorar a Energia Divina em sua Terra para conectar a Terra com a Energia Dourada do Grande Sol Central – O Deus em Sirius. Eles trabalham na Energia de 7777 Sirius e 8888 The Lions Gate 144th Degree Cosmic Consciousness trazendo o equilíbrio entre a fecunda Energia Solar e a Energia Lunar para a sua Terra.

Por enquanto, a Terra está passando por um grande reequilíbrio enquanto ela se desloca agora para uma nova Era de Ouro da Luz. Queridos Filhos da Luz que agora embarcaram em um momento emocionante em seu planeta para muitos de vocês agora que estão avançando em seu Processo de Ascensão. Agora estamos avançando para a Energia do Amor Divino. Agora é tempo queridos para encarnar o amor incondicional em seu planeta…



É o momento queridos de se conectarem e trabalharem com os reinos mais elevados, um nível donde você sempre pertenceu, e soltar as amarras pesadas dessa densidade tridimensional, aquelas situações sombrias que o mantêm em estado de sono há muito tempo.

Agora é a restauração do Plano Divino. Pois o Plano Divino para a Terra está agora acontecendo. E é hora de você ser a encarnação do AMOR. É você, cada um de vocês, anjos brilhantes, ancoradores da Luz, sementes das estrelas, guardiões da Terra, seres humanos,  para ter uma experiência física de ser essa encarnação do AMOR incondicional.

Isto é parte do plano, a parte que envolveu você e este planeta e o efeito de ondulação para o multiverso de seus irmãos e irmãs. Por que você acha que sua Alma desejou participar, testemunhar isso? Isso é único. As 144.000 almas que concordaram em avançar com a sua Terra terão  forma interdimensional, depois de todo esse tempo. Eles vão encarnar o amor e as qualidades divinas. Será com isso que eles criarão um efeito ondulatório de amor e harmonia para a humanidade em sua Terra. Na medida em que os anjos da Luz se aproximam para curar seu planeta mais uma vez. É um momento emocionante para estar com Gaia.

Pois estamos avançando e ancorando a nova energia do amor e da harmonia na Terra. Nós iremos adiante nesta energia que sua Terra não experimentou antes. Para que esta energia penetre e encontre um modo de trabalhar de forma mais multidimensional.

Nós magnetizamos a Luz do Grande Sol Central. Crianças do UNO (Deus Pai e MÃE) No mundo todo, ouçam nosso chamado e deem sua resposta.

A Luz universal de Alfa e Omega, a Luz universal das CHAMAS GÊMEAS se reencontrando  desce agora para a conclusão da sua vida, para o poderoso círculo de fogo e o ímã em U que forma o Acima  completado pela união do coração abaixo. Agora estamos entrando em um momento do chamado de todas as CHAMAS GÊMEAS para que venham para o próximo ano em sua Terra para completar o Plano Divino conforme o previsto.

Para aqueles que vieram na Luz e no Amor, que concordaram em servir com o Plano Divino antes de encarnar o Plano da Terra para trazer para a Energia do Amor e conectar Gaia ao Amor que ela já conheceu de Eons passados.

Queridos filhos, à medida que os deslocamentos se desdobram na Linha do tempo e você se conecta e se reconecta com sua consciência superior e, um com o outro, você entenderá o processo das iniciações dos Salões de Amenti, pois estes estão realmente se desenrolando agora durante essas grandes mudanças na sua atual linha temporal se fundindo com novas realidade onde o AMOR esta presente e será respeitado, praticado e louvado.

Muitos de vocês podem ter ficado presos e confrontados com um deslocamento temporal  monumental   ….   Para muitos de vocês, seus planos foram introduzidos, causando uma grande confusão. Para muitos que foram conduzidos através do despertar de sua realidade espiritual profunda… Seus planos indicam a sua verdadeira origem … os planos de seus irmãos não físicos, os planos de suas jornadas de vida neste planeta. Os planos também indicam sua fonte oriunda dos Deuses do Criador Divino e do Criador Principal. Muitos estão trabalhando em Ordens, Sacerdócios, Irmandades, Ordens de cavalaria e assim por diante.

À medida que a energia do AMOR INCONDICIONAL começa a se estabelecer em seu planeta, vocês alcançarão gradualmente a consciência plena de seu EU SUPERIOR …

Muitas mudanças estão ocorrendo neste momento – o Solstício de Inverno (próximo 21 de dezembro) é o início deste novo ano, o novo começo em que enviaremos nossa Luz desde a estrela Sírius e desde Orion, o meu amado, que irá adornar seus céus mais uma vez … Agora nos concentramos no deslocamento da polaridade que existe no seu plano terrestre pois isso criou uma divisão dentro dos corações de muitos seres no planeta.

É o momento da união, um tempo de união, um tempo de equilíbrio e o foco agora é a cura e integração da polaridade que é a lição da INTEGRAÇÃO da energia das Chamas Gêmeas neste ciclo de vida. Vamos trazer essa energia de cura enquanto ancoramos a Divina Luz do Templo da Ascensão em Luxor (antiga Tebas no Egito) entre todos os meus filhos e os povos da Terra neste momento …

À medida que nos aproximamos da energia do Solstício de Inverno, onde você é chamado para refletir e liberar tudo o que não é útil para você e mudar e transmutar suas sombras, trazer a energia do novo e se concentrar na jornada da evolutiva de sua Alma.

À medida que você chegar ao encerramento deste ano e muitos de vocês, as Almas celebram o encerramento deste ano e a divulgação do novo ano à frente – uma nova mudança ocorrerá em sua Terra … um grande número de almas em sua terra deve entrar em nova banda de frequência de energia que é de alegria, AMOR, de felicidade, de êxtase e de energia positiva, que permitirá que muitos de vocês trabalhem com várias linhas de tempo para utilizar novamente a energia referida para dar um salto gigante na consciência da humanidade novamente por assim dizer e ajudar a elevar muitos seres no seu planeta.                       @helioaraujosil1

A Colheita, a transição na Terra


HÉLIO’S BLOG

 

#DivulgaçãoCientífica

 Jesus-Sananda

Resultado de imagem para jesus sananda pictures

Eu sou SANANDA, o único e sempre o mesmo e a quem vocês foram ensinados a chamar como Jesus, o Cristo. 

Embora este não (JESUS) tenha sido o meu nome verdadeiro, e nunca o foi, os nomes assim como rótulos importam muito pouco para nós, mas todos são apenas diferentes padrões de energia e, no entanto você me invocará, quando o seu pensamento for do padrão de energia pela qual você me conhece, e eu o responderei, não importa qual seja o rótulo (o nome) usado … 

“Quando é chegada a tarde, dizeis: Haverá bom tempo, porque o céu está rubro. E, pela manhã: Hoje haverá tempestade, porque o céu está de um vermelho sombrio. Hipócritas, sabeis discernir a face do céu, e não conheceis os sinais dos tempos? Uma geração má e adúltera pede um sinal, e nenhum sinal lhe será dado, senão o sinal do profeta Jonas. E, deixando-os, retirou-se”.  –  Mateus 16:2-4

SANANDA, O Comandante do PROJETO de TRANSIÇÃO DA TERRA

Fonte: Angelo Mazzocchi – http://www.coachtoheaven.com

Sananda anuncia:

… Eu tenho sido conhecido por milhares de títulos, nesses anos todos, e sido apelado por milhões, mas eu ouço o apelo de cada um pelo amor que está em seu coração.  Eu me importo muito pouco com o que é exibido do lado de fora, com o externo, pois isso é a ilusão da experiência material, e a verdadeira identidade e natureza do indivíduo se encontram dentro do espírito de cada um; eu sempre respondo a voz que chama com a intenção do coração, vinda do mais intimo de cada um.

Não há um só humano sobre o planeta que eu não possa ouvir e falar no momento que quiser, pois tenho o amor ÁGAPE para todos e cada um, sejam homens, mulheres ou crianças, preto, branco, amarelo ou vermelho, como já disse antes, não importa o exterior (ou mesmo a religião).

O Comandante para a Transição da Terra:

Eu agora ocupo a posição de comandante supremo desta missão, que nós chamamos de Projeto de Transição da Terra e eu sirvo nesta posição porque tenho a responsabilidade de preservar o remanescente da raça humana de seu planeta que servem ao verdadeiro Deus e Santo da Luz. Venho neste momento da evolução da Terra com as minhas hostes celestes para completar esta missão mais importante para você no tempo, na era sobre a superfície da Terra de que falei tantas vezes no passado, quando eu estava aqui antes, quase dois mil anos atrás. Eu prometi então que eu voltaria, e eu tenho mantido essa promessa a vós.


“Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar. E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também”. João 14:2,3


Nova fase, novos rumos:

A mensagem que eu quero trazer a vocês neste dia é tão importante para vocês neste momento. Todos se encontram entrando numa nova etapa dessa missão, agora, e novas fases vão trazer novos rumos. O objetivo não mudou, ainda há tempo para vocês avançarem em seu próprio desenvolvimento evolutivo. Vocês levaram os últimos anos para chegar até aqui a partir de um local pequeno, trazendo o restante das pessoas junto com vocês, recebendo os ensinamentos e a palavra para as massas, e você tem se desincumbido bem e realizado muito bem suas tarefas em meio a problemas e ataques lançados contra você pelo adversário. Nós lhe dissemos (ao canalizador) que você seria vitorioso, e por toda a contagem, a vitória foi conquistada, embora às vezes você possa ter dúvidas de que assim fosse.

Só havia uma coisa que te trouxe até este ponto, e isso é A FÉ. Sem a sua FÉ você não poderia ter feito  como você fez em face das adversidades com que você teve que lutar contra muita coisa. No entanto, através dessas lutas, você tem crescido mais forte e mais sábio. Era necessário que estas coisas acontecessem para experimentarem você, porque sem a adversidade você não teria desenvolvido o fogo necessário para continuar. Muitos têm ido e vindo para junto de você nestes últimos anos e de muitos você ainda lamenta a sua partida. No entanto, você deve saber que mesmo essas experiências têm proporcionado para cada um de vocês o crescimento e o desenvolvimento de sabedoria.

Tem sido sempre o caminho do homem/mulher para o seu melhor aprendizado com o que ele(a) próprio tem experimentado, seja isso em padrão bom ou ruim para os estados emocionais. Muitos de vocês já perderam muito na forma de seus bens materiais, mas mesmo isso era necessário, pois para a perda quanto maior for, maior a recompensa – isto não significa em coisas do mundo material, mas um maior nível de fé em se confiar em Deus, EM SUA ORIENTAÇÃO INTERIOR.

Por que você está aprendendo que não há senão uma coisa absoluta e imutável no Universo e que essa é Deus Criador – sempre o mesmo, ontem, hoje e sempre. O ciclo é eterno, e você é parte integrante desse ciclo. Através dessas experiências do passado, você aprendeu que você é responsável por aquilo que você cria e que você tem o poder e a capacidade de criar e manifestar o que quer que você desejar.

Cada pensamento e cada palavra e pensamentos que você gera a partir de seu interior cria aquilo de que você fala, deseja ou pensa. Todos os desejos do coração serão manifestados por vocês, por isso é importante que cada pensamento seja guardado e cada palavra dita seja bem pensada antes de serem emitidas para fora. Pois, você vê, o juízo vem de si mesmo na medida em que você criar e manifestar a sua própria realidade sobre você mesmo, e só você tem o poder sobre a criação do seu próprio destino.

Resultado de imagem para jesus sananda pictures

Por que vocês estão na Terra?

Muitos de vocês tornaram-se muito conscientes do por que vocês estão aqui durante este tempo de transição e de que você fez uma escolha antes de entrar para esta experiência de vida atual. Você sabia que você estava vindo com este propósito específico, assim como eu sabia qual era o meu objetivo antes de vir para a vida na Terra há dois mil anos. Mas, assim como vocês, isso também me tomou vários anos de minha existência até que eu tivesse uma percepção consciente do conhecimento de quem eu era realmente e o que tinha que fazer. Da mesma forma, muitos de vocês têm procurado por muitos anos o seu propósito e agora finalmente têm a percepção consciente dele. Outros ainda estão à procura de seu propósito, e ainda há um pequeno número restante que deve despertar em seus corações.

Através de suas religiões, a vocês foram ensinadas muitas falsidades sobre a minha vida e sobre o meu propósito e sobre a minha verdadeira identidade. Um dos propósitos desta minha missão era trazer ao mundo a verdade sobre o relacionamento do homem/mulher com o seu Criador, e minha relação (e a do homem) com o mundo.

A Verdade foi proclamada e tem sido oferecida a todos, sem qualquer prejuízo que seja. Mas muito poucos a ouviram – a maioria rejeitou a verdade. Há muita tristeza em relação ao número que optou por ignorar a Verdade e continuar sua jornada na escuridão (e muitas vezes corrompendo e manipulando a própria VERDADE). No entanto, é o caminho que eles escolheram pelos seus egos humanos temporários e ninguém pode mudar as suas escolhas para se salvarem a não serem eles próprios.

Então, é bom chorar apenas por um período de tempo, pois então você deve ter sua atenção tirada de dentre o mundo dos mortos (inconscientes) e assistir ao mundo dos vivos (despertos em consciência), pois são estes que devem ser o remanescente e que devem ser conduzidos através da tribulação e para a glória prometida da Nova Terra e para a Era da Luz.


“Por isso diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá. Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, Remindo o tempo; porquanto os dias são maus”.  Efésios 5:14-16


Enquanto você cresce cada vez mais para perto do mundo da Luz, vocês estão começando a ver o processo de manifestação se acelerando. Você vai descobrir que a lei do retorno é gratificante em um curto período de tempo, e isso é por causa da sua abordagem para a transição. Uma vez na LUZ, a manifestação de sua realidade e necessidades deve ser instantânea. Em outras palavras, cada pensamento e cada palavra devem ser cumpridos imediatamente, antes mesmo que as palavras ou pensamentos sejam concluídos. E este processo terá lugar sem nenhum esforço de sua parte, pois será completamente natural para você, assim  como você é também uma parte da (Nova) Criação e, portanto, possuem as habilidades criativas para criar instantaneamente o que necessitarem.

Pensamento criativo e a vida:

Agora, uma grande parte da sua nova direção será o processo de aprendizagem do pensamento criativo e vida criativa. Na medida em que você aprender, você começará a achar que o processo de manifestação é mais natural do que você jamais poderia ter imaginado. Mas, como acontece com todas as coisas, isso também vem com um grau maior de responsabilidade. Lembre-se, para quem muito é dado, muito é exigido. Você ainda está enfrentando a vida na dimensão mais pesada, que ainda está sob a forte influência da escuridão e, por essa razão, esse dom pode ser muito sedutor para se utilizar dessa capacidade por todas as razões erradas – o ganho pessoal, a luxúria, ganância e assim por diante. Também é muito tentador utilizar as habilidades para ganhar o controle sobre a vontade dos outros.

Então, desta forma, você deve proteger a si mesmo e estar sempre vigilante, para não usurpar o livre-arbítrio do outro, do seu semelhante próximo a você, pois isso é conhecido como magia negra e isso é contra a lei de Deus e deverá ser julgado como tal. Muitos de vocês tinham, no passado, essa capacidade antes e cometeram alguns desvios na sua utilização. Isso é porque você está aqui neste momento, participando nesta missão, o Projeto de Transição da Terra e tudo é parte de seu processo de aprendizagem pessoal. Eu não vos disse que de todas as coisas que eu fiz que vocês também deveriam fazer – e de que coisas ainda maiores vós faríeis, porque eu fui para o meu Pai. Meus filhos preciosos, que vocês façam coisas maiores do que o que eu fiz em minha anterior jornada na Terra pois que vocês estão enfrentando a maior de todas as eras e transições e vocês tem muitas oportunidades maravilhosas perante vocês.


“Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas, porque eu vou para meu Pai”.  João 14:12


anjo-espada-azul

O MUNDO DESABA

O mundo como você o conhece está prestes a ruir e desmoronar em escombros, ruidosamente. Todos os seus países estão em crise e quase todos os seus líderes são corruptos. Seu dinheiro é e compra tudo, mas não têm nenhum valor real, o seu ar e sua água no planeta estão envenenados, contaminados. Vocês tem armas capazes de destruir todos os bits de vida na Terra.

Seu mundo está passando por transtornos naturais de todo o tipo, desde terremotos, tsunamis, erupções vulcânicas, anomalias climáticas estranhas, doenças dos tipos mais hediondos, imensos ciclones, furacões, guerras e mais guerras sendo planejadas, e mais fome provocada.

E lhes foi dito que assim seria e que todas estas coisas seriam precursoras para o meu retorno e que, de toda a massa da população, um remanescente dela seria salvo.


“E Cristo, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane;
Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos.
E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares. Mas todas estas coisas são o princípio de dores”. 
Mateus 24:4-8


Muitos estão aguardando meu retorno, mas devem perdê-lo, porque eles não vão acreditar que eu poderia voltar em uma nave de Luz {do tipo espacial, junto com milhões (Comando Ashtar Sheran) de outras espaçonaves e as Hostes de Deus} e não vão me reconhecer, aceitar, acreditando que eu sou seu adversário por causa dos meios de transporte que eu lhes ofereço (para o resgate, a evacuação do planeta). Isso faz parte da grande enganação de que vocês foram advertidos no passado. Muitos têm sido enganados por aqueles que querem o controle sobre os demais, e para isso eles terão que responder a Deus pelas vidas de todos aqueles que se afastam de mim por causa da mentira que recairá sobre as suas cabeças.


“E, logo depois da aflição daqueles dias, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potências dos céus serão abaladas. Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da Terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória. E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus”.
Mateus 24:29-31


Mas vamos em frente e continuemos e completemos esta missão, para que cada um de vocês que servem a Deus, Wakan Tanka (divindade dos nativos norte americanos, os peles vermelhas), possa retornar às suas raízes verdadeiras e se juntar a grande família da Luz que esperam por vocês. É com enorme honra e com amor que cuidamos de todos e cada um de vocês. Deus no amor e na paz.

Salu. EU SOU SANANDA.

Resultado de imagem para jesus sananda pictures

Obrigado, Rocky Montana

@helioaraujosil1

Atlântida


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientíficaatlântida-palácio-agacoe

ATLÂNTIDA, A RAINHA DAS ONDAS DOS OCEANOS

“O propósito desta história é relatar o que conheci pela experiência, e não me cabe expor idéias teóricas. Se levares alguns pequenos pontos deixados sem explicação para o santuário interior de tua alma, e ali meditares  neles, verás que se tornarão claros para ti, como a água que mitiga a tua sede. . .

Este é o espírito com que o autor propõe que seja lido este livro. E chama de história o relato que faz de sua experiência. Que é história?. . . Ao leitor a decisão.

“Nunca pronuncies estas palavras: “isto eu desconheço, portanto é falso“. Devemos estudar para conhecer; conhecer para compreender; compreender para julgar“. – Aforismo de Narada.

atlantida-philos-habitante-dois-planetas

Livro: “Um Habitante de Dois Planetas”, de Philos, o Tibetano – Livro Primeiro, CAPÍTULO V – A Vida em Caiphul

A vida de Zailm em Caiphul. O Rai das Leis do Maxin. Encontro com o profeta. Visita ao Palácio e uma entrevista com o Imperador de Atlântida.

CAPÍTULO V – A VIDA EM CAIPHUL 

Minha nova vida trouxe inúmeras novidades para minha mãe e eu, recém-chegados das montanhas a um grande centro urbano. Após ter aprendido mais algumas coisas sobre suas conveniências, logo me harmonizei com a nova situação. Adaptei meu modo de vestir ao estilo citadino-, sendo minha atitude natural reservada, pude dar a impressão de estar à vontade, algo que foi apoiado cada vez mais pelo grau crescente de segurança que fui adquirindo.

A vida de um estudante no ambiente da escola, como aprendi após matricular-me no Xioquithlon, mostrou ser tão enervante para alguém acostumado à total liberdade que me vi obrigado a criar um esquema que
me permitisse fazer o necessário exercício físico. Depois de pensar por algum tempo, e tendo conseguido algumas informações fortuitas, procurei o Superintendente Distrital de Solos e  Agricultura e solicitei que ele me indicasse um pedaço de terra que eu pudesse cultivar, não necessariamente com fins lucrativos mas pela prática contando-lhe que era um estudante.

Atlantida-Platao

O Superintendente, com oficial indiferença, abriu um mapa das terras adjacentes a Caiphul. Ao falar de distâncias, consultei a provável conveniência de meus leitores e usei pés, jardas, milhas e assim por diante, como medidas nominais. Usarei o mesmo método nesta oportunidade,  lembrando que nosso sistema de medição era fundamentado em um princípio similar ao moderno sistema gálico ou métrico. Sua unidade, entretanto, não era a décima milionésima parte do quadrante terrestre. Originava-se, ao invés, no grande Rai das Leis Maxin. Como foi observado anteriormente, esse monarca havia introduzido todas as reformas concebíveis, entre outras a de substituir por um sistema uniforme de mensuração o método anterior desajeitado, embora não totalmente anti-científico.

A circunferência da Terra no equador, tal como fora determinada pelos astrônomos, tinha servido de base, assim como o moderno sistema métrico que usa uma fração da quadratura da divisão polar norte e sul da Terra. Esse padrão, entretanto, não era considerado totalmente confiável; temia-se que algum erro tivesse se insinuado no cálculo original; mesmo que fosse o caso, o bastão de ouro usado como referência teria servido a todas as finalidades, uma vez que era imutável, mas o desejo humano de ser tão perfeito quanto possível era tal que, como eu disse, o medo do erro destruía a confiança. Todo homem que quisesse podia instituir um padrão particular, baseado em qualquer esquema que lhe servisse, um estado de coisas que levou a fraudes deploráveis em todo o império.

O Rai Maxin instituiu um sistema tão admirável que foi imediatamente aceito como autoridade absoluta, especialmente porque ninguém duvidou que tivesse vindo do próprio Incal. O Rai mandou construir um recipiente com um material que sofria a menor expansão ou contração conhecida sob a influência do calor ou do frio. Esse recipiente era, interiormente, um cubo oco perfeito, do tamanho exato da Pedra-Maxin. Um tubo maciço foi feito da mesma substância, com cerca de quatro polegadas de diâmetro interno. No recipiente cúbico foi despejada água destilada na quantidade exatamente suficiente para preenchê-lo, a uma temperatura de 398° Farenheit (203,33º C), de modo a não deixar nenhuma bolha de ar no interior do cubo.

Essa água foi então colocada no tubo, e a mesma temperatura baixa foi cuidadosamente mantida. A altura exata da água era então gravada num bastão feito com o mesmo metal dos dois recipientes (cúbico e tubular). O passo seguinte era aquecer a água a 211,95° Farenheit (99,44º C), sendo este processo e o anterior executados ao nível do mar num dia típico de verão. Com o calor, a água se expandia a um grau apropriado, e o ponto de quase ebulição era marcado como no passo anterior; a diferença marcada no bastão entre as duas linhas gravadas passou a ser a unidade de medição  linear, da qual todas as outras medidas derivaram, sendo a medida do peso calcada no peso do cubo oco cheio de água a 398° F (203,33º C).

Uso a escala termométrica Farenheit porque a escala de Poseid não faria sentido para ti. Perdoa-me a digressão, já que a mesma revela outra fase da vida naquela era há tanto tempo decorrida.  Voltando ao gabinete do Superintendente: tendo aberto um mapa de áreas não arrendadas à minha frente (lembra-te que não havia donos de terras, pois estas pertenciam ao governo) ele voltou a atenção para outras tarefas, deixando-me ali para estudar o assunto com calma. Passando os olhos pelas descrições ali impressas, descobri que um terreno de uns cinco acres, onde havia um antigo pomar com várias espécies de árvores frutíferas, estava disponível e ficava a uma distância aproximada de oito “vens” (quase o mesmo número de milhas) da cidade, mas adentrando a península.

Seu antigo arrendatário tinha contratado os direitos por cinqüenta anos, mas por motivo de sua morte a propriedade linha ficado abandonada e livre para ser ocupada. O fato de que os estudantes freqüentemente tinham pouco dinheiro para suas despesas gerais era levado em conta pelo governo, que em todas as suas negociações com essa classe oferecia condições melhores do que para qualquer outra categoria social. A propriedade em questão me atraiu por sua descrição: “uma área de aproximadamente oito vennines (cinco acres), com uma casa de quatro cômodos, água de fonte canalizada para a casa; um vennine plantado com  flores ornamentais, seis destinados a árvores frutíferas com quinze anos de idade. Condições (com todas as benfeitorias) para estudantes: metade da colheita de frutas todas as flores próprias para perfume que forem cultivadas entregues ao Agente do Departamento de Solos e Agricultura.

Para outros que não sejam estudantes, quatro tekas por mês (dez dólares e vinte e três cents). Prazo mínimo de arrendamento, um ano. Resolvi arrendar o terreno, após verificar que “todas as conveniências” significava transporte por vailx, serviço telefônico (naim) e um instrumento de condução  de calor que economizaria combustível; a energia para ser convertida em calor para cozinhar e outras finalidades seria transmitida pelo “Navaza”, um conjunto de forças materiais que em teus modernos dias se chamam “correntes telúricas”, mas que no caso incluíam também as do éter superior, algo que ainda descobrireis e utilizareis como o fez a Atlântida, pois que todos vós sois poseidanos renascidos. Eu o digo. Já vivestes e viveis  agora de novo. Usastes todas essas forças naquele tempo e dentro de pouco tempo as usareis de novo.

Tendo decidido ficar com a propriedade que me fora mostrada, transmiti minha decisão ao funcionário, que imediatamente me deu um contrato e me ajudou a preenchê-lo corretamente. Apenas como um relance daquela época há muito passada, ofereço o teor do contrato de arrendamento:

“Eu,………………….., idade…………. anos, do sexo………., ocupação …………..,  faço  com o Departamento de Solos um contrato de arrendamento do terreno ………………………… no distrito de ……………. com as seguintes características:……………….., concordo em arrendá-lo pelo prazo de………….anos, com a aprovação do altíssimo Incal.”

Arrendei o terreno por oito anos, uma vez que esperava residir em Caiphul pelo menos por esse período de tempo como aluno do Xioquithlon. Não me pareceu nada desprezível ter a facilidade de me transportar por vailx dali até o Xioquithlon, podendo assim ter o prazer de uma viagem aérea diária. O vailx, como os táxis de hoje, podia ser pedido por telefone e chegava logo depois da chamada.

Era costume que todos os recém-chegados à cidade visitassem o palácio Agacoe e seus jardins tão logo fosse conveniente. Todas as semanas o Rai (imperador) ficava sentado no salão de audiências por duas horas. Nesse período os visitantes apinhavam-se nos corredores e passavam diante do trono em fila dupla. Depois dessa cerimônia, os que quisessem tinham liberdade de passear à vontade pelos jardins, observar o zoológico onde todas as espécies conhecidas de animais eram mantidas, ou entrar no grande museu e na biblioteca real. Para muitos, era um costume agradável passar com freqüência o dia em Agacoe; nessas ocasiões os visitantes traziam seu almoço e faziam um piquenique tranqüilo sob as grandes árvores ao lado do chafariz, do lago ou da catarata.

atlântida-palácio-agacoe

O palácio em Agacoe, no centro de Atlântida, sede do governo.

Devo agora voltar ao tempo em que minha mãe e eu ainda estávamos completamente desacostumados ao comportamento citadino, para que o leitor possa nos acompanhar em nossas descobertas. Iniciemos pela visita ao Agacoe. Um homem que conhecemos por acaso nos guiou até o palácio, numa viatura que partilhamos os três. Carros ainda eram uma novidade para mim e a maneira de dirigi-los tornou-se mais um assunto sobre o qual quis ser informado. Nosso amigo tirou uma moeda da bolsa e inseriu-a na abertura existente numa caixa de vidro em uma extremidade do carro. A moeda tinha de cair de forma a chegar ao fundo de um cilindro de vidro, bem pouco maior em diâmetro do que a moeda. Duas pontas de metal que se projetavam na extremidade inferior do cilindro, mas não se aproximavam uma da outra mais do que um quarto de polegada, encontravam-se no fundo.

Quando a moeda caiu nessas projeções, uma pequena campainha soou; meu amigo então mexeu numa alavanca com uma barra de trava até a camisinha soar. Quando a moeda fechou o circuito ao cair, essa trava automaticamente se deslocou, ao mesmo tempo fazendo soar a campainha como observei acima e destravando a alavanca. Quando esta foi erguida o carro se moveu súbita mas suavemente e saiu da sua estação. O veículo estava preso ao trilho suspenso, e as periferias de suas grandes rodas suspensas eram visíveis, pois, juntamente com seus eixos, elas estavam em sua maior parte ocultas por uma cobertura de metal que se estendia de uma roda a outra; dentro dessa cobertura podia-se ouvir um zumbido baixo e cantante, produzido pelo mecanismo do motor. A ideia de fazer o passageiro servir como engenheiro e condutor era muito boa, já que os processos requeriam tão pouco conhecimento ou trabalho.

Quando deixamos o carro no abrigo abaixo do terraço de Agacoe, nosso amigo recolocou a alavanca no lugar, a sineta tocou de novo, a moeda caiu em uma caixa reforçada em baixo, e o veículo estava pronto para outros passageiros. Na grande entrada, um portal que era uma maravilha arquitetônica, nosso amigo se despediu e logo desapareceu a grande velocidade, dirigindo-se para algum local mais distante do que o que havíamos alcançado. Olhando para a lista colocada acima daquela linha particular, vi que ali estava escrito em caracteres poseidanos: “Aagak mnoiinc sus“, ou seja, “Frente da Cidade e Grande Canal”, isso em uma tradução livre.

Desejando me informar sobre nosso amigável guia, perguntei quem era ele a alguém que tinha observado nossa chegada com interesse. A resposta que recebi foi:

“Um grande pregador, que prevê a destruição deste continente e conclama todos para que vivam de forma a não temer enfrentar o Uno que, segundo ele, é o Filho de Incal, que virá para a Terra em um dia que não tardará muito. Ele diz que esse Filho de Deus será o Salvador da humanidade, mas que muitos não O reconhecerão até que tenha sido morto. Doze o conhecerão, mas um deles O negará na hora de Seu derradeiro perigo. Na verdade, o assunto é extremamente interessante, apesar de eu não compreendê-lo muito bem; mas como Rai Gwauxln que Incal o proteja! – trata esse pregador com favorecimento e diz a seu respeito, “ele fala verdades” é recebido com atenção por todos.”

Leitor, mesmo naquela época tão remota, a verdade estava surgindo no mundo. Na manhã do novo ciclo já aparecera um raio do brilhante Sol do cristianismo, que ainda não havia iluminado o céu com a plenitude de sua glória. Naquele dia eu havia viajado no carro junto com o primeiro profeta
a anunciar a vinda de osso Senhor Jesus Cristo, exortando os que o ouviam a viverem de modo que suas almas se tornassem um solo virgem para permitir o surgimento do Sol da Verdade, tornando-se preparadas para receber o Mestre quando, após a morte do corpo físico que então possuíam, tivessem voltado do Devachan à terra como almas reencarnadas. A semente estava sendo plantada!

Essa ideia me ocorreu quando, num período posterior, ouvi o profeta falar com apaixonada eloqüência para a assembléia especial de Xioquithli (estudantes) especialmente reunida. Sei que a semente caiu em solo sem cultivo, quando comparo minha vida de agora com as vidas passadas; por muito tempo a semente permaneceu dormente e, enquanto assim ficou, as amargas experiências do pecado e do erro se impuseram e arrasaram minha vida com uma onda de fogo ardente que precisou de outra encarnação para curar as feridas por ela causadas. Enquanto ficamos parados sob o pórtico da grande entrada de Agacoe, nós – montanheses sem sofisticação que éramos! – não podíamos saber, quando um guia uniformizado nos abordou, que o imperador, sentado em seu trono a meia milha de distância, estava naquele mesmo momento perfeitamente informado de nossa aparência e também sabia que palavras usávamos e o tom com que as pronunciávamos. O soldado me perguntou:

  • “E tu de onde vens e qual é o teu nome?”

  • “Chamo-me Zailm Numinos e venho de Querdno Aru.”

  • “Esta visita é a primeira ou estiveste aqui antes?”

  • “Nunca estive aqui, nem minha mãe que está aqui ao meu lado.”

  • “Pois se assim é, providenciarei um acompanhante para ambos. Ele se encontra naquele portão. Mais uma pergunta, por favor.- qual a tua missão em Caiphul?”

  • “Vim para estudar xioq no Inithlon; trouxe minha mãe para cuidar de nossa casa.”

  • “Está bem. Podeis ir.”

Esse colóquio ocorreu no grande portal que dava entrada para o terraço acima. A sentinela estava postada atrás de um portão de bronze e ouro ricamente trabalhado, muito delicado mas suficiente para impedir a entrada de alguém indesejável. Atrás do soldado havia um grande espelho, no pesado anexo do portal. Esse espelho estava suspenso por duas hastes de cobre polido de modo a impedir que tocasse os lados do nicho em qualquer ponto. Se eu tivesse podido olhar atrás dele, teria visto o conjunto de cordas metálicas, bastante parecido com as de piano, junto com outras peças de um mecanismo que naquela ocasião nada diriam a minha mente ainda deseducada.

Como poderia eu sequer suspeitar que aquela chapa de brilhante metal Polido no qual se refletia todo o interior daquela arcada, como se fosse num lago tranqüilo, era um engenhoso mensageiro automático? Que aqueles inúmeros fios de metal vibravam em sintonia, com toda inflexão possível de voz ou outros sons, e que quando falei todos os sons que emiti foram levados velozmente ao longo de correntes-terra naturais (telúricas), próprias do Lado-Noite (feminino) da Natureza e que reagiam ao controle do homem, sendo todas as palavras e sons ouvidos pelo Rai em seu trono?

Nem podia eu sonhar que, simultaneamente, o reflexo de nossa imagem era igualmente transmitido à mesma augusta presença. Mas esses eram os fatos. Uns poucos passos nos levaram até um portão interno feito de chapas de ferro fenestrado que com o simples apertar de um botão se erguia para permitir a passagem por baixo. Nesse ponto encontramos o guia que o guarda havia providenciado. Julguei que seu silêncio era uma indicação de grosseria, pois não sabia que ele tinha recebido ordens, antes de nos aproximarmos, para nos conduzir até a presença real, o que tornava inútil que expressássemos o nosso desejo. Sua observação em voz baixa dizendo “compreendo”,  quando comecei a dizer o que queria, impediu que eu continuasse, pois senti-me ofendido em meu orgulho por sua reserva, tão diferente da liberdade com que meus associados montanheses se comunicavam.

E havia tantas pessoas assim arrogantes na cidade! Resolvi dar-lhe uma lição e ponderei a melhor forma de lhe dizer que eu considerava seus modos totalmente fora de propósito em alguém de sua posição. Eu não podia imaginar que ele já tivesse todas as informações necessárias sobre nós, pois embora a distância entre seu posto e o grande portal não fosse grande, era obviamente longe demais para que nossas palavras ditas em voz baixa pudessem ter sido ouvidas. O insuspeitado  espelho havia feito o seu trabalho, embora não soubéssemos disso. “Vem”, disse o emproado guia, “conduzirei a ti e à tua mãe.”

“Mãe?” – pensei. “Como ele sabe que alguém tão bonita e de aparência tão jovem é minha mãe? Ela poderia ser minha irmã ou minha esposa, entretanto ele a chamou de minha mãe”. A suposta presunção do rapaz me irritou, pois eu tinha orgulho não só da aparência juvenil dela, como também do meu jeito maduro, de que eu gostava; muitas vezes tinham me dito que eu parecia sete ou oito anos mais velho do que realmente era. Se me tivessem chamado a atenção para a tolice desse orgulho por minha aparência, em vez de sentir aquele vago ressentimento eu teria rido achando-o absurdo, deixando-o de lado por ser indigno de alguém como eu, com ambições tão grandiosas.

Naquele caso, isso resultou numa certa rigidez de postura, como reação àquela imaginária arrogância e, em grande parte para meu prejuízo, deixei de prestar total atenção nas vistas e  detalhes que eu deveria ter observado. Embora eu não risse naquela oportunidade por causa da visão obtusa causada por minha ignorância, ri muitas vezes ao rever os registros do passado. Tantos milhares de anos decorridos desde então podem fazer parecer que o riso de que falo é tardio  demais, mas “antes tarde do que nunca” se aplica muito bem a esse fato!

atlândida-vailx-caiphul

Conforme nos foi indicado, sentamo-nos num carro mais leve do que o utilizado nas avenidas públicas e com forma também diferente. Só depois que já estávamos em movimento foi que percebi o quanto era diferente em construção e método de propulsão. Embora eu desejasse parecer bem acostumado a essas novidades, fiz um movimento brusco de espanto, que foi bastante revelador, quando o condutor tocou numa alavanca e o veículo ergueu-se no ar como uma bolha de sabão, endireitou-se e depois subiu seguindo o aclive na direção da parte plana onde se encontrava o palácio.

Ali deixamos o veículo em forma de charuto e entramos em outro carro, este se movendo sobre trilhos. Fizemos um meio-circuito do edifício e depois nos dirigimos em alta velocidade atravessando o platô até chegarmos à boca escancarada de uma das grandes serpentes de pedra. Em vez de subir no mesmo ângulo do corpo da serpente, nosso carro se moveu num plano horizontal. Quando entramos, uma luz se acendeu repentinamente, afastando em um segundo a obscuridade do interior. Após essa agradável surpresa, minha atenção foi atraída para o brilho das paredes que pareciam arder com um fogo vermelho, azul, verde, amarelo e de todas as outras cores, tanto que não consigo encontrar uma comparação mais adequada do que a do Sol batendo nas gotas de orvalho presas a miríades de teias de aranha, nas primeiras horas da manhã.

Esqueci minha irritação e perguntei o que causava aquele deslumbrante efeito; o guia respondeu que os pedreiros tinham feito o acabamento das paredes com um reboco ao qual tinham sido incorporados grãos de vidro colorido. Enquanto nossa admiração ainda nos envolvia, paramos e vi que estávamos no fundo de uma espécie de poço; em volta deste, os trilhos subiam em espiral até aparentemente terminar sob um teto vagamente visível graças à luz que o carro irradiava para cima enquanto subíamos. Quando chegamos perto, um sino tocou agradavelmente duas vezes e imediatamente o teto se abriu silenciosamente para um lado, permitindo a passagem do veículo.

Atrás de nós o poço voltou a se fechar automaticamente e nos vimos num esplêndido aposento, cujas dimensões eram difíceis de calcular devido a muitos biombos suspensos de seda (vermelho vivo) carmim, a cor real, e folhagens que formavam paisagens de selva em miniatura. As flores e as aves canoras, os repuxos e o ar perfumado, mais a sombra fresca após o calor lá de fora, pois não havíamos ficado tempo suficiente no poço-elevador para nos refrescarmos, fizeram o lugar parecer um paraíso. Só se viam partes do teto do grande salão, pois o mesmo estava quase todo cobert0 de trepadeiras de ramos pendentes. Em meio a toda essa harmonia visual, tremulando no ar, acima, abaixo, em toda parte, soavam encantadoras cadências musicais a que os pássaros, como que inspirados por elas, respondiam em coro.

Nessa cena paradisíaca de cor, som e perfume, passando por belas estátuas e graciosas fontes, nosso carro se movia silenciosamente, de um modo que nos dava a ilusão de estarmos parados e de que a visão de todas aquelas delícias é que passava por nós, posicionados no centro. Era a união perfeita de arte e ciência, da qual era gerado aquele lindo sonho, um triunfo da capacidade e do conhecimento humano! Carros se moviam em todas as direções, vindo, indo, parando, com pessoas vestidas como se fosse para uma recepção de gala, com as diferentes cores de seus turbantes mostrando sua categoria social. Poseid, como outras nações daquele e de outros tempos, tinha suas castas, como a governamental, dos literatos, eclesiásticos, artesãos, militares que serviam como polícia e brigada sanitária, e assim por diante.

Atlantida-Agacoe-palácio

As vestimentas de todas as classes seguiam um estilo geral, a não ser pelos turbantes que todos os habitantes usavam e que diferia na cor conforme a casta. O turbante do Soberano, por exemplo, era de seda pura carmim; o dos conselheiros, vermelho-vinho; o dos oficiais menores, rosa pálido. Osturbantes dos militares eram laranja forte para os soldados e cor de limãopara os oficiais. O branco puro era próprio  do sacerdócio, o cinza das classes científica, literária e artística. O azul  distinguia os artesãos, mecânicos e operários, enquanto o verde distinguia todos os que, por qualquer razão – imaturidade ou falta de educação – não gozavam do direito de voto. Apesar de que o sistema de castas era estritamente obedecido, resultava num bem e não num mal, pois não havia rivalidade de classes, porque a dignidade do trabalho era um sentimento tão forte que uma classe não invejava a outra.

Somente os que usavam verde eram discriminados. Os que usavam essa cor por ainda não serem  maiores de idade deixariam de usá-la mais tarde, enquanto que os que não tinham estudos suficientes para obter o direito de usar outra cor, sentiam que o estigma que os acompanhava era uma motivação para alcançarem uma posição mais honrosa na vida. Enquanto eu observava esses vários detalhes que seriam alimento para minha mente, nosso carro foi eficientemente manobrado para evitar uma colisão com o de uma dama que vinha em frente, aparentemente distraída enquanto arrumava uma ponta solta de seu turbante cinza, mostrando, ao fazê-lo, o brilho de um rubi, gema que só a realeza podia usar. Nosso carro chegou a um ponto onde havia grande quantidade de carros e nos conduziu até um segundo aposento.

Quanto à jovem real usando turbante cinza e o rubi. . . Meus pensamentos continuavam com ela! Como era radiosa sua beleza! Foi aquela a primeira vez que vi a Princesa Anzimee. . . mas não  devo me adiantar! O recinto onde entramos era menor do que o que tínhamos acabado de deixar, mas ainda assim estava longe de ser pequeno. Tudo ali tinha a cor carmim, brilhante e cintilante, a não ser por uma elevação no centro. Esta tinha degraus ou pequenos terraços de mármore negro, e a parte superior, que media uns doze pés de lado, sustentava uma espécie de trono de madeira escura, coberto de veludo negro. Devo observar neste ponto que o preto era uma cor representativa , incluindo o simbolismo de todas as cores, mostrando, no caso do trono, que aquele que o ocupava pertencia a todas as classes.

Isso era um fato, porque o Rai Gwauxln não só era soberano e chefe do exército, mas era também um sumo sacerdote, literato, cientista, artista e músico, tendo bom conhecimento ainda das tarefas dos artesãos e maquinistas. Em frente ao corrimão de prata que existia em torno do trono, nosso  veículo parou ao lado da fila em movimento, obedecendo  ao gesto do imperador. O guia nos fez descer e, abrindo um pequeno portão, indicou que devíamos galgar os degraus e chegar nos pés do Rai. Meu coração bateu forte enquanto eu seguia as Instruções, e embora tivesse ficado pálido de emoção, tive auto-controle suficiente para oferecer o braço à minha mãe, para apoiá-la. Acho que nunca andei mais orgulhosamente ereto em toda a minha vida. No alto dos degraus nos ajoelhamos e aguardamos o momento de nos levantarmos, o que não tardou a acontecer. Quando estávamos novamente de pé, o Rai Gwauxln disse suavemente:

-“Zailm, és muito jovem para um estudante tão ambicioso quanto sei
que és.”
-“Se te agrada que eu seja assim, fico contente” – respondi.
-“Já aprendeste o que as escolas primárias têm a ensinar aos jovens?”  Pois isso é necessário para que possas obter admissão ao Inithlon”.
-“Já o fiz, Zo Rai.”
-“Seria agradável para ti, Zailm, contar-me quais estudos são de tua maior   preferência?”
-“Sim, Zo Rai, considero uma elevada honra te dizer. Não escolhi meus estudos com base em minhas preferências, mas não tenho dúvida de que o próprio Incal ordenou qual seria minha escolha, indicando a geologia acima de qualquer outra. Também Ele me concedeu uma disposição natural que aponta para o estudo de línguas e literatura. Não tomei a decisão final, mas tenho uma boa opinião a respeito desses ramos de Xioq. A geologia foi por Mim indicada através de uma experiência incomum.”
-“Tu me interessas, jovem. Entretanto, esta é uma hora de cumprimento  de deveres de estado e não devo negligenciar meu povo que vem prestar homenagem ao seu monarca. Toma este passe e na quarta hora retorna ao portal pelo qual entraste em Agacoe. Serás bem-vindo.”

Tomei o passe que o Rai me oferecera e, ao descer os degraus de mármore, vi que trazia a inscrição: “Presença do Rai. Portador de permissão”. Tínhamos trazido um pacote de tâmaras e por isso não precisávamos deixar os jardins para almoçar. Nosso guia voltou a se ocupar de nós e, depois de ser informado de que queríamos ficar no perímetro do palácio, dirigiu nosso carro pelo labirinto de construções mais uma vez, fazendo-nos descer do veículo ao lado de um dos pilares do peristilo. Daquele ponto em que nos separamos do guia, olhei em torno para me certificar de onde ficava a entrada principal; verificando que ficava a oeste, escoltei minha mãe até um banco à sombra de um deodar (árvore) gigante, que em séculos posteriores passou a ser chamado “Cedro do Líbano”.

Num dos seus ramos estava um pássaro imitador que nós chamávamos de “nossuri”, significando  “cantor do luar” por causa do hábito desses encantadores pássaros cor de cinza de trinar sua maravilhosa melodia no ar calmo das noites de luar. Não que eles não cantem de dia; na verdade, a ave estava cantando, mas o fato de chamá-los “nossuri”, de “nosses” (a Lua) e “surada” (eu canto) era um termo ornitológico distintamente poseidano. Na hora aprazada fomos até o local designado e, apresentando o passe, fomos conduzidos a um carro e depois de novamente ascendermos, o guia nos levou a um pequeno aposento luxuosamente decorado. Junto a uma mesa quase oculta por livros estava o Rai, ouvindo uma voz bem modulada que contava as últimas novidades do dia, cujo dono não podia ser visto.

O Rai voltou-se para nós quando fomos anunciados, dispensou o servidor, e nos cumprimentou amavelmente. Então voltou-se para uma caixa parecida de certa forma com o agradável instrumento que chamamos rádio e virou uma chave com um leve ruído. No mesmo instante a voz se calou no meio de uma palavra e fiquei sabendo, ao obedecermos o convite do Rai para nos sentarmos, que eu tinha visto pela primeira vez uma gravação de notícias sobre a qual tinha lido muitas vezes. Na hora que se seguiu relatei a história de minha vida, suas esperanças, tristezas, triunfos e ambições, respondendo as perguntas daquele homem cordial, aparentemente pouco velho, a quem qualquer pessoa viva podia render homenagem sem perda de dignidade, pois sua nobre cortesia mostrava como pode um rei ser um homem e como pode um homem ser um soberano.

Contei como cada acontecimento tinha aumentado meu apetite por um conhecimento cada vez maior. Depois contei as experiências vividas em minha viagem ao pico do Rhok, narrativa que foi interrompida quando mencionei o nome da montanha. “Rhok!” Perguntou o meu imperial ouvinte.

“Estás me dizendo que ascendeu aquela terrível altura, à noite, sozinho, uma montanha que indicam os nossos mapas que afirmam ser inacessível a não ser por vailx?” 
“Provavelmente, Zo Rai, a única rota só é conhecida por uns poucos montanheses; li que a montanha era considerada inacessível, mas. . . “-Hesitei, e o Rai disse rapidamente:
“Sim, fala! Foi para julgar-te que ouvi tua narrativa, pois sei muito bem de tudo que me relataste. Eu poderia ter dito tudo o que tu dissestes, e contar tudo que dirás; desejei ouvir-te para julgar; conheço a  tua história desde que te vi pela primeira vez. Sou um “filho da Solitude” – acrescentou.

Fiquei em silêncio, pois me confundia a ideia de que ele já sabia de tudo. Percebendo isso, o Rai falou:

“Continua, filho. Conta-me tudo; desejo conhecer os fatos pelos teus lábios, pois estou interessado em tua pessoa”.

Então retomei a história interrompida e descrevi minhas homenagens a Incal e a petição por seu auxílio -, sua rápida resposta à minha prece; a erupção do vulcão e o perigo que isso representou para mim. Sobre isto disse o Rai:

“Então testemunhaste pessoalmente aquela explosão das forças terrestres? Fui informado de que ela provocou grandes mudanças locais e que agora há um extenso lago onde não havia lago algum, ao pé do Rhok. Ele mede nove vens”.

atlântida-pitakrhock

Eu ainda era pouco sofisticado para me sentir curioso em saber se o Rai havia visto a erupção, pois eu não compreendia o significado de ele ser Filho da Solitude e conhecer todas as minhas aventuras, e embora não duvidasse que isso fosse um fato, atribuí esse conhecimento a um agudo julgamento de possibilidades; para aumentar minha falta de sofisticação perguntei ao Rai se ele tinha visto aquelas coisas.  “Jovem inexperiente!” – disse o Monarca sorrindo –“poucas vezes  encontro alguém tão franco! És mesmo um filho das montanhas! Mas temo que não o serás por muito tempo, no ambiente em que ora te encontras! Responderei tua pergunta.

“Nenhuma grande convulsão da natureza pode ocorrer que não seja automaticamente registrada quanto à sua extensão aproximada e à sua localização; uma prova fotográfica de cada parte da localidade afetada é mostrada a cada instante. No caso em questão, tudo que tive a fazer foi ir até o gabinete apropriado, que fica neste edifício, e toda a cena se desenrolou diante de mim tão vividamente quanto deve ter se mostrado para ti, pois pude ver a explosão, e até ouvi-la, por meio do naim. E verdade que ao que vi faltava um elemento que o tornou um pouco mais vivido para ti do que para mim, que foi o do perigo físico; mas como para mim esse perigo não existe – um dia saberás por que – a cena para mim esteve completa e não faltou nenhum elemento que minha presença real tivesse podido acrescentar”.

Fiquei profundamente maravilhado com as instrumentalidades descritas pelo Rai Gwauxln e ponderei com deleite na possibilidade de algum dia conhecê-las pessoalmente e ter acesso a elas. O Rai continuou:

“Dissestes que encontrastes um tesouro de ouro nativo em dois locais separados. Procurastes reaver o que obtivestes antes da erupção? Não? Isso importa pouco. Zailm, é fato conhecido que a ignorância da lei não é uma desculpa válida para desobedecê-la.”

O rosto do Rai tinha se tornado muito grave e senti uma impressão nada agradável.

“Contudo, estou convencido de que nada sabias sobre a violação dos estatutos quando deixaste de comunicar o achado. Por isso não te punirei”. Aqui o imperador fez uma pausa, perdendo-se em pensamentos, enquanto eu, que até então havia ignorado que tivesse feito algo que violasse a lei, empalideci tanto que Gwauxln sorriu de leve e disse:

“Mas aqueles que agora exploram essa mina e os que recebem o pó de ouro e o mineral ali produzido não escaparão. No caso deles é um crime consciente, agravado pelo fato de que eles não desconhecem a lei e ainda por cima te defraudam. De ti exigirei apenas a expiação que possa existir em denunciar seus nomes.”

Obedeci essa ordem, embora pensasse com tristeza nas esposas e filhos daqueles ladrões, que eram inocentes. Deveriam sofrer da mesma forma que os transgressores? O Rai pareceu conhecer meu pensamento. Se não o conheceu, falou como se concordasse comigo, dizendo:

“Esses homens têm esposa, família?”
“Sim, é verdade!” – repliquei com tanto ardor que o monarca novamente sorriu e eu, encorajado, supliquei que fosse clemente por causa dos inocentes.
“Nada sabes sobre nosso sistema de punição, Zailm?”
“Muito pouco, Zo Rai; ouvi dizer que nenhum malfeitor sai das mãos da justiça sem ter se tornado alguém melhor, mas imagino que o tratamento seja bastante severo”.
“Quanto a severidade, a resposta é não. Quanto ao outro ponto, se os homens são reformados após terem errado, para que não incorram novamente em erro, não redundaria isso em vantagem para as esposas e filhos dos criminosos? Mandarei que esses homens sejam trazidos ao tribunal competente e tu testemunharás o processo de reforma. Julgo que depois disso desejaras aprender anatomia e a ciência da punição reformatória, em acréscimo aos teus outros estudos em Xio. Além disso, asseguro-te que em caso algum sofrerás o confisco daquela mina, que será tua propriedade-, se a doares ao tesouro nacional, enquanto fores estudante não te faltará dinheiro. Mais tarde, quando os anos de estudo tiverem passado, se tiveres êxito como aluno, ah!, então te nomearei superintendente da mina. E se te mostrares fiel quanto a isso, farei de ti um senhor de muitas coisas. Tenho dito”.

Rai Gwauxln tocou num botão e imediatamente um serviçal entrou. A ele o Rai incumbiu de nos acompanhar, dizendo: “Que a paz de Incal esteja com ambos”.

Assim terminou a audiência que influenciou o curso dos anos e modelou a grande árvore da vida, fazendo-me sentir orgulhosamente um depositário da confiança de um amigo reverenciado. Esse estado de consciência sempre se mostrou muito potente neste mundo de provas e tentações.

Atlantida-Agacoe-palácio

Continua…

“presentinho natalino” cósmico


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

Terra prepara-se para receber  (Vídeo)

Nessa quinta-feira (28), um “objeto próximo à Terra” – o asteroide 2017 YZ4 que foi descoberto no dia de Natal – passará entre o nosso planeta e a Lua. O asteroide 2017 YZ4 foi observado pela primeira vez no Mt. Lemmon Survey em 25 de dezembro. Pertence ao grupo Apollo de asteróides e tem um diâmetro estimado de 6,9 ​​a 15 metros.

Asteroide 2017 YZ4, recentemente descoberto no dia de natal, passara voando pela Terra à distância de 0.58 LD em 28 de dezembro

Fonteshttps://watchers.news/  –  https://br.sputniknews.com/

O objeto celeste foi descoberto há apenas três dias, mas hoje já se aproxima do nosso planeta voando rente entre a Terra e seu satélite. Em um momento “X”, a distância entre eles será muito curta em uma escala astronômica, informa o portal The Watchers.

Este corpo cósmico, cujo diâmetro varia entre 7 e 15 metros, move-se a 9,5 km/segundo (34.200 km por hora). Às 12h56 (horário de Brasília) de hoje se encontrará à distância de “apenas” 224.396 quilômetros da Terra.

Asteroide 2017 YZ4 faz rasante na Terra em 28 de dezembro de 2017

O asteroide, que recebeu o nome de 2017 YZ4 e é considerado um objeto espacial próximo à Terra (NEO, siglas em inglês), e foi descoberto em 25 de dezembro.

No entanto, tal “encontro” não é incomum. O último objeto espacial que se deslocou a uma distância lunar da Terra foi detectado em 21 de novembro, enquanto o nosso “visitante” de hoje será o 52º a se aproximar de nós desde o início deste ano.

De acordo com dados disponíveis em 24 de dezembro, a ciência conhece 17.495 objetos do tipo NEO que se movem ao redor da Terra e 17.389 deles são asteroides, revela o portal. Desde o início deste ano, foram descobertos 1.985 objetos próximos à Terra.

https://gfycat.com/ifr/HelplessSmallEastsiberianlaika

Este é o primeiro asteroide conhecido a sobrevoar a Terra dentro de 1 distância lunar desde que dois asteróides passaram voando comapenas 35 minutos de intervalo em 21 de novembro.

É também o 52º asteroide do ano e o sexto desde 1º de Novembro, depois de um outubro muito ativo, com 11 conhecidos asteroides passando voando próximos à Terra.

Referências: Asteróide 2017 YZ4 no Minor Planet CenterCNEOS

Nibiru, as origens da Humanidade, Raças de ETs, a Lua …


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

RAÇAS DE EXTRATERRESTRES, ARCANJOS, ORIGENS DA HUMANIDADE, A NOSSA LUA: 

Pergunta: Você mencionou que o Amor é o nosso estado natural de ser; um leitor do BRASIL pergunta porque é tão difícil alcançar o Amor?

Resposta: A sua consciência é feita de amor, e ela existe acima da dualidade, da polaridade, por isso não é nem difícil nem fácil alcançá-la. A ausência do Amor não é nada além do que o medo. Quando você vive no medo, o Amor não está presente e então parece ser tão “difícil” alcançá-lo

Os grupos no poder (os que estão no controle do planeta) sabem disso, e eles têm gerado medo no coletivo humano há milhares de anos, através de guerras, doenças, caos, pânico coletivo, etc. …

Edição e imagensThoth3126@protonmail.ch

RAÇAS DE EXTRATERRESTRES, NIBIRU, ARCANJOS, ORIGENS HUMANAS, A NOSSA LUA

© 2009 Langa http://www.emmanuelmessages.com

Amados Irmãos e Irmãs da Terra, EU SOU Emmanuel e eu os acolho neste momento.

… E agora eles planejam usar a chamada “revelação” (de vida extraterrestre) como sua resistência final. Os grupos no poder irão lhes dar a versão deles de revelação; eles irão lhes revelar a existência da vida extraterrestre de tal maneira que muitos indivíduos do seu coletivo irão voluntariamente desistir de seu livre-arbítrio (novamente) a favor deles  …

Perguntas de leitores:

Questionador: Em seu último contato, você mencionou que a nossa Lua mostra somente um lado para nós porque ela era “artificialmente” balanceada para girar ao redor da Terra no mesmo tempo em que dá uma volta completa em seu eixo… Após postar esta informação, eu recebi um e-mail da Alemanha dizendo que este mesmo fenômeno de sincronicidade entre rotação e translação é natural e pode ser observado em outras luas por todo o nosso sistema solar. Poderia, por favor, dissertar sobre isso?

A maioria das luas do seu sistema solar foi modificada de uma forma ou de outra. Das 173 luas conhecidas por vocês, 46 foram balanceadas da mesma forma que a sua Lua o foi há cerca de um milhão de anos atrás. Algumas luas são ocas (como a nossa) e a atmosfera é criada no seu interior. E também há objetos conhecidos por vocês como luas que na verdade são enormes naves espaciais

Saiba mais sobre a Lua (Nave Mãe ABANDONADA) IAPETUS, de Saturno aqui: 

Sobre a Lua da Terra:

A Constelação de DRACO-DRAGÃO, sistema estelar origem de uma antiga raça reptiliana:

Dracoconstelation

Questionador: Dizem que muitas raças extraterrestres visitaram nosso planeta no passado, um leitor do México pergunta se você poderia nos quantificar e quais suas origens.

Muitas, muitas raças de extraterrestres visitaram seu planeta durante eons de tempo.  Muitos eram exploradores e cientistas, entretanto, sete dessas raças reivindicaram a posse de seu planeta por meio de estabelecimento de colônias. Os Registros Galácticos mostram que a primeira raça extraterrestre que chegou à Terra foi a Federação Draconiana, do sistema estelar Alpha Draconis, (da CONSTELAÇÃO DE DRACO-Dragão-de aparência REPTILIANA-Foto anterior), mas eles falharam na tentativa de mudar o ecossistema a base de oxigênio da Terra para hidrogênio.

Saiba MUITO mais sobre reptilianos aqui:

Então eles partiram e mais tarde uma facção diferente da Aliança Draconiana      voltou à Terra para ajustar a organização Lemuriana em cooperação com duas outras raças das constelações  de  Canis Major (estrela Sírius) e Taurus   (estrela Aldebarã). A organização Lemuriana existiu em seu planeta por aproximadamente 40 mil anos na sua contagem, até que foi destruída na guerra. Entretanto, nem todos os indivíduos morreram e muitos deles mudaram-se para outras partes (subterrâneos) do seu planeta, onde eles ainda vivem hoje.

Acima: Um gigante Annunaki de Nibiru e o símbolo daquele planeta em um painel da Suméria.

De todas as raças extraterrestres, a que mais teve interação/intervenção com os humanos terráqueos é a raça Anunnaki de Nibiru, e sua primeira vinda ocorreu há cerca de 500 mil anos na sua contagem. 75 mil anos depois os Anunnaki cruzaram o DNA humano existente naquela época na Terra com o DNA deles. As primeiras modificações genéticas foram realizadas em laboratórios estabelecidos em Marte, depois o novo DNA híbrido foi implantado no DNA do Homo Erectus, dando início ao processo de transformação da raça humana terrestre.

Muitos de vocês podem ver isto como uma violação do livre-arbítrio ou uma “ação negativa” contra uma raça jovem/rudimentar, mas nós dos Reinos Superiores vemos isto como uma parte importante do Plano Divino para a evolução da Humanidade. Mesmo o que é contra o Plano do Criador faz assim mesmo parte dele.

Questionador: Você mencionou que é uma consciência hiper dimensional da sexta densidade. Um leitor dos Estados Unidos pergunta se você é um Anjo ou um Arcanjo?

Não sou nem Anjo nem Arcanjo. Anjos são poderosos seres de luz dos mais altos planos de existência, os quais optaram por “servir aos outros” como seu próprio caminho de evolução. Eles são seres luminosos que trabalham para o Plano Divino do Deus Uno.  Arcanjos são tanto seres individuais quanto coletivos que operam sob uma única consciência. Da mesma forma que seu corpo tem muitas partes – braços, pernas, células, sangue, etc. – todas elas sendo coordenadas pela sua consciência, os Arcanjos têm muitas partes que atuam juntas sob a ciência de uma superconsciência.

Essas partes podem incluir energias poderosas, legiões de Anjos e exércitos de Luz, Frotas Estelares, tecnologia ultra-avançada, e até planetas inteiros. Os Arcanjos são seres tão poderosos que eles podem criar um sistema estelar completo com um único pensamento. O mesmo poder criativo permanece latente dentro de vocês.

A única coisa necessária para ativar este poder é uma crença forte e constante em vocês mesmos e na sua conexão com o Tudo Que É. É isto que coloca todas as energias criativas do Universo em movimento para materializar suas visões na existência.

Questionador: Tenho uma pergunta de um leitor inglês: é possível nos lembrarmos de nossas origens? 

Lembrar de suas origens é um processo energético; toda a história do Universo está codificada na sua estrutura energética (Alma). A sua consciência pode acessar esta informação através da ressonância etérica de seus chakras. Vocês possuem mais de trezentos centros energéticos, entretanto dez deles estão conectados diretamente à recordação de suas origens.

Seus sete primeiros “chakras de recordação” são os seus muito bem conhecidos sete centros principais localizados no seu eu-físico, e eles contêm toda a história da Humanidade, e ainda, vocês têm mais três “chakras de recordação” fora de seu corpo físico. No passado, somente poucos seres humanos iluminados foram capazes de sentir esses centros, mas no seu atual estado de evolução, uma grande maioria de seu coletivo é potencialmente capaz de ativar esses centros.

O oitavo “chakra de recordação” está localizado a cerca de um metro acima do seu chakra da coroa (o sétimo chakra, no topo da cabeça); este é o centro energético que os conecta com toda existência humana. Seu nono “chackra de recordação” está localizado no centro da sua Galáxia; ele contém toda a história galáctica e conecta vocês a todos os seus irmãos e irmãs galácticos independentemente da raça a que eles pertençam.

E o seu décimo “chackra de recordação” está localizado no próprio centro do Criador. Este é o chackra Universal, também chamado nos Reinos Superiores de chackra “Mãe/Pai”. A localização do chackra Universal de todos os seres vivos deste universo é exatamente a mesma. Nós dos Reinos Superiores acreditamos que só existe um “décimo chackra de recordação”, compartilhado por todas as almas viventes neste Universo, por esta razão nós somos todos Um.

A consciência humana de terceira densidade pode acessar os oito primeiros “chackras de recordação” diretamente e o nono chackra através de seu Eu Superior. O acesso ao décimo “chackra de recordação” é um mistério (tal como é Deus) e não pode ser explicado, só pode ser vivido. Nós dos Reinos Superiores acreditamos que somente as altas vibrações mais puras e verdadeiras do Amor puro e incondicional podem desvendar o conhecimento codificado no chackra Mãe/Pai.

Quando vocês vivem no estado de puro Amor Incondicional, vocês simplesmente sabem quem vocês são e de onde vocês vieram. Este é o poder do Amor. Em algumas línguas antigas Amor significa Deus. Durante as eras seu povo tem feito todos os tipos de esforços tentando entender o Amor, e todos esses esforços foram infrutíferos. Este é o paradoxo do Amor, se vocês pararem de tentar entendê-lo, os segredos se revelarão.

Além dos seus dez “chackras de recordação”, vocês têm um outro centro energético a aproximadamente 30 cm acima da cabeça; ele tem o formado semelhante a uma estrela prateada brilhante. Este centro é compartilhado por você e por seu Eu Superior, e ele representa a sua futura consciência.

Seu Eu Superior é um aspecto da sua consciência no futuro, conectar-se a ele trará muito mais luz ao seu atual estado de consciência e você será capaz de entender porque as coisas acontecem do modo como acontecem no seu presente.

Seu Eu Superior é o seu Ouro interior; Ele é sábio além das palavras e é o seu mais fidedigno aliado; o poder d’Ele repousa na consciência que Ele cria dentro de você. Acessar o poder desse centro energético através do Amor incondicional revelará as suas origens instantaneamente.

Os grupos que lutam pelo controle de seu planeta entendem isto, e usam a ignorância de vocês contra vocês mesmos. Todas as estratégias deles são projetadas para privá-los do acesso ao seu Eu Superior através do bloqueio do seu fluxo de energia nos seus chackras inferiores. Eles fazem isto bloqueando as vibrações superiores do Amor ao mantê-los num estado permanente de medo.

Eles também sabem que o destino da Humanidade depende da taxa vibratória da consciência coletiva humana, portanto eles não precisam controlar cada indivíduo, mas simplesmente controlar grandes grupos de indivíduos ignorantes. Eles usam dois modos simples de privá-los das vibrações superiores do Amor. O primeiro é criando medo ao redor de vocês, e o segundo é mantendo sua mente no futuro. No Agora o medo não existe.

Como eu disse antes… vocês têm medo de uma possível guerra nuclear, vocês têm medo da lei marcial, vocês têm medo de ser micro-chipados, vocês têm medo de perder seu emprego, vocês têm medo de não ter alimento suficiente, etc. Conseguem ver o padrão? Todas essas coisas que vocês temem pertencem ao futuro. Todo pensamento negativo de medo remete sua atenção para o futuro, e se vocês agirem no presente com sua atenção no futuro, a sua ação atual não será eficaz, e o Amor incondicional não fluirá através da sua grade energética.

Questionador: Você mencionou que o Amor é o nosso estado natural de ser; um leitor do Brasil pergunta porque é tão difícil alcançar o Amor?

A sua consciência é feita de amor, e ele existe acima da dualidade, por isso não é nem difícil nem fácil. A ausência do Amor não é nada além do que o medo. Quando você vive no medo, o Amor não está presente e parece ser tão “difícil”.  Os grupos no poder (no controle do planeta) sabem disso, e eles têm gerado medo no coletivo humano há milhares de anos, através de guerras, doenças, caos, pânico coletivo, etc. E agora eles planejam usar a chamada “revelação” como sua resistência final. Os grupos no poder irão lhes dar a versão deles de revelação; eles irão lhes revelar a existência da vida extraterrestre de tal maneira que muitos indivíduos do seu coletivo irão voluntariamente desistir de seu livre-arbítrio a favor deles.

Os grupos no poder (que não são os seus governos, mas são aqueles (n.t. A elite das ordens secretas e integrantes da NWO-Nova Ordem Mundial) que governam os seus (des)governos !!!) sabem que o contado aberto/público com raças benevolentes está a um passo de ocorrer, então eles estão acelerando a agenda da revelação para usá-la em favor deles. Não sejam enganados outra e mais uma  vezOs grupos liderando a parada da “revelação oficial” são os mesmos grupos que possuem tecnologias avançadas/alienígenas durante os últimos sessenta anos e mantêm esse conhecimento longe do público. 

{n.t. Para reforçar e confirmar o alerta feito por Emmanuel: Acima, o CROP CIRCLE de 2002 em Crabwood, Inglaterra, apresenta uma mensagem em código binário contida no interior do Disco COM UM ALERTA EM RELAÇÃO AO TIPO DE Extra Terrestre GREY ao lado do círculo. Apareceu em uma Plantação de trigo em 15 de agosto de 2002 em Crabwood Farm, Hampshire, Reino Unido. A mensagem foi decodificada exatamente como aparece aqui:

“Cuidado com os portadores de Dons falsos e as suas Promessas não cumpridas. Muita DOR  mas ainda há tempo. Existe BONDADE LÁ FORA. Nós nos opomos ao engano ENCERRAMENTO DO Conduto. (BELL SOUND/Som de sinos)


Sobre Crop Circles saiba mais em

É uma clara alusão aos Contatos (principalmente dos Estados Unidos) com que Governos de alguns Países vem mantendo com ETs, e recebendo Tecnologia dos mesmos AO FAZEREM ACORDOS COM ESSA RAÇA DE ALIENÍGENAS, com intenções  invariavelmente nefastas para a humanidade, tanto dos ETs assim como dos governos que recebem a tecnologia. Fim de citação}

“Eles são os mesmos grupos que fizeram acordos com a aliança draconiana, trocando vida humana pela tola tecnologia militar. Eles são os responsáveis pelo manejo de vírus com o único propósito de deter o seu processo de evolução coletiva, transformando-os em escravos. Foram eles que construíram muitas armas de urânio enriquecido capazes de destruir seu planeta novecentas vezes.”

Esses grupos não têm em mente o melhor interesse de vocês, e eles irão usar a “revelação” como seu trampolim final na sua tentativa de domínio global. Mas eles não sabem que com todas essas agendas negativas eles criaram uma oportunidade única para vocês se libertarem, para vocês se liberarem do seu atual estado de consciência. Afinal, vocês nasceram livres, e foi justamente isso que eles condicionaram vocês para esquecer. A liberdade é o processo de recordação de ser você mesmo.

reptilianosegreys

Reptilianos e greys operam sob o comando dos Draconianos.

Esses grupos negativos são impotentes na presença do Amor, e as agendas deles podem ser interrompidas instantaneamente pelo Amor do coletivo. Lembrem-se, nunca tentem se libertar “deles”, este é outro truque; a liberdade “de” alguma coisa não é a verdadeira liberdade. Conseguem entender? A liberdade “de” alguma coisa não será liberdade alguma, pois ela foi dada para vocês. E se ela foi dada, essa liberdade conterá as mesmas vibrações que os têm condicionado, em primeiro lugar, para esquecerem sua liberdade original. Sua verdadeira liberdade somente virá com a consciência e o Amor, e é a experiência máxima da vida. Não há nada superior a isso.

Questionador: Um leitor do Canadá pergunta: o que podemos fazer aqui do nosso lado para impulsionar uma mudança maciça de consciência?

Vocês não têm que “fazer” nada. Todo o auxílio necessário para que uma mudança maciça de consciência ocorra na Terra já está posicionado, agora vocês simplesmente precisam permitir que ela ocorra. Permitir não significa “fazer”; por favor, tentem entender isto profundamente. Quando eu falei sobre a ascensão, eu disse: “Faça você mesmo”, porque a ascensão é primeiramente um processo individual.

Às vezes a palavra ascensão pode confundi-los porque a palavra ascensão implica em se movimentar para cima, quando o verdadeiro movimento na ascensão é para dentro. Agora, quando se trata de alteração consciente, é através do contrário, o movimento é para fora em todas as direções e vocês devem permitir que ele ocorra a vocês. Um dos maiores segredos de todos os tempos é permitir que alguma coisa aconteça sem fazê-la. É preciso grande compreensão e consciência para permitir que as coisas aconteçam desta maneira.

À direita: O ANAHATA, o Quarto Chakra, o do coração, do amor incondiconal pela vida, a porta estreita que “deve ser aberta”, segundo Cristo, ou o “caminho do meio” que deve ser trilhado, segundo Budha.

Questionador: Outro leitor pergunta o que é a vida?

A vida é um milagre, a consciência que entende a preciosidade da vida em quaisquer de suas expressões, é a consciência que está aberta para o próprio milagre da vida. Amados Irmãos e Irmãs da Terra, celebrem a Vida!  Cada simples momento da vida deve ser celebrado! Se vocês seguirem celebrando todo momento, a soma de todas as suas celebrações é o que a Vida é!

EU SOU Emmanuel – © 2009 Langa:  http://www.emmanuelmessages.com – ©É permitido copiar e compartilhar esta informação somente em sua totalidade, incluindo este aviso de copyright e sem alteração.

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

As mudanças planetárias serão inevitáveis, radicais e profundas.


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

colheitaNosso planeta e sistema solar está passando por uma mudança muito mais profunda do que a maioria das pessoas PERCEBEM e jamais poderia imaginar. Não se trata apenas de que os extraterrestres são muito reais, tanto os grupos positivos assim como os negativos que estão muito mais envolvidos em nossas próprias vidas do que a maioria de nós poderia jamais perceber. Embora muitas pessoas agora ainda desconheçam os ensinamentos espirituais clássicos que recebemos ao longo dos milênios, verifica-se que nada poderia ser de maior significado para nós atualmente do que os estudarmos e praticarmos.

As mudanças planetárias serão profundas e inevitáveis, parte 2, final.

Fonte: https://spherebeingalliance.com

Para a parte 1 acesse AQUI.

Raw-Tear-Eir me cumprimentou da maneira normal. Raw-Rain-Eir e o “Ser com Cabeça em formato de Triângulo”. Tendo ficado na posição há cerca de 30 metros de distância ele parecia ter a sua atenção focada na minha direção. Tear-Eir então começou a se comunicar comigo usando palavras semelhantes como vistas na Lei do Um.

Primeira parte em: https://thoth3126.com.br/as-mudancas-planetarias-serao-profundas-e-inevitaveis-parte-1/

Quando eu estava em Joshua Tree para a conferência no verão passado, eu tive uma experiência que me pegou desprevenido. Começou quando muitos dos participantes no contato no deserto viram uma luz piscando azul no céu por algumas horas, em uma altura elevada. Não havia nenhuma luz vermelha correspondente como você normalmente veria em um avião. O “pisca-pisca azul” não se moveu como um avião, indo para a frente e de lado em padrões diferentes. Liguei para David com entusiasmo quando o vi, e logo ele saiu e observou por um longo tempo também.

corey-goode_rawteareir-blue-avians

Na manhã seguinte, eu estava na minha cabine, deitado na cama, quando de repente ouvi um coro de vozes de todas as idades e de ambos os sexos repetindo: “Nós somos os mensageiros e facilitadores do Único Criador Infinito.” Eu imediatamente saltei da cama e fui para fora ver se a fonte das vozes era visível. Eu não vi nada enquanto eu examinava o terreno do deserto e o céu acima dele. As vozes pararam. Voltei para dentro da cabine e sentei na cama, perguntando o que aconteceu. Olhei para minha cópia da Lei do Um (Livro Um) que estava na cabeceira da cama.

Eu estava tentando ler o livro, mas fui incapaz de reter qualquer coisa do que eu tinha lido. Quando eu tentava lê-lo, minha mente vagava. As palavras pareciam pairar acima da página, fazendo com que eu me sentisse um pouco enjoado e tonto quando tentava ler. Aproximei-me e peguei o livro, e comecei a ler e reter as informações pela primeira vez. Uma vez que eu tinha terminado de ler o livro, fiquei surpreso de ter Tear-Eir se comunicando comigo na mesma frase da última vez que nos encontramos. Agora eu era capaz de fazer perguntas mais diretas e receber respostas que eram mais fáceis de traduzir para a linguagem humana.

Aproximadamente uma semana mais tarde, eu fui acordado mais uma vez por um orbe azul entrando no meu quarto. Eu não tinha nenhum aviso prévio sobre esta reunião, então eu fui incapaz de me preparar mentalmente ou mudar de roupa. Fui então levado para uma das esferas onde Tear-Eir estava esperando por mim. Naquele encontro com Tear-Eir, foi confirmado que eu tinha recebido meu primeiro contato com o “Ser com Cabeça em formato de Triângulo”. Foi quando ouvi a frase: “Nós somos os mensageiros e facilitadores do Único e Infinito Criador”. O nome Tear-Eir usado por este ser era um som quase impronunciável, curto. Eu sabia a quem ele estava se referindo quando esse nome foi usado graças ao contexto geral da discussão.

Na nossa reunião atual, eu estava em pé perante Tear-Eir e ele começou a se comunicar comigo. Minha atenção foi direcionada de volta para a cena cósmica que estava se desenrolando ao nosso redor. Eu estava observando as esferas se movendo lentamente na direção de Vênus e da Terra em seu caminho para o sistema solar exterior. Elas estavam parecendo cada vez mais como se estivessem desaparecendo. O Sol começou a crepitar com a mesma descarga elétrica estranha que eu tinha testemunhado na minha última visita dias antes. Parecia que havia um halo de energia elétrica que emanava da coroa do Sol.

Tear-Eir então me enviou visualizações do Sol emitindo uma série de explosões (Emissão de CME_Coronal Mass Ejection, Ejeção de Massa Coronal) enérgicas poderosas de uma maneira pulsante. Então vi as ondas de energia atingindo o campo magnético da Terra e envolvendo-a. A energia foi direcionada para o núcleo da Terra através dos pólos norte e sul e então emergiu para fora da superfície da Terra.

Eu estava pensando comigo mesmo que seria impossível para alguém se esconder nos subterrâneos dos efeitos desta onda energética solar, não importa o quão profundo abaixo da superfície ou protegido por tecnologia avançada que você esteja. Eu esperava que a próxima comunicação fosse sobre a cena que eu tinha acabado de testemunhar. Tear-Eir então comunicou que nossa consciência co-criativa de massa estava desempenhando um papel no que estava acontecendo no planeta e logo se desdobrará.

Eu não fiquei chocado ao ouvir que havia componentes energéticos, cosmológicos e de consciência de massa para o que estava ocorrendo em nosso sistema solar. No entanto, fiquei surpreso ao descobrir o quanto a nossa consciência coletiva da humanidade estava influenciando essa realidade. Tear-Eir então comunicou que cada último ser humano no planeta esta sendo um contribuinte importante neste processo, nenhum sendo mais importante ou especial do que outro. Era uma mensagem para a Unidade – a premissa central da série da Lei de Um.

cme-24082014-anim

Uma enorme ejeção de massa coronal é esperada para acontecer em breve no sol. SAIBA MAIS NOLINK.

“Ele” me comunicou ainda que a consciência de outros seres – agora presos em nosso sistema solar – também estava contribuindo para o processo. Tear-Eir então declarou que as ondas energéticas aumentadas estavam causando mudanças comportamentais na Terra, bem como em várias bases e seres que residiam dentro do nosso sistema estelar. Isso também estava interferindo com a grade de “modificação comportamental” que influencia os pensamentos e o comportamento das pessoas neste planeta nos últimos milhares de anos. Como resultado, esta grade teve de ser transformada até o seu nível de potência máxima para ter os efeitos desejados sobre a população, o que me disseram que também aumentaria seus efeitos colaterais.

As mudanças energéticas e o aumento do poder para a grade de controle da mente humana estavam fazendo com que as pessoas começassem a se comportar erraticamente, tornando-se apáticas e ineficazes. Eu tinha notado esse efeito em mim e naqueles que operam em torno de mim nos últimos meses. Tear-Eir declarou então que tínhamos chegado ao ponto de uma fusão crescente de “realidades temporais” que continuariam exponencialmente à medida que a energia emanando da nossa estrela aumentasse.

Eu tinha recebido e-mails com perguntas sobre o “Efeito Mandela”, mas não tinha sido capaz de olhar para eles. Em uma de nossas viagens recentes para filmar episódios para Divulgação Cósmica , um dos produtores em Gaia trouxe o tema e entrou em detalhes sobre isso. Meu interesse estava em pico, e então eu olhei para o fenômeno mais profundamente quando cheguei em casa.

Tear-Eir então comunicou que na verdade isso era real e um exemplo do que nós experimentaríamos mais e mais até a fusão final. Ele afirmou que a nossa consciência co-criativa estava nos direcionando para uma escolha de qual realidade temporal nós experimentaremos em última instância. Temos uma pequena janela para sermos empurrados através da fusão, a fim de experimentar conjuntamente a realidade temporal ideal.

Tear-Eir e eu discutimos alguns outros tópicos, incluindo alguns que eram pessoais ou tinham a ver com pessoas que operavam ao meu redor. Entre os tópicos que discutimos foi o número chocantemente baixo de seres humanos que estaria pronta para a Ascensão se ela ocorresse no momento atual. Tear-Eir comunicou que “menos de 300.000” ascenderiam naquele momento no tempo. Seria apenas cerca de 0,0042 por cento – menos de um em cada 23 mil pessoas habitantes no planeta (resultado de se estar envolvido com apenas PÃO E CIRCO). Era evidente que o tempo era curto para todos nós para processar o nosso carma e aumentar a nossa própria polaridade de serviço para os outros.

Eu perguntei se haveria uma maneira de dizer se tivéssemos nos direcionado para uma ótima realidade temporal. Tear-Eir simplesmente respondeu que “se o mundo for abalado” em torno de David e, nós, então, saberemos que a nossa consciência de massa tinha escolhido uma “realidade temporal diferente do ideal.” Nesse caso, David e eu gostaríamos de ranger os dentes e reconhecer o que tinha ocorrido.

Eu pensei para mim mesmo que este fato poderia ser um terremoto, mas David e eu vivemos uma distância bastante grande um do outro. A probabilidade de nós experimentarmos o mesmo terremoto parecia muito pequena. No entanto, depois de discutir isso com David, ele disse que um cenário de mudança de pólo envolveria terremotos mundiais simultâneos, atividade vulcânica e super-tempestades. É importante notar aqui que nós temos a capacidade de orientar o nosso futuro para uma “realidade temporal ideal”. Envolve empurrar para a divulgação completa das informações e fazer a nossa parte para aumentar a nossa própria polaridade positiva para obter a Ascensão.

Eu estava prestes a perguntar mais sobre o que tinha acabado de ser comunicado quando eu então notei um orbe azul chegar. O orbe depositou Gonzales ao lado dos outros três seres mencionados antes. Ele estava observando-os e obviamente se comunicando com eles. O grupo inteiro pareceu deslizar para a distância à cerca de 10 metros de Tear-Eir e eu na medida que nos envolvíamos em nossa comunicação.

Gonzales me cumprimentou com um grande sorriso dizendo “Espero que você não tenha sentido muita falta”. Foi bom ver que ele ainda tinha o mesmo senso de humor. Ele tinha acabado de voltar de uma reunião com a SSP Alliance onde o grupo Maia também estava presente. Ele então colocou a mão na parte de trás do meu ombro e me guiou para andar com ele. Ele agora começou a falar o resto de sua comunicação que tinha sido interrompida pela surgimento do orbe azul que o tinha levado embora. Ele então me perguntou: “Vamos ver, onde estávamos? Ah, sim. “Ele então examinou algumas das coisas que discutimos anteriormente para poder continuar de onde ele parou.

secret-space-program-UFOs

Quando voltou a analisar os detalhes da Antártida, ele mencionou alguns novos pontos de dados que ele não havia mencionado na conversa anterior. A coisa que mais se destacou foi quando ele afirmou que não muito longe das antigas ruínas descobertas na Antártida eu observei, um antigo cemitério havia sido localizado. Este local tinha túmulos que variavam de 18 a 60 mil anos de idade. Os restos que foram escavados eram de uma raça não humana com crânios alongados e estranhas estruturas esqueléticas. Especificamente, suas costelas e quadris não têm as mesmas proporções que um ser humano normal. Esta foi uma descrição que eu reconheci imediatamente, como corresponde aos de faraós egípcios como Akhenaton e sua esposa Nefertiti.

Além disso, restos preservados desses mesmos seres foram encontrados e que foram congelados instantaneamente na camada de gelo, junto com uma variedade de animais pré-históricos. Algumas das ruínas também haviam sido levantadas acima do nível do solo e congeladas instantaneamente no gelo. Era como se um gigantesco tsunami tivesse sido subitamente transformado tudo em gelo. O que quer que aconteceu, foi muito rapidamente, com pouca advertência aos habitantes dessas estruturas – muito parecido com a ideia de uma mudança e inversão repentina dos pólos magnéticos.

Gonzales me disse que, quando viveu no subterrâneo com Anshar por algumas semanas, ele viu algumas coisas interessantes. Ele fez essas observações como resultado de fazer seu reconhecimento da Terra, indo para onde ele pudesse e vendo o que ele viu lá. Em duas ocasiões separadas, ele notou dois seres da casta sacerdotal andando por um corredor que terminava em uma sólida parede de caverna. Eles caminharam através da parede, mas ele não conseguiu fazê-lo sozinho. Era muito difícil para ele encontrar uma maneira de olhar para a sala em que haviam entrado, mas ele descobriu uma fissura na parede que lhe permitia ver onde eles iam.

Quando olhou para dentro, viu vários tipos diferentes de gigantes que estavam conversando com os dois sacerdotes. Suas alturas variaram consideravelmente. Esses gigantes estavam muito chateados. Pareciam ser prisioneiros ou refugiados. O maior que estava conversando com o sacerdote na frente tinha a cabeça apoiada na palma da mão. Estava fazendo o que Gonzales percebia como ruídos de gemidos. Pouco depois desse incidente, Gonzales tinha desgastado sua presença e foi convidado a sair. Ele não tinha nenhuma informação sobre por que os gigantes estavam lá.

Gonzales, em seguida, entrou em detalhes recentes sobre as negociações entre a Aliança da Terra e os Sindicatos que compõem o que muitos de nós chamamos de Cabala da Elite (controladores do planeta). Essas negociações parecem não estar indo à parte nenhuma rapidamente. Eles estão agora debatendo o destino dos membros da Cabala e daqueles que estão trabalhando sob seu comando conscientemente. Estes sindicatos insistem que qualquer membro em seus grupos recebam imunidade total e seja perdoados de acusação, ou ninguém deve receber imunidade. Eles estavam fazendo referência a todos que haviam trabalhado em vários programas secretos não reconhecidos do público em geral no planeta, bem como aqueles que os tinham servido fora do planeta como eu mesmo tinha feito durante vinte anos no SSP-Secret Space Program. .

Eles também continuam a insistir em uma divulgação controlada e parcial que gradualmente se desdobrará ao longo dos próximos 100 anos. Eles se opuseram a qualquer tipo de despejo total de documentos sobre a realidade, insistindo que isso derrubaria todo o sistema sócio-econômico do planeta. Eles argumentaram que uma divulgação completa levaria ao caos e muitas mortes por tumultos, a raiva e pânico de países vitimados pela Cabala. Esses países vitimizados podem começar a bater nas economias uns dos outros e de repente se tornarem corajosos e agressivos em atos uns contra os outros, levando a guerras em grande escala mundial. Um grande número de membros da Aliança Terrestre tem temores semelhantes de que esses cenários aconteçam no caso de uma divulgação completa.

Gonzales, em seguida, passou a afirmar que os sindicatos já tinham se preparado para um despejo maciço de informações sobre a verdade. Eles desenvolveram um interruptor para derrubar a internet, e podem abater as comunicações e até mesmo a distribuição de eletricidade em certas regiões para impedir que os dados sejam liberados e vistos de forma generalizada. Eles podem mitigar qualquer resposta daqueles que haviam visto as informações, como por meio de seus estabelecimentos de mídia controlados. Eles também podem manipular e remover vídeos, artigos ou posts de mídia social que contradizem sua agenda. Gonzales disse que o evento maciço de liberação de informações pode começar como uma guerra de liberação de dados sobre a situação REAL existente no planeta.

Os papéis do Panamá (Panamá Papers) pareciam ser o primeiro ataque da Cabala para deixar a Aliança saber que eles também tinham provas incriminatórias que poderiam colocar muitos deles em julgamento também. Acredita-se agora que um despejo maciço de informações sobre a verdade precisam ocorrer em doses homeopáticas, a fim de ter uma maior possibilidade de realmente atingir a população em maior número. Estes sindicatos que integram a Cabala da Elite têm buscado continuamente iniciar uma nova Guerra Mundia (WWIII), utilizando-se de todos os meios possíveis, mas sem obter qualquer sucesso.

Eles ainda continuam fazendo ameaças de causar desastres naturais, que inclui cargas detonantes que causariam que dois enormes vulcões a entrar em erupção, causando um evento de nível de extinção de vida na Terra. Eu duvido muito que isso seria permitido acontecer, mas a maioria dos integrantes da Aliança Terra não sente de que eles tenham esta capacidade.

Escaramuças continuam a ocorrer em nossa atmosfera superior e em várias áreas ao redor da Terra e outros corpos celestes em nosso sistema estelar. O medo de uma avançada espaçonave ser abatida e cair sobre uma área densamente povoada é muito real para ambos os grupos. Ambos os lados têm membros de seus grupos que estão prontos para atacar se um incidente realmente ocorrer.

Eles prepararam histórias de cobertura envolvendo “acidentes com satélites nucleares”  que caem e causam contaminação em grandes áreas. Isso poderia obrigar as pessoas a fugir ou ficar em suas casas até serem informados de outra instrução. Um número de histórias diferentes para cobertura da verdade estão prontas, o que lhes permitirá tentar limpar todos os restos antes que o incidente seja testemunhado ou fotografado pela população local.

Nestas escaramuças, muitos satélites militares e plataformas de armas diferentes foram destruídos, fazendo com que eles queimem ao cair e entrar em nossa atmosfera ou sejam lançados fora de nossa órbita. Um certo número de disfuncionamentos que causaram a perda de alguns desses ativos foram atribuídos à atividade solar cada vez maior.

Discutimos alguns outros tópicos que terminaram com Gonzales me entregando o ramo de oliveira a partir do SSP Alliance, como havia mencionado na nossa última conversa. Ele retransmitiu para mim que, se eles ainda tivessem acesso ao L.O.C.(Comando de Operações Lunar) e sua tecnologia de cura, que teria tornado disponível para mim. O problema é que eles não têm mais acesso a ele neste momento. Eles fizeram me ver que eles tinham conseguido garantir alguns ativos médicos que iria me ajudar com alguns dos meus problemas de saúde que são um resultado do meu serviço de “20 anos” no S.S.P.

lunar-operations-command

Eles também se ofereceu para que o Wrangler pedisse desculpas para mim publicamente. Fiquei tenso com a mera menção a esse indivíduo e não estava particularmente animado com a perspectiva de estar em sua presença novamente. Como se ele tivesse lido minha mente, Gonzales afirmou que esse indivíduo havia sido colocado em prisão domiciliar, porque ele se recusou a parar de me perseguir através de seus procuradores.

A Aliança SSP também queria que eu aceitasse o acordo que o Wrangler tinha tentado enfiar na minha garganta. Eles queriam que eu me tornasse seu ativo e seguisse suas ordens. Eu iria receber apoio logístico e financeiro se eu concordasse, mas seria amordaçado de divulgar os detalhes completos para David Wilcox ou qualquer outra pessoa. Isso me fez sentir como se o ramo de oliveira que estava sendo oferecido não tivesse frutos. Eu declinei educadamente.

Gonzales afirmou que eu estaria aparecendo diante deles no futuro para ser uma ligação entre eles e os seres da Aliança Esfera (Sphere Being Alliance). Alguns desses indivíduos também estarão presentes em futuras reuniões organizadas por outros grupos não-terrestres. Portanto, eu precisava manter uma relação de trabalho um pouco cordial com eles, o que parecia impossível neste momento.

sphere-being-alliance

Estas gigantescas esferas foram capturadas por câmeras no satélite SOHO LASCO em 14 de fevereiro de 2016.

Falamos sobre as próximas eleições presidenciais nos Estados Unidos, bem como alguns outros tópicos de nível inferior antes de terminar a conversa.

Gonzales disse que a Cabala (Deep – Governo Oculto – State) não permitiria que Donald Trump se tornasse o Presidente dos Estados Unidos, mesmo que eles tivessem que usar um agente correndo e o apunhalando no dia de sua posse.

Gonzales, então, abordou outro tema que discutimos há meses. Houve movimentos silenciosos de ativos e operários do D.H.S. (Agência de Segurança Nacional) que estão se posicionando para se prepararem para a agitação social dentro dos EUA. Tinham a intenção de derrubar violentamente qualquer desses distúrbios. Isso obrigou vários grupos militares a somar esses operários com equipes de forças especiais. Estes grupos estão viajando em roupa civil e tomando trabalhos nas áreas onde foram atribuídos à se infiltrar com as pessoas.

Gonzales afirmou que os grupos da Cabala tinham desfrutado de operações bem sucedidas recentes para ventilar a discórdia racial e causar tumultos generalizados. Ele esperava que essa operação se expandisse nos meses que antecedessem a eleição presidencial dos EUA e mais além. Ele também esperava que os países da Aliança começassem a vender os títulos do tesouro norte americano e abandonassem completamente o dólar como outra operação de distração em massa.

Neste ponto, fomos ambos levados por esferas azuis com muito pouca preparação. De repente, acabei voltando para minha casa. Então me sentei de volta e refleti sobre a informação que eu tinha recebido por um par de horas antes que eu pudesse seguir em frente com minha vida familiar regular. Nas semanas seguintes, tive mais algumas reuniões na maioria de natureza pessoal.

Então, no dia 3 de agosto, ele me contatou e me disse para me preparar mentalmente para nossa viagem de regresso ao posto avançado da Ancient Builder Race (ABR-Raça Antiga de Construtores) em Vênus e fora da órbita de Saturno. Comecei a meditar e tentei entrar no estado mental correto e vibração para este encontro. Era muito claro que se eu não fizesse isso, havia uma chance de que eu seria desviado de minha meta como Gonzales fora.

Foi uma semana depois – 10 de agosto – que esta reunião finalmente ocorreu. Eu estava animado e um pouco nervoso de que eu não teria minha participação garantida. Um pouco após às 03:00 am (CST) pela manhã, eu estava terminando de me vestir quando houve um flash branco no quarto. Encontrei diante de mim e dois outros homens de Anshar. Nós no mesmo quarto eu fui transportado antes, que foi apenas sair para fora de seu hangar.

Fomos para a nave de Anshar com o azul e, em seguida, saímos à esquerda através do vórtice azul acima de nós. O vórtice então apareceu abaixo de nós quando emergimos acima do oceano antes de ir direto através da atmosfera. Passamos por uma área em que eles estão habilitados para “entrar e sair para fora” da atmosfera da Terra pelo L.O.C.e outros grupos que controlam o tráfego aéreo. Nos pareceu que foi mais rápido para chegar a Vênus nesta oportunidade, como se fosse apenas cerca de 10 minutos de avião.

Nós paramos então na mesma distância do planeta como nós fizemos outrora. Desta vez não havia outro trânsito aéreo, além do que parecia ser um pequeno asteroide e outros detritos que haviam sido capturados na órbita de Vênus. Esperamos por um pouco mais do que o tempo que tínhamos levado para chegar lá. Em seguida, comunicamos: “Estamos esperando. Você está pronto?”

Nós então voamos para baixo para a superfície tão rapidamente que eu mal fui capaz de perceber as nuvens amareladas espessas que atravessamos. Nós paramos aproximadamente mil pés (cerca de 300 metros) acima da superfície do planeta. Estava extremamente erodido pela chuva. Algumas das montanhas haviam se formado em estranhas formas que alguns considerariam um pouco artificiais. O ônibus de Anshar ficou então transparente, e as informações começaram a aparecer ao redor de mim.

Olhei para baixo e vi a enorme estrutura em forma de H dentro de uma cratera. Havia um canal muito simétrico que foi cortado ao longo do meio do H. Profundamente no canal, havia uma área iluminada pela tecnologia da espaçonave que estávamos ocupando. Nós viajamos então nesta posição em uma taxa muito elevada de velocidade. Mesmo que eu não sentisse nenhuma inércia, minha mente me deu aquela sensação de queda no abismo no meu estômago. Não foi tão fácil para mim me sentir assim de novo depois de todas as minhas outras aventuras.

Nós viajamos para o fundo da estrutura em forma de H, que era tão enorme que não há outra estrutura conhecida que eu possa compará-la. Acabamos viajando sob esta estrutura dentro de uma caverna. As paredes da caverna cintilavam como se fossem cristalinas, mas não transparentes.  Havia também um par de estruturas que se assemelhavam e tinha o que parecia ser o mesmo símbolos H ao longo deles – quase como um totem.

Estávamos na frente de uma entrada muito grande em uma caverna muito maior. Sem qualquer aviso, um ser com cerca de 14 pés (cerca de 4,26 metros) de altura apareceu diante de nós. Ele tinha cor de alabastro e se vestia  todo de branco. Anshar se referiu a ele como um “Sentinela”.

Suas roupas pareciam brilhantes, como couro plástico ou polido. Seus olhos eram negros e seu nariz era meio estranho. Ele inclinou seu rosto ligeiramente para baixo e tinha uma estrutura de aparência anormal ao redor da área do queixo enquanto ele se inclinava de volta para cima novamente. Suas maçãs do rosto estavam muito claramente definidas, quase aparecendo como se fossem feitas de linhas retas. Ele não disse uma palavra. Em vez disso, ele se virou e ligeiramente nos indicou com a cabeça para segui-lo até a caverna maior.

Do ângulo em que estávamos antes de entrar na caverna, eu podia ver parte de uma grande estrutura de vidro. Havia um tom um pouco cinzento-preto ao vidro como a janela matizada em um carro. Os dois pilotos ficaram na entrada da caverna e continuaram ao meu lado.

Quando entramos na caverna, fiquei surpreso ao ver que a estrutura fazia parte de uma gigantesca pirâmide de vidro. A base da pirâmide não era quadrada. Em vez de ser feita de linhas retas, cada borda era curvada para dentro, formando uma aparência arqueada à medida que subia. Cada um desses quatro lados também tinha grandes áreas abertas que lhe permitiam entrar no centro da estrutura, o que nós fizemos.

Enquanto caminhávamos dentro da estrutura piramidal, as paredes translúcidas começaram a se iluminar com símbolos estáticos por toda parte. O teto interior era de mais de 300 pés (cerca de 100 metros) de altura. Toda a estrutura tinha bem mais de mil pés e terminava em uma área que parecia estar a cerca de 100 pés (30 metros) abaixo do teto da caverna.

Reprodução artística da estrutura vista por Goode em forma de H em Vênus

A Sentinela então me alcançou a mente. Ele era mais poderoso que um Draco White Royal, mas não era violento ou invasivo. A experiência começou com algo parecido com uma “revisão da vida.” Eu comecei a ver as memórias em flash de toda a minha vida – como ver meu pai em uma velha cadeira de balanço azul que ele uma vez teve. As memórias apareceram em fragmentos súbitos, como num vídeo. Era óbvio que estava indo no tempo do presente e que minha vida inteira estava encapsulada lá dentro se eu pudesse ter abrandado tudo.

Eu então comecei a experimentar mais “memórias” que não eram minhas – desta vida de qualquer maneira. Elas apareceriam e desapareceriam tão rápido que eu não poderia mantê-las. A sensação dessas memórias era cósmica e ultrajante, mas familiar. Isso me lembrou de ver dados preciosos passar por uma tela de computador, onde era tão rápido que você não poderia conscientemente manter a informação.

Desde essa experiência, eu senti como se um arquivo zip enorme foi carregado em minha mente. Ele ocupa uma grande quantidade de espaço de armazenamento e ainda não tenho a senha para desbloquear o seu conteúdo. O Sentinela então me dirigiu a sua atenção por uma e única vez. Ele perguntou:

 “Você quer o conhecimento de quem você era, quem você é e de quem você será?” Eu fiquei surpreso com a comunicação, que eu parecia sentir não apenas na minha cabeça, mas em todo o meu corpo. Mais uma vez fui obrigado a responder não. Já me havia sido dito que essa resposta mudaria drasticamente a natureza de todos os meus relacionamentos pessoais em uma variedade de maneiras que eu não poderia prever. Isso me fez sentir preocupado com a minha família, entre outras coisas.

Então eu vi algum movimento pelo canto do meu olho. Olhei para ela, que tinha os braços cruzados e estava olhando para baixo com um enorme sorriso no rosto. Parecia que a minha teimosia de que ela havia mencionado quando ela me fez a mesma pergunta antes ainda persistia, embora eu estivesse confortável em minha resposta.

Imediatamente a estrutura ganhou vida. Havia todos os tipos de símbolos coloridos que começaram a se mover através da estrutura de vidro. Olhei para o Sentinela e vi a reação deles. Rapidamente apontou seu dedo magro de volta para a estrutura de vidro, e comunicou “Veja!”.

Eu vi o que parecia ser dois tipos diferentes de símbolos. Alguns eram grandes e estáticos, e os outros se moviam em todas as cores piscando. Eu senti como se os sons estivessem ocorrendo dentro da minha cabeça, em vez de ser fisicamente audível na estrutura. Eu não conseguia entender o que eu estava olhando. Devo admitir que fiquei muito surpreso ao ver símbolos semelhantes aparecerem em um recente crop círcle. Mesmo que esta formação seja de alguma forma uma brincadeira, pode ser que as mentes daqueles que a criaram foram inspiradas pela mesma consciência com a qual eu tinha interagido. Como eu vi alguns dos símbolos na pirâmide de cristal, eu tive um pensamento súbito que estes eram números e fórmulas matemáticas.

crop-circle-corey-goode

Perguntei se estas eram equações matemáticas e ela impacientemente me disse “Esta é uma linguagem matemática dos antigos”. Ela apontou para a estrutura e me disse para continuar olhando. De repente, todos os símbolos desapareceram, exceto os que estavam presentes quando entramos pela primeira vez. A Sentinela então desapareceu sem mais comunicações. Depois virou-se e saiu da estrutura enquanto eu o seguia. Eu estava extremamente confuso e um pouco decepcionado com a experiência. Eu estava pensando: “É só isso?” Ela então me disse que agora estávamos indo para o Posto Avançado da Ancient Builder Race (ABR) fora da órbita de Saturno.

Eu parei de andar e perguntei o que aconteceu. Ela disse que a informação foi entregue a mim e que também a tinha sido recebido e que tudo faria muito mais sentido no futuro. Eu me perguntava que informação poderiam extrair de mim que eles não sabiam. Eu queria continuar empurrando o tópico, mas podia sentir que ela não iria expor mais nada sobre o que ela já comunicou. Nos juntamos aos dois pilotos de Anshar que estavam agora dentro da espaçonave de Anshar. Em seguida, saímos das cavernas abaixo da estrutura H, e em um instante estávamos de volta no espaço.

Eu podia ver Saturno, e pelo que eu podia julgar na época, era do tamanho da moeda de um dólar de prata. Nós entramos então em uma das bolhas temporais, apenas como aquela que eu voaria através para ir às reuniões da Super federação aproximadamente na mesma posição em torno de Júpiter. À medida que penetrávamos a barreira externa da anomalia temporal, pude ver uma réplica exata da estação da embaixada em que a Super Federação se encontrava. Nenhuma outra espaçonave estava acoplada a esta estação. Os dados da espaçonave de Anshar indicavam que havia zero atividade ou sinais de vida presentes.

Nós acoplamos a nave e entramos. Nós andamos abaixo na parte estreita longa da estação e terminamos acima na entrada do mesmo vestíbulo que eu reconheci da estação de Júpiter. Tão repentinamente quanto no posto avançado do ABR, outro Sentinela apareceu na nossa frente. Nada foi dito. O Sentinela alcançou conexão com a minha mente exatamente como o outro tinha feito.

Eu tive visões de grandes objetos esféricos dirigindo flashes de energia em espaçonaves gigantescas que estavam entrando no sistema solar. Embora eu não pudesse entender exatamente o que eram essas esferas, poderiam ser luas ou planetoides. Elas eram muito grandes. E não pareciam semelhantes às esferas que estão visitando nosso sistema solar agora, e elas eram objetos muito mais tangíveis e físicos.

Observei o que parecia centenas de cenas dessas batalhas que passaram muito rápido, retratando eventos semelhantes. Então eu testemunhei uma esfera disparar um raio de energis no que parecia ser Marte quando o planeta ainda tinha uma atmosfera e água líquida. O disparo rasgou a superfície de Marte, criando um enorme desfiladeiro. A atmosfera estava cheia de detritos que depois ficaram vermelhos. Os detritos foram soprados para longe do planeta e também choveu em sua superfície.

A atmosfera estava cheia de vapor. Uma grande quantidade de vapor foi retirada do planeta e transformado em gelo à medida que se deslocava para o espaço. Outras cenas então se passaram e eu fui trazido de volta a Marte. Ele era agora pesado e estava começando a parecer similar a como se apresenta hoje.

Vi então grandes nuvens de cogumelos aparecerem na superfície enquanto espaçonaves gigantescas fugiam do planeta em todas as direções. Alguns deles estavam indo para a Terra, enquanto outros estavam indo na direção oposta. Eu sabia que este era um incidente completamente separado e que ocorrera muito depois da devastação inicial do planeta. Parecia ter havido uma guerra nuclear global em Marte. Eu estava começando a perceber que minha respiração e batimentos cardíacos haviam aumentado drasticamente. Senti meu peito apertar com ansiedade. A cena então parou tão repentinamente como tinha começado, e a sentinela desapareceu.

Olhou para mim e perguntou se eu precisava de um momento. Perguntei-lhe o que tinha acontecido. Ela me disse que eu tinha recebido um repositório de dados ABR que não está disponível para mim em um nível consciente. Perguntei-lhe o que era bom se eu não me lembrava para relatá-lo. Ela sorriu e comunicou que tudo faria sentido no futuro próximo. Esta resposta não satisfez a minha curiosidade sobre o que tinha ocorrido nos últimos dois locais que visitamos. No entanto, eu sabia que não iria ser dito qualquer outra coisa por agora.

Fizemos o nosso caminho pelos corredores da estação de Saturno até que estivéssemos de volta ao ônibus espacial de Anshar. Voltamos então para o hangar de Anshar onde começamos a nossa viagem. Eu apenas percebi veios em nossa partida da estação ou nossa chegada no hangar porque eu não fui tão profundo em pensamento. Eu me senti extremamente drenado da minha energia. Fui enviado de volta para minha casa, onde eu então rastejei para a cama em minhas roupas e adormeci profundamente.

nave-mae-ufos-alien

Desde esse evento, tive algumas teleconferências etéricas assim como uma reunião com a Aliança SSP. Recebi um pouco de informação nova, mas nada de real significado em qualquer sentido cósmico. Não me ofereceram qualquer apoio que Gonzales mencionara na reunião. Eu esperava que eles me ajudassem.

Quando perguntei por que a ajuda não estava disponível, foi-me dito que tínhamos de cobrir algumas coisas primeiro. Isso levou-me a acreditar que eles não estavam apenas indo para me dar tecnologia para ajudar a reduzir ou remover alguns dos sintomas da minha regressão após os 20 anos de serviço no SSP. Eles também estavam muito interessados em obter alguns dos dados ABR enterrado no fundo da minha consciência  e se ofereceram para me ajudar a extraí-lo. Era muito claro que eles queriam que eu me tornasse um trunfo para eles. As condições eram para eu sair do olho do público e trabalhar nos bastidores. Não conseguimos chegar a um acordo, e a reunião terminou com decepção para ambos os lados.

Desde então, tenho investido muito tempo tentando acessar as informações que o Sentinela ABR me deu. Até agora tem sido infrutífero. Mais tarde, foi-me indicado que se eu tivesse aceitado a oferta do Sentinela, provavelmente teria obtido acesso imediato a essa informação.


PostScript, por DAVID WILCOCK

É muito interessante para mim ler as últimas experiências de Corey.

Mesmo que ele não tenha lido muito de Os Mistérios de Ascensão, no entanto, existem vários, correlações diretas entre os conteúdos deste novo livro, a ser lançado em 30 de agosto, e o que Corey apenas experimentou. O livro combina dados de insider, antigos ensinamentos religiosos e erudição da série Law of One para contar a história de uma antiga batalha entre o bem e o mal, que tem crescido em nosso sistema solar há cerca de meio milhão de anos.

A história começa com uma raça de antigos construtores (Ancient Builder Race-ABR) que se originou aqui há cerca de 2,6 bilhões de anos atrás, de acordo com a Law of One (Lei do Um). Este grupo apareceu pela primeira vez em Vênus. Corey agora parece ter recebido uma visita direta de algumas de suas instalações originais sobreviventes. Foi introduzido a uma forma holográfica dos seres eles mesmos ou de um de seus protetores na forma das sentinelas.

Um grupo conhecido como os “Guardiões” deu ao Ancient Builder Race-ABR uma poderosa tecnologia defensiva para se proteger contra a invasão alienígena. Isto veio na forma de luas inteiras que agiram como armas, semelhante à Estrela da Morte na franquia de filmes Star Wars. Essas armas originalmente protegiam nosso próprio sistema solar e dezenas de sistemas vizinhos de qualquer invasor hostil, já que estamos em uma área altamente cobiçada da galáxia.

Nosso próprio sistema solar parece ter sido usado como um tipo de “colônia penal cósmica”, onde as pessoas (ALMAS) que não tinham conseguido obter a Ascensão em outros mundos foram realocados aqui na esperança de reforma em seu processo evolutivo. Em vez disso, essas pessoas acabaram fazendo um acordo com I.A. (Inteligência Artificial) negativa e predatória que infundiu seus corpos com nanites e lhes deu capacidades super-humanas.

Com o poder tecnológico esmagador da I.A. à sua disposição, eles foram capazes de atacar essas luas defensivas e usá-las como armas ofensivas, algo para o qual nunca foram destinadas. Esse grupo, que eu chamo de Império, tornou-se extremamente guerreiro. Eles estavam atacando outros planetas vizinhos, e fazendo inimigos poderosos.

Gonzales já havia sugerido que a destruição de Marte era devido a um disparo de armas oriundo de uma dessas luas atingindo o próprio planeta. As visões de Corey agora parecem corroborar diretamente essa suspeita. Acho muito interessante que os seres que trabalham com Corey estão agora falando no mesmo tipo de discurso que vemos na série da Law of One (Lei do Um). Eu tinha sentido o tempo todo que estávamos lidando com os mesmos seres.

Perceber que a fonte da Lei do Um apareceria por aqui de uma maneira tão física e pessoal foi uma das maiores surpresas de minha vida. Corey começou a experimentar essas coisas em primeira mão, enquanto eu precisava ouvi-lo dele próprio – pelo menos até agora, com algumas exceções notáveis que ainda não foram divulgadas ao público.

Goode e Wilcock

O escopo e a profundidade de suas experiências igualmente igualadas pelo pedágio pessoal que eu testemunhei isso pesam sobre ele. É muito improvável, se não impossível, que ele esteja mentindo. Tudo o que eu sei e vejo me diz que ele está tendo experiências muito reais.

Ambos experimentamos “saudações negativas” muito e contínuas, no sentido da Lei do Um. Isso fez com que todos os níveis das pessoas com quem trabalhamos estivessem insatisfeitos com ambos, e sentimos que não estamos fazendo o suficiente para ajudar essa iniciativa a avançar. Ambos de nós passamos por profundas transformações pessoais e experiências de cura recente que, esperamos, nos permitirão ser muito mais produtivos e pró-ativos à medida que avançamos.

As informações que Corey recebeu sobre um forte evento solar futuramente provocando algum tipo de ascensão em massa na humanidade é examinada minuciosamente no livro. Esses novos pontos de dados apenas sublinham mais a importância do que eu escrevi. Também não esqueçamos que eu tinha recebido a capa do livro em uma visão, e quando o produto acabado chegou, Corey tinha acabado de visitar a aliança de terra interior pela primeira vez.

A capa do livro tem um obelisco com uma luz brilhante no topo, e uma imagem de Saturno por trás dele, como eu havia indicado. O Grupo traçou seu caminho de volta para Saturno, e aos anéis de Saturno. Além disso, eles têm um grande obelisco em seus jardins com uma luz brilhante no topo – apenas como eu tinha pedido para ser posto na capa do meu livro.

A probabilidade de tudo isso ser uma coincidência é extremamente minima, se não risível para mim a considerar a nível pessoal. A única posição realista que um cético poderia tomar é que Corey e eu estamos de alguma forma colaborando em tudo isso. No entanto, nada poderia estar mais longe da verdade. O Karma me acontece com uma precisão tão rigorosa neste ponto que não me atrevo a mentir sobre nada. Eu luto para ter cada pensamento sendo tão positivo e amoroso para comigo mesmo e os outros tanto quanto possível. Nenhum de nós quer ficar rico com isso, e as dificuldades financeiras de Corey ainda são um fator em andamento que temos de gerir e planejar.

Corey passou por experiências tão intensas que muitas vezes precisou se retirar completamente por semanas. Eu estava em uma posição semelhante em grande parte do primeiro semestre deste ano, o que causou muitos problemas. A inteligência crítica das informações foi dada a nós dois para divulgação imediata, e quando falhamos em liberá-la, nós dois sofremos conseqüências punitivas.

Corey passou por experiências muito mais graves do que qualquer coisa que me lembro de acontecer comigo por conta própria. Agora estamos ambos a juntar as nossas vidas e descobrir como harmonizar-nos nessa situação admiravelmente muito bizarra. Eu não espero que você apenas tome a minha palavra como verdadeiras sobre todas essas situações fantásticas relatadas aqui.

Temos a Divulgação Cósmica, um programa semanal em que você pode ver Corey descrever tudo isso para si mesmo, e decidir se você acredita nele ou não. O primeiro mês ainda é praticamente livre, como você pode ver tudo por $ 0,99 centavos sem taxas extras para cancelamento. Muitos milhares de telespectadores ficaram espantados com o nível de profundidade e seriedade no testemunho de Corey enquanto ele responde às minhas perguntas espontâneas. Ele nunca perde uma pergunta, nem eu o peguei em uma contradição. Meu novo livro é completamente apoiado com tantos fatos científicos e declarações corroborando uma grande variedade de iniciados que eu poderia reunir.

Sua pré-compra do livro antes de 30 de agosto que você vai obtê-lo quando ele sair pela primeira vez, e também pode nos ajudar a chegar a lista do New York Times best-seller mais uma vez, o que aumenta a sua credibilidade global dramaticamente. Tanto quanto eu posso dizer, todas essas coisas realmente são verdadeiras. É muito, muito estranho. Em pouco tempo, descobriremos por nós mesmos o que vai acontecer.

Entretanto, a Lei do Um é a importância do amor, da compaixão e do serviço aos outros como sendo as chaves mais importantes para a Ascensão pessoal e planetária. Se você está preocupado se você está indo ou não para “conseguir sua ascensão”, a resposta é muito simples: Basta ser agradável, compassivo e amoroso! Parece quase ridículo que material tão complexo possa se resumir a uma mensagem tão simples, mas essa é a natureza do que estamos lidando.


Parece que vamos ver sinais muito mais visíveis dessas mudanças em nosso futuro, e eu encorajo você a se preparar para a Ascensão … você sabe, apenas no caso.

colheita


Arcanjo Miguel, o Sol e a dispensação Divina


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

anjo-espada-azul

 

Amados mestres, é de conhecimento geral que o sol transmite a força vital através dos seus raios. Antigamente foi considerado erroneamente que o sol era Deus e lhe deram o nome de RA; contudo, um grupo avançado de seres sábios começaram a adorar o Deus Único ao invés de uma grande diversidade de deuses.

Também é verdade que não haveria vida na Terra sem a radiação eletromagnética do sol, porque o sistema solar que vocês vêem no céu fornece o calor vivificante e a luz que sustenta a vida na Terra. 

A Dispensação Divina e o Sol, Arcanjo Miguel

No entanto, o que vocês não veem, e a maioria não está consciente, é  que existe um Sol Central acima e além de cada sol visível, que é de uma frequência dimensional muito mais elevada, e consequentemente, não é visível através de quaisquer meios disponíveis aos humanos neste momento.

 Esse sol é o lar do Deus pai do nosso Sistema Solar local. Essas grandes esferas de Luz Divina são frescas, confortáveis e mais gloriosas do que vocês alguma vez puderam imaginar. Porque elas estão onde todas as facetas magníficas, grandiosas e brilhantes do Criador residem, e é seu dever irradiar a Substância da Força de Vida Primordial e/ou o amplo espectro da Luz Metatrônica em direção a todos os sistemas solares e planetas, nisso incluindo a Terra. Esses maravilhosos  descendentes do Criador foram os primeiros a irradiar a partir do centro do coração do Criador Supremo, e eles foram considerados dignos de ser supervisores dos universos, galáxias, sistemas solares e planetas sem fim. O mesmo se aplica a todos os sistemas solares, galáxias e universos por toda a Criação. Esse processo é muito complexo, e não nos aprofundaremos neste assunto agora.

O que desejamos lhes transmitir é que o SOL fornece muito mais do que apenas o calor e a luz de que vocês estão conscientes“.

Até meados de 1900, as pessoas ao redor do mundo trabalhavam no sol o dia todo e não usavam protetor solar ou sentiam que os raios solares eram prejudiciais. Usavam chapéus e algumas cobriam os braços, mas era necessário e não julgavam que fosse prejudicial gastar muitas horas no sol. Gradativamente, a camada de ozônio foi afetada pela poluição e não é tão espessa conforme foi no passado, permitindo assim que mais radiação ultravioleta, proveniente do sol, alcance a Terra e a humanidade. Desde então, os efeitos nocivos dos raios solares têm sido enfatizados de maneira tão forte que a maioria das pessoas se esqueceu dos muitos benefícios obtidos da exposição DIÁRIA ao sol.

A publicidade em torno dos produtos para proteção solar é muito eficaz, e a maioria das pessoas não sairá ao sol sem eles, independentemente de quanto tempo pretendam permanecer ao ar livre. Lembrem-se, os raios solares são ainda seguros e de grande proveito durante as primeiras horas da manhã até 10 horas, e após as 15 ou 16 horas, nos meses de verão. Pelo menos, quinze minutos por dia, várias vezes por semana são suficientes para lhes dar um banho de Luz dos raios benéficos do sol. Além disso, os raios solares não são tão fortes no inverno, e a exposição pode ser uma pouco mais demorada.

O que lhes demos é informação acerca da importância do sol para o bem estar do corpo físico; todavia, desejamos também enfatizar que esse fenômeno é típico de como muitos dos conceitos da estrutura de crença da consciência coletiva se tornam desviados do ponto, e como esses conceitos errôneos estão afetando a humanidade de muitos modos.

Lembrem-se, queridos corações, aqueles que estão firmemente no caminho e são capazes de atrair as Partículas Adamantinas da Luz do Criador, e então compartilhá-las com o mundo, por meio da sua intenção amorosa, obterão muito mais proveito do sol, porque vocês agora são capazes de absorver a Essência mais elevada e até mesmo mais poderosa e benéfica dos raios solares, que é chamada Luz Metatrônica de amplo espectro. A vitamina D é apenas uma das muitas dádivas que são fornecidas à humanidade através dos raios do sol, bem com dos Grandes Raios de nosso Deus Pai/Mãe.

Saibam isto, amados, vocês estão nos estágios finais de uma unidade específica de tempo, um ciclo que termina em 21/12/2012), e todos vocês foram sujeitos a um sistema único de regras. O livre-arbítrio total foi imaginado para ser uma grande dádiva; no entanto, tornou-se um grande fardo, à medida que a humanidade afundou no amplo espectro da dualidade, o que resultou em grande dor e sofrimento. Havia uma cláusula de não-interferência escrita nas regras, e o tempo específico para esse período particular da Criação tinha que estar terminado antes que nosso Deus/Pai/Mãe pudesse declarar:

“Basta. Está na hora de interceder. Haverá uma Dispensação Divina para aqueles que estão se esforçando para alcançar a Automestria, e a Hierarquia espiritual e o Reino Angélico estão autorizados a dar assistência de qualquer modo que seja apropriado dentro do âmbito da Lei Cósmica”. 

A Lei da Graça existe como a frequência superior da Lei Cármica, e de agora em diante, aplicar-se-á ao grupo emergente de Servidores do Mundo, bem como aos aspirantes e discípulos no caminho da ascensão.

À medida que esta era particular chegar ao fim, haverá um novo sistema de regras e leis que se aplicarão a todos os Seres Humanos/Espirituais emergentes. Está em andamento um novo ciclo de expansão da Criação, e todos os que estão se esforçando para alcançar um estado de consciência unificado serão designados como cocriadores do futuro. Como um Raio da Luz Divina, sua Missão Divina é expandir os limites da consciência divina. O seu objetivo é tornar-se um mestre da manifestação, atraindo a Essência da Criação, ativando-a em seu Coração Sagrado, e por meio de pensamentos específicos em sua Mente Sagrada, moldar a Substância Divina em uma variedade infinita de formas. Assim, vocês se tornarão uma extensão verdadeira de nosso Deus Pai/Mãe.

Vocês, os sinalizadores do caminho, são a esperança do futuroVocês estão lançando as bases para uma nova ordem social planetária. É essencialmente importante que trilhem o caminho do meio. Um Mestre de Si Mesmo não toma partidos, nem a favor nem contra os conflitos que estão grassando atualmente pelo mundo. 

Seu poder pessoal é mais eficaz quando vocês estão centrados em seu Coração Sagrado e são guiados pela sabedoria da Mente Sagrada. Sua posição deve ser de boa vontade sempre, e sua plataforma deve ser para o bem maior de todos. 

À medida que busquem a Iluminação de modo ativo e se esforcem em recuperar  o equilíbrio e a harmonia internamente, é importante que vocês se conscientizem de certas limitações cármicas que sua Alma aceitou como uma experiência de aprendizagem nesta existência. Há limitações e condições específicas que não podem ser mudadas, e a lição é aceitá-las graciosamente e se empenhar pela excelência no âmbito das limitações que lhes foram impostas, não como um castigo, mas como uma oportunidade de equilibrar a energia e os padrões de pensamentos dissonantes. Contudo, desejamos enfatizar, esta existência é singular para toda Alma sobre a Terra; e não importa em quais circunstâncias vocês nasceram, há uma oportunidade para a grandeza e um reservatório de conhecimento e talentos necessários para alcançar a Automestria.

Vocês foram concebidos para serem mestres da manifestação, cocriadores com as capacidades concedidas por Deus. O primeiro passo é perceber que vocês têm programado em seu DNA o Gênio em Potencial e uma ampla gama de talentos e capacidades. Vocês escolheram, antes de encarnar, um conjunto de circunstâncias com habilidades específicas que estão disponíveis mais rapidamente que outras. Todavia, embora a plena variedade dos seus dons e talentos estejam mantidos em reserva, vocês têm a capacidade de trazê-los à tona de modo que possam começar a atualizá-los, integrá-los e utilizá-los.

Vocês devem ter acesso aos níveis dimensionais superiores do cérebro a fim de fazer contacto com seu Eu-Alma-Espírito e com os Seres dos reinos superiores. O cérebro compõe-se de níveis múltiplos de consciência. O cérebro inferior e os três chackras inferiores são o reino da consciência animal/humano da humanidade.

É na maior parte instintiva, atraindo muitas das suas informações da consciência coletiva do plano astral, bem como da consciência da Terra. A sobrevivência e o corpo de desejo egoico estão no controle dos desejos/pensamentos das massas e assim formam o quadro dominante da realidade. O foco está no externo, no mundo material, na forma e nos desejos e atua como um escravo a serviço do eu temporário, o EGO humano.

À medida que a sua consciência adentra o nível médio da atividade cerebral, vocês começam o processo de se tornar um Ser espiritual/humano e a sua natureza emocional paulatinamente se eleva para incorporar oschackras do coração e da garganta. Um processo gradativo de despertar começa quando sua Alma o impulsiona para o caminho da consciência, e a jornada da ascensão se inicia.

Um aspirante no caminho deve atravessar o plano astral e obter controle do corpo emocional/astral e da natureza inferior (os três chackras inferiores), que abrirão o caminho para as frequências refinadas da verdade cósmica, através do seu Eu Superior, guias, professores e assistentes angélicos. A pureza de pensamento, palavra e ação com as capacidades de observação centradas são características importantes de um Mestre de Si Mesmo.

Vocês devem remover de sua mente os pensamentos distorcidos, negativos e de derrota antes que possam tornar-se disseminadores da Luz na escuridão.  É importante que vocês compreendam: à medida que os padrões de frequência (ou Canção da Alma) tornam-se mais refinados, suas atitudes e compreensão serão sintonizadas com os níveis de consciência cada vez mais elevados.  O Corpo Etérico mudará também e reagirá às energias divinas superiores. O serviço do eu centrado no EGO gradativamente evoluirá para um desejo de cumprir a Missão Divina e realizar o serviço de grupo.

Como um Ser Iluminado, vocês começam a construir uma ponte da consciência de volta aos reinos superiores deste universo. Chamava-se Antakarana nos ensinamentos esotéricos antigos, e a Ponte do Arco Íris, atualmente.  A fim de retornar à Mestria, vocês devem aprender a utilizar os três aspectos da natureza mental: o cérebro –a mente – a Alma. Devem também remover as distorções da mente subconsciente e sintonizar a mente consciente com o Eu-Alma de modo que a sabedoria da suas Alma e do seu Eu Superior possam começar a fluir por todos os sistemas dos seus quatro corpos inferiores.

Lembrem-se, cada átomo e todo  seu Ser físico possui consciência; eles podem ser iluminados e sintonizados com os padrões de frequência superiores  da ascensão. Vocês são feitos da Essência Divina. Possuem poderes latentes que podem ser desenvolvidos. Há uma grande necessidade de a humanidade reavivar sua memória espiritual e desenvolver os poderes de um Mestre de Luz.

Antakarana compõe-se de subafluentes ou fluxos de Luz, que em última instância vão fortalecer e amplificar as conexões entre as muitas facetas do Eu (Self) e seu Eu Divino/Presença EU SOU. Esses fluxos de luz possuem consciência e eles contêm a inteligência do seu Eu de níveis múltiplos, que reside nos Reinos superiores.

Conforme lhes dissemos, a mente subconsciente está se tornando consciente, e a mente consciente está se abrindo para a sabedoria da Mente Superconsciente, que contém os mistérios do universo.

Amados, nós observamos a Luz se expandindo e ganhando força em muitos lugares ao redor do mundo. Também vemos seu brilho e influência aumentando, e vocês estão causando um impacto positivo em mais vidas do que nunca antes.

 Voces devem permanecer focados no coração e centrados na alma enquanto o caos e o medo crescem e se espalham por todo o planeta. Agora reunimos forças e somos e sempre seremos invencíveis, porque estamos cumprindo um mandato Divino de nosso Deus Pai/Mãe. Amor eterno, proteção e bênçãos são suas, agora e para sempre mais. EU SOU  o Arcanjo Miguel.

Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com/ – Fonte: www.RonnaStar.com

Sons misteriosos de “trombetas” são ouvidos por todo o planeta


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

trombeta-anjo

Sons estranhos e misteriosos semelhantes a potentes trombetas, vindos do céu continuam a ser ouvidos e gravados por pessoas assustadas em todo o mundo, muitos ficam sem dormir a noite inteira.

Soando como potentes trombetas ou como uma seção de metais de uma orquestra, uma seleção de vídeos filmados desde o Canadá até a Ucrânia, passando pelos EUA, Alemanha e Bielorrússia mostram esses estranhos acontecimentos ocorrendo nos céus acima de nossas cabeças. 

SERIAM OS SONS DAS “TROMBETAS DO APOCALIPSE” RELATADAS POR JOÃO? E esses sons misteriosos têm sido continuamente ouvidos em todo o planeta em diferentes horários e locais por quase uma década.

Vídeos gravados por pessoas comuns de todo o mundo tem capturado um barulhento e estridente som que soa mal, estilo “trombetas” vindo do céu – mas ninguém pode explicar exatamente o que é e do que se trata.

Um número de pessoas tem filmado o som bizarro ao longo dos últimos 10 anos com o mais recente caso vindo da Alemanha.

No vídeo, filmado no mês passado, uma criança pode ser vista congelada de medo após o som estranho explodir do céu.

Uma mulher canadense Kimberly Wookey capturou uma série de eventos inexplicáveis com estes estranhos sons, afirmando no YouTube:

“Esta é a segunda vez que eu pessoalmente tenho ouvido estes sons aqui em Terrace BC Canadá. A primeira foi em 19 junho de 2013 aproximadamente 09:00 às 09: 30, mas não foi tão intensa.

“Na manhã de 29 de agosto de 2013 em torno das 7:30 eu fui acordada por esses estranhos e assustadores sons. Eu corri para fora da cama para perceber que eram os mesmos sons que eu tinha ouvido antes. “

O site Metro do Reino Unido informou que, de acordo com a NASA, estes estranhos sons poderiam ser “ruído de fundo” da Terra .

anjo-trombeta-apocalipse

“Ao entardecer, dizeis: haverá bom tempo porque o céu está rubro. E pela manhã: hoje haverá tempestade porque o céu esta vermelho-escuro. Hipócritas ! Sabeis, portanto discernir os aspectos do céu e não podeis reconhecer  “OS SINAIS DOS TEMPOS?” – Mateus 16: 2 e 3

Um porta-voz da agência disse: “Se os seres humanos tivessem antenas de rádio em vez de ouvidos, nos gostaríamos de ouvir uma sinfonia notável de barulhos estranhos vindos de nosso próprio planeta.” Os cientistas chamam estes sons de “torção”, “assobiadores” e “esféricos.” De acordo com a NASA, poderia ser o “ruído de fundo” da Terra.

“Eles soam como música de fundo de um filme de ficção científica extravagante, mas isso não é ficção científica. As emissões de rádio naturais da Terra são reais e, embora nós não as conheçamos, elas estão em torno de nós o tempo todo.”

No último livro da Bíblia, sete trombetas são tocadas, uma de cada vez, para que eventos apocalípticos aconteçam, são narrados na visão da Revelação de Jesus Cristo, por João de Patmos. Esse é o motivo mais preocupante porquanto ele estaria então sinalizando o fim do nosso atual mundo …

O que as pessoas estão especulando on-line sobre o que seriam os estranhos e assustadores sons: 

As possíveis teorias incluem:

  • Movimento das Placas tectônicas continentais – As placas tectônicas são gigantescos blocos da crosta da Terra e o manto superior, em conjunto referidos como a litosfera. As placas tem em torno de 100 km (62 milhas) de espessura e consistem em dois tipos principais de material: crosta oceânica (também chamado sima de silício e magnésio) e crosta continental (de silício e alumínio).

SONS TAMBÉM FORAM OUVIDOS EM CURITIBA, PARANÁ, NO BRASIL:

  • Pressão atmosférica  – pressão atmosférica é definida como a força por unidade de área exercida contra uma superfície pelo peso do ar acima da referida superfície.

  • Manobras de Trens  – Evidente – barulho vem dos comboios em reação à pista e fios aéreos.

  • Construção  civil – Obras, especialmente se acontecendo ao mesmo tempo em uma área específica, pode produzir sons semelhantes.

  • Aliens  – Isso pode vir uma forma de vida alienígena no céu, talvez vasculhando a Terra?

  • HAARP  – Rumores persistem de que o governo dos EUA utiliza armas secretas no céu para a defesa e de modificação do clima, conhecido como High Frequency Active Auroral Research Program (HAARP).Isso não explicaria os sons em outros países no entanto …

Este é o seu vídeo com os sons aterrorizantes:

  • O Apocalipse e as Sete Trombetas do Céu  – No último livro da Bíblia, sete trombetas são tocadas, uma de cada vez, para que eventos apocalípticos aconteçam, são narrados na visão da Revelação de Jesus Cristo, por João de Patmos. Esse é o motivo mais preocupante porquanto ele estaria então sinalizando o fim do nosso atual mundo …


“E o primeiro anjo tocou a sua trombeta, e houve saraiva e fogo misturado com sangue, e foram lançados na terra, que foi queimada na sua terça parte; queimou-se a terça parte das árvores, e toda a erva verde foi queimada”.  Apocalipse 8:7

“E o segundo anjo tocou a trombeta; e foi lançada no mar uma coisa como um grande monte ardendo em fogo, e tornou-se em sangue a terça parte do mar”. Apocalipse 8:8

“E o terceiro anjo tocou a sua trombeta, e caiu do céu uma grande estrela ardendo como uma tocha, e caiu sobre a terça parte dos rios, e sobre as fontes das águas”.  Apocalipse 8:10

“E o quarto anjo tocou a sua trombeta, e foi ferida a terça parte do sol, e a terça parte da lua, e a terça parte das estrelas; para que a terça parte deles se escurecesse, e a terça parte do dia não brilhasse, e semelhantemente a noite”. Apocalipse 8:12

“E o quinto anjo tocou a sua trombeta, e vi uma estrela que do céu caiu na terra; e foi-lhe dada a chave do poço do abismo”. Apocalipse 9:1

“E tocou o sexto anjo a sua trombeta, e ouvi uma voz que vinha das quatro pontas do altar de ouro, que estava diante de Deus”.  Apocalipse 9:13

“E o sétimo anjo tocou a sua trombeta, e houve no céu grandes vozes, que diziam: Os reinos do mundo vieram a ser de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre”. Apocalipse 11:15


 “Haverá muitas mudanças dramáticas no clima do planeta, muitas mudanças nas condições meteorológicas  na medida em que o TEMPO DA GRANDE COLHEITA se aproxima RAPIDAMENTE ao longo dos próximos anos. Você vai ver a velocidade do vento em tempestades ultrapassando 300 milhas (480 quilômetros) por hora, às vezes.

Deverão acontecer fortes tsunamis e devastação generalizada NAS REGIÕES COSTEIRAS, e emissão de energia solar (CME-Ejeção de Massa Coronal do Sol)  que fará  importante fusão e derretimento das calotas de gelo nos polos, e subseqüente aumento drástico no nível do mar, deixando muitas áreas metropolitanas submersas em todo o planeta“. 

Rússia e China irão engendrar da Bitcoin, Saxo Bank alerta


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

Moscou e Pequim vão reprimir o bitcoin, resultando no colapso da cryptomoeda no próximo ano, em algum momento de 2018, prevê o Saxo Bank. O banco é famoso por suas previsões “ultrajantes” publicadas em dezembro. De acordo com a previsão do Saxo Bank, o enfraquecimento na independência do Sistema de Reserva Federal dos Estados Unidos (FED) marcará o ano que se inicia em 2018. 

Rússia e China irão engendrar o apocalipse da Bitcoin, Saxo Bank alerta. Especialistas revelam como economia mundial será abalada em 2018

Fonte: https://br.sputniknews.com/

O dinamarquês Saxo Bank prevê que, em 2018, o bitcoin aumentará para cerca de US$ 60 mil com uma capitalização de mercado superior a US$ 1 trilhão. Depois disso, Rússia e China se juntarão para atacá-lo.

“O aumento da Bitcoin e outras moedas criptograficas tem sido um dos fenômenos mais espetaculares dos mercados financeiros nos últimos anos. A Bitcoin continuará a aumentar – e aumentará – durante a maior parte do ano de 2018, até que a Rússia e a China juntos engendrarão um acidente”, prevê o banco dinamarquês Saxo Bank.



Depois disso, a Bitcoin entrará em colapso e afundará para uma cotação de US$ 1.000 até 2019, de acordo com experts do Saxo Bank. No final de 2016, o banco fez uma previsão correta sobre o aumento da criptomoeda Bitcoin. Ele previu que o seu preço triplicaria do nível de US$ 700 observado no ano passado.

No entanto, o Saxo Bank não conseguiu prever a magnitude do crescimento da mania Bitcoin, que resultou em um aumento de 1.900 por cento para atingir o recorde de US$ 19.000. A China já criticou o Bitcoin ao proibir as ofertas iniciais de moedas (ICOs).

Os reguladores chineses também proibiram as trocas de Bitcoins em setembro, depois de Pequim suspeitar que o comércio da moeda criptografica era usado para transferir dinheiro para fora do país. A China perdeu 90 por cento de todo o comércio de Bitcoin. A criptografia caiu nas notícias, mas rapidamente se recuperou e continuou a crescer desmesuradamente.

Na Rússia, o Bitcoin e outros fundos digitais não são regulados. O governo russo foi ordenado pelo presidente Vladimir Putin para regular as moedas criptograficas em julho do próximo ano.



O Ministério das Finanças da Rússia insiste que a criação da moeda virtual Bitcoin e outros fundos digitais devem ser ilegais, porque a mineração tem semelhanças com pirâmides financeiras, que são proibidas na Rússia. No entanto, a compra de criptografia não seria punível com a lei, prometeu o Ministério russo.

Bitcoin: a última farra do capitalismo rentista?

http://justificando.cartacapital.com.br/2017/12/13/bitcoin-ultima-farra-do-capitalismo-rentista/

Bitcoin: a última farra do capitalismo rentista?

Novo integrante do Sistema Solar, Planeta 9, que ninguém viu ainda


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

Ele tem dez vezes o tamanho da Terra e, por se encontrar 20 vezes mais distante do Sol que Netuno, precisa de 10 mil a 20 mil anos para completar sua órbita. Seu nome, ainda que provisório, é “Planeta Nove”, porque se trata nada menos que do nono membro do Sistema Solar. O problema é que ninguém ainda o viu.

O controverso Planeta Nove, novo integrante do Sistema Solar que ninguém nunca viu

Fonte: http://www.bbc.com/

O astro foi descrito pela primeira vez há dois anos em uma pesquisa publicada na revista científica The Astronomical Journal e, desde então, divide a comunidade científica.

O ‘Planeta Nove’ é descrito como uma ‘super Terra’

Mas os autores do estudo, Michael Brown e Konstantin Batygin, ambos especialistas do prestigiado Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech), estão acostumados com a controvérsia: eles fazem parte também da equipe de pesquisadores que rebaixou Plutão à categoria de planeta anão.

Embora muitos cientistas critiquem a falta de evidências definitivas sobre a existência do Planeta Nove, os pesquisadores preferem se concentrar na metade do copo que está cheia. É que, em todo esse tempo, nenhuma evidência surgiu para refutar a existência do planeta de forma conclusiva.

“Nos últimos 170 anos, muitos afirmaram ter descoberto novos planetas e sempre estiveram errados”, disse Brown à revista The Atlantic na semana passada. O astrônomo afirmou que, “incrivelmente”, ninguém conseguiu provar que seus cálculos para o nono planeta estejam errados.

Batygin, por sua vez, compartilhou em sua conta no Twitter o artigo da revista, intitulado “O Planeta Nove é real?” com o acréscimo do comentário: “A resposta curta é: sim”. É que, segundo os cientistas, é mais difícil imaginar o Sistema Solar sem esse astro do que com ele.

Indícios para o ‘sim’

Para descrever a existência deste gigante planeta congelado, os pesquisadores basearam-se principalmente em dados indiretos, como seus supostos traços gravitacionais. Em particular, estudaram seis objetos localizados no chamado Cinturão de Kuiper, uma região que se estende da órbita de Netuno até o espaço interestelar.

Esses corpos gelados têm órbitas elípticas que apontam na mesma direção, algo que é tão improvável que só poderia ser explicado pela presença de um corpo como o Planeta Nove, segundo defenderam Brown e Batygin em seu estudo original.

Michael Brown disse que ‘incrivelmente’ ninguém conseguiu provar que sua hipótese sobre o nono integrante do Sistema Solar está errada

Em outubro, Batygin deu uma entrevista ao site de notícias da Nasa, agência espacial americana, em que disse: “Neste momento, existem cinco linhas diferentes de estudos com evidências observacionais que apontam para a existência do Planeta Nove”.

De acordo com o astrofísico, “se você decidir eliminar essa explicação e imaginar que o Planeta Nove não existe, você geraria mais problemas do que soluções. De repente, você teria cinco enigmas diferentes e você deveria ter que desenvolver cinco teorias diferentes para explicá-los”.

No mês passado, o próprio Batygin publicou um estudo que aumentaria as evidências defendidas por ele, em que afirma que o Planeta Nove até conseguiu mudar o sentido da órbita de objetos distantes do Sistema Solar.

Indícios para o ‘não’

Nestes dois anos, astrônomos de diferentes partes do mundo apresentaram explicações alternativas ao nono planeta.

De acordo com um projeto chamado “Outer Solar System Origins Survey” (“Pesquisas sobre as origens para além do Sistema Solar”), por exemplo, que descobriu mais de 800 novos objetos transneptunianos (aqueles que orbitam o Sol a uma distância média superior à de Netuno), a distribuição desses corpos é realmente aleatória.

Planeta Nove estaria no Cinturão de Kuiper, uma região que se estende da órbita de Netuno ao espaço interestelar | Foto: Science Photo Library

Eles até chegaram a dizer que os dados sobre os quais Brown e Batygin estão se baseando têm erros causados por fatores climáticos – assim, todos os cálculos seriam tendenciosos. Christopher Smeenk, filósofo da ciência da Universidade do Oeste de Ontário, nos Estados Unidos, foi além.

“Os cientistas muitas vezes são bons em desenvolver conclusões por contrastes, ao estilo de Sherlock Holmes”, disse ele à revista The Atlantic. O famoso detetive, acrescentou, era capaz de elaborar probabilidades de culpa entre uma série de suspeitos.

Extraterrestres de Vênus fizeram contato em 1952?


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

O pesquisador francês Michel Zirger escreveu um livro altamente detalhado sobre um contato extraterrestre, que destaca os encontros de George Adamski com supostos extraterrestres de Vênus. Em We Are Here: Visitors without a Passport (2017),  Zirger fornece uma visão geral sólida de uma coleção de fotos e testemunhos apoiando o famoso encontro de Adamski de 20 de novembro de 1952 perto do Desert Center, Califórnia. 

Extraterrestres de Vênus fizeram contato com George Adamski em 1952?

Fonte: http://exopolitics.org/

Em seu livro Zirger observa que o encontro de Adamski foi o primeiro caso de contato bem documentado com um ocupante de um  disco  voador, amplamente acreditado para ser um extraterrestre de Vênus.

Seis testemunhas viram duas espaçonaves UFO no dia do encontro de Adamski. A primeira era uma grande nave em forma de charuto que pairou sobre suas cabeças, e a segunda era uma nave pequena exploradora em forma de disco voador que aterrissou. Da nave exploradora surgiu um ocupante para se encontrar com Adamski, que afirmou ser do planeta Vênus e disse que se chamava Orthon.

Em seu livro, Zirger inclui cópias digitalmente aprimoradas das fotos originais tiradas no encontro de Adamski, que mostram tanto a espaçonave pequena pairando antes do pouso quanto seu ocupante que surgiu após o pouso. As fotos foram aprimoradas pelo artista dinamarquês Rene Erik Olsen, que disponibilizou as fotos do Desert Center em seu site.

A seguinte foto foi aprimorada, mostrando um ser extraterrestre (Orthon) caminhando saindo da direção da nave pequena exploradora aterrada e se dirigindo até Adamski. Discussão e close-ups estão disponíveis em We Are Here.

As seis testemunhas do pouso e o encontro de Adamski com seu ocupante assinaram uma declaração jurada que apoia a versão de eventos de Adamski que foi posteriormente publicada em seu livro co-escrito de 1953, The Flying Saucers Have Landed.  Zirger cita uma das testemunhas, George Hunt Williamson, que foi gravado em sua declaração durante uma palestra:

Gostaria de reafirmar aqui que a experiência, como George Adamski tem relatado em The Flying Saucers Have Landed, onde minha esposa e eu, junto com nossos amigos, testemunhamos a ocorrência, aconteceu exatamente como o Sr. Adamski menciona em The Flying Saucers Have Landed: a espaçonave maior foi testemunhada e, em seguida, através de binóculos testemunhamos os outros acontecimentos a cerca de uma milha de distância no deserto … Nós vimos o Sr. Adamski conversando com alguém … à distância. Nós vimos a grande nave. Nós vimos flashes de luz, a partir das quais mais tarde aprendemos que a embarcação menor havia saído da maior. Nós vimos uma grande abertura na embarcação maior através da qual a nave menor deve ter deixado a espaçonave maior … Nós vimos a pequena nave enquanto ela pairava sobre as colinas [veja foto da base das pequenas colinas onde Adamski estava parado]. ( Kindle Edition 5203-10)

Apesar da evidência convincente, o encontro de Adamski em 1952 foi amplamente desacreditado.  Zirger discute a extensão chocante em que evidências e os testemunhos que apoiam o famoso desembarque do Desert Center de Adamski foram desconsiderados, ridicularizados ou distorcidos por cientistas líderes da época como o Dr. Donald Menzel, o Dr. Jacques Vallee e o Dr. Carl Sagan (todos trabalhando à serviço do governo para desacreditar avistamentos de UFOs e contatos com extraterrestres).

A maioria dos pesquisadores de OVNI já descartou Adamski como um mentiroso, apesar da evidência convincente sugerindo o contrário. Na verdade, as fotos de Adamski de discos voadores e espaçonaves em forma de charuto que datam de 1950 nunca foram mostradas como falsas.

Adamski acreditava que o ser que emergiu da nave menor exploradora em 1952 era de Vênus.  Zirger discute a viabilidade da crença de Adamski, dados científicos que subsequentemente emergiram mostrando a superfície de Vênus como inabitável devido às altas temperaturas (462 ° C; 863 ° F) e à pressão atmosférica esmagadora (92 vezes a da Terra) em sua superfície, segundo as teorias científicas sobre esse planeta.

Zirger discute uma série de possibilidades de como extraterrestres podem habitar Vênus. Ele sugere que a NASA esteja mentindo sobre as pretensas condições horríveis na superfície de Vênus. Outra possibilidade é que os extraterrestres apenas tenham uma base ali e vieram de outros lugares da galáxia.

(C) Rene Erik Olsen 2017

No entanto, outra possibilidade é a de que os extraterrestres vivam nas regiões subterrâneas de Vênus, tornados habitáveis ​​pela pesquisa científica recente. Ele cita Sean McMahon, que liderou uma equipe científica da Universidade de Aberdeen, que afirmou que a vida poderia evoluir dentro do interior de um planeta, bem longe de uma superfície inóspita:

As superfícies de planetas rochosos e luas que conhecemos não são nada como a Terra. Eles são tipicamente frios e estéril, sem atmosfera ou com uma atmosfera muito fina ou até corrosiva.  Habitando abaixo da superfície protegeria você de toda uma série de condições desagradáveis ​​na superfície. Portanto, a zona subterrânea habitável pode revelar-se muito importante. A Terra pode até ser um planeta incomum em ter a vida na sua superfície.

Zirger parece favorecer a explicação da “Nova Era” de que uma civilização altamente evoluída, que “ascendeu” a outro plano dimensional, existe hoje sob a superfície de Vênus. Ele sugere que na superfície de Vênus, hoje, pode haver apenas vestígios raros da civilização antiga que uma vez prosperou na sua superfície.

Zirger cita uma série de textos esotéricos e fontes que apoiam a ideia de que existe uma civilização avançada em Vênus, mas está escondida dos telescópios modernos e sondas planetárias enviadas por diferentes agências espaciais. Por exemplo, ele se refere ao livro de 1899, A Dweller of Two Planets:

“Nenhum telescópio jamais revelará vida em Vênus: não que ela não esteja lá, mas a sua constituição e corpos são da Única Substância efetuadas por uma força que os torna imperceptíveis aos olhos terrestres”.

Houve um número de contatados que afirmaram ter encontrado Venusianos do interior do planeta, bem longe de telescópios e sondas espaciais. Estes incluem Frank Stranges, autor do livro,  Stranger at the Pentagon (Um Estranho no Pentágono).

Mais recentemente, o insider e informante do programa espacial secreto, Corey Goode, afirmou que foi levado para Vênus, onde viu algumas das estruturas antigas que ele chama de “tecnologias da Antiga Raça Construtora(ABR)” na superfície do planeta.

Nós nos dirigimos para Vênus a uma taxa de velocidade super alta, perfurando as nuvens grossas. Eu quase não  percebi sua cor amarelada, passamos por elas tão rápido. E então, paramos há cerca de 1.000 pés [305 metros] acima do solo, e eu estava olhando ao redor, e eu vi que o terreno  parecia ter sido corroído por muitos ventos e chuvas, como você veria na Terra. Pareciam que eram montanhas que sofreram efeito da erosão e elas pareciam quase como pessoas. Pareciam ter sido esculpidas por alguém inteligente. Então eu estava percebendo isso, quando de repente o solo ficou transparente … E eu olhei para baixo, e eu pude ver um prédio grande e gigante, em formato de H, construído dentro dessa cratera.

Goode diz que encontrou um antigo ser chamado “Sentinela” que vigiava a antiga tecnologia de construção que era protegida por um escudo de energia de algum tipo. Sua história tem paralelos com a alegada visita a Vênus pelo contatado boliviano Luis Mostajo Fernando, que diz que entrou em uma área fértil de Vênus protegida por um escudo energético.

Goode, Fernando e outros relatos de visitantes a Vênus apoiam existência de uma civilização antiga, que uma vez habitou a sua superfície, e que existem áreas subterrâneas que sustentam a vida atual no planeta. A discussão de Zirger sobre as explicações para a afirmação de Orthon  ser oriundo de Vênus, apesar das suas condições de superfície inóspitas, é ampla e informativa.

No entanto, existe outra possibilidade que Zirger levanta que pode oferecer uma maneira mais precisa de ver o encontro de Adamski em 1952. Zirger questiona se Adamski foi alimentado com a desinformação de Orthon sobre como Vênus sendo sua verdadeira origem:

Adamski foi manipulado por um “pseudo-venusiano”? Essa origem venusiana era parte de uma cortina de fumaça ou de algum tipo de “plano de comunicação” extraterrestre para despertar nossa consciência para a idéia da vida extraterrestre? … O lema subjacente desta “estratégia de comunicação” seria então algo como: “Vamos contar mentiras, vamos contar mentiras, ainda haverá algo sobrando”, com Adamski sendo considerado não muito mais do que uma interface para um jogo de desinformação ou decepção”. ( Edição Kindle , 1032 de 5403)

Estrutura gigante de pedra em forma de H em uma cratera na superfície de Vênus de acordo com Corey Goode. Permission Sphere Being Alliance

Zirger acredita que a possível desinformação foi projetada para proteger as origens verdadeiras de Orthon e sua nave espacial. Zirger expressou perplexidade sobre por que os extraterrestres de outro sistema solar queriam fingir ser de um mundo inabitável de nosso próprio sistema solar:

“Por que esse jogo, quando eles poderiam simplesmente ter dito que eram do planeta T do sistema solar Y? ( Edição Kindle , 1042 de 5403)

Zirger negligencia uma explicação “centrada na terra” para a desinformação que pode ter sido alimentada a Adamski. Isto é levantado por um dos casos de contato mencionados por Zirger em We Are Here . Ele cita o caso de Reinhold Schmidt em 1957:

Gostaria de citar brevemente um último caso, o de Reinhold O. Schmidt, nos anos 60, um comprador de grãos da Bakersfield (Califórnia). Em 5 de novembro de 1957, ele afirmou ter falado por cerca de 30 minutos com a tripulação de um grande OVNI em forma de charuto de prata que teria pousado perto de Kearney na pradaria de Nebraska para fazer reparos. Em uma entrevista disponível em fita de uma hora e meia, Schmidt afirmou que a tripulação era composta de “quatro homens e duas senhoras”. Todos falaram com ele “na língua americana com um sotaque alemão“, mas às vezes ele parecia que ele podia ouvi-los falar entre eles em “em língua alemã, muito bom alemão” ( Kindle Edition , 526-531).

O caso de Schmidt levanta a questão, Orthon faz parte de um Programa Espacial Secreto Alemão e estava apenas fingindo ser um Venusiano?  (Continua)

© Dr. Michael E. Salla, Ph.D.

Google usa O SEU celular para gravar as suas conversas …


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

zumbis-eua-sistema-controle-02Em 1997, o filme “Eu sei o que vocês fizeram no verão passado” virou cult com o suspense em que adolescentes tentam esconder um crime acidental. Passados vinte anos, o título soa inofensivo se comparado às práticas dos gigantes da internet. Google e Facebook sabem o que seus clientes fizeram não apenas no verão passado, mas a cada segundo (Nota Thoth: e por extensão todo o aparato de inteligência do estado mais vigiado do planeta tem acesso às suas informações, assim como a CIA, FBI, DIA, DHS, FEMA, etc…)

A opressão da vigilância: Você não sabe, mas o Google usa seu celular para gravar suas conversas. A discutível iniciativa mostra que estamos cada vez mais expostos. Afinal, qual é o uso que a empresa faz dessas informações?

Por Bárbara Libório e Celso Masson – Fonte:http://istoe.com.br/

Na falta de uma legislação específica sobre (o respeito à) privacidade e valendo-se da anuência do usuário a partir do aceite de “termos de uso” raramente lidos com a devida atenção, essas empresas exercem uma vigilância opressiva (mas dissimulada), coletando e estocando dados que a maioria (dos zumbis) sequer imagina ter fornecido. Muito menos como o fez.

redes-sociaisUm exemplo chocante é o dispositivo que permite ao Google gravar conversas a partir do acionamento do microfone do celular mesmo quando o aparelho sequer está sendo usado. Como o recurso é ativado sem que o usuário seja informado, ele dificilmente percebe quais trechos de suas conversas foram capturados. As gravações são limitadas a poucas palavras e ficam armazenadas na conta de cada usuário, que pode acessá-las na página “Minha atividade > voz e áudio”.

Segundo a empresa, o intuito das gravações é “aprimorar o recurso de reconhecimento de voz” para pesquisas em qualquer idioma. Curiosamente, na página sobre privacidade, em que explica quais dados de seus usuários coleta e utiliza, não há menção às gravações aleatórias de conversas dos usuários. O Google não atendeu a solicitação de entrevista feita pela reportagem da ISTOÉ, limitando-se a fornecer esclarecimentos já divulgados sobre o tema.

Google e como o site de buscas grava suas conversas e de que forma você pode impedir:

Configuração
Quando você configura o smartphone e aceita os termos de uso do Google, pode permitir o acesso ao microfone do seu celular.

Uso das informações
A empresa diz que o recurso é usado para garantir um refinamento nas ferramentas de reconhecimento de linguagem e para tornar o mecanismo de busca e anúncios mais relevantes ao usuário. O Google nega a venda dessas informações para outras empresas.

Falha do sistema
Usuários alegam que conversas com outras pessoas também são gravadas, como se o celular tivesse ouvido a conversa. De acordo a empresa, isso não é intencional e pode ocorrer por um erro do sistema.

Arquivos de voz
Você pode saber o que foi gravado e apagar os registros. Para isso, é preciso acessar a página “Minha atividade > voz e áudio” do Google.

google-cia-darpa-facebook

Transcrições
Na página você vai encontrar todas as pesquisas e comandos de voz que fez no smartphone, separadas por data. Cada registro pode ou não conter uma transcrição. É possível também ouvir os trechos de áudios gravados.

Bloqueio
Para excluir a conversa é preciso marcar o checkbox que aparece à esquerda do registro e depois clicar em “excluir”, no canto superior direito. Na mesma página também é possível bloquear futuras conversas.

Para especialistas em marketing digital, a real explicação para tais gravações pode estar no direcionamento da publicidade paga. A “personalização de anúncios” é defendida como forma de tornar mais úteis as informações veiculadas pelos “mais de dois milhões de websites e apps não pertencentes ao Google e que fazem parceria com o Google para exibir anúncios”. No entendimento de Marco Konopacki, coordenador de projetos do Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio, as gravações servem para otimizar o serviço da empresa. “Eles podem cruzar essas informações (de pesquisas feitas pelo usuário) e oferecer um anúncio. Isso também é feito para tornar a busca mais relevante e aumentar a utilidade no buscador deles”. Uma vez que o dono do smartphone aceita os termos de uso que permitem interagir com o aparelho por meio de comandos de voz, ele na prática está liberando também que sejam feitas gravações. O que muitas vezes passa despercebido é que, para o celular obedecer a um comando de voz, ele precisa “ouvir” o tempo todo, o que não significa que os sons ao redor dele serão gravados. Páginas do Facebook estão repletas de relatos de usuários que foram direcionados a anúncios específicos sem que jamais tivesses feito qualquer pesquisa sobre o assunto, mas que o haviam mencionado em conversas com amigos.

“Ainda não está claro, em nosso país, quais dados pessoais a que as empresas e a Administração Pública podem ter acesso, e nem mesmo como essa coleta e armazenamento ocorrem”, diz Gisele Truzzi, advogada especialista em direito digital. “Estamos em um campo onde a legislação e a regulamentação ainda são insuficientes. Mas isso não significa estarmos de mãos atadas para coibir excessos”. Ela cita o Marco Civil da Internet (Lei 12.965/2014), que define a privacidade como direito do usuário em seu Art. 7º. Para a advogada, uma disposição de termo de uso que represente qualquer nível de intrusão na vida do cliente viola o artigo e o princípio de privacidade que está na Constituição. O Projeto de Lei nº 5246/2016, ainda em tramitação, amplia a proteção à privacidade dos usuários. Caso estivesse em vigor, as gravações do Google poderiam ser entendidas como algo que extrapola a finalidade, a necessidade e a transparência da relação com o cliente.

polvo-tentáculos-manipulação-facebook-informação

“Anonimizado”
Embora afirme não gravar conversas dos usuários, o Facebook não nega que o recurso faça parte de algumas funcionalidades dos serviços prestados. “Nós apenas acessamos o microfone dos telefones das pessoas quando elas estão utilizando ativamente alguma ferramenta específica que requer áudio e somente quando elas autorizam”, diz um porta-voz da empresa. A coleta de dados para otimizar a entrega de anúncios é feita a partir das informações que o usuário decide fornecer, dos serviços que usa com o login do Facebook e de sua interação com os amigos. Mesmo que dados pessoais estejam disponíveis na plataforma, cada usuário é “anonimizado”. Ou seja, a oferta de anúncios e as sugestões para seguir outras pessoas se baseiam no uso que cada um faz do serviço, sem identificar quem é quem. Só no Brasil, o Facebook tem 117 milhões de pessoas ativas todo mês. No mundo, 1,9 bilhão. A política de não lucrar com as informações pessoais dos clientes não impede o Facebook de realizar ações de marketing. Com os dados detalhados que coleta, a empresa foi capaz, por exemplo, de fornecer à cervejaria Budweiser informação sobre a data de aniversário de clientes nos Estados Unidos. Eles foram presenteados com uma lata de cerveja da marca ao completar 22 anos.

Ainda que não grave as conversas dos usuários, o Facebook conta com recursos como o reconhecimento facial das pessoas cujas fotos são publicadas na plataforma, além de arquivar praticamente todas as mensagens já trocadas na rede social. Infelizmente, não é possível limitar o alcance do Facebook neste quesito: está nos termos de uso que a empresa pode ter acesso pleno ao que o usuário acessa e clica dentro do site. “Na era da informação, os nossos dados são a moeda de troca”, diz a especialista em direito digital.

Facebook e alguns itens sobre você guardados no Registro de Atividades da “rede social”:

Anúncios clicados
Data, horário e títulos dos anúncios visitados.

Tópicos de anúncios
Uma lista de tópicos para os quais você pode ser direcionado com base nas curtidas, nos interesses e em outros dados informados na sua Linha do Tempo.

Cartões de crédito
Se você fez alguma compra e forneceu o número do cartão ao Facebook.

manipulação-puppets-controleReconhecimento facial
Baseado em uma comparação das fotos em que você está marcado. Os dados servem para ajudar outras pessoas a marcar você nas fotos delas.

Números de telefone
Adicionados à sua conta, incluindo números de celulares alternativos que você adicionou por questão de segurança.

Fotos
Todas as imagens carregadas em sua conta.

Vídeos
Todas as gravações publicados na sua Linha do Tempo.

Visões políticas
Qualquer informação adicionada a Preferência política na seção Sobre da Linha do Tempo.

Visões religiosas
As informações adicionadas a Religião na seção Sobre da sua Linha do Tempo.

Compartilhamentos
Todo o conteúdo que você compartilhou com outras pessoas no Facebook usando o botão ou link Compartilhar. Por exemplo, notícias ou postagens de outras pessoas.

google-cia-darpa-facebook

Colaborou Thais Skodowski

Jerusalém, “Terra Santa” (Terra do ódio regado com muito sangue)


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

JERUSALÉM(*), A HISTÓRIA DE UM POMO DE DISCÓRDIA E DO ÓDIO

Shalim ( Shalem , Salem e Salim ) é um deus no panteão da religião cananeia, mencionado em inscrições encontradas em Ugarit (Ras Shamra) hoje Síria. William F. Albright  identificou Shalim como o deus do anoitecer, e Shahar como o deus do amanhecer. No Dicionário de deidades e demônios na Bíblia, Shalim também é identificado como a divindade representando Vênus ou a “Estrela da Noite” (divindade feminina), e Shahar, a “Estrela da Manhã” (divindade masculina).

Com texto parcial de Ines Eisele (rw), Goran Cutanoski da DW: http://www.dw.com/

A cidade canaanita de Ugarit foi redescoberta em 1928 e muito do conhecimento moderno sobre os cananeus advém das escavações arqueológicas naquela área. Ugarit era uma cidade-estado, anteriormente vista como uma cidade fenícia pelos historiadores. Esta certeza já não existe. A partir da descoberta naquelas ruínas do primeiro alfabeto que se tem notícia e da vasta literatura de Ugarit, descobriu-se que esta era de origem cananeia e foi vassala do Egito durante longo período, apesar de ter tido influência de vários povos, principalmente (sumérios) mesopotâmicos. Um de seus deuses foi Baal (Lúcifer, Marduk) muito citado na Bíblia.



Comparada aos desertos circundantes, a terra de Canaã era uma terra de alguma fartura, onde havia uvas e outras frutas, azeitonas e mel, daí ter sido vista por Abraão – originário da região do atual Iraque (antiga Suméria) como a “terra prometida”, “onde corre leite e mel” (nota de Thoth: e depois da chegada de Abraão, correu muito sangue até os dias de hoje).

Segundo a Bíblia, Canaã era a terra prometida pelo deus de Abraão (um descendente de sumérios e morador de UR) ao seu povo, desde o chamado de Abrão (ou Abraão) pelo seu deus, que habitava a cidade  caldeia (suméria) de Ur, no sul da Mesopotâmia. De acordo com a tradição, deus chamou Abrão e lhe ordenou que fosse para a terra chamada Canaã, o que teria motivado o longo êxodo  dos hebreus, que teria durado muitas décadas, até que os descendentes de Abraão a alcançaram. Canaã passou então a ser por eles denominada mais tarde por terra de Israel, quando Jacob tem seu nome TROCADO pelo seu deus. (Wikipédia).

“E apareceu deus outra vez a Jacó, vindo de Padã-Arã{Padã-Arã é uma região de pradarias em torno de Arã (Turquia) na alta Mesopotâmia na região noroeste, também é conhecido como planície de Arã. Localizada entre os rios  EufratesHabur e o deus de Abraão VEIO DESTA TERRA VISITÁ-LO e não dos “CÉUS”} e abençoou-o. E disse-lhe deus: O teu nome é Jacó; não te chamarás mais Jacó, mas Israel será o teu nome. E chamou-lhe Israel. Disse-lhe mais deus: Eu sou o “deus todo-poderoso”; frutifica e multiplica-te; uma nação, sim, uma multidão de nações sairá de ti, e reis procederão dos teus lombos; E te darei a ti a terra que tenho dado a Abraão e a Isaque, e à tua descendência depois de ti darei a terra”. Gênesis 35:9-12


JERUSALÉM(*), A HISTÓRIA DE UM POMO DE DISCÓRDIA E DO ÓDIO

{(*) Shalim ( Shalem , Salem e Salim ) é um deus no panteão da religião cananeia, mencionado em inscrições encontradas em Ugarit (Ras Shamra) hoje Síria. William F. Albright  identificou Shalim como o deus do anoitecer, e Shahar como o deus do amanhecer. No Dicionário de deidades e demônios na Bíblia, Shalim também é identificado como a divindade representando Vênus ou a “Estrela da Noite” (divindade feminina), e Shahar, a “Estrela da Manhã” (divindade masculina). O nome deles deriva da raiz semitica Triconsonantal S-LM. A cidade de Jerusalém  foi nomeada em sua homenagem, e o rei bíblico Salomão (S-LM ) também pode ter este nome em sua homenagem.Wikipedia}

Cidade de Davi

Segundo o Velho Testamento, no ano 1000 a.C., Davi, rei de Judá e Israel, conquistou Jerusalém dos jebuseus, uma tribo cananeia. Ele mudou a sede de seu governo para Jerusalém, que se tornou capital e centro religioso do reino. De acordo com a Bíblia, Salomão, o filho de Davi, construiu o primeiro templo para Yaweh, o “deus” de Israel. Jerusalém tornou-se assim o centro do Judaísmo.

Reino dos persas

O rei Nabucodonosor 2º, da Babilônia, conquistou Jerusalém em 597 e novamente em 586 a.C., segundo a Bíblia. Ele destruiu o templo e aprisionou o rei Joaquim de Judá e a elite judaica, levando-os para a Babilônia. Quando o rei persa Ciro, o Grande, conquistou a Babilônia, permitiu que os judeus voltassem do exílio para Jerusalém e reconstruíssem o templo.


“Eis que eu farei aos da “SINAGOGA de SATANÁS”, aos que se dizem judeus, e não são, mas mentem: eis que eu farei que venham, e adorem prostrados a teus pés (às almas em evolução encontradas dentro de TODAS AS RAÇAS, e não em um “POVO ELEITO”!), e saibam que eu te amo”.  Apocalipse 3:9


O Cristo em Jerusalém (o único momento em que uma imensa LUZ brilhou em meio às TREVAS na terra do ódio e derramamento de sangue ETERNOS)

De acordo com os evangelhos, antes de entrar em Jerusalém, Jesus, o Cristo estava hospedado em Betânia. O Evangelho de João afirma que ele ficou ali nos seis dias antes da Pessach (a Páscoa judaica). De lá, ele enviou dois discípulos a uma aldeia que “está em frente de vós” para que buscassem um jumento que estaria ali amarrado e que nunca fora montado. Se questionados, deveriam responder que o Senhor precisava do animal, mas que ele seria devolvido.

Jesus, o Cristo então montou no jumento e se dirigiu a Jerusalém, com os três evangelhos sinóticos estando em acordo de que os discípulos forraram o animal com suas capas para tornar a montaria mais confortável. Em Marcos e João, a entrada ocorre num domingo, com Mateus e Lucas não especificando a data. Em Lucas 19:41, conforme Jesus, o Cristo se aproxima de Jerusalém, ele olha para a cidade e chora por ela (no evento conhecido como em latim: Flevit super illam – “E, quando ia chegando, vendo a cidade, chorou sobre ela”, Lucas 19:41), já prevendo o sofrimento que a disputa por esta cidade causaria ao longo dos séculos por vir.

Até os dias atuais os judeus não aceitam CRISTO como o seu messias ….

Os evangelhos seguem contando como Jesus, o Cristo chegou à cidade e, ali, o povo retirou também suas capas e as jogou à sua frente, juntamente com ramos de palmeiras. O povo cantou parte do  Salmo 118: «Este é o dia que fez o Senhor; regozijemo-nos, e alegremo-nos nele. Salva-nos,      agora, te pedimos, ó Senhor; ó Senhor, te pedimos, prospera-nos. Bendito aquele que vem em nome do Senhor; nós vos bendizemos desde a casa do Senhor. Salmos 118:24-26

Nos evangelhos sinóticos, este episódio é seguido da Segunda limpeza do Templo e, nos quatro evangelhos, Jesus, o Cristo realiza vários milagres e conta diversas parábolas em Jerusalém até o dia da Última ceia. Os católicos cristãos celebram a entrada de Jesus em Jerusalém no Domingo de Ramos, que ocorre uma semana antes do Domingo de Páscoa.


{ Nota de Thoth: Em 04 de setembro de 2001 uma manifestação foi realizada em Jerusalém, para apoiar à ideia da implantação do Estado de Israel desde o RIO NILO (Egito) até o RIO EUFRATES (Iraque). Foi organizado pelo movimento Bhead Artzeinu (“Para a Pátria”), presidido pelo rabino e historiador Avraham Shmulevic de Hebron. De acordo com Shmulevic:  “Nós não teremos paz enquanto todo o território da Terra de Israel não voltar sob o controle judaico …. Uma paz estável só virá depois, quando ISRAEL tomar a si todas as suas terras históricas, e, assim, controlar tanto desde o CANAL de SUEZ (EGITO) até o ESTREITO de ORMUZ (o IRÃ) … Devemos lembrar que os campos de petróleo iraquianos também estão localizadas na terra dos judeus”

Neste mapa acima uma “diferente” visão do ORIENTE MÉDIO e os planos dos judeus khazares para a criação do GRANDE ISRAEL

UMA DECLARAÇÃO do ministro Yuval Steinitz, do Likud, que detém o extenso título de ministro da Inteligência, Relações Internacionais e Assuntos Estratégicos de Israel hoje:  “Estamos testemunhando o extermínio do antigo Oriente Médio. A ordem das coisas esta sendo completamente abalada. O antigo Oriente Médio está morto, e o novo Oriente Médio não está aqui ainda. Esta instabilidade extrema poderia durar mais um ano, ou até mais alguns anos, e nós não sabemos como a nova ordem do Oriente Médio vai se parecer à medida que emergir a partir do caos e derramamento de sangue e fumaça atual. É por isso que devemos continuar a agir com premeditação”. No mapa acima podemos ver as pretensões de judeus radicais (tão ou mais radicais quanto os fanáticos islâmicos)}.


Sob o poder de Roma e Bizâncio

A partir de 63 d.C., Jerusalém passou ao domínio de Roma. A resistência se formou rapidamente entre a população, eclodindo uma guerra no ano 66. O conflito terminou quatro anos depois, com a vitória dos romanos e uma nova destruição do templo em Jerusalém. Os romanos e os bizantinos dominaram a Palestina por 600 anos.

Conquista pelo árabes

Durante a conquista da Grande Síria, as tropas islâmicas chegaram até a Palestina. Por ordem do califa Umar, em 637, Jerusalém foi sitiada e conquistada. Durante a época da supremacia muçulmana, vários rivais se revezaram no domínio da região. Jerusalém foi ocupada várias vezes e trocou diversas vezes de soberano.


“Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores”.  Mateus 7:15


No tempo das Cruzadas

O mundo cristão passou a se sentir cada vez mais ameaçado pelos muçulmanos seljúcidas, que governavam Jerusalém desde 1070. Em consequência, o papa Urbano 2º convocou as Cruzadas. Ao longo de 200 anos, os europeus conduziram cinco Cruzadas para conquistar Jerusalém, algumas vezes com êxito. Por fim, em 1244, os cristãos perderam de vez a cidade, que caiu novamente sob domínio muçulmano.

Os (turcos) otomanos e os britânicos

Após a conquista do Egito e da Arábia pelos otomanos, em 1535, Jerusalém se tornou sede de um distrito governamental otomano. As primeiras décadas de domínio turco representaram impulsos significativos para a cidade. Com a vitória dos britânicos sobre as tropas turcas em 1917, a região – e também Jerusalém – passou ao domínio britânico.

Cidade dividida

Após a Segunda Guerra Mundial, os britânicos renunciaram ao mandato sobre a região. A ONU aprovou a divisão da área, a fim de abrigar os sobreviventes do Holocausto. Isso levou alguns países árabes a iniciarem uma guerra contra Israel, em que conquistaram parte de Jerusalém. Até 1967, a cidade esteve dividida em lado israelense e lado jordaniano.

Israel reconquista o lado oriental

Em 1967, na Guerra dos Seis Dias contra Egito, Jordânia e Síria, Israel conquistou o Sinai, a Faixa de Gaza, a Cisjordânia, as Colinas de Golã e Jerusalém Oriental. Paraquedistas israelenses chegaram ao centro histórico e, pela primeira vez desde 1949, ao Muro das Lamentações, local sagrado para os judeus. Jerusalém Oriental não foi anexada a Israel, apenas integrada de forma administrativa.

Muçulmanos podem peregrinar a Jerusalém

Desde esta época, Israel não impede os peregrinos muçulmanos de entrarem no terceiro principal santuário islâmico do mundo. O Monte do Templo está subordinado a uma administração muçulmana autônoma. Muçulmanos podem tanto visitar como também rezar no Domo da Rocha e na mesquita de Al-Aqsa, que fica ao lado.


Status não definido

Até hoje, Jerusalém continua sendo um obstáculo no processo de paz entre Israel e os palestinos. Em 1980, Israel declarou a cidade inteira como “capital eterna e indivisível” do estado judeu. Depois que a Jordânia desistiu de reivindicar para si a Cisjordânia e Jerusalém Oriental, em 1988, foi conclamado um Estado palestino, com o leste de Jerusalém como sua capital.


 

Profecia de 500 anos se realizou na Itália, esta próximo o fim dos tempos ?


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

salento-italia

Nevou dois dias seguidos em praia da Itália, em Salento, conforme previu profecia apocalíptica de profeta italiano, fato que precederia o início do FIM DOS TEMPOS, de acordo com a profecia.

No século XVI, ele advertiu que dois dias consecutivos de neve cairiam na estância de Salento na véspera do início do apocalipse. A neve sempre foi uma raridade na região do sul da Itália, que é bem conhecida pelo seu clima ameno. O “Nostradamus italiano” previu este fato com quinhentos anos de antecedência.

PARE agora com o seu trabalho e vá gastar todas as suas economias enquanto você pode, porque aparentemente o fim dos tempos está MUITO próximo.

Fontes: http://blogs.oglobo.globo.com – http://www.news.com.au

Os sinais de advertência de uma profecia com 500 anos feita sobre a chegada do apocalipse estão começando a se revelar, provocando medo e angústia entre os teóricos da conspiração e os supersticiosos do que estamos todos condenados.

 

O estudioso, astrólogo, filósofo ocultista italiano Matteo Tafuri – que viveu de 1492 a 1582 – era uma das personalidades das mais veneradas da região da Apulia, na Itália.

No século XVI, ele advertiu que dois dias consecutivos de neve cairiam na estância de Salento na véspera do início do apocalipse. A neve sempre foi uma raridade na região do sul da Itália, que é bem conhecida pelo seu clima ameno. O “Nostradamus italiano” previu:

““Salento di palme e mite scirocco, Salento nevoso ma mai dopo il tocco. Due giorni di neve due lampi nel cielo, il Mondo finisce lo so non lo anelo” – Tradução: Salento, de palmeiras e vento sul moderado. Dois dias de neve, dois relâmpagos no céu. Eu sei que o mundo acaba, mas não anseio por isto”

salento-italia

“Salento, de palmeiras e vento sul moderado. Dois dias de neve, dois relâmpagos no céu. Eu sei que o mundo acaba, mas não anseio por isto”, pois é, nevou dois dias seguidos… e agora ?

Salento no sul da Itália foi inusitadamente coberta de neve, pela primeira vez na história, fato em linha com uma previsão perturbadora feita séculos atrás. Enquanto falamos, um padrão incomum de tempestades de neve absurdas está varrendo atualmente a região.

Quinhentos anos atrás, Matteo Tafuri, mais conhecido como Nostradamus italiano, lançou uma  profecia apocalíptica prevendo que o fim dos Tempos se aproximaria quando nevasse dois dias seguidos na cidade de Salento (Itália). Pois isso aconteceu em janeiro de 2017.

salento_mapa-italia

O Nostradamus italiano, que viveu entre 1492 e 1582, disse que a queda de neve na praia seria um sinal de que o fim dos tempos estaria muito próximo. O balneário de Salento é conhecido pelo clima quenteE, pela primeira vez na História, a cidade mediterrânea foi tomada pela neve por dois dias seguidos, dias 8 e 9 de janeiro. Registros da queda de neve na cidade costeira foram postados em redes sociais da web.

Matteo Tafuri (1492-1584)

Matteo Tafuri

De acordo com o site Inquisitr, ele acredita que os “dois flashes” mencionados na profecia de Tafuri poderia ser em referência a uma erupção de um supervulcão. No mês passado, os cientistas advertiram que o supervulcão Campi Flegrei pode estar acordando e se aproxima de um “estado crítico”, em um movimento que poderia causar a destruição em sua região comparável a um grande impacto da queda de um asteroide.

O supervulcão Campi Flegrei – ou “campos em chamas” em italiano – é uma extensa área vulcânica, no oeste de Nápoles, na Itália. Conhecido como um dos vulcões mais perigosos do mundo, ele estava dormindo pelos últimos 500 anos.

Mas ao longo da última década, tem experimentado uma “elevação”, o que sugere que os gases voláteis sob ele estão subindo para a superfície em uma taxa de aceleração e podem causar uma erupção catastrófica muito em breve.

Gelo combustível, nova fonte de energia que a CHINA extrai do fundo do mar


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

gelo-fogo-china

Num comunicado emitido na semana passada, autoridades do país asiático comemoraram o feito. Isso porque a tarefa é considerada altamente complexa, e já tinha sido alvo de tentativas pelo Japão e pelos Estados Unidos, sem muito sucesso. Mas o que é exatamente esse composto e por que ele é considerado como uma promissora fonte de energia no mundo?

Reservas imensas

O gelo combustível ou gelo inflamável é uma mistura gelada de água e gás. “Parecem cristais de gelo, mas quando se olha mais de perto, a nível molecular, veem-se as moléculas de metano dentro das moléculas de água”, explica à BBC Praven Linga, professor do Departamento de Engenharia Química e Biomolecular da Universidade Nacional de Cingapura.

gelo-metano-china

Conhecidos como hidratos de metano, formam-se a temperaturas muito baixas, em condições de pressão elevada. São encontrados em sedimentos do fundo do mar e ou abaixo do permafrost, a camada de solo congelada, encontrada especialmente dentro do círculo polar ártico. O gás encapsulado dentro do gelo torna os hidratos inflamáveis, mesmo a baixíssimas temperaturas. Essa combinação rendeu-lhe o apelido de “gelo de fogo”.

Quando se reduz a pressão ou se eleva a temperatura, os hidratos se decompõem em água e metano. Um metro cúbico dessa substância libera cerca de 160 metros cúbicos de gás metano – ou seja, trata-se de um combustível de grande potencial energético. O problema, no entanto, é que extrair esse gás é um processo que, por si só, consome muita energia.

Países pioneiros

Os hidratos de metano foram descobertos no norte da Rússia nos anos 1960, mas foi há apenas dez ou 15 anos que começou a pesquisa sobre como extrai-lo dos sedimentos marinhos. O Japão foi pioneiro na exploração deste material devido à sua carência de fontes de energia natural.

metano-gelo-fogo-china

Estes hidratos de metano foram recuperados no Golfo do México pelo Serviço Geológico dos Estados Unidos

Outros países líderes na prospecção de gelo combustível são Índia e Coreia do Sul, que tampouco têm reservas próprias de petróleo. Os norte americanos e canadenses também são bastante atuantes neste sentido – o foco de suas explorações tem sido nos hidratos de metano abaixo do permafrost na área do norte do Alasca e Canadá, no círculo polar ártico.

Por que importa?

Pesquisadores acreditam que os hidratos de metano têm o potencial de se tornar uma fonte de energia revolucionária que poderia ser fundamental para suprir necessidades energéticas no futuro. Existem grandes depósitos abaixo dos oceanos do globo, sobretudo nas extremidades dos continentes. Atualmente, vários países estão buscando maneiras de extraí-lo de forma segura e rentável.

A China descreveu a extração feita na semana passada como “um feito importante”. Praven Linga compartilha dessa visão: “Em comparação com os resultados que temos visto na pesquisa japonesa, os cientistas chineses conseguiram extrair uma quantidade muito maior de gás”.

“É certamente um passo importante em tornar viável a extração de gás dos hidratos de metano”, acrescentou. Estima-se que sejam encontradas dez vezes mais gás nos hidratos de metano do que no xisto, do qual pode ser extraído gás natural e óleo e também tem servido como alternativa energética. “E essa é uma estimativa conservadora”, ressalva Linga.

A China descobriu o gelo combustível no Mar da China Meridional em 2007 – uma área cuja soberania tem sido disputada entre o país, o Vietnã e as Filipinas. Pequim reclama domínio sobre a área, alegando ter o direito de exploração de todas as potenciais reservas naturais escondidas abaixo da superfície.

Hidratos também podem ser encontrados abaixo do permafrost

http://www.bbc.com/portuguese/geral-40029080

O Futuro

Embora o êxito da China seja um avanço importante, esse é apenas um passo de um longo caminho. “É a primeira vez que os índices de produção são realmente promissores”, disse Linga. “Mas acreditamos que só em 2025, na melhor das hipóteses, poderemos considerar realistas as opções comerciais”, acrescenta.

Segundo a imprensa chinesa, eles conseguiram extrair, da região de Shenhu, uma média de 16 mil metros cúbicos de gás de elevada pureza por dia.

Linga ainda ressalta que as empresas que potencialmente operem na exploração do material devem seguir condutas bastante rígidas de controle para se evitar danos ambientais. O perigo é que o metano escape, e isso teria consequências graves para o aquecimento global e forte impacto nas mudanças climáticas, já que se trata de um gás com um potencial de impacto sobre as mudanças climáticas muito maior do que o dióxido de carbono.

gelo-fogo-china

Claire Wardle: combater a desinformação é como varrer as ruas


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

Por Angela Pimenta

São raros os intelectuais que reúnem três qualidades presentes no trabalho da britânica Claire Wardle: rigor, elegância e pragmatismo. No início de outubro, o Centro Shorenstein da Universidade Harvard decidiu passar a abrigar o First Draft News, uma ONG fundada e dirigida por Wardle desde 2015 para desenvolver diretrizes éticas e fornecer ferramentas para a reportagem jornalística e o compartilhamento de informações no meio digital.

Checagem realizada pelo CrossCheck. (Crédito: First Draft/CrossCheck)

Uma das iniciativas mais bem-sucedidas do First Draft é o CrossCheck, uma coalizão colaborativa reunindo 37 redações francesas e britânicas para verificar ruídos na Web durante a última campanha presidencial francesa. O CrossCheck contou com o patrocínio do Google e também com o apoio financeiro do Facebook para a construção de seu perfil nesta rede social.

Há duas semanas, em parceria com o jornalista iraniano-canadense Hossein Derakshan, Wardle publicou o relatório Information Disorder – Toward an interdisciplinary framework for research and policy making (Desordem da Informação – Rumo a um quadro interdisciplinar de pesquisa e formulação de políticas), encomendado pelo Conselho da Europa.

Além de diagnosticar e apresentar as causas para o fenômeno da produção e disseminação de conteúdo digital enganador e fraudulento, o relatório traz 34 recomendações direcionadas a empresas de tecnologia, governos (inclusive ministérios da educação), veículos de imprensa, sociedade civil e fontes de financiamento.

Palavras-chave das recomendações: mais transparência algorítmica, trabalho colaborativo entre sociedade civil, empresas e governo e o fim dos incentivos financeiros para produtores de desinformação.

No último fim-de-semana, Wardle participou do Festival 3i, um evento sobre inovação e jornalismo promovido por oito redações digitais, como Agência LupaAgência PúblicaNexo JornalNova Escola.

Durante duas ocasiões, no Rio e depois em São Paulo, ela falou sobre desinformação para um pequeno público. Foram opiniões expressas sob a Regra de Chatam House, que permite a reprodução do conteúdo com o consentimento da fonte. Abaixo, algumas ideias de Wardle, editadas e publicadas com a devida sua autorização.

Por que não se deve usar a expressão “notícias falsas”:

Trata-se de um termo inadequado para descrever o fenômeno da produção, difusão e consumo de uma gama variada de informações que podem ser comparadas à poluição. Além disso, essa expressão é ambígua e simplista para dar conta tanto da natureza quanto da escala do problema.

Quando falamos de desinformação, estamos nos referindo a conteúdos de natureza muito diversa — desde sátiras e paródias noticiosas [feitas para ridicularizar os poderosos, mas que podem enganar quem as consome], até algo totalmente fabricado, como o que o Papa Francisco teria declarado apoio ao então candidato Donald Trump à presidência dos Estados Unidos.

O que mais me perturba é que em todo o mundo os políticos passaram a usar isso que chamo de “n… f…” como uma arma contra a imprensa e também como uma desculpa para combater a liberdade de expressão [Recentemente, em parceria com Hossein Derakshan, Wardle escreveu um artigo a respeito para o jornal The Guardian.

O ecossistema da desinformação

No início do ano, Wardle publicou o gráfico abaixo para resumir e explicar os sete tipos diferentes de conteúdos noticiosos enganadores. Além de detectar o tipo de manipulação da informação, o diagrama também revela a intenção de quem produz cada tipo de desinformação:

Educação midiática: tarefa urgente com resultados de longo prazo

Mesmo se as escolas começassem hoje a ensinar as crianças sobre desinformação, o resultado só apareceria daqui a 20 anos. Ainda assim, esta é uma tarefa urgente. Além de informá-las sobre as formas como a informação pode ser manipulada, a educação midiática precisa discutir o conceito do viés de confirmação [a tendência humana de se lembrar, interpretar ou pesquisar por informações que confirmem crenças ou hipóteses iniciais]. Compreender o viés de confirmação permitirá às crianças aprender a questionar sobretudo os conteúdos que estimulem respostas emocionais.

Novelas brasileiras precisam combater a desinformação

Existem poucos países no mundo com o nível de audiência que o Brasil tem em termos das telenovelas. E nós sabemos que as novelas são um tema incrível para o ensino de tópicos. Na África, com as telenovelas as pessoas aprenderam sobre temas como técnicas agrícolas e práticas sexuais saudáveis. Acredito que é preciso haver campanhas de educação midiática contadas numa narrativa que possa ter um personagem jornalista ou um professor do ensino básico, alguém que fale dessas questões para uma enorme audiência.

As pessoas precisam aprender que a desinformação é um fenômeno social que pode ser comparado à poluição. E combatê-lo é como varrer as ruas.

CrossCheck: redações francesas se unem para verificar

Ao longo de dez semanas, produzimos 150 matérias sobre desinformação relacionada à campanha eleitoral. Delas 67 foram publicadas, produzindo uma grande audiência, inesperada para as redações. Dois exemplos: o boato de que o candidato Emmanuel Macron estaria usando um ponto eletrônico num debate. Ou que a Arábia Saudita estava financiando a sua campanha.

Como era de se esperar, inicialmente havia um alto nível de desconfiança entre os jornalistas franceses que participaram do CrossCheck. Mas a confiança (entre os jornalistas de 37 redações, como AFPLe Monde, e Libération aumentou depois que eles passaram três dias em treinamento num castelo francês. O vinho certamente ajudou.

O primeiro desafio foi lidar com a ideia de que num time colaborativo não haveria exclusividade. Todos os participantes, que se comunicavam via [o sistema de mensagens] Slack, teriam acesso a todas as informações levantadas e checadas.

Mas na esteira da eleição do Trump, eles logo perceberam que tanto eles próprios, como jornalistas, como suas organizações, teriam muito mais a ganhar do que a perder com o CrossCheck. À medida que a campanha avançava, eles passaram a compreender que muito da desinformação diz respeito à imagens e que os boatos viajam rapidamente e podem ser muito prejudiciais ao processo democrático.

Além de um time de editores sêniores formado por profissionais dos próprios veículos, o CrossCheck forneceu um time de dez editores que ficaram hospedados nas redações. As principais ferramentas de trabalho eram o Newswhip [capaz de prever o nível e velocidade de dispersão do conteúdo digital] e o Crowdtangle [ferramenta analítica do Facebook]


O contexto da desinformação no Brasil 
Publicado originalmente na newsletter do Projeto Credibilidade

Conforme noticiado pelo Estadão em setembro, cerca de 12 milhões de pessoas difundem desinformação de caráter político no Brasil. O levantamento foi feito pelo Grupo de Pesquisa em Políticas Públicas para o Acesso à Informação (Gpopai) da Universidade de São Paulo (USP).

Esse contingente de 12 milhões representa cerca de 10% da rede de usuários brasileiros do Facebook.

“Se considerada a média de 200 seguidores por usuário, o alcance pode chegar a praticamente toda a população brasileira,” diz o jornal.

A matéria acrescenta que as chamadas notícias falsas podem ganhar protagonismo nas eleições de 2018, com potencial de alcance maior do que as informações de fontes reconhecidas como confiáveis.

“No atual momento, a polarização ideológica coincidiu com o consumo de notícias sobre política por meio das redes sociais”, disse o cientista político Pablo Ortellado, do Gpopai.

“Quanto mais manchetes se prestam a essa informação de combate, maior é a performance delas, o que acaba por corroer o sistema como um todo, poluindo o debate político.”

**

Angela Pimenta é presidente do Projor – Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo e coordenadora-executiva do Projeto Credibilidade.

____

*Artigo atualizado às 17 horas do dia 15 de novembro para corrigir a atribuição errônea da republicação de todo o conteúdo pela newsletter do Projeto Credibilidade. Apenas a parte final do texto, que trata de desinformação no Brasil, é uma republicação da newsletter de setembro do Projeto Credibilidade.

Rio, Recife e Belém estão na rota de INUNDAÇÃO das grandes geleiras


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

Estudo divulgado pela Agência Espacial Americana (NASA) aponta que o derretimento de geleiras nos polos Norte e Sul e da Groenlândia, provocado pelo aumento do aquecimento global, ameaça com inundações 293 cidades litorâneas no mundo, entre elas três em especial no Brasil: Rio de Janeiro, Recife e BelémPreparem os coletes salva vidas…

Preparem os coletes salva vidas: Rio de Janeiro, Recife e Belém estão na rota de inundação das grandes geleiras

uruguai-RS-brasil-rs-sc

Fontehttps://br.sputniknews.com/

As simulações, realizadas com avançados recursos de computação reversa e mapeamento geotérmico pelo Laboratório de Propulsão a Jato da NASA (JPL), mostram que o aumento dos oceanos, porém, não se daria de maneira uniforme.

Pela simulação dos cálculos, se derretesse por completo, a Groelândia aumentaria o nível dos oceanos em seis metros, com consequências catastróficas para todo o planeta. No caso do Rio, o estudo mostrou que desde 2015 o nível do mar já cresceu 3,03 milímetros por ano. Desse total, 30% se devem ao derretimento da neve da Groenlândia.

Em entrevista à Sputnik Brasil, o oceanógrafo, engenheiro ambiental e professor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) David Zee diz que o estudo da NASA revela bem a gravidade do risco e do aumento da temperatura do planeta. Segundo ele, mesmo uma pequena variação de dois graus Celsius já seria o suficiente para a destruição de ecossistemas importantes, como as  barreiras de corais e manguezais, fontes primordiais para o equilíbrio de toda a vida marinha. O especialista explica.

“O laboratório considerou as forças dinâmicas, o movimento da Terra. Imagine que temos uma bacia cheia d´água e que numa parte há gelo. Você vai aquecendo essa água e o gelo vai derretendo e o nível vai subir. Sobe por dois motivos: primeiro pelo aumento do volume da água e depois há também a dilatação térmica. Isso numa bacia de água parada, mas a Terra está em movimento, além da atração de Sol e Lua que atrai a água, o que provoca a maré.”

Zee observa que esse fenômeno não seria igual em todas as partes. Em alguns pontos, segundo ele, a água subiria mais e em outros, baixaria. O oceanógrafo explica que na Linha do Equador existe uma força centrífuga que atua sobre todas as regiões do Atlântico, limitado a leste por Europa e África e a oeste pelas Américas. O derretimento da Groenlândia e da Antártida faz o volume excedente de água se confinar entre esses dois extremos.

“Em Recife e Belém, o desnível de maré nessa região é em torno de sete, oito metros e de um a um metro e meio no Rio de Janeiro. É como o efeito do carrossel. Se você está no centro com ele girando, praticamente não vê força nenhuma atuando. Pelo contrário. Quanto mais se estiver nas extremidades do planeta mais se sente o efeito”, diz o professor, acrescentando que, no caso do Rio de Janeiro, há ainda a questão do relevo, com a cidade espremida entre o mar e a montanha, fazendo com que possa ser maior o número de pessoas atingidas.


Sobre fenômenos oceânicos no litoral do BRASIL:


O oceanógrafo ratifica a precisão dos números do estudo pelos grandes avanços ocorridos nos últimos anos na parte de cálculos e projeções graças ao progresso da computação, permitindo a criação de máquinas cada vez mais velozes, propiciando a elaboração de muito mais cálculos em menor espaço de tempo e modelos matemáticos mais minuciosos, o que acontece também na meteorologia.

“Com a elevação do nível do mar, da temperatura, da capacidade de dilatação da água do mar e a geografia litorânea, ele (o modelo matemático) consegue prever como avançam determinadas ondas, sejam de maré, correnteza, pressão atmosférica e estimar os riscos dessa invasão das águas principalmente em áreas densamente ocupadas”, diz o especialista, que alerta ainda para outra ameaça: a evasão de manguezais, desestruturando toda a cadeia ambiental de reprodução costeira.


 “Haverá muitas mudanças dramáticas no clima do planeta, muitas mudanças nas condições meteorológicas  na medida em que o TEMPO DA GRANDE COLHEITA se aproxima RAPIDAMENTE ao longo dos próximos anos. 

Você vai ver a velocidade do vento em tempestades ultrapassando 300 milhas (480 quilômetros) por hora, às vezes.

Deverão acontecer fortes tsunamis e devastação generalizada NAS REGIÕES COSTEIRAS, e emissão de energia solar (CME-Ejeção de Massa Coronal do Sol)  que fará  importante fusão e derretimento das calotas de gelo nos polos, e subseqüente aumento drástico no nível do mar, deixando muitas áreas metropolitanas submersas em todo o planeta“. Saiba mais AQUI 


Saiba mais:

Espaçonave alien com Hieróglifos, inscrições em grego e digitais para comando de voo


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

 

É ótimo ver o tema dos OVNIs e extraterrestres acumulando mais credibilidade à medida que os anos passam e novos fatos são revelados. O assunto recebe pouca (intencionalmente) atenção da mídia mainstream, pelo menos além do ridículo, então isso pode ser uma surpresa para alguns, mas há centenas de pessoas de alto nível que se apresentaram para dizer ao mundo que os OVNIs não são apenas reais, mas também alguns de fato,  são de origem extraterrestre.

Há muitos exemplos para escolher, como ex-chefe de defesa e presidente do Comitê militar da OTAN, dizendo-nos que “estamos sendo visitados e visitados por raças extraterrestres do espaço exterior”. Mais recentemente,  Louis Elizondo, um ex-Diretor Nacional de Contra-Inteligência e Diretor de Inteligência Nacional, tornou-se Diretor de Segurança Global e Programas Especiais para a academia To The Stars Academy of Arts & Science  recentemente lançada por Tom Delonge , apenas uma semana depois da sua aposentadoria.

Comando e controle de voo com as impressões em relevo das mãos, com seis dedos, do piloto extraterrestre

Outros executivos de alto escalão da comunidade de inteligência e aeroespacial também se juntaram a este programa, incluindo  Steve Justice, o mais recente diretor de Desenvolvimento de Sistemas Avançados do conglomerado aeroespacial do Complexo Militar Industrial, a Lockheed Skunk Works. Eles pretendem que a humanidade saiba que não estamos sozinhos, e que, na nossa atmosfera, há objetos tecnológicos alienígenas, em sua maioria, altamente avançados que realizam manobras que desafiam nossas leis da física.

Aqui é um vídeo recente sobre eles falando durante uma transmissão ao vivo, onde Elizondo menciona que no seu trabalho, ele aprendeu que “o fenômeno UFO-ETs é realmente real” e trata de uma física que ainda não entendemos, e também que existem tecnologias dentro da Mundo do Orçamento Negro que poderia beneficiar a humanidade.

“Há uma outra maneira, seja um buraco de minhoca ou um espaço de distorção, tem que haver uma maneira de gerar energia para que você possa retirá-la do vácuo, e o fato de estarem aqui nos mostra que eles encontraram esse caminho (tecnológico, sistema de propulsão antigravidade)”. 

– Dr. Jack Kasher, Ph.D., Professor Emérito de Física da Universidade de Nebraska ( fonte )

O Caso Roswell

“Sim, houve espaçonaves (alienígenas) acidentadas e corpos (de extraterrestres) recuperados. . . . Nós não estamos sozinhos no universo, eles estão vindo aqui há muito tempo. . . . Eu tenho o privilégio de estar no conhecimento do fato de que fomos e somos visitados neste planeta, e o fenômeno OVNI é real “. – Doutor Edgar Mitchell, 6º homem a andar na lua ( fonte ) ( fonte ) ( fonte)

Espaçonave tipo UFO com insígnia da USAF aterrissando em Base Aérea dos EUA no Novo México, desenvolvida secretamente com engenharia reversa de naves aliens acidentadas:

Para alguém que não passou tempo investigando este assunto, pode ser difícil acreditar que uma invasão de espaçonaves extraterrestre real desembarcou no planeta Terra. Mas quando você leva em conta as declarações dos indivíduos acima, especialmente a mais recente criação da equipe de Tom Delonge, juntamente com centenas de milhares de documentos que mostram esses objetos são comumente rastreados em radar, e jatos militares estão constantemente acionados para verificá-los, ele se torna muito mais plausível.

O incidente de Roswell é uma das dezenas, senão das centenas de artefatos extraterrestres derrubados resultantes da agressão humana ou falha tecnológica. Isto é melhor explicado por Paul Hellyer, ex-ministro da Defesa Nacional do Canadá:

“Há décadas atrás, os visitantes de outros planetas nos avisaram para onde nos dirigimos como espécie e se ofereceram para ajudar. Mas, em vez disso, nós, ou pelo menos alguns de nós (os militares e a elite), interpretamos suas visitas como uma ameaça, e decidimos atirar primeiro e fazer perguntas depois”.

Dois caças F-22 escoltando uma espaçonave alienígena

Elizondo compartilha uma história semelhante, afirmando que um de seus trabalhos era rastrear e observar esses objetos, pois ele era o chefe do programa que investiga “ameaças aéreas” para o serviço de inteligência dos EUA.

A The Stars  estará trabalhando diretamente com o governo dos EUA para lançar vídeos autênticos e imagens de UFOs reais para o público, mas já existem muitos vídeos e fotos credíveis desses objetos, e é uma pena que eles devem vir de uma autoridade governamental para que as pessoas julgarem se são credíveis. Este é um problema dentro de si mesmo, pois nosso governo nos enganou em tantos temas, em tantos níveis, durante tanto tempo, tornando extremamente difícil confiar em suas intenções em qualquer assunto, sejam UFOs, economia ou terrorismo. Por enquanto, teremos que esperar e ver onde está a iniciativa.

Mais uma vez, a ameaça é a principal palavra aqui. É impossível dizer se esses objetos representam uma ameaça genuína para a humanidade ou não, mas assumir que eles são uma ameaça sem aprender mais sobre o assunto é imprudente.

Há provas que demonstram a existência desse tipo de tecnologia exótica que data de antes da Segunda Guerra Mundial. Um exemplo clássico seria a CIA mantendo espiões durante a segunda guerra mundial e descobrindo os desenvolvimentos nazistas na Alemanha, como explicado   neste  documento, que analisou  “um jornal alemão”  que  “publicou  uma entrevista com George Klein, um engenheiro e especialista em aeronaves, descrevendo a construção experimental de “discos voadores” realizados por ele na Alemanha de 1941 a 1945.” 

Abaixo está uma imagem / história autêntica de um grande UFO pairando sobre Los Angeles, em um incidente que ficou conhecido como Battle of Los Angeles (Batalha de Los Angeles)  que foi testemunhado por 1 milhão de pessoas. Apontada como a “Batalha de Los Angeles”, foi um evento que nos mostrou como o exército dos EUA estava aprendendo a mentir sobre UFOs cinco anos antes do Incidente de Roswell, que ocorreu em 1947. Então, como você pode ver, há muito assunto para isso.

UMA IMAGEM AUTÊNTICA DE UM GRANDE UFO QUE SOBREVOOU  LOS ANGELES VISTO POR 1 MILHÃO DE PESSOAS EM 24 E 25 DE FEVEREIRO DE 1942.

Uma espaçonave real

Um dos melhores indivíduos para aprender sobre o incidente de Roswell seria Stanton Friedman, um físico nuclear aposentado e pesquisador de OVNI de longa data. Ele é o autor de muitos livros, um deles sendo  Crash at Corona: The Definitive Study of the Roswell Incident with exclusive testimony on a Second New Mexico Crash Site. 

Espaçonave acidentada e recuperada em Roswell, juntamente com corpos de aliens COM SEIS DEDOS EM CADA MÃO E PÉ

Este livro explora os Hieroglificos egípcios e os caracteres do alfabeto grego que são ditos, segundo pesquisadores como Friedman, estarem adornando painéis no exterior da nave espacial acidentada.

Inscrição no interior da espaçonave recupearada em Roswell, em grego: ELEPHTHERIA, significando LIBERDADE.

O veterano do exército dos EUA, o coronel Philip James Corso, um coronel que durante 25 anos trabalhou com engenharia reversa das espaçonaves extraterrestres recuperadas, também publicou um livro intitulado  The Day After Roswell onde ele detalha a mesma informação e outros aspectos sobre os corpos e a tecnologia extraterrestre que foi recuperada.

De acordo com as fontes acima e alguns do folclore, a nave alienígena apresentava impressões de mão como aquelas na imagem que você vê abaixo. Essas fotos são o verdadeiro negócio, de acordo com Tom Delonge em um recente podcast que ele fez com Joe Rogan, mas eles poderiam muito bem ser falsas, não há como verificar sua autenticidade.

Quando chegou a hora de criar a espaçonave através da engenharia reversa, nenhum motor foi descoberto, mas os pilotos alienígenas colocariam suas mãos humanoides nesses slots e controlariam a espaçonave usando sua mente – um tipo de tecnologia de interface telepática-mental que nós mesmos ainda não desenvolvemos.

Marcas estranhas em espaçonaves aliens não são coisas novas

Enquanto estamos no assunto, aqui está outra história interessante de Daniel Sheehan, um advogado de apelação constitucional de Harvard e advogado de apelação. Ao longo dos últimos quarenta e quatro anos, ele trabalhou como Advogado Federal de Direitos Civis, autor, palestrante e educador.

O caso mais conhecido de Dan no escritório de advocacia de Cahill-Gordon foi o primeiro exemplo da Primeira Emenda  New York Times, Co. v. EUA  (o “Caso Pentagon Papers”), no qual  The New York Times  – e  The Washington Post  – ganhou o direito de publicar um estudo classificado no Pentágono revelando a história secreta da Guerra do Vietnã. Dan serviu como co-conselheiro.

Você pode ler sua biografia completa  aqui .

Ele também atuou como Conselheiro Especial perante o Tribunal Distrital dos Estados Unidos para o Distrito de Columbia no Watergate Burglary Case.

Chip c/cerca de 200 milhões anos encontrado dentro de uma rocha


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

alien-chip-russia.03

Descoberto um CHIP encrustado em uma rocha com cerca de 200 milhões de anos  em Labinsk na Rússia

Há cerca de 200 milhões de anos uma civilização avançada habitou ou visitou a Terra. Não, não é o início do enredo de um filme de ficção, é apenas a realidade que vem sendo lentamente descoberta.

De fato, há alguns dias atrás, alguns cientistas russos, na região de Rostov, tornaram-se os protagonistas de uma incrível descoberta: uma rocha com um CHIP com cerca de 200 milhões de anos (alguns até falam em cerca de 450 milhões de anos).

Descoberto um CHIP encrustado em uma rocha com cerca de 200 a 450 milhões de anos em Labinsk na Rússia

Fontes: http://www.ascensionearth2012.org/  e http://areazone51ufos.blogspot.com

O que parece ser um chip alienígena foi descoberto em Labinsk, às margens do rio Hojo na região de Kuban, na Rússia, incorporado em uma pedra incomum. O chip é de natureza similar a um moderno e atual chip eletrônico e foi submetido à análise do Instituto de Pesquisa de Nanotecnologia e novos materiais da South Russian State Technical University da Rússia, que determinaram que o chip tem, aproximadamente, entre 200 até 450 milhões de anos de idade.

alien-chip-russia.01

Os peritos confirmaram a presença de um chip desconhecido incrustado no interior da rocha que não pode ser associado com as invenções atuais da nossa civilização.

Segundo os cientistas russos, esta pedra indica que há cerca de 200 milhões de anos atrás, uma civilização desconhecida povoou ou visitou a nossa Terra; uma descoberta fantástica e espetacular.

Este pedaço de rocha contendo o CHIP foi descoberto por Victor Morozov, um pescador local em Labinsk, uma cidade russa na região de Krasnodar. Os peritos confirmaram a presença de um chip desconhecido incrustado no interior da rocha que não pode ser associado com as invenções atuais da nossa civilização.

alien-chip-russia

Também na superfície da pedra foi encontrado um fragmento de uma tecnologia previamente desconhecidos para a ciência. Esta descoberta chocante confirma a teoria de que, mesmo naquela época, haveria uma civilização avançada na Terra, ou no mínimo, que visitou o nosso planeta. Falamos de uma civilização tão avançada e capaz de desenvolver alta tecnologia.

Descoberto um CHIP encrustado em uma rocha com cerca de 200 milhões de anos  em Labinsk na Rússia

Cientistas anunciaram que num futuro próximo serão revelados mais detalhes sobre a existência dessa civilização. Tudo o que resta é esperar, mas por agora, deixamos nossa imaginação vagar, vamos aproveitar as surpresas que a vida tem para nos oferecer; seria mais uma prova de algo que está lá para todos verem, mas é difícil de aceitar e entender (n.t. para as mentes obtusas que aceitam o que o sistema lhes diz ser a verdade).

Mais uma parte da verdade pode estar começando a emergir à superfície, um quebra-cabeça que você monta as peças lentamente, até que o quadro, a imagem esteja completa.

alien-chip-russia.01

Projetos Secretos: Orion, tecnologia alienígena


HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

orion1

CONSTELAÇÃO DE ÓRION, o Caçador:

O local de origem em nossa Galáxia de seres extraterrestres que teriam entrado em contado com os alemães antes da Segunda Guerra Mundial, em 1938.

No centro – conhecido como o cinturão de Órion – se vê as “TRÊS MARIAS” (Mintaka, Alnilan e Alnitak) como são conhecidas popularmente no Brasil as estrelas que compõe o cinturão de Órion. 

As Três pirâmides em Gizé, no Egito, estão perfeitamente alinhadas com essas estrelas do cinturão de Órion.

Edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

A Matrix III” – (The Psycho-Social, Chemical, Biological, and Electronic Manipulation of Human Consciousness – A Manipulação Psico-Social, Química, Biológica e Eletrônica da CONSCIÊNCIA HUMANA), de Valdamar Valerian

Fonte: http://www.think-aboutit.com/ –  http://www.bibliotecapleyades.net

Transcrição da entrevista de Valdamar Valerian (c) 1992

Introdução à parte 3:

Este relatório foi construído a partir de entrevistas de vídeo, entrevistas pessoais e comentários individuais. É estruturado em um formato aberto de pergunta e resposta, sem considerar quem está perguntando e quem está respondendo; este formato também permite a inserção de outros dados na parte posterior do relatório no mesmo formato aberto de pergunta e resposta. Os dados não foram provados ou verificados, são relatados como foram recebidos.

orion1

Constelação de Órion, visível no céu do Brasil após o anoitecer, durante o verão. A Estrela laranja é Betelgeuse, acima Belatrix, a azul grande é Rigel e abaixo Saiph. As três estrelas do centro são conhecidas popularmente como as Três Marias, mas são Mintaka, Alnilam e Alnitak que compõe o cinturão de Órion As três Pirâmides em Gizé, no Egito estão perfeitamente alinhadas com estas três estrelas do cinturão de Órion …

Continuação da parte 1 e 2: 

Isto é interessante. Há um indivíduo que se autodenomina Senhor Mattreya e diz que é o Cristo retornado ao planeta, que quando se ligar com a imprensa internacional ele enviará uma mensagem telepática a todo o planeta e cada um a ouvirá em sua própria língua. Supostamente, as pessoas também receberão uma imagem visual. Assim, eles têm esta tecnologia? 

Sim. Não há somente uma assinatura individual. Há uma assinatura racial e também um sinal universal para a raça humana. O governo tem utilizado todos os três para atingir determinados indivíduos. Eles também têm feito mensagens de grupo destinadas a um determinado grupo racial ou étnico. Isto é comum. Em Boston e New York eles estão fazendo experimentos sobre o “controle do humor” nas cidades. Não existem mais transmissores utilizados, mas a tecnologia sim.

Os indivíduos alvo percebem o que eles estão recebendo como se fosse seu próprio pensamento?

Sim.

Existe alguma defesa para isto?

Sim e não. Teoricamente não. E com isto que o governo conta. Na prática, há pessoas que são naturalmente resistentes, dependendo de seu nível mental e desenvolvimento psíquico (nível evolutivo). Talvez 5% da população não responda a estes sinais. Se eles tem uma cobertura de 95%, não precisam se importar com estes 5%. É para estes 5% que eles preparam os campos de concentração e os esquadrões para contenção e combate de rebeliões. Não há defesa, a menos que você possa interferir no sinal. Algumas pessoas apenas não reagem.

Então eles transmitem um sinal de pensamento?

Não exatamente. Se você fosse submetido a um EEG (eletroencefalograma), você exibiria um certo padrão de respostas elétricas. Estas respostas podem ser registradas e são especificamente suas. Podem ser registradas e estocadas em um computador. Se eles podem replicar seu padrão RNA/DNA eles também conseguiriam rastrear você – para toda a sua vida.

Você falou em campos de concentração?

Sim, eles existem por todos os EUA. Só no Arizona há três.

FEMA, o órgão do governo dos EUA para gerenciamento de catástrofes e situações de lei marcial, já teria construído cerca de 800 campos de concentração, distribuídos por toda a América do Norte, do Alasca até a fronteira com o México.

Então eles podem nos controlar até o ponto que nós entreguemos as nossas armas?

Isto é o que eles esperam. Mas depende de quão efetivo venha a ser este equipamento, o quanto apropriadamente seja instalado em todos os lugares e se as pessoas irão ou não tolerar tudo isto e tornar ou não inoperante tudo isto antes que tudo esteja concretizado. (n.T. a massificação da telefonia celular atingiu este propósito)

E quanto a idéia que existe um conflito entre a consciência moral e um comando mental?

Você não tem a opção de não agir pela forma que é estabelecido o equipamento – você não está consciente o bastante para fazer uma ligação com o que não é o seu pensamento. Ele não nega a escolha: ele põe um forte comando ou impulso. Estas pessoas que responderam ao tal apelo para a chamada telefônica não tinham a menor ideia do que se passava em suas cabeças. Algumas destas coisas requerem o pré condicionamento de um padrão de resposta.

Eles podem fazer isto por meio da mídia, como rádio e televisão?

Com certeza. (n.t. e estão fazendo à exaustão)

Você está sugerindo um estado de absoluta corrupção?

Você está absolutamente correto. Uma (completa) corrupção planejada.

Com este tipo de tecnologia, porque eles precisam de campos de concentração?

Porque existem pessoas que são resistentes. Eu pensaria que eles fossem simplesmente elimina-las, não que as trancassem em um campo. O primeiro passo seria os campos de concentração, onde você pode mais facilmente manipular estas pessoas e posteriormente eliminá-las em massa. Você não pode ir pelas ruas atirando nestas pessoas. Uma vez que esteja em um campo, a pessoa é mentalmente quebrada. Há especialistas nestas práticas.

Pensamos que eles estejam enviando “guilhotinas” para lá para as pessoas que não se “ajustem”. Eles procuram uma força de trabalho escrava. Isto é do que trata a H.R. 4079que agora está no Congresso. Cria uma força de trabalho escrava no sistema penitenciário, que será privatizado. O Estado pagará uma taxa às prisões particulares para colocar nelas seus prisioneiros.

Quais são outros projetos que se relacionem à capacidade de facções operantes dentro do governo e corporações para manipular e controlar a população?

Bem, entre 1977 e 1978 surgiu um projeto chamado de Dreamscan; ele fechou em 1979. O objetivo do projeto era alcançar habilidade técnica para entrar na mente de um indivíduo num estado de sonho e causar-lhe a morte. Há um filme com este mesmo nome que mostra o que eles foram capazes de fazer. O projeto foi realizado pelo governo secreto (paraleleo ao des-governo oficial dos EUApela N.S.A.(n.t. National Security Agency, envolvida nos recentes escândalos de espionagem global, denunciados por Edward Snowden). O propósito do projeto era fornecer um meio para assassinatos encobertos. O Presidente Carter soube disto e o terminou. O hardware ainda está intacto e guardado. Várias operações de inteligência tem tentado trazer isto de volta e tem se comentado que algumas delas envolvem agentes da AT&T.

O que mais?

Por volta de 1987, começou um projeto chamado de Moonscan que durou até 1989 e envolvia o posicionamento de equipamento de controle mental na Lua para uso sobre toda a população da Terra. Este projeto, como outros, tinha claras ligações com a atividade dos alienígenas negativos (das trevas).

Quem realizou este projeto?

Foi uma organização chamada Airborne Instrument Laboratories (A.I.L.), que tem tido outros projetos encobertos. Naquele tempo era dirigida pela Eaton Corporation. Agora o é pelo Departamento de Defesa como desde 1988. Há três ramos de AIL: Encoberto, o Comercial, e de Defesa.

Há algum outro programa de controle mental que você possa mencionar? 

Há um projeto chamado de Mindwreaker que permitiria a paralisia mental. Os alienígenas estiveram pesadamente envolvidos neste projeto. Este projeto produziu várias armas neurológicas, algumas delas que são usadas no avião Bombardeiro B-1 , o qual contém muita tecnologia alienígena. Naquele tempo, várias espécies alienígenas entraram e saíram da A.I.L.Havia um grupo chamado de Grupo K, que era a abreviatura para Kondrashkin. Esses extraterrestres tinham uma pele pálida com um ligeiro toque esverdeado e quase nenhum cabelo. Pareciam humanos e tinham que clarear a pele e usar perucas (e assim andar livremente entre nós sem ser percebidos). Desde a década de 40 eles tem estado periodicamente envolvidos em projetos secretos dentro dos EUA.

O Rockwell B-1 Lancer é um bombardeiro NUCLEAR estratégico norte-americano quadrimotor de geometria variável.

Onde fica a AIL ?

Em New York State, em Farmingdale, Deer Park e Long Island.

Qual o status atual da AIL? 

Bem.. Houve oito projetos em andamento na AIL que também se relacionavam ao desenvolvimento de armamento contra aliens. Em 1989 o grupo (extraterrestre) de Orion descobriu isto e destruiu os projetos. Então só se pode presumir que a AIL ainda opere em outras áreas.

Que outras pesquisas são realizadas em Long Island?

Armamento escalar, como aquele que destruiu a Challenger.

A Challenger foi destruída pelos soviéticos usando armas escalares?

Não. Os soviéticos não fizeram isto. A estranheza destes incidentes até onde dizem respeito aos soviéticos era de que eles colocaram seus navios a aproximadamente 150 milhas fora do mar antes que isto acontecesse. Eles não foram a causa direta, que foi uma arma escalar que eles estavam tentando por em órbita e testar. Ela acumulou carga enquanto a Challenger ia pela atmosfera e se ligou. Isto é destruiu a Challenger. Pode ter sido deliberado.

Qual o poder maior por detrás dos projetos Phoenix ?

Em última instância, a coisa toda é manipulada pelo grupo de Orion. A expectativa era que eles pudessem usar o controle mental para dominar a população por volta da década de 90 – não depois de 1994 ou 1995. Eles também têm realizado trabalhos genéticos no qual alteram óvulo e esperma humanos para que sejam produzidos híbridos com novas características. Os humanos se acasalarão e gerarão crianças com genética alienígena. Há um passo além do cenário médio da abdução humana: há outras coisas acontecendo com a raça humana.

Tais como?

Desde 1947, tem havido componentes da 6º raça encarnando no planeta. A 5º raça foi a dos Arianos. A 6º raça de humanos é 100% telepática e o governo secreto e o grupo de Orion a vê como uma ameaça. Eles tem estado cientes desde 1942.

Não teve um filme sobre isto algum tempo atrás?

Sim, não lembro o nome mas foi por volta de 1982. Naquele filme havia uma droga que fazia bebês que eram 100% telepáticos. Este tipo de coisa aconteceu realmente. Foi uma companhia canadense que produziu uma droga que agia exatamente assim. Foi entre 1946 e 1947. Ela foi imediatamente retirada do mercado embora seu uso continuasse particularmente. No filme, o governo usava a eletromagnética para explodir as cabeças das pessoas e assim se livrar delas.

Qual é a atual situação com os alienígenas?

Um tanto misturada e confusa. Tem havido muitas coisas diferentes acontecendo no planeta. Em setembro e outubro de 1990 houve um grupo alienígena de outra dimensão que estava tentando invadir o planeta. Eles desativaram todos os geradores de tempo zero do país. A F.A.A.(Federal Aviation Administration)  foi particularmente afetada. Este grupo belicoso foi detido por outras espécies. Por muitos anos facções do grupo de Orion dependeram de um anel de satélites extraterrestre que mantinham as funções de vida. Eles foram destruídos em novembro de 1990 pelo mesmo grupo.

Então há forças positivas de luz lá fora que estão buscando equilibrar estas atividades negativas do grupo de Orion ?

Sim, mas não posso falar sobre a identidade deles.

Você pensa que este grupo esteja relacionado a aqueles que voaram sobre silos nucleares e tornaram inoperantes as ogivas?

Não sei se estiveram envolvidos, embora eu possa perguntar. A charada nuclear é outra coisa a nível cultural. A ideia de uma guerra nuclear foi eliminada muito tempo atrás por todas as maiores potencias da Terra. A ameaça de um inverno nuclear e o fato de você não poder detonar duas bombas nucleares próximas demais no tempo os impossibilitaram de fazer isto.

Penso que muitas pessoas sabem que as mesmas forças que controlam hoje os EUA (Illuminatis sionistas) construíram a Alemanha Nazista e a União Soviética e arrumaram a Segunda Guerra Mundial e o Vietnã (n.t. e estão tentando produzir a 3ª e última guerra mundial com início no Oriente Médio, CRIANDO e usando o conflito judaísmo x islamismo).

Eles tem mentido tanto ao público desde a década de 30 que ninguém mais tem a menor ideia do que de fato esteja acontecendo. Muitas pessoas ainda pensam que o Congresso e o Presidente governam o país e que elas ainda têm seus direitos constitucionais.

E quanto a interessante tecnologia de spin-offs do experimento de Philadelphia ?

Bem, há muitas destas coisas em uso na C.I.A. e na N.S.A., bem como em outras agências governamentais ou de corporações. Há uma unidade portátil que pode fazer com que um indivíduo se torne invisível. Sabe que o NSA regularmente se utiliza disto. Há também uma organização oculta baseada na pesquisa de UFO que tem isto? O que pode ser isto?

Bem há uma organização internacional super secreta que é custeada por todos os principais governos. Ela realiza pesquisa em tecnologia alienígena, operações de acobertamento e também faz espionagem. O grupo é orientado negativamente e considera-se não ter atributos positivos em relação a outros humanos. Ela é chamada de Aliança Aeroespacial Internacional [I.A.A.].

Onde ela se encaixa na hierarquia do comando e controle?

Ela é ligada ao MJ-MAJESTIC 12, que se acredita ter sido dirigido por Kissinger nesta época. Também está ligada a Junta de Chefes da Equipe do Presidente dos EUA. Todos os tipos de unidade também se relacionam ao grupo MJ-12.

Ouvi uma fita do Robert Lazar, o cientista da EG & G , e outros que indica que a credencial de mais alto nível é a ULTRA. É verdade?

Há também uma credencial BLACK LEVEL (Nível Negro) .

Quem está envolvido com estes implantes que são esferas?

Estes aparelhos tem tamanho de 3 mm. Também são chamados de SBMCD’s, ou Aparelhos de Controle e Monitoramento Esféricos Biológicos (Spherical Biological Monitoring and Control Device) . Eles representam um processador sináptico organicamente aperfeiçoado energizado por um fluxo de micro-positron que controla ou mimetiza as funções dentro do sistema nervoso humano com micro liberações que duplicam a operação cerebral ou gravam padrões.

Qual a história real de Wilhelm Reich?

A maioria das pessoas conhece o brilhante trabalho de Reich com bions, modificação climática, biopatia do câncer e outros aparelhos. O trabalho de Reich tem sido de interesse do NSA por algum tempo e envolve o fato de que quando a pessoa é durante algum tempo mantida em um estado pré orgástico no seu sistema nervoso, abre-se um portal mental para que entre o controle mental. Este é o seu trabalho mais secreto tendo em vistas as possíveis aplicações envolvidas.

O contato de Reich com espécies extraterrestres, suas descobertas sobre a energia da vida e sobre o câncer, as aplicações de controle mental, são algumas das razões pelas quais ele morreu. Seu conhecimento foi combinado com outros conhecimentos, alguns deles de natureza alienígena, e se integraram ao trabalho em Montauk e nos projetos encobertos subseqüentes para submeter o povo da Terra a um sistema de CONTROLE baseado em ÓRION.

Quais sào alguns dos meios de se colocar as pessoas neste estado?

Bem, há estes aparelhos. Cada instalação psiquiátrica os tem. Em um homem, eles ligam eletrodos a cinco pontos no corpo [você pode especular quais sejam estes cinco pontos] e ligam o aparelho. Isto torna realmente fácil a programação de um indivíduo. Isto é escuso, mas muito mais humano que a antiga terapia do eletro choque. A coisa errada é que este aparelho está sendo usado para controle ao invés de ter uma utilização que beneficiasse o indivíduo.

Em que o experimento de Philadelphia se relaciona aos aliens?

O experimento de Philadelphia não foi uma operação alien, mas o que foi estabelecido foi a data de 12 de agosto de 1943 porque ele tinha que ser fechado em 12 de agosto de 1983. A data foi estabelecida sob influência alienígena para causar um buraco de 40 anos no hiperespaço pelo qual um grande número de naves aliens pudesse entrar nesta nossa dimensão espaço temporal. Isto funcionou mas não durou o suficiente para dar a eles o máximo benefício deste cenário. A ordem para essa data ESPECÍFICA veio de um homem de dentro da Casa Branca que estava dirigindo certos aspectos do projeto.  Este homem era um do chamado Grupo K e chefiava o que era chamado de Psi-corp. Foi uma intervenção alien. Foi programada para ser uma invasão alien vinda de um diferente universo.

Que outros tipos de alien estiveram envolvidos?

A maioria dos grupos alien ao redor (do nosso sistema solar), inclusive aqueles que tiveram suas naves sugadas no hiperespaço, que eram observadores do que estava acontecendo e não eram participantes. Além do fato óbvio de que estavam observando por conta própria, não há dados suficientes que evidenciem que eles estivessem observando para alguém mais.

E quanto a nave alien que ficou presa no subterrâneo de Montauk?

Fiz parte do grupo que a desmontou. Para descobrir como tudo se encaixa você tem que ler os manuais deles… Havia sete ocupantes naquela nave; quatro deles não falariam conosco. Por fim, três deles o fizeram e aprendemos sua linguagem e deciframos o manual sobre construção e manutenção da nave…

Eles eram Greys?

Não. Tinham aproximadamente 1,90 de altura. Tinham essencialmente aparência humana. Tinham uma pele cor escura. Não tinham cabelo. De onde vieram não sei bem ao certo. Nem mesmo soubemos por que estavam lá, exceto talvez para observar o teste de 12 de agosto de 1943. Quando a nave apareceu no subterrâneo em 1983 inicialmente nos preocupamos se ela representava algum tipo de “ponta de lança” para uma invasão extraterrestre de algum tipo.

manipulação-ocidente-nwo

Havia armamento naquela nave?

Não que me lembre. A nave tinha muitos aparelhos estranhos. Separamos muita coisa. Separamos o painel de controle e o equipamento de comunicações. Decidimos não tocar na fonte principal de energia porque pensamos que ela pudesse explodir se o fizéssemos. Deixamos intactas as unidades processadoras de alimentação. Foram removidos os sistemas de direção. Grande parte da nave foi despida do escudo. Ela foi deixada desta forma.

Porque suspeitaram de uma invasão?

Não sei, exceto porque durante anos tem havido muitos grupos tentando invadir este planeta. Não sabemos por que, John Lear sugere que a raça humana representa um reservatório genético. Esta é uma boa possibilidade. Outra, e eu tive esta informação de fontes que neste momento não posso revelar, é que eles, os extraterrestres, estão procurando um certo elemento raro da Terra que não existe em outros lugares.

Robert Lazar mencionou um livro que continha a história da Terra e que dizia que os humanos continham “almas” e que estas almas podiam ser comercializadas em outros sistemas. Os aliens fazem isto o tempo todo.

Eles comercializam almas? .

Sim, somos como gado para eles.

Propriedade. Você pensa que este conceito se aplique a humanos?

Bem, menciona-se que várias raças consideram os humanos similares a isto. Se forem os corpos ou as almas que são considerados propriedade, não sei. Mas me parece que eles se preocupem mais com corpos, genética e as capacidades da mente humana. As capacidades da mente humana são virtualmente ilimitadas em termos evolutivos. Isto fascina algumas espécies.

roswell-ufocrash

Um dos UFOs resgatados em acidente conhecido como o Caso Roswell.

E os aliens que estavam naquela nave, o que aconteceu a eles?

Quatro deles não falaram conosco; apenas três o fizeram. Um dos que não falaram evidentemente era o comandante da nave e ele acabou por matar os três que falaram conosco. Os quatro remanescentes foram congelados pelas pessoas que dirigiam o subterrâneo em  Montauk. Não tenho idéia do que fizeram com os outros três corpos.

O que aconteceu a nave?

Ainda está lá; um disco cor de ouro de aproximadamente 60 pés (cerca de 20 metros) de diâmetro. Tinha uma protuberância no topo e na parede inferior.

Em um dos livros de Linda Moulton Howe havia figuras de tipos de escrita alien. Você poderia determinar a linguagem usada?

A linguagem que aparentemente eles utilizavam era uma semelhante à dos Greys. Um símbolo (um triângulo equilátero) muito utilizado pelos Greys é o mesmo símbolo utilizado pela Comissão Trilateral (que trabalha para os Greys).

Qual o tamanho do subterrâneo de Montauk?

É muito grande. Estende-se por milhas, especialmente em seus níveis 5 e 6. Foi quase que totalmente construído no final da década de 20 e início de 30. Falamos com um dos homens que foi contratado para esta construção. Foi construído por ordem do governo depois de iniciar-se a Depressão. Foi construído em seis níveis. Por cima está encoberto de terra. Localmente é conhecido como “a montanha”. É uma base enorme. Deve haver alguma utilização ainda disto. . A maior parte está fechada. A energia tem estado ligada há dois anos agora, uma fase única de 220 volts. O elevador utilizava um trifásico de 440 volts, e não tem estado ligado, provavelmente porque eles tenham