HÉLIO'S BLOG

Início » #Holístico » Liga Galáctica Global das Nações

Liga Galáctica Global das Nações

https://helioaraujosilva.wordpress.com/

HÉLIO’S BLOG

#DivulgaçãoCientífica

corey-goode-david-wilcock-liga-galactiga-global-naçõesEsta é Divulgação Cósmica.

Eu sou seu anfitrião David Wilcock, e eu estou aqui com Corey Goode que trabalhou por mais de 20 anos no SSP-Secret Space Program-Programa Espacial Secreto, saiu em 1987 e agora foi puxado de volta, de uma forma muito interessante. Depois de vir à público como um informante insider ele foi contatado por uma aliança que está reivindicando que quer tomar a tecnologia quase sobrenatural e o modo de vida emocionante do programa espacial, quebrar as paredes do segredo e trazê-lo de volta aqui à Terra.

DIVULGAÇÃO CÓSMICA: LIGA GALÁCTICA GLOBAL DAS NAÇÕES

Fonte: https://spherebeingalliance.com

Entăo, Corey, bem-vindo ao show.

CG: Obrigado.

DW : Nós falamos  sobre as diferentes facções do programa espacial secreto em episódios anteriores e nós os cobrimos em graus variados, mas como eu estava mentalmente passando por nossas notas eu percebi que, embora nós cobrimos superficialmente, nunca falamos realmente muito sobre o grupo da Liga Galáctica Global das Nações.

CG: Certo. Eu sempre me referi a eles como o grupo do tipo OTAN, uma liga extraterrestre.

DW : Você sempre estava dizendo ‘OTAN-ismo’, eu me lembro disso. Então, para abrir um pouco isso, vamos pensar sobre isso – agora sabemos que Joseph Stalin estava bem ciente de que “Roswell” era, de fato, um “UFO” quebrado, porque era isso que se anunciava. E então, de repente, o governo dos EUA diz “oh, é apenas um balão meteorológico.”

roswell-ufo-crashed

UFO acidentado e resgatado em Roswell, em julho de 1947

CG: Erro fácil! (Risos)

DW: Então, eu fiz alguns episódios de Ancient Aliens, em que parte da pesquisa que eu encontrei, foi que Stalin, líder da então URSS, contratou pessoas para pesquisarem através dos registros, e o que eles descobriram foi – alguém tinha cavado um foguete estranho na Sibéria que tinha inscrições em sânscrito e tudo era metálico. O foguete, eles não podiam tirá-lo do chão sem danificá-lo, isso foi no final dos anos 1800, então eles simplesmente o deixaram enterrado, eles o enterraram novamente.

Assim, depois que Roswell aconteceu, Stalin aparentemente desenterrou este foguete. Era tão avançado que não conseguia fazer nenhum sentido. Mas, aparentemente, havia também um cofre e e ele continha muitos documentos que incluíam desenhos e diagramas de naves espaciais muito elaborados, como construí-las e estações espaciais. Realmente uma descoberta muito “legal”. E foi a partir daí, que os russos foram capazes de desenvolver  o que foi chamado de “Cosmospheres”, que são esferas voadoras … ah, você está balançando a cabeça, você já ouviu falar das Cosmospheres?

cosmosphere-antarctica-goode

Cosmospheres

CG: Sim, absolutamente!

DW: O que você sabe sobre isso?

CG: Rússia, a União Soviética usou isso como sua maneira de abrir seu caminho em alguns dos programas espaciais secretos. De se envolver.

DW: O que é uma Cosmospheres? Como funciona? Com o que se parece?

CG: Elas eram esferas, esferas metálicas que os cosmonautas russos estavam orbitando ao redor da Terra, no espaço sideral. E as nossas espaçonaves estavam vendo-as e rastreando-as de volta para a União Soviética. E isso foi muito acobertado. E nos levou a abrir mais um diálogo.

DW: Quão grandes eram essas Cosmospheres? Quantos tripulantes podiam caber dentro?

CG: Elas tinham tamanhos diferentes. Elas tinham, eu acredito, capacidade entre 1-3 pessoas, e até maiores.

DW: Vamos dar uma olhada agora, em um clipe de vídeo. Isso vai ser perturbador para algumas pessoas que são um pouco mais velhos e pessoalmente tem suas lembranças. Quando o Space-Shuttle Challenger explodiu no ar. E o que você está prestes a ver é um vídeo de um UFO-OVNI esférico, tirado por um cinegrafista que filmou o desafiador soprando-up, e você vai vê-lo aqui.

VÍDEO DE UM UFO-OVNI PRESENTE NO DESASTRE DO ÔNIBUS ESPACIAL CHALLENGER:

(Vídeo reproduzido – veja abaixo)

DW: Agora, Corey, não sei se você está familiarizado com isso, mas o tenente-coronel Tom Bearden (aposentado), alegou que a esfera era uma embarcação russa, e que eles tinham atacado o Challenger na decolagem. Que isso fazia parte dessa guerra secreta, coisas da Guerra Fria acontecendo com tecnologia avançada. Eles estavam fazendo isso para tentar atacar os Estados Unidos. Você já ouviu falar desse incidente?

CG: Nós já trabalhávamos juntos (no SSP-Secret Space Program-Programa Espacial Secreto) com os russos muito antes disso.

DW: Hmmm.

CG: A Guerra Fria era, basicamente, um truque (para consumo externo e mais controle das massas pelo MEDO).

DW: Como um “gerador de recursos”.

CG: Sim, eu acho que você poderia chamá-lo assim. Mas, as pessoas na Terra, as massas de pessoas de nível inferior estavam muito envolvidas – era real para eles. Mas, quando se tratava disso (projetos secretos do espaço), os soviéticos e os americanos eram, na verdade, aliados.

DW: Bem, aparentemente foi recentemente isso desclassificado – alguém postou isso como um comentário no meu site depois que eu escrevi sobre o Projeto Manhattan, que os Estados Unidos nunca foram capazes de enriquecer qualquer lugar perto de urânio suficiente para realmente fazer a bomba atômica. E que eles conseguiram o resto do urânio da Alemanha nazista.

CG: MmHmm (assentimento)

DW: Então este tipo de coisa torna as pessoas loucas. Porque nós crescemos lutando contra esses grandes inimigos e na Segunda Guerra Mundial, mesmo as mulheres estavam se envolvendo na fabricação de bombas, ea ameaça de Hitler tinha cativado o mundo inteiro com medo. E você está dizendo que tudo isso foi (e continua sendo) um grande circo elaborado?

CG: Um dia desses, sempre que mais dados sobre a verdadeira história do que aconteceu em nosso mundo forem expostas, as pessoas comuns (a imensa maioria ignorante) ficarão abismadas e zangadas.

DW: Então, você acha que é por isso que os soviéticos quase imediatamente tiveram a Bomba Atômica logo depois que os EUA a tiveram, mesmo que os EUA tivessem feito um projeto tão secreto? Que apenas trocaram os segredos uns com os outros nos bastidores?

CG: Sabe, isso é tudo do terreno muito baixo nível de coisas acontecendo. Quando chegou a isso, eles já estavam trabalhando juntos no espaço por causa de diferentes ameaças extraterrestres percebidas e eles estavam trabalhando juntos para manter, assim como eles poderiam, o que não era muito … era meio bobo pensar que nós poderíamos proteger o planeta contra esses extraterrestres super-avançados, mas eles estavam formando uma aliança bem antes da Guerra Fria, em programas espaciais conjuntos, para começar a proteger a Terra.

DW: Você acha que essa foi a base do incrível discurso de Ronald Reagan sobre uma ameaça alienígena unificando o mundo?

CG: Sim, eu acho que poderia ter sido. Mas, como eu disse, muito antes disso já estávamos realmente aliados com muitas das pessoas com as quais supostamente deveríamos ser inimigos.

DW: Vamos dar uma rápida olhada nesse clipe agora de Ronald Reagan:

Reagan: “Eu não pude ajudar, em um ponto em nossas discussões, em particular com o secretário-geral Gorbachev. Quando você parar para pensar que todos nós somos filhos de Deus, onde quer que vivamos no mundo. Eu não pude deixar de dizer a ele: “Basta pensar em quão fácil sua tarefa e a minha poderia ser nesses encontros que realizamos, se de repente houvesse uma ameaça para nosso mundo de outras espécies de outros planetas lá fora no universo. Nós esqueceríamos todas as nossas pequenas diferenças locais que temos entre nossos países e descobriríamos, de uma vez por todas, que realmente somos todos seres humanos aqui nesta Terra vivendo juntos “

DW: Então, você disse que essas Cosmospheres são meio sorrateiras e irritantes para o Programa Espacial? Então, quanta colaboração estava acontecendo com a União Soviética?

CG: No começo havia muito pouca, mas ficou claro, não só para a União Soviética, mas para todos os países do mundo que havia programas secretos sendo desenvolvidos no espaço.

DW: Ficou claro em que momento?

CG: No final dos anos 50 e início dos anos 60, estava se tornando muito aparente. Tudo ficou apenas óbvio. E, a União Soviética e todas as grandes potências começaram a trabalhar em conjunto, mas todos os países menores, agora que estão sabendo disso, como você vai mantê-los quietos? Eles queriam fazer parte desta “salvação do mundo”. Fazer parte desse programa secreto.

DW: Havia serviços de inteligência em alguns desses países que estavam capturando e interrogando pessoas, talvez usando meios muito duros e obtendo informações através de práticas antiéticas como essa? Isso é parte de como isso estava acontecendo?

CG: Eles estavam obtendo informações de várias maneiras, incluindo – fizemos acordos com todos esses países em que, a qualquer momento que um UFO-OVNI caisse em seu país, nós seríamos autorizados a enviar as nossas equipes de recuperação.

DW: Quão cedo foi feito esse tratado?

CG: Isso estava acontecendo no final dos anos 40, anos 50 e 60.

DW: Que cedo? Uau!

CG: Sim, estávamos recuperando UFOs que estavam caindo em todos esses países pequenos. Entăo, eles năo poderiam manter isso como um grande segredo. Eles não tinham como “conectar os parafusos” para impedir que qualquer pessoa realmente fosse descobrir o que estava acontecendo. Então, o que aconteceu foi que eles formaram um programa espacial secreto, ou um programa para, que eu chamei até recentemente, o grupo do tipo OTAN-Espacial. E não foi até quando eu estive em uma das reuniões do SSP-Programa do Espacial Secreto no LOC-Lunar Operation Command, e que foi referido como a Liga Galáctica Global das Nações. E, isso soou como um nome muito bobo para mim. Você sabe, a “Liga das Nações”, você sabe. Mas isso era assim como eles estavam sendo referidos.

DW: Bem, essa liga foi o precursor das Nações Unidas, certo? Isso é como o tipo de material da Primeira Guerra Mundial – Tratado de Versalhes.

CG: E, este grupo foi formado, eu acho que foi uma espécie de uma cenoura para todas essas outras nações, para mantê-los quietos e fazê-los se sentir envolvidos na proteção do planeta. Eles foram informados de que havia todas essas ameaças diferentes para o planeta e que eles poderiam estar envolvidos na solução. E para eles foram fornecidos bases e tecnologia, mas tudo estava baseado inteiramente fora do sistema solar.

DW: Então, quem, nestes países, teve a sorte de ter acesso a este pequeno mundo? É isto, oficiais eleitos, pessoas como primeiros-ministros e presidentes, e ministros de gabinete?

CG: Não tenho certeza de quem desses países sabia sobre isso. Apenas sobre cada país que você poderia imaginar está envolvido em algum nível neste programa espacial.

DW: Então, você acha que pode ter mais a ver com agentes de inteligência de alto nível nesses países e grandes empresas de produção de material de defesa, militares, pessoal militar de alto nível – as pessoas que ultrapassam as administrações individuais e funcionários eleitos?

secret-space-program-UFOs

CG: Sim e muitos cientistas.

DW: Hmm.

CG: Parecia que muitos cientistas estavam envolvidos.

DW: E quanto a banqueiros e contadores de feijão, tipos contadores, burocratas executando o sistema financeiro?

CG: Eles parecem ter o dedo em tudo.

DW: Então, conte para nós, tanto quanto você sabe sobre isso. Você disse que isso começou nos anos 50, 60. Como essas pessoas foram abordadas e o que lhes foi revelado? Como foram tirados do planeta? O que eles realmente experimentaram? Quanto eles conheceram?

CG: Este programa foi bastante recente. Não começou nos anos 50 e 60. Naquela época, eles apenas começaram a descobrir o que estava acontecendo.

DW: Está bem.

CG: Eu acredito que isso foi algo que começou provavelmente, pelo menos, nos anos 80 talvez até nos anos 90. É bastante recente.

DW: Hmm

CG: E não tenho certeza de todos os detalhes de que propaganda eles foram alimentados, mas eu fui a uma de suas bases e descrevi brevemente em um episódio, uma das bases, mas não fomos em super detalhes sobre isso.

DW: Então vamos fazer isso agora. Você viajou lá por uma espaçonave ou você viajou lá por um portal? Como foi o método de chegada?

CG: Curiosamente, foi usado o sistema de transportes subterrâneo de que você ouviu falar. Este trem subterrâneo viaja através de um portal, saiu em um local que era uma lua em torno de um planeta gigante gasoso em um outro sistema solar. E depois parou, e então desembarcamos.

DW: Estava em trilhos quando parou? Foi como um salão?

CG: Saiu do tubo e estava pairando acima de uma pista.

DW: Hmm. Bem, o meu instrutor do programa espacial Jacob descreveu o portal em um sistema sub-shuttle e ele disse que é tão rápido que a maioria das pessoas nem se incomoda em sentar porque tudo o que você faz é ficar lá, segurar no apoio, e sshhht, e então você está fora.

CG: Ver. Eu tenho falado sobre passar por um portal em um trem e as pessoas têm me dizendo que eu sou o único que já disse isso ….

DW: Ouvi isso em 2009/2010.

CG: Ok. As pessoas têm me dito que é isso ridículo, que ninguém nunca disse isso antes.

maglev-lede-630-de

MAGLEV

DW: Esta é uma das centenas de coisas que eu nunca coloquei on-line para que eu pudesse descobrir quem é quem no zoológico.

CG: Ok.

DW: E você acabou de verificá-lo. Assim..

CG: Ok. Então, quando desembarcamos ..

DW: Está pairando o quão longe do chão?

CG: Fora de uma pista, não é muito longe, apenas um pouco acima, levitando ..

DW: Apenas algum tipo de sistema de anti gravidade ou algo ..

CG: Como um tipo (trem) Maglev ..

DW: Está bem.

CG: Então saímos, e quando saímos a primeira coisa que você percebe – você ouve os anúncios em inglês.

DW: E você vê o céu? Você está dentro de um edifício?

CG: Não, é … imediatamente estamos no que é como uma caverna, como uma espécie de área numa gruta.

DW: Está bem.

CG: E, ouvimos anúncios em inglês, apenas anúncios gerais.

DW: Isso é como uma lua tropical com muita vegetação exuberante, e água e chuva, ou ..?

CG: Bem, tudo o que pudemos ver neste momento era apenas a caverna.

DW: Está bem.

CG: E nós poderíamos ver pessoas andando por alí. Sua linguagem corporal, eles estão andando em 2 .. dois juntos. Talvez grupos de 4 – 2 e, em seguida, 2 atrás uns dos outros ou 3. Muito descontraído, eles pareciam .. estavam muito descontraídos.

DW: Eles estão usando shorts e chinelos ou ..?

CG: Eles estavam usando macacões com as bandeiras de seus países no ombro e muito parecido com o que é retratado em “Stargate Atlantis”.

DW: Hmm. De que cor eram os macacões? Será que eles têm cores diferentes, dependendo do posto ou posição?

CG: Diferentes cores, mas .. azul parece ser um grande padrão.

DW: Que cor azul?

CG: Eu acho que a cor que a Força Aérea usa muito.

DW: Como um azul claro?

CG: Era como um azul-real.

DW: E você disse que eles tinham bandeiras do seu país?

CG: Todos eles tinham todas essas bandeiras diferentes, de todos esses países diferentes.

DW: Então, quais países você reconheceu definitivamente?

CG: Muitos deles eu não reconheci, mas mais tarde, eu reconheci bandeiras de países como a Estônia, e apenas os países que … a Ucrânia e …

DW: Letónia?

CG: Sim, coisas como .. você sabe, bandeiras que eu nunca tinha visto ou iria reconhecer.

CREATOR: gd-jpeg v1.0 (using IJG JPEG v62), quality = 90

DW: Alguma coisa da Grécia, Marrocos, Argélia?

CG: As pessoas desses países estavam envolvidas, mas não me lembro de todas as bandeiras que foram vistas. Eu não vi milhares de pessoas. Eu só vi um certo grupo de pessoas – o grupo de pessoas que eu vi.

DW: Algum país da África, como Nigéria, Chade, Congo ou Níger?

CG: Havia pessoas que pareciam ser da África, mas eu não estava correndo em torno de peering minha cabeça em torno dos ombros das pessoas – que seria muito conspícuo, mas as pessoas eram obviamente de todos os lugares. E..

DW: Então, da América do Sul ..

CG: Certo.

DW: A maioria dos “Cinco Olhos” certo? Os grandes países ocidentais – Nova Zelândia, Austrália, Canadá, todos eles estavam representados?

CG: Correto, em qualquer lugar que você possa pensar.

DW: Uau. E você disse que eles pareciam felizes e relaxados?

CG: Sim. Não era nada como ..

DW: Isso não parece normal o que você está descrevendo.

CG: Não, as colônias de Marte que tínhamos visitado, fomos escoltados por um guarda armado. Fomos informados para não fazer contato visual, falar com qualquer um. As pessoas pareciam muito magras e muito estressadas e infelizes. Essas pessoas, nesse local – uma diferença de 180 graus.

DW: Hmmm.

CG: Assim que saímos da plataforma do trem e caminhávamos para onde a caverna tinha sido vedada por uma gigantesca parede de metal com uma entrada que você atravessaria para ir para a segurança, olhamos para a direita – Era uma entrada para uma grande caverna, saindo. E era como uma espécie de ambiente tropical. E as diferentes vezes que tínhamos estado lá, havia luas que estavam em diferentes lugares no céu.

DW: Quantas luas você se lembra de ter visto de uma vez?

CG: Duas.

DW: Está bem. Elas eram maiores em seu diâmetro aparente do que a lua da Terra?

CG: Dependendo de sua posição, sim, elas pareciam maiores.

DW: Elas tinham alguma cor ou características de superfície incomuns?

CG: Laranja, um parecia laranja. E eu realmente não consigo me lembrar do outro porque só pudemos ver parte dela.

DW: Será que algum deles tem um anel ou qualquer coisa “engraçada” desse jeito?

CG: Não.

DW: Você poderia ver o planeta gigante de gás que estas luas estava supostamente em órbita?

CG: Eu nunca vi .. Eu não vi o planeta gasoso gigante.

jupiter-visão-remota

DW: Hmm

CG: Mas foi-me dito que orbitava em torno de um planeta gasoso gigante. Mas havia uma piscina luminescente estranhamente azul. Se você estivesse olhando para fora, em linha reta fora da caverna, à esquerda, havia uma piscina luminescente estranha azul com um pouco de uma cachoeira caindo para baixo nele. E..

DW: Como, construído em pedra? Como rochas naturais?

CG: Era tudo natural, aquilo não foi feito pelo homem. E ..

DW: Mas o azul, isso soa feito pelo homem certo? Tem algum tipo de brilho estranho?

CG: Não, eu acho que isso era algo natural … para este planeta.

DW: Coisa estranha, na natureza?

CG: Certo. E havia uma espécie de vapor que apenas flutuava realmente perto da superfície da água, e havia pessoas lá fora rindo e conversando e tendo R & R (Descanso e relaxamento) ficando na água.

DW: Então, isso não é como as “Crônicas de Riddick”, onde uma criatura horrível vem com uma cauda e “kaahhh”.

CG: Não (risos)

DW: Um lugar muito seguro e feliz?

CG: Certo, eles estavam tendo diversão e relaxados, se divertindo, ficando na água ..

DW: Eles têm, como, cadeiras de praia ao redor? E esse tipo de coisa?

CG: Não.

DW: Com toalhas, as pessoas ..

CG: As pessoas, eles tinham toalhas e roupa de banho, e eles estavam ficando na água, nadando, saindo ..

DW: Pessoas se divertindo em uma colônia dentro do Programa Espacial Secreto?

CG: Sim, eles estavam se divertindo.

DW: (risos)

CG: E então, à esquerda imediata havia uma parede grande, onde você percorria completamente para ir na instalação real, onde os povos estavam para fazer reparos.

DW: Que tipo de equipamento estava sendo reparado?

CG: Certos tipos de equipamentos de laboratório que estavam envolvidos em testes. Era diferente cada vez. Era altamente .. equipamento de especialidade que normalmente o ICC-Interplanetary Corporate Conglomerate tinha produzido. Ou o ICC ou os cientistas que estavam atribuídos às espaçonaves de pesquisa que eram proficientes para se trabalhar.

DW: Qual era o “mojo” sobre esse lugar? Foi-nos dito que estava fora do nosso sistema solar?

CG: Certo.

DW: Então, havia alguma coisa única ou valiosa nisso? Estava perto de outros lugares onde outras raças alienígenas haviam surgido? Teria significado tático?

CG: O “scuttlebutt” (fofoca / rumor) foi que o local (o planeta gasoso gigante) ficava nas Plêiades.

DW: Ah, realmente?

CG: E um bando de nós não acreditava nisso. Mas foi o que foi dito. Mas por alguma razão … “as Plêiades” pareciam ser esse tipo de carimbo que foi posto em tudo – “Oh, isto veio das Plêiades”, que era “das Plêiades” .. da da da, “Plêiades”, “Plêiades”, “Plêiades”. Então, tem que ser, oh, “este lugar está localizado nas Plêiades” – Oh, ok, que novamente. Então, foi o que foi dito, mas quem sabe onde realmente estava.

M45mapa-Plêiades

Aglomerado estelar das PLÊIADES. Entre os aglomerados de estrelas mais próximos à Terra e é o aglomerado mais óbvio a olho nu no céu noturno. A entidade celestial tem vários significados em diferentes e antigas culturas e tradições da Terra.

DW: Dado o fato de que há sete (IRMÃS) estrelas PRINCIPAIS nas Plêiades com uma magnitude bastante brilhante, que estão todAs em uma quantidade relativamente curta de espaço uma ao lado do outro ..

CG: Disseram-me que é um aglomerado de estrelas maior do que isso.

DW: Sim, e essas são as sete principais (Alcyone, Maia, Taygeta, Atlas, Pleione, Merope, Electra) como eu disse, as sete  de magnitude mais  brilhante. Vocês estão familiarizados com o fato de estarem em uma dessas estrelas nas Plêiades, se de fato são as Plêiades, porque as outras estrelas estão próximas, seriam maiores do que as estrelas que costumam ser vistas em nosso sistema solar?

CG: Quando se trata de ponto de vista, onde você está. Se você está, digamos, se você está nas Plêiades, e você está olhando para o céu, você tem um novo conjunto de constelações. Nada parece ser o mesmo.

DW: Certo.

CG: Então, seu ponto de referência é totalmente jogado fora. Não há realmente nenhuma maneira de ser capaz de julgar realmente onde você está – mesmo para os “eggheads” sem o equipamento certo. Quando você chegar em algum lugar, ou se você não sabe o endereço de onde você está sendo enviado antes, ou você não tem o equipamento certo que lhe diz onde você está – você não sabe onde você está.

DW: Bem, deixe-me perguntar isso, então, apenas um pouco, aquecer isso. Você vai para um sistema binário de estrelas, digamos.

CG: A maioria deles são.

DW: Está bem. Você vê dois sóis, se você está no planeta, no céu?

CG: Depende da relação do sistema solar binário. Mas, sim, você pode ver uma estrela fraca na distância.

DW: Mas não é tão grande como aparece em alguns dos filmes que vimos teriam? Ainda seria muito fraca e distante?

CG: Algumas delas são muito próximos, mas essas estrelas, quanto mais próximas estão juntas, mais rapidamente elas giram entre si, e mais dinâmico é o sistema. Os que parecem ter mais vida neles são as estrelas que estão um pouco mais distantes uma da outra, mas estão dançando em uma dança gravitacional juntas.

DW: Vamos voltar para esta base na Lua do planeta gasoso agora. Quando você andou fora nesta gruta, havia qualquer coisa sobre ela que parecese “fresco” ou futuristico que faria estas pessoas sentir como estando em uma posição avançada, ou a Base era toda razoavelmente convencional, à exceção desta associação incandescente estranha que você viu ?

CG: Eles tinham muitas das novas ferramentas e brinquedos do ICC . Acho que eles receberam um monte de novos “brinquedos”, tecnologia para torná-los muito felizes.

DW: Hmm.

CG: E eles pareciam estar fazendo, apenas, muita pesquisa. Toneladas de pesquisa, essas pessoas … é uma declaração depreciativa, mas muitas vezes se referiam aos cientistas como “cabeças de ovo”(“eggheads”), e diziam “cheiravam a cabeça de ovo”, como cabeças de ovo. Mas essas pessoas eram obviamente cientistas ou engenheiros. Pessoal científico ou engenheiros na sua (movidos pelo EGO-INTELECTO) maior parte.

DW: Aproximadamente quantas pessoas você viu andando enquanto estava lá?

CG: Apenas fora, imediatamente, havia provavelmente 3 a 4 dúzias.

DW: Está bem.

CG: E não havia uma grande presença ostensiva de seguranças. Eu não vi muitas pessoas correndo com armas. Eles estavam apenas muito descontraídos e tranquilos. Onde quer que estivessem, sentiam-se muito seguros e a energia, o sentimento … O empático intuitivo – o sentimento de todas as pessoas – não havia ansiedade, não havia agitação, eles se sentiam felizes, sentiam que o que estavam fazendo era importante, e eles simplesmente sentiam .. havia uma sensação de felicidade e apenas, relaxamento.

DW: Bem, estamos nos últimos 5 minutos, mas eu quero jogar alguns rápidos em você, apenas para terminar isso. Você viu um hangar que tinha qualquer tipo de espaçonave incomum nisso que eles poderiam usar para voar-em torno do sistema?

CG: Eles tinham um hangar, mas nós não fomos para o hangar.

DW: Eles tinham algum veículo terrestre que eles usariam para se aventurar fora desta gruta para andar pelo resto daquela lua?

CG: Não que eu tenha visto. Eu não vi nenhum tipo de trilhas. Dentro, eles tinham alguns caminhões movidos a bateria. Pequenos caminhões de táxi que estavam dirigindo por aí com caixotes de plástico neles, em uma área.

DW: A lua tinha uma atmosfera?

CG: MmHmm.

DW: Real? Era respirável?

CG: Obviamente. As pessoas estavam lá fora, fora da entrada da caverna. Havia vegetação, as pessoas estavam ..

DW: Fora da caverna havia vegetação?

portal-stargate-elevação

CG: Certo.

DW: Esta não era uma Lua árida, porque quando pensamos em uma lua, geralmente estamos pensando em uma grande esfera morta.

CG: Não. Muitas das esferas habitáveis que estão lá fora não são planetas na Zona Goldilocks, em torno dessas estrelas. São luas dentro de uma certa densidade e tamanho que estão orbitando um planeta gasoso gigante, em uma certa órbita de um gigante de gás que é tem uma certa densidade e tamanho. E esse gigante de gás pode estar a qualquer distância do seu sol.

DW: Qual seria o tamanho do gigante de gás em relação a uma dessas luas? Qual é a escala? Poderia ser realmente algo tão grande que preenche metade do diâmetro aparente do céu que você está olhando, em um ponto? Ou é mais grande do que isso?

CG: Eu teria que estar especulando. Eu não vi, eu mesmo.

DW: Se parece com algumas das Luas de Júpiter, se você estivesse em um desses, que Júpiter seria muito grande do que você poderia ver.

CG: Certo.

DW: Então isso seria um lugar muito interessante para se viver.

CG: Eu acredito que estas luas habitáveis precisariam ser um pouco maiores do que algumas dessas luas, e um pouco mais longe do que as órbitas dos que estão ao redor de Júpiter ou Saturno, por causa das forças de gravitação que eles têm que lidar, Estando tão perto de Júpiter.

DW: O que “eles” disseram que estão fazendo? Para o que eles estão se preparando? Qual é a sua missão? Qual é o objetivo deles?

CG: Eles são informados de que estão chegando com ciência e tecnologias que ajudarão o planeta Terra em caso de, ou em preparação, uma ameaça alienígena externa. Exatamente como ouvimos falar do Presidente Reagan. E esse clipe do presidente Reagan pode ter sido feito para este grupo.

DW: Parece que sim. Então, eles estão essencialmente tentando estabelecer um ponto de apoio defensivo para salvar a Terra do que eles percebem como uma ameaça alienígena existente?

CG: Eu não sei se eles estão se estabelecendo, mas eu acho que eles estão trabalhando em ciência e tecnologias que acreditam fervorosamente que ajudarão a humanidade a proteger o planeta Terra.

DW: Quanto conhecimento você acha que eles têm transferidos dos extraterrestres? Eles são mantidos no escuro? Eles são contados como uma facção militar – “Vocês são, e tudo o mais é antigo, mas pode haver alguns lá fora que não sabemos, e temos que nos defender se eles aparecerem”. É algo assim?

CG: Do que eu descobri desde que tudo isso aconteceu – eles eram fortemente compartimentados.

DW: Então eles realmente não sabem nada sobre o espectro completo do que realmente está acontecendo?

CG: Eles conhecem algo do “espectro”, mas eles não sabem tanto quanto alguns dos outros programas.

DW: Então isso é como um pequeno “remendo de cogumelos” para o programa espacial.

CG: Certo. Compartimentação – a mentira é diferente em cada nível e a cada compartimento. Todo mundo em cada compartimento é informado: “Você está no topo do tótem. Você é a ponta da lança para o planeta. Você deve estar muito orgulhoso do que está fazendo. Ninguém sabe mais do que você. Você é muito especial, muito especial. Você foi liberado para saber mais do que qualquer outra pessoa no planeta. “Para todo mundo em cada compartimento é dito a mesma coisa, e eles acreditam nisso.

DW: Bem, parece-me que esta é uma maneira perfeita de manter a oposição silenciada, dando-lhes alguns biscoitos e dizendo: “Aqui, aqui está o seu saboroso deleite, agora vá nos deixar sozinhos – fora nesta lua em outro lugar.” Bem, você já ouviu isso aqui. Esta é Divulgação Cósmicainformações muito alucinantes. E há muito, muito mais de onde isso veio. Temos 52 episódios, e podemos até estar fazendo mais passando esse ponto. Então, toda semana você vai estar ouvindo coisas fascinantes como esta, então por favor “fique atentos”. Eu sou o seu anfitriăo , David Wilcock , e agradecemos por assistir.

Anúncios

1 Comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: