HÉLIO'S BLOG

Início » Budismo » A Kundalini da terra

A Kundalini da terra

Categorias

HÉLIO’S BLOG

#Divulgação Científica

Facebook , Twitter :@Heliosblog, Linked

Assim como nós somos um campo energético formado por sete corpos e sete chacras principais, nossa mãe terra também é um grande campo energético, e também possui os seus chacras.

 

A Kundalini da terra é o seu chacra correspondente ao nosso chacra da base. Trata-se de um grande fluxo energético que possui duas pontas, uma no centro da terra, e outra em um ponto (região) da superfície. A região onde ela fica “instalada” se beneficia de uma grande quantidade de energia que é emanada, e essa energia, é o amor.

 

Ela muda de ares a cada, aproximadamente, 13 mil anos. Há 26 mil anos, ela estava na região onde estava localizado o nosso famoso continente Atlântida, lugar esse que, dizem as más línguas, era povoado por uma civilização extremamente evoluída, que se beneficiou da energia Kundalini.

 

De casa nova, passou os últimos 13 mil anos na região onde hoje se encontra o Tibete. Quando digo região, pensem numa área bem grande que compreende países, afinal, estamos falando de um chacra da terra, não dá para ser algo pequeno. Não é por acaso que de lá saíram praticamente todos os avatares da nossa história. Alguns da lista: Akhenaton, Buda, Zorba, Lao Tsé, Jesus Cristo, Osho, Gandhi, Mandela e por aí vai.

 

Em 1985, ela entrou em “off” e iniciou seu “rolezinho” pela malha energética da terra em busca de um novo lar. É aí que vem a parte mais interessante. Um fator importantíssimo no caminho e destino da nossa querida Kundalini está diretamente relacionado a tribos que mantém seus rituais relacionados a mãe terra. Os membros do “lado de cá” evocam os membros do “lado de lá” (outras dimensões) e juntos, convidam a Kundalini a virem ao seu encontro. Então quando vocês veem aqueles índios pisando firme no chão e falando um monte de coisas que não conseguimos entender e pensam: “Olha a viagem dos índios…”, saiba que eles estão contribuindo muito mais para a evolução do planeta que vocês.

 

Após longa viagem, em 2012 se instalou, confortavelmente, numa região entre territórios chilenos e peruanos. Sim, pertinho da gente. Na terceira semana de dezembro de 2012, deu “partida no motor” e na terceira semana de fevereiro de 2013, estava trabalhando a todo vapor.  

 

Terceira semana de dezembro de 2012? 21 de dezembro? Calendário Maia? Alguma coisa a ver? Claro! Uma transição planetária é recheada de eventos cósmicos e, “na frente” desses eventos, existem interpretações equivocadas doidinhas para achar um dia para o tão falado fim do mundo. Já “por trás”, existe um grande plano cósmico sendo executado na sua mais pura harmonia.

 

E se atentem, ela não está LÁ no Chile, ela está AQUI no Chile. A distância entre nós e nossos irmãos chilenos e peruanos é como ser vizinho de porta, se olharmos globalmente. Estamos muito próximos do epicentro e estamos sendo, literalmente, bombardeados com a energia Kundalini. E comemorem, as tão sonhadas “good vibrations” chegaram!

 

E parece que mais uma vez nosso bom e velho Chico Xavier vai acertar na previsão, há tempos que ele canta a bola que o Brasil tem potencial para ser uma nação de grande importância no novo mundo que está por vir. Veja bem, potencial… tudo vai depender de nós.

 

Todas as ferramentas necessárias estão sendo nos dadas, estamos recebendo muita energia positiva e, assim como aconteceu no Tibete, da nossa redondeza sairão os novos avatares, não mais aqueles com ares místicos, pés descalços, longas barbas brancas, panos macios e sedosos espalhados pelo corpo, se for tudo isso atrás e estiver sentado na posição de lótus então, melhor ainda. Mas não, esses são nossa luz do passado, isso mesmo, “são”, pois todos eles continuam por aqui, ou vai me dizer que você ainda acredita na morte? O que veremos serão o que podemos chamar de avatares 2.0, e a moda da vez será: camiseta, bermuda e chinelo de dedo. Estamos falando de sul-americanos né. Mas a diferença termina aí, só aparências, pois a missão será sempre a mesma: levar Luz para todos.

 

Quem sabe a gente não recebe a visita de um em terras tupiniquins, algo me diz que sim.

 

É difícil acreditar nas “good vibrations” hoje em dia sendo brasileiro, a situação dos seres que que compõe nosso país nos deixa em uma situação complicada. A última frase deveria ter sido escrita como: a situação política em que se encontra nosso país nos deixa em uma situação complicada. Mas não, é a situação dos seres mesmo.

 

O que está acontecendo é que estamos em meio a uma grande transição, e a Kundalini da terra está nos presenteando com uma generosa energia positiva, mas como se já não bastasse a vida medíocre que o brasileiro sempre teve, a situação política atual está conseguindo piorar tudo.

 

É preciso que entendamos isso: a energia da Kundalini é uma energia de amor, de alta frequência. Todo o sentimento que emanamos decorrente da crise política, tais como: revolta, ódio, desejo de matar, todos esses e aqueles outros que você sabe bem, são sentimentos negativos, de baixa frequência.

 

Então o que está acontecendo é: o universo te mandando altas doses de energia positiva, e você através dos seus sentimentos que ficam armazenados nos seus sete corpos, rebatendo com energia negativa, e aí, não dá game.

 

Por favor, entendam o que vou dizer agora: é preciso que nos acostumemos com a corrupção. Não, conivência não. O que quero dizer com acostumar é no sentido de entender. As energias positivas estão fortes pro nosso lado, e onde há Luz, não há trevas. A corrupção é uma energia de baixa vibração e como estamos falando de uma transição para um novo mundo de alta vibração, toda corrupção precisa ser resolvida, e a hora, é agora.

 

Todas elas serão resolvidas em pouco tempo, não só as políticas, todas. O que inclui as nossas próprias corrupções, ou todo mundo aqui é 100% honesto? E não estou falando só de dinheiro. Ser honesto é estar vibrando de acordo com a nossa Essência, o Todo. Saiba você que, cada milionésimo de segundo que permitir um sentimento negativo tomar conta da situação, estará sendo corrupto, pois não estará sendo uno com Ele.

 

O sentimento de perdido no mundo que muitos estão sentindo, um incomodo que vem da onde não se sabe e provoca um sentimento que não se consegue explicar, é fruto da influência energética que está ocorrendo em nosso planeta, e principalmente, na América do sul. Pode parecer loucura, mas o fato é que todo o sofrimento que estamos passando é devido a não compreensão de como as coisas realmente funcionam. Vibração alta requer vibração alta, e ao abaixar sua frequência, estas remando contra a maré. E convenhamos, que graça tem ser triste?

 

Agradeço você por ter me acompanhado em mais essa jornada. Espero que esse humilde texto possa contribuir de alguma forma na sua evolução, e saiba que ele foi produzido com muito amor, dá mais pura energia Kundalini.

 

Busque conhecimento, emita amor, seja Luz!

Anúncios

1 Comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: