HÉLIO'S BLOG

Início » Corrupção » A INDECÊNCIA QUE VIROU O BRASIL

A INDECÊNCIA QUE VIROU O BRASIL

https://helioaraujosilva.wordpress.com/

Categorias

HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

STF abre inquérito contra 9 ministros, 29 senadores e 42 deputados federais …

pt-corrupcao-indecenciaO ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a abertura de inquérito contra nove ministros do governo Temer, 29 senadores e 42 deputados federais, entre eles os presidentes das duas Casas. As 83 decisões do ministro foram obtidas com exclusividade pelo “Estadão”. O grupo faz parte do total de 108 alvos dos 83 inquéritos que a Procuradoria-Geral da República (PGR) encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) com base nas delações dos 78 executivos e ex-executivos do Grupo Odebrecht, todos com foro privilegiado no STF.

Fontes: O Globo, ISTOÉ e Estadão

Os crimes mais frequentes descritos pelos delatores são de corrupção passiva, corrupção ativa, lavagem de dinheiro, falsidade ideológica, e há também descrições a formação de cartel e fraude a licitações.

Segundo o jornal “O Estado de S. Paulo”, 9 ministros, 29 senadores e 42 deputados federais serão investigados no STF, além de três governadores e um ministro do Tribunal de Contas da União (TCU). O presidente do PSDB, Aécio Neves (MG), e o presidente do PMDB, Romero Jucá (RR), são os políticos com o maior número de inquéritos. 5, cada. O senador Renan Calheiros (PMDB-AL), ex-presidente do Senado, vem em seguida, com 4. Os despachos dos ministros foram assinados eletronicamente no dia 4 de abril.

Ainda de acordo com a reportagem, um ministro do Tribunal de Contas da União e três governadores também serão investigados no Supremo, além de outros 24 outros políticos e autoridades que estão relacionadas às denuncias, mas não possuem foro privilegiado.

crime-politica-governo-corrupção

A seguir a lista completa obtida pelo “Estadão”:

  • Senador da República Romero Jucá Filho (PMDB-RR)

  • Senador Aécio Neves da Cunha (PSDB-MG)

  • Senador da República Renan Calheiros (PMDB-AL)

  • Ministro da Casa Civil Eliseu Lemos Padilha (PMDB-RS)

  • Ministro da Ciência e Tecnologia Gilberto Kassab (PSD)

  • Senador da República Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE)

  • Deputado Federal Paulinho da Força (SD-SP)

  • Deputado Federal Marco Maia (PT-RS)

  • Deputado Federal Carlos Zarattini (PT-SP)

  • Deputado Federal Rodrigo Maia (DEM-RM), presidente da Câmara

  • Deputado federal João Carlos Bacelar (PR-BA)

  • Deputado federal Milton Monti (PR-SP)

  • Governador do Estado de Alagoas Renan Filho (PMDB)

  • Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República Wellington Moreira Franco (PMDB)

  • Ministro da Cultura Roberto Freire (PPS)

  • Ministro das Cidades Bruno Cavalcanti de Araújo (PSDB-PE)

  • Ministro das Relações Exteriores Aloysio Nunes Ferreira (PSDB)

  • Ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços Marcos Antônio Pereira (PRB)

  • Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Blairo Borges Maggi (PP)

  • Ministro de Estado da Integração Nacional, Helder Barbalho (PMDB)

  • Senador da República Paulo Rocha (PT-PA)

  • Senador Humberto Sérgio Costa Lima (PT-PE)

  • Senador da República Edison Lobão (PMDB-PA)

  • Senador da República Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)

  • Senador da República Jorge Viana (PT-AC)

  • Senadora da República Lidice da Mata (PSB-BA)

  • Senador da República José Agripino Maia (DEM-RN)

  • Senadora da República Marta Suplicy (PMDB-SP)

povo-corrupto

  • Senador da República Ciro Nogueira (PP-PI)

  • Senador da República Dalírio José Beber (PSDB-SC)

  • Senador da República Ivo Cassol

  • Senador Lindbergh Farias (PT-RJ)

  • Senadora da República Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM)

  • Senadora da República Kátia Regina de Abreu (PMDB-TO)

  • Senador da República Fernando Afonso Collor de Mello (PTC-AL)

  • Senador da República José Serra (PSDB-SP)

  • Senador da República Eduardo Braga (PMDB-AM)

  • Senador Omar Aziz (PSD-AM)

  • Senador da República Valdir Raupp

  • Senador Eunício Oliveira (PMDB-CE)

  • Senador da República Eduardo Amorim (PSDB-SE)

  • Senadora Maria do Carmo Alves (DEM-SE)

  • Senador da República Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN)

  • Senador da República Ricardo Ferraço (PSDB-ES)

  • Deputado Federal José Carlos Aleluia (DEM-BA)

  • Deputado Federal Daniel Almeida (PCdoB-BA)

  • Deputado Federal Mário Negromonte Jr. (PP-BA)

  • Deputado Federal Nelson Pellegrino (PT-BA)

  • Deputado Federal Jutahy Júnior (PSDB-BA)

  • Deputada Federal Maria do Rosário (PT-RS)

  • Deputado Federal Felipe Maia (DEM-RN)

  • Deputado Federal Ônix Lorenzoni (DEM-RS)

  • Deputado Federal Jarbas de Andrade Vasconcelos (PMDB-PE)

  • Deputado Federal Vicente “Vicentinho” Paulo da Silva (PT-SP)

  • Deputado Federal Arthur Oliveira Maia (PPS-BA)

  • Deputada Federal Yeda Crusius (PSDB-RS)

  • Deputado Federal Paulo Henrique Lustosa (PP-CE)

  • sujeira-corrupção-brasilDeputado Federal José Reinaldo (PSB-MA), por fatos de quando era governador do Maranhão

  • Deputado Federal João Paulo Papa (PSDB-SP)

  • Deputado Federal Vander Loubet (PT-MS)

  • Deputado Federal Rodrigo Garcia (DEM-SP)

  • Deputado Federal Cacá Leão (PP-BA)

  • Deputado Federal Celso Russomano (PRB-SP)

  • Deputado Federal Dimas Fabiano Toledo (PP-MG)

  • Deputado Federal Pedro Paulo (PMDB-RJ)

  • Deputado federal Lúcio Vieira Lima (PDMB-BA)

  • Deputado Federal Paes Landim (PTB-PI)

  • Deputado Federal Daniel Vilela (PMDB-GO)

  • Deputado Federal Alfredo Nascimento (PR-AM)

  • Deputado Federal Zeca Dirceu (PT-SP)

  • Deputado Federal Betinho Gomes (PSDB-PE)

  • Deputado Federal Zeca do PT (PT-MS)

  • Deputado Federal Vicente Cândido (PT-SP)

  • Deputado Federal Júlio Lopes (PP-RJ)

  • Deputado Federal Fábio Faria (PSD-RN)

  • Deputado Federal Heráclito Fortes (PSB-PI)

  • Deputado Federal Beto Mansur (PRB-SP)

  • Deputado Federal Antônio Brito (PSD-BA)

  • Deputado Federal Décio Lima (PT-SC)

  • Deputado Federal Arlindo Chinaglia (PT-SP)

  • Ministro do Tribunal de Contas da União Vital do Rêgo Filho

  • Governador do Estado do Rio Grande do Norte Robinson Faria (PSD)

  • Governador do Estado do Acre Tião Viana (PT)

  • Prefeita Municipal de Mossoró/RN Rosalba Ciarlini (PP), ex-governadora do Estado

  • Valdemar da Costa Neto (PR)

  • Luís Alberto Maguito Vilela, ex-Senador da República e Prefeito Municipal de Aparecida de Goiânia entre os anos de 2012 e 2014

  • Edvaldo Pereira de Brito, então candidato ao cargo de senador pela Bahia nas eleições 2010

  • Oswaldo Borges da Costa, ex-presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais/Codemig

  • Senador Antônio Anastasia (PSDB-MG)

  • Cândido Vaccarezza (ex-deputado federal PT)

  • Guido Mantega (ex-ministro)

  • César Maia (DEM), vereador e ex-prefeito do Rio de Janeiro e ex-deputado federal

  • Paulo Bernardo da Silva, então ministro de Estado

  • Eduardo Paes (PMDB), ex-prefeito do Rio de Janeiro

  • José Dirceu

  • Deputada Estadual em Santa Catarina Ana Paula Lima (PT-SC)

  • Márcio Toledo, arrecadador das campanhas da senadora Suplicy

  • Napoleão Bernardes, Prefeito Municipal de Blumenau/SC

  • João Carlos Gonçalves Ribeiro, que então era secretário de Planejamento do Estado de Rondônia

  • advogado Ulisses César Martins de Sousa, à época Procurador-Geral do Estado do Maranhão

  • Rodrigo de Holanda Menezes Jucá, então candidato a vice-governador de Roraima, filho de Romer Jucá

  • Paulo Vasconcelos, marqueteiro de Aécio

  • Eron Bezerra, marido da senadra Grazziotin

  • Moisés Pinto Gomes, marido da senadora Kátia Abreu, em nome de quem teria recebido os recursos – a38

  • Humberto Kasper

  • Marco Arildo Prates da Cunha

  • Vado da Famárcia, ex-prefeito do Cabo de Santo Agostinho

  • José Feliciano

Segundo a reportagem, serão investigados no STF os ministros: Eliseu Padilha (PMDB), da Casa Civil;Moreira Franco (PMDB), da Secretaria-Geral da Presidência da República; Gilberto Kassab (PSD), da Ciência e Tecnologia; Helder Barbalho (PMDB), da Integração Nacional; Aloysio Nunes (PSDB), das Relações Exteriores; Blairo Maggi (PP), da Agricultura; Bruno Araújo (PSDB), das Cidades; Roberto Freire (PPS), da Cultura; e Marcos Pereira (PRB), da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Padilha e Kassab responderão cada um em duas investigações.


“De tanto ver triunfar nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto”  –  (Ruy Barbosa)

  • Na Era de Ouro, as pessoas não estavam conscientes de seus governantes

  • Na Era de Prata, elas os amavam e cantavam.

  • Na Era de Bronze, elas os temiam.

  • E por fim, na Era do Ferro, elas os desprezavam.

  • Quando os governantes perdem sua confiança, as pessoas perdem sua fé nos governantes. –  Retirado do Tao Te Ching

  • O CATOLICISMO É MISÓGINO.

Anúncios

2 Comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: