HÉLIO'S BLOG

Início » Divulgação Científica » 1º ano do resto de nossas vida

1º ano do resto de nossas vida

https://helioaraujosilva.wordpress.com/

Categorias

HÉLIO’S BLOG

#Divulgação Científica

Facebook , Twitter :@Heliosblog,  Linked,  Sonico

 Dúvida

Wagner Gomes

O debate adiado pelas férias de verão, esticadas pelo Carnaval que demorou a chegar, Semana Santa e Copa do Mundo, agora tem que ser encarado pelos políticos. Apesar de ter sido doloroso, para os brasileiros, experimentar uma amarga derrota de 7 a 1 para os alemães nas semifinais da Copa do Mundo, ninguém percebe, no entanto, que esse mesmo placar, também, representa a goleada econômica que nos esmaga, como resultado da inflação, que beira os 7%, contra quase 1% (com tendência a zero) de crescimento do PIB, previsto para 2014. Existe, ainda, a perspectiva perversa de baixo crescimento do Brasil nos anos vindouros, cujos sintomas, já evidenciados, continuam se agravando. Crescem as incompatibilidades geradas pela forte taxa efetiva de câmbio, e é inegável que o Brasil precisa melhorar sua produtividade, a fim de restabelecer a competitividade, que se vê prejudicada, também, pela eterna demanda de medidas governamentais que deságuam nas políticas fiscais e parafiscais sem consistência. O mercado de trabalho, em franco declínio, deve levar a uma pífia demanda doméstica. Nesse particular, a campanha política que se avizinha produz um bom palco para que os interlocutores (ou seriam gladiadores?) possam nos apresentar suas ideias. O possessivo suas, aqui, vai como licença poética, pois em geral os candidatos pespegam, nos eleitores, um punhado de lugares-comuns, que cabem em qualquer partido, qualquer coligação. Na hora do vamos ver, prevalecem os interesses pragmáticos, nem sempre republicanos, do grupo vencedor.

Dia hipcrisia

O Congresso Nacional, que hoje custa aos cofres da União cerca de 1 milhão de reais por hora, de agosto a outubro, período de campanha eleitoral, praticamente, não terá sessões. Certo estava o Lula, quando disse: “A política está desmoralizada e apodrecida”. Nessa política rasteira, que hoje impera em nosso meio, há espaço, ainda, para traições e mudanças de planos, a exemplo da cristianização do candidato, que começa a ocorrer em São Paulo, onde o PT vai aos poucos mandando o Padilha para casa e abraçando a campanha do Paulo Skaf, do PMDB. O comportamento dúbio adotado por Eduardo Campos, em sua campanha, reflete o seu desejo de ser a alternativa do Lula, caso Dilma não se firme, de vez, como favorita à sua própria sucessão. Aécio, ao que se comenta, anda se movendo nas sombras, tecendo alianças alternativas em cima da perspectiva de frustrações, geradas pela sensação de abandono. Emplacar em São Paulo é vital para sua campanha, já que aquele estado, por possuir 1 terço do PIB nacional e pouco mais de 1 quinto (22,4%) do eleitorado, condiciona o restante do país.

Nenê

De quebra, a escolha de Aloísio Nunes como seu vice minimiza a chance de que a chapa Edualdo (associação de Eduardo Campos com Geraldo Alkmim) siga adiante. A revolta contra a corrupção mira os vilões de todos os partidos, pois é óbvio que o PT não detém esse monopólio. No entanto, ele está, a todo o momento, praticando bullying eleitoral contra as classes D e E, beneficiárias do assistencialismo federal, que a toda hora se veem ameaçadas da perda dos benefícios, caso votem errado. A classe média, nem tanto, pois ela já é considerada inimiga pelo PT, segundo sua ideóloga Marilena Chauí. A grande verdade é que a maioria dos eleitores quer mudanças e clama por elas, sem, no entanto, saber quem pode carregar, de fato, suas bandeiras. Quem melhor souber catalisar e verbalizar, durante a campanha eleitoral, esse sentimento coletivo, certamente será eleito como o agente das transformações que se avizinham. Torçamos para que o povo tenha o discernimento necessário em toda essa catarse por nós vivenciada, e que dela resulte um real processo que renove nossa combalida sociedade. E que a democracia seja preservada em nosso meio, no seu mais amplo espectro.

Wagner Gomes, administrador de empresas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: