HÉLIO'S BLOG

Início » Divulgação Científica » EXPERIMENTOS DE VIAGEM NO TEMPO E ESPAÇO DE NIKOLA TESLA

EXPERIMENTOS DE VIAGEM NO TEMPO E ESPAÇO DE NIKOLA TESLA

https://helioaraujosilva.wordpress.com/

Categorias

HÉLIO’S BLOG

#Divulgação Científica

O mundo não está preparado para isso. É algo muito além do nosso tempo, mas as leis vão prevalecer, e um dia farão um sucesso triunfante.~Nikola Tesla~

Em 1895, durante a realização de pesquisas com o seu transformador, Nikola Tesla teve suas primeiras indicações de que o tempo e o espaço poderia ser influenciados através da utilização de campos magnéticos altamente carregados que giram. Parte dessa revelação surgiu da experimentação de Tesla com frequências de rádio e transmissão de energia elétrica através da atmosfera. Simples descoberta de Tesla seria, anos mais tarde, levar ao infame experimento Filadélfia e os projetos de viagem no tempo Montauk. Mas mesmo antes de surgir estes programas militares ultra-secretos, Tesla fez algumas descobertas fascinantes sobre a natureza do tempo e as possibilidades reais de viagem no tempo.
Com esses experimentos em eletricidade de alta tensão e campos magnéticos, Tesla descobriu que tempo e espaço poderia ser violado, ou deformado, criando uma “porta” que poderia levar a outros tempos. Mas com esta descoberta monumental, Tesla também descobriu, através da experiência pessoal, os perigos reais inerentes com a viagem no tempo.
A primeira experiência de Tesla com a viagem no tempo foi em março de 1895. Um repórter do New York Herald escreveu o dia 13 de março, que ele se deparou com o inventor em um pequeno café, parecendo abalado após ser atingido por 3,5 milhões de volts, “Acho que você não vai me achar um companheiro agradável esta noite” disse Tesla, “ O fato é que eu quase morri hoje. A faísca saltou três pés no ar e me pegou aqui no ombro direito. Se a minha assistente não tivesse desligado a corrente instantaneamente, poderia ter sido o meu fim. ”
Tesla, em contato com a ressonância da carga eletromagnética, encontrou-se fora de sua referência de janela de espaço/ tempo. Ele relatou que ele podia ver o passado, presente e futuro, tudo ao mesmo tempo. Mas ele foi paralisado dentro do campo eletromagnético, incapaz de ajudar a si mesmo. Sua assistente, desligando a corrente, salvou Tesla antes de qualquer dano permanente fosse feito. A repetição deste mesmo incidente ocorreria anos mais tarde durante o Experimento Filadélfia. Infelizmente, os marinheiros envolvidos foram deixados fora da sua referência de janela de espaço/ tempo por muito tempo com resultados desastrosos.
Experiências de viagem no tempo secretos de Tesla continuaram nas mãos de outros que não estavam tão preocupados com a humanidade como Tesla.

A Nikola Tesla foi creditado como o criador de grande parte da tecnologia que temos hoje. Sem a genialidade de Tesla, não teríamos rádio, TV, AC eletricidade, bobina de Tesla, iluminação fluorescente, luzes de néon, os dispositivos controlados por rádio, robótica, raios-x, radar, microondas e dezenas de outras invenções surpreendentes. Por causa disto, não é de estranhar que Tesla também investigados em todo o mundo de voo e, possivelmente, antigravitacional. Na verdade, sua última patente em 1928, foi para uma máquina voadora parecia tanto um helicóptero e um avião. Antes de sua morte, Tesla inventou, de acordo com relatos, os planos para o motor de uma nave espacial. Ele chamou Drive Space ou movimentação campo anti-eletromagnética . Nikola Tesla foi recentemente objecto de controvérsia, pois afirma-se que ele estava envolvido em um dos mistérios mais secretos da Segunda Guerra Mundial, O Experimento Filadélfia . Este experimento, também conhecido como Projeto Arco-Íris era supostamente uma tentativa da Marinha para criar um navio que não podia ser detectado por minas magnéticas e / ou radar. No entanto, os resultados foram muito diferentes e muito mais perigoso do que a Marinha tinha esperado. Os testes começam no Verão de 1943, e em certa medida sucedeu na primeira. Um teste, 22 de julho de 1943, retornou ao USS Eldridge quase completamente invisível, com algumas testemunhas relatando um ” nevoeiro esverdeado “. No entanto, alguns membros da tripulação depois queixou-se de náusea.

Projeto Filadélfia

Naquela época, o experimento foi alterada a pedido da Marinha, com o objetivo de fazer apenas os radares de navios invisíveis. O equipamento foi recalibrada eo experimento foi realizado em 28 de outubro de 1943. Desta vez, o Eldridge não só se tornou totalmente invisível a olho nu, mas, na verdade, desapareceu da área em um raio azul. Ao mesmo tempo, a base naval dos EUA em Norfolk, Virginia, a 600 quilômetros de distância, um tripulante em suas margens afirmou ter visto o Eldridge por 15 minutos, depois que ele desapareceu, só para reaparecer em Filadélfia, nas coordenadas inicial. Era supostamente um caso de teletransporte acidental. De acordo com a história de Carl Allen, os efeitos fisiológicos sobre a tripulação foram profundas. Tontura muito violento, desapareceu completamente pessoal, outros simplesmente enlouqueceram ou sofria de esquizofrenia grave. E a coisa mais assustadora foi a descoberta de cinco membros da tripulação estrutura da proa do navio de metal derretido completamente, enquanto muitos outros sofreram desmaterializações de algumas partes de seus corpos. Supostamente, oficiais da Marinha, horrorizada imediatamente cancelado o experimento. Os sobreviventes nunca foram as mesmas, mantendo-se em uma espécie de amnésia.

VEJAM ABAIXO AS 8 IDEIAS QUE PROVAM QUE NIKOLA TESLA ERA UM GÊNIO À FRENTE DE SEU TEMPO…

Dizem que gênios são loucos e loucos são brilhantes, mas, existiu um homem na Terra que pode-se dizer que encontrou-se nesse meio termo. O seu nome é Nikola Tesla.
Esse nome muitas vezes nem sequer aparece nos livros, porém, foi de muita importância na história da ciência e da engenharia.
Sérvio de nascimento, naturalizado nos Estados Unidos, Tesla aos poucos foi mostrando sua genialidade com uma pitada de loucura em suas invenções, sob o comando de Tomas Edison. Mais tarde, depois de alguns desentendimentos entre os dois inventores, Tesla desenvolveu o sistema de corrente alternada que venceria a disputa no mercado futuramente.
Separamos as 10 melhores ideias do cientista que provam que ele era um louco, “malvadão” e claro, um gênio.
1 – Além da bobina….
Mesmo se você nunca tenha ouvido falar de Nikola Tesla, é muito provável que você já viu falar sobre sua bobina de Tesla (um circuito elétrico transformador ressonante) em filmes de terror antigos. Bem, além da bobina de Tesla absolutamente brilhante, Tesla tinha algumas outras grandes ideias que você pode não ter ouvido falar antes.
2 – Transferência de energia sem fio…
Cerca de 120 anos atrás, na Feira Mundial de 1893 em Chicago, Tesla demonstrou que você pode transmitir eletricidade sem usar qualquer fio, disparando uma série de lâmpadas de fósforo em um processo que ele chamou de indução eletrodinâmica . Ele sonhou que essa tecnologia nos permitiria um dia o poder de disparar essa energia ao longo de grandes distâncias na atmosfera, fornecendo a energia necessária para viver confortavelmente em qualquer lugar distantes. Agora, mais de um século depois, empresas como a Intel e Sony está interessadas em aplicar a transferência de energia não radiativa para coisas como telefones celulares para que você possa carregar a bateria sem cabos de alimentação.
3 – Tomar um banho “seco” com fogo frio…
Você já pensou “Credo, chega de banho, quem me dera existir outra maneira de se limpar!” Bem, não há! Mas você pode tentar a invenção de Tesla chamada fogo frio. A Eletricidade e os germes não se misturam, então Tesla surgiu com a ideia de se livrar daqueles traquinas germes ficando de pé sobre uma placa de metal e se energizar com uma corrente rápida alternada de 2,5 milhões de volts. Devido a condutividade da pele humana, ista realmente iá limpar seus germes e outras coisas que irão simplesmente sair do corpo, deixando você limpinho!
4 – O Raio de Morte…
Na década de 1930, Tesla teria inventado uma arma de feixe de partículas que alguns, ironicamente, chamaram de “raio da paz”. O dispositivo era, em teoria, capaz de gerar um intenso feixe previsto de energia, que poderia ser utilizado para derrubar bombardeiros inimigos ou de exércitos estrangeiros, ou qualquer outra coisa que você desejasse virar pó. O chamado “raio da morte” não foi construído e os planos para o laser nunca foram encontrados após a morte de Tesla.
5. Robótica…
Tesla imaginava que, no futuro, uma raça de robôs “seria capaz de realizar o trabalhos com segurança e eficácia”. Em 1898, ele apresentou um barco rádio-controlado que ele tinha inventado, que muitos creditam como “sendo o nascimento de robótica.” Ele imaginou um mundo cheio de “carros inteligentes e companheiros humanos robóticos e [vários] sensores e sistemas autônomos.”
Esse barco marcou também a invenção do controle remoto e dos futuros “drones”. 
6 – Controlando o tempo…
Muitas pessoas ao redor do mundo sofreram por causa de catástrofes atmosféricas. Tesla surgiu com uma ideia que iria colocar a furacões e tsunamis nos livros de história. Tesla pensou que podia-se controlar a temperatura da Terra com um tipo de termostato global. Tesla pensou que, com ondas de rádio específicas, você poderia manipular campos de magnético da Terra para alcançar enormes ondas estacionárias. Estas ondas seria usadas para manipular os padrões de vento e, portanto, o Tempo. Embora ele tivesse feito várias patentes, a ideia dele nunca se tornou realidade.
7- Máquina de Terremotos…
Em 1898, Tesla afirmou que ele havia construído e implantado um pequeno dispositivo oscilante que, quando ligado a seu escritório e operacional, quase balançou o edifício e tudo ao seu redor. O dispositivo pesava apenas algumas libras, mas Tesla foi capaz de ajustar o oscilador em tal freqüência que cada pouca vibração adicionava apenas um pouco mais energia para a onda de flexão no prédio. Com uma pequena carga, mesmo a maior estrutura poderia ser abalada. ´Percebendo o potencial terrorista que o tal dispositivo criava, Tesla pegou um martelo e o oscilador para desativá-lo, instruindo seus funcionários para alegar ignorância para a causa dos tremores se perguntou.”
8 – Lâmpada Fluorescente e Neon…
A lâmpada fluorescente é um tipo de lâmpada criada por Nikola Tesla, introduzida no mercado consumidor em 1938. Ao contrário das lâmpadas de filamento construída antes por seu mestre Edison, possui grande eficiência por emitir mais energia eletromagnética em forma de luz do que calor.
 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: